São Tomé está a validar Estratégia de Desenvolvimento das TIC

Termina hoje o exercício de validação da estratégia para o desenvolvimento das tecnologias de informação e comunicação (TIC). Um projecto financiado pelo Banco Mundial, que pretende promover a Sociedade de Informação e Comunicação de STP.

O documento que desde quarta – feira, é alvo de estudo e análise por parte dos quadros técnicos dos diversos sectores de actividade económica, política e social, de São Tomé e Príncipe, mostra os caminhos que o país deve seguir para a curto e longo prazos, possa implementar uma plataforma única de integração e interacção.

Objectivo final é a consolidação da Sociedade de Informação e Comunicação de São Tomé e Príncipe.

O documento que é validado esta quinta – feira, apresenta as necessidades em termos de infra-estruturas, acessibilidades, formação dos recursos humanos, assim como os investimentos que deverão ser feitos nos sectores da educação, da saúde, e na administração pública para promover a governação electrónica.

Nos últimos anos São Tomé e Príncipe, deu alguns passos com vista a promoção das tecnologias de informação e comunicação no território nacional. O Cabo de fibra óptica já chegou a Praia Melão. Aguarda-se pela sua entrada em funcionamento de forma a dar velocidade cruzeiro a rede nacional de telecomunicações.

Ao mesmo tempo o governo abriu concurso para contratação de pelo menos mais uma operadora de telecomunicações.

Abel Veiga

  1. img
    confuso Responder

    Triste

  2. img
    F.Moniz Responder

    V/Excia
    AGER
    Em termos tecnológicos,nunca é bem sucedida por mais bonito que seje projectado, qualquer Estratégia para desenvolvimento de tecnologias de informação e comunicação e particularmente para o caso de um país como S.tomé e Príncipe,quando esta instituição vem utilizando a política de exclusão de quadros competentes para participarem em eventos como estes ,importando ideias de exterior o que também é normal, que por vezes até chega-se a entender de que um dos critérios para o efeito chegue a ser a côr de camisola,o que leva o país é a perder com isto;é em espaços como estes que os mesmos podem emitir opiniões ideias tecnológicas para o bem de S.tomé e Príncipe.Aí não devem deixar que a política fale mais alto.

  3. img
    Filho da Terra Responder

    Em 2009 ANACOM oferece AGER computadores para incentivar a TIC em STP nas zonas suburbanas… O Presidente da AGER em vez de incentivar as novas tecnologias no País, entrega ao Supremo Tribunal de Justiça, Radio Nacional, TVS, IUCAI …etc os referidos computadores, como se fosse o seu Património, sem dar a conhecer os Membros de Conselho de Administração… Quero apenas demonstrar como funciona a Gestão de algumas individualidades do nosso País.

  4. img
    Anca Responder

    Muito bem

    Boa iniciativa

    Pratiquemos o bem

    Pois o bem

    Fica-nos bem

    Deus abençõe São Tomé e Príncipe

  5. img
    sum mé chinhô Responder

    Excelente iniciativa. Isso faz-nos mta falta. Deviam é, baixar mais os preços.

  6. img
    tpa Responder

    enquanto esse governo nao saia nada vai para frente voces estao perdidos,miseraveis

  7. img
    Põe boca não tira Responder

    Espero que concretise a entrada de outra operadora de telecomunicação em STP, ja não aguento mais com CST, credo CST credo credo credo credo, CST quidalêôôôôôôÔôôôôoÔÔ……fui……

Deixe um comentario

*