Sociedade

Cooperação brasileira apoia campanha de luta contra a tuberculose

Foi lançada uma campanha nacional de luta contra a tuberculose. O Programa Nacional de Luta Contra a doença conta com a parceria da cooperação brasileira. Tuberculose é uma doença infecciosa que tende a aumentar em São Tomé e Príncipe.

4 distritos mais populosos do país são os principais alvos da campanha, que começou no Distrito de Água Grande, por sinal o mais populoso. Objectivo principal é informar e sensibilizar a população sobre as medidas que devem ser adoptadas para evitar a Tuberculose. «Quais são os sintomas, como é que se transmite de uma pessoa para outra e o tratamento, e sendo assim conhecendo os sintomas a pessoa pode dirigir ao centro e tratar. É mais para aumentar o conhecimento da pessoa sobre a doença tuberculose», afirmou o responsável pelo programa nacional de luta contra a tuberculose.

A cooperação brasileira uniu-se à campanha. O ministério da saúde do Brasil, é o parceiro do ministério santomense da saúde nesta campanha que procura salvar vidas, evitando o alastramento da tuberculose.

Para trazer mais gene para os locais de sensibilização, Capoeira, uma manifestação cultural brasileira originária de África é exibida nos locais de sensibilização.

Chester Sousa

    6 comentários

6 comentários

  1. Sempre a subir

    21 de Agosto de 2012 as 14:40

    ISSO É BOM MUITO BOM, AI SE NÓS SOUBÉSSEMOS TIRAR BOM PROVEITO DESSA COOPERAÇÃO DEVIDAMENTE.

  2. Governo "Vábuuu" (Pires Neto)

    21 de Agosto de 2012 as 17:32

    Patrice tinha dito que Brasil e ia deixar de nos apoiar, enquanto STP não pagar os cincos milhões que nossos gatinhos da praça comeram.
    Afinal Brasil vai ajudar na luta contra tuberculose, a embaixada de Brasil tinha e tem razão… Tal como dizia os meus avós, “mentira tem pernas curtas”. PT gosta de mentir.

  3. maria

    22 de Agosto de 2012 as 6:03

    “Para trazer mais gente para os locais de sensibilização, Capoeira, uma manifestação cultural brasileira originária de África é exibida nos locais de sensibilização.”sic.

    Ja agora porque não exibir, também , BLIGÁ ” JOGO DE CASSETE »?

    Trata-se de uma manifestação cultural local ( São Tomé e Principe ) igualmente «capaz de trazer mais gente para os locais de sensibilização » . Seria uma boa opurtunidade para VALORIZAR, também, A CULTURA DA NOSSA TERRA.

    O bligá que significa brigar, também conhecido por jogo do pau ou jogo do cassete, é um misto de dança e jogo lúdico, que prima pela destreza e o vigor fisico. Diz-se que tal como a capoeira no Brasil, a estética do bligá está na arte que os escravos encontraram para a sua autodefesa.

    Para além do já famoso grupo do Sr. Varela, existe um outro grupo(falha-me o nome. A singularidade de tal grupo, reside no fato de ser misto (homens e mulheres). O grupo referido, costuma jogar na Praça da Independencia para os turistas.

    O que é nacional, tambem é bom. Os são-tomenses gostam. E aí ? Vamos juntar as duas culturas?

    A ideia está aqui. Agora é « só pêga os cara » e « levá eles » para animar a «campanha de luta contra a tuberculose ».

    A cultura da nossa terra (São Tomé e Principe) agradece. Intercambio cultural, bonito. O Brasil agradece. Ambos os , países, ganham. Não fica assim tão caro, “né” ?

    cumprimentos

  4. maria

    22 de Agosto de 2012 as 9:56

    errata: onde se lê “opurtunidade” deve ser “oportunidade”

    cumprimentos

  5. ANCA

    23 de Agosto de 2012 as 1:36

    Muito bem

    Sensibilizar e Informar

    A tuberculose ou “peste cinzenta”, ou tísica pulmonar ou ainda “doença do peito” – é uma das doenças infecciosas mais antigas do mundo, que continua a atingir ainda hoje a Humanidade.

    A sua forma de transmissão e contágio, está ligada directamente à forma como se organizam os processos de produção e de reprodução social, ou seja, aos modos de viver e trabalhar dos indivíduos.

    Caros cidadãos

    O favor de pesquisarem na Internet, nos livros, nos jornais, o Termo Tuberculose.

    Façam a vossa pesquiza e contribuamos juntos para a informação e sensibilização da nossa população, para a causa da doença-Tuberculose.

    Só assim podemos contribuir para a inversão da realifdade do número de casos da doença no nosso País(Território/Popilação).

    Pois ninguém está Imune

    Pratiquemos o bem

    Pois o bem

    Fica-nos bem

    Deus abençõe São Tomé e Príncipe

    • ANCA

      23 de Agosto de 2012 as 1:38

      Quis dizer pesquisa e não “pesquiza”.

      As minhas desculpas aos meus erros e omissões.

      Bem haja

      Pratiquemos o bem

      Pois o bem

      Fica-nos bem

      Dedus abençoe São Tomé e Príncipe

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo