Téla Nón participa no programa Leadership organizado pelo Departamento de Estado dos Estados Unidos de América

“Jornalismo de Investigação e os novos médias electrónicos”, é o tema do programa leadership organizado pelo escritório dos assuntos educativos e culturais do departamento de Estado dos Estados Unidos, que começou em Washington e conta com a participação de 15 jornalistas africanos.

LIBERDADE, é um dos principais valores, defendidos pelos Estados Unidos de América. A liberdade de imprensa é o principal pilar sustentado pela constituição da potência mundial, que através do programa leadership, pretende contribuir para um mundo mais livre.

Tendo “o jornalismo de investigação e os novos médias electrónicos” como tema, o programa pretende elevar a conhecimento e a competência dos 15 jornalistas africanos seleccionados, no sentido de promover a transparência, a boa governação, e os valores da liberdade nos seus respectivos países.

A formação que começou na capital política norte americana, Washington, já permitiu aos jornalistas da imprensa africana, incluindo o Téla Nón, actualizar conhecimentos sobre a história da imprensa nos últimos 5 séculos. No NEWSEUM, o museu mais interactivo do mundo, que conserva 5 séculos de história da imprensa, São Tomé e Príncipe está registado com nota positiva, como sendo dos poucos países africanos, onde efectivamente a imprensa é livre.

Uma conquista, aos olhos do mundo que deve ser preservada, para que o arquipélago, não venha a resvalar, para o vermelho que o NEWSEUM, pinta o continente africano, com destaque para vizinhos de São Tomé e Príncipe, como o Gabão e a Guiné Equatorial, considerados pela instituição independente dos Estados Unidos, como países onde não há liberdade de imprensa.

No aprofundamento do jornalismo de investigação, Washington, Nova York, Dallas-Texas, Phoenix –Arizona, ST.Louis Missouri, são cidades norte americanas que vão alimentar temas para capacitação dos 15 jornalistas africanos, que representam o Botswana, Camarões, Costa do Marfim, República Democrática do Congo, Gana, Malawi, Mauritânia, Ilhas Maurícias, Níger, Nigéria, Ruanda, São Tomé e Príncipe, Senegal, Serra Leoa, e Sudão.

Abel Veiga – Washington

Notícias relacionadas

  1. img
    Frederico Umbelina Responder

    Espero que tires o maior proveito possível desta formação.Bem mereces a oportunidade e o Téla Nón,também.
    S.Tomé e Príncipe,conta contigo.
    Força e abraços.

  2. img
    mudança Responder

    Parabens Abel Veiga. Mereces.

  3. img
    Francisca Responder

    Força, Abel Veiga e Tela Non!!!

  4. img
    Hector Costa Responder

    Os meus parabéns!

  5. img
    Paracetamol 500mg Responder

    Parabéns!
    Mas há que termos cuidado com recrutamento de jornalistas para desempenhar funções de espionagem.
    Tudo começa assim…

    • img
      zuchi dletu Responder

      ó paracetamol deves aumentar a “dose” para 1000 porque estas a delirar, já a ver espiões ? pois daqui a pouco se não aumentares a dose estarás a ver “invasões” e “inventonas”. tem cuidado pá… toma o paracetamol.

  6. img
    Ludmilo Tiny Responder

    Caro Abel,

    Congratulations!

    Go ahead.

    Ludmilo Tiny

  7. img
    Joker Voz do Povo Responder

    Parabéns cá de terra!

  8. img
    Joker Voz do Povo Responder

    Parabéns cá da terra para o Telanón!

  9. img
    zuchi dletu Responder

    Parabéns Téla Non! Parabéns Abel Veiga,
    aprender com os erros e as críticas e ter sempre fé no trabalho em prol de uma ideia de liberdade e democracia e de que o jornalismo é o farol do progresso e a “voz” iluminada da liberdade de expressão, e que pela tua aposta vieste a ter o público reconhecimento dos outros, mesmo que não sejas por “todos” pois haverá sempre quem “rosne” ! aproveita porque vais poder servir mais e melhor e com melhores “ferramentas” ! bem mereceste !
    além de elevares o nome de São Tomé ! Bravo.

  10. img
    Santosku Responder

    Valeu, continua que vais longe.

  11. img
    País da treta Responder

    Porque será que o senhor Ambrósio, jornalista da cúpula do poder não foi escolhido?! Deve ser, por ter associado ao Mário Bandeira um rapaz sem maneiras que afinal escreve coisas com objectivo de arranjar um emprego na fundação da senhora Helena Trovoada.
    Se Ambrósio não fosse “Parvo” também seria convidado.

    • img
      zuchi dletu Responder

      ó pá, és mesmo de um país da treta, aliás és um comentador da treta. Vê lá que só sabes dizer mal e coisas parvas da treta como a ervilha que está no teu cérebro. o mário bandeira e o ambrósio que mencionaste, não precisam que eu os defenda, pois são mais crescidos do que tu, além de que fazem e bem aquilo em que acreditam, dando a cara e indo com quem gostam de estar, escrevendo coisas e emitindo opiniões que podes não concordar com elas, por isso, deverias discordar publicamente e não, como fazem os “da treta” atirar com maldades e boca suja. Vê lá se cresces e dizes coisas que sejam úteis em vez de insultares os outros… Só te dou resposta porque venho ao jornal escrever o que penso pensando contribuir para melhorar as coisas, como tantos outros que comentam e escrevem, mesmo que não concordemos com o que escrevem, mas que não insultam ou lançam mentiras e venenos, se não não venhas, pois quando vou ler os comentários mesmo que muito duros dos outros gosto de ver que há contribuição através de um meio que a todos iguala, mesmo os que pensam diferente! lê todos os outros comentários sobre esta notícia ! o que lês ? palavras de apoio a um jornalista que foi selecionado para aprender mais e melhor ! e é santomense, è um motivo de orgulho para todos, mesmo os que o podem criticar ou dele não gostar ! e mesmo que fosse um inimigo de ideias contrárias à nossa [ e eu próprio já discordei do abel veiga e escrevi-lhe] sempre merecia uma palavra de estímulo e de apoio, pois o que podes pensar que é uma brincadeira ou um passeio, vai ser muito útil ao jornalismo do nosso país ! vê lá se tomas juizo ! o coisa da treta.

  12. img
    Loysiki Pires Responder

    Meu Caro Abel Veigas( télá nón), espero que tires o maior proveito possível desta formação. Que possas implementar os conhecimentos adquiridos em STeP, de uma forma honesta, transparente, usando ética e moral, que o jornalismo no nosso País seja visto como algo profissional.

    Att: Loysik Pires….

  13. img
    J.Maria Cardoso Responder

    Caro jornalista, Abel Veiga;
    Já deves ter dobrado vezes para explicares aos colegas jornalistas e, não só, onde ficam as lindas ilhas de liberdade.
    Parabéns e felicidades!

  14. img
    J.Maria Cardoso Responder

    Correcção: fica por ficam

  15. img
    bbvasantander Responder

    Como é que não convidaram o Sr Ambrósio Quaresma o autodenominado melhor jornalista e jornalista cheio de ética? Ele anda atrás da família Trovoada e esquece-se de fazer o jornalismo. O Ambrósio Quaresma já é um homem adulto, mas tem que crescer depois para começar andar. Ambrósio tem que ganhar juizo e aprender a lição. Não lhe convidam para nada. É um jornalista caduco, ultrapassado é da linha do Oscar Medeiros, e Marcelino Carlos Tombá. Os Lambe Botas.

  16. img
    Esperança em ver País a Crescer Responder

    Parabens Abel veiga .

  17. img
    TVSA-Televisão Santomense Aberta Responder

    Ambrósio Quaresma!
    Não comentas nada?
    Afinal de contas,somos todos santomenses,né?
    Não achas que isto também é “Promover S.Tomé e Príncipe”no exterior?
    Aguardamos o teu comentário.
    Somos:
    Teus colegas e amigos.

    • img
      Polis Responder

      O senhor Ambrosio nao pode responder coisa alguma. Ademais o novo rosto do “parvo” foi concebido pela Globus que é a empresa do Sr. Ministro da Educação. dirigente de STP (governo) e concorre ao mesmo tempo no sector privado. uma coisa ou outra. nao é etico. concorrencia desleal face aos privados que tentam sobreviver num mercado exiguo.

  18. img
    Maomé Responder

    Cada dia um degrau, cada degrau uma luta e a cada luta um aprendizado!
    Parabéns!
    Força Abel

  19. img
    Arnaldo Responder

    Parabéns! Abel Veiga

  20. img
    Eusébio Pinto Responder

    Parabéns Abel!

    Acredito que essa oportunidade constituirá mais um estímulo para para continuares a manter a audácia que te tem caracterizado na tua missão quotidiana de contribuir para a promoção do contraditório no seio dos santomenses, independentemente de onde cada um se encontre!

    Eusébio Pinto

  21. img
    HLN Responder

    Parabéns Abel tu mereces e muito mais, esperemos(os leitores) que tires o maior proveito.
    Sucessos

Deixe um comentario

*