Sociedade

São Tomé está a validar Estratégia de Desenvolvimento das TIC

Termina hoje o exercício de validação da estratégia para o desenvolvimento das tecnologias de informação e comunicação (TIC). Um projecto financiado pelo Banco Mundial, que pretende promover a Sociedade de Informação e Comunicação de STP.

O documento que desde quarta – feira, é alvo de estudo e análise por parte dos quadros técnicos dos diversos sectores de actividade económica, política e social, de São Tomé e Príncipe, mostra os caminhos que o país deve seguir para a curto e longo prazos, possa implementar uma plataforma única de integração e interacção.

Objectivo final é a consolidação da Sociedade de Informação e Comunicação de São Tomé e Príncipe.

O documento que é validado esta quinta – feira, apresenta as necessidades em termos de infra-estruturas, acessibilidades, formação dos recursos humanos, assim como os investimentos que deverão ser feitos nos sectores da educação, da saúde, e na administração pública para promover a governação electrónica.

Nos últimos anos São Tomé e Príncipe, deu alguns passos com vista a promoção das tecnologias de informação e comunicação no território nacional. O Cabo de fibra óptica já chegou a Praia Melão. Aguarda-se pela sua entrada em funcionamento de forma a dar velocidade cruzeiro a rede nacional de telecomunicações.

Ao mesmo tempo o governo abriu concurso para contratação de pelo menos mais uma operadora de telecomunicações.

Abel Veiga

    7 comentários

7 comentários

  1. confuso

    9 de Agosto de 2012 as 19:24

    Triste

  2. F.Moniz

    10 de Agosto de 2012 as 11:46

    V/Excia
    AGER
    Em termos tecnológicos,nunca é bem sucedida por mais bonito que seje projectado, qualquer Estratégia para desenvolvimento de tecnologias de informação e comunicação e particularmente para o caso de um país como S.tomé e Príncipe,quando esta instituição vem utilizando a política de exclusão de quadros competentes para participarem em eventos como estes ,importando ideias de exterior o que também é normal, que por vezes até chega-se a entender de que um dos critérios para o efeito chegue a ser a côr de camisola,o que leva o país é a perder com isto;é em espaços como estes que os mesmos podem emitir opiniões ideias tecnológicas para o bem de S.tomé e Príncipe.Aí não devem deixar que a política fale mais alto.

  3. Filho da Terra

    10 de Agosto de 2012 as 12:18

    Em 2009 ANACOM oferece AGER computadores para incentivar a TIC em STP nas zonas suburbanas… O Presidente da AGER em vez de incentivar as novas tecnologias no País, entrega ao Supremo Tribunal de Justiça, Radio Nacional, TVS, IUCAI …etc os referidos computadores, como se fosse o seu Património, sem dar a conhecer os Membros de Conselho de Administração… Quero apenas demonstrar como funciona a Gestão de algumas individualidades do nosso País.

  4. Anca

    10 de Agosto de 2012 as 13:53

    Muito bem

    Boa iniciativa

    Pratiquemos o bem

    Pois o bem

    Fica-nos bem

    Deus abençõe São Tomé e Príncipe

  5. sum mé chinhô

    10 de Agosto de 2012 as 16:39

    Excelente iniciativa. Isso faz-nos mta falta. Deviam é, baixar mais os preços.

  6. tpa

    12 de Agosto de 2012 as 2:07

    enquanto esse governo nao saia nada vai para frente voces estao perdidos,miseraveis

  7. Põe boca não tira

    14 de Agosto de 2012 as 10:16

    Espero que concretise a entrada de outra operadora de telecomunicação em STP, ja não aguento mais com CST, credo CST credo credo credo credo, CST quidalêôôôôôôÔôôôôoÔÔ……fui……

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo