Porta voz da União Sindical da Saúde injustamente ameaçado e acusado de estar ao serviço da ADI

Ramon Prazeres, recentemente porta voz da União dos Sindicatos da Saúde, decidiu deixar de falar em nome da União Sindical, por causa de alegadas ameaças. Em declarações ao Téla Non disse que está a ser conotado como sendo militante da ADI, para instabilizar a governação.

Dos 4 sindicatos do sector da saúde, Ramon Prazeres é líder do SINATESA- Sindicato dos Técnicos de Análises Clínicas e Farmácias. Ainda no ano passado, este ramo do sindicato do sector da saúde, sob a liderança de Ramon Prazeres, confrontou o anterior governo da ADI, com uma lista de reivindicações, que visava dar resposta a rotura de stock de reagentes e outros consumíveis nos laboratórios de todos os centros de saúde do país.

Por causa dessas justas reivindicações, para melhor atender ao público, o líder da  SINATESA, foi colocado como alvo a abater pela anterior direcção do Hospital Ayres de Menezes e pela anterior ministra Ângela Pinheiro, que chegou a pressionar os técnicos da saúde com ameaças, apenas pelo facto de uma cópia da carta reivindicativa dos técnicos de análises clínicas, ter chegado a redacção do Téla Nón.

A falta de reagentes e outros consumíveis, não ficou resolvida com a queda do Governo da ADI. Aliás logo após a tomada de posse do novo Governo, a União dos Sindicatos da Saúde, voltou a carga, apresentado as mesmas reivindicações, que não tinham sido satisfeitas, elo anterior executivo da ADI.

O Novo executivo sustentado pelo MLSTP/PSD, PCD e o MDFM, ainda não encontrou solução para o problema grave que se vive no sector da saúde. Ramon Prazeres, líder da SINATESA, passou a ser porta voz da União Sindical, que marcou para 11 de Março a paralisação total do sector da saúde, como forma de se encontrar solução para as reivindicações.

As suas palavras na comunicação social, em nome dos 4 sindicatos, geraram mal estar e acusações de que estaria a fazer trabalho político para a ADI. «Estão a dizer que eu sou da ADI, e por isso pretendo instabilizar o sector. Recebi ameaças duras, com advertências, etc. Por isso decidi deixar de ser porta voz da União Sindical. Continuo a batalhar junto com os outros colegas, no âmbito da SINATESA, em que sou secretário geral». Declarou para o Téla Nón, Ramon Prazeres.

Se há política nas acções de Ramon Prazeres, é uma atitude antiga, que vem do Governo da ADI, e agora atinge o ponto culminante no Governo de Gabriel Costa. Uma politica clara e determinada que visa apenas a melhoria das condições de trabalho no degradante sector da saúde.

Abel Veiga

  1. img
    kung fu Responder

    Os politicos santomenses esquecem-se de que a POLITICA e como uma varra de dois bicos.

  2. img
    zeme Almeida Responder

    É preciso todos, mas todos Saotomenses gritarmos em voz alta{NAO REGRESSO AO PASSADO}O Pais esta na era da democracia, ou nao.Ameacas interrogacoes sem justo causa,sera que ainda nao somos livres STP de reclamarmos os nossos direitos?A POLITICA DESDE GOVERNO SÓ SAO AMEACAS, INTIMIDACOES E QUERER PRENDER?Só em S.Tome Guine Bissau.Angola Mocambique e Cabo Verde estao todos em bom caminho.

    • img
      É verdade Responder

      Há bem pouco tempo os são-tomenses perdiam emprego se manifestassem em desacordo com o governo. {Não REGRESSO AO PASSADO}

  3. img
    alberto Responder

    MENTIROSO!
    Nao houve nenhuma ameaça.Este palhaço está é a jogar com dis bicos.Recebe dinheiro-ARRANJA e CONFUSAO.
    É UM “CLONE” DE “KAUIKE”

  4. img
    Horácio Will Responder

    A mentalidade dos são-tomenses tem-se revelado com alguma melhoria para o bem do país. Verificam-se mais comentários e votos a favor da correcção do que a favor dos partidos. Mantenhamos assim para que os políticos percebam que estão sozinhos quando se esquecem da população.
    Peço ao sr. Ramon que não deixe de ser porta-voz (é preciso evitar que os protestos deixem de ter voz) e que denuncie as ameaças e todos os outros atropelos à democracia para que saibamos se apoiamos a queda de alguém considerado ditador para a seguir termos outras ou mesmas formas de ditadura.
    Grande abraço meu à pessoa do sr. Abel Veiga que assina uma notícia que vem contrariar todas as críticas que lhe foram dirigidas em termos de parcialidade.
    Viva STP com consciência de crescimento social.

  5. img
    AMOR A SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE Responder

    Sr.(a) zeme Almeida,
    O senhor tem muita razão. Estamos em plena democracia. Mas, não significa falar demais, muitas vezes apenas com fúria de comentarmos também. Esse Governo ainda não tem 3 meses, vamos todos contribuir, dando tréguas aos mesmos. Se não, o contrário, só vai é atrapalhar. Olhando bem, o ADI, liderado por Patrice Trovoada, esteve dois anos, apenas só estava a publicitar-se a si mesmo para se manter no poder, enganando tudo “POVO PEQUENO”, sobretudo, aqueles que não gosta de trabalhar e viver a custa de pedintaria. É que o princípio de pedintaria, começou de cimo, que base toda, abitou-se a viver de pedinte, por isso é que o País não avança. Qualquer setor deste país, deveria esperar, pelo menos seis meses, para começar com os respetivos cadernos reivindicativos. Somos todos Santomense, deveríamos dar todo o nosso contributo, para ver se será agora.

  6. img
    E. Santos Responder

    Meu caro Ramon. Você não pode sair encolhendo o rabo porque lhe ameaçaram. Cada um luta pela sua causa. Isso de lhe acusarem de ser do ADI é senão uma forma de lhe calar a si e ao povo.
    Em democracia somos livres de ter a nossa própria opinião. Não devemos nada aos políticos deste país, antes pelo contrário.
    Se você se cala, significa que o sector vai continuar precário como tem estado até agora. O Povo vai continuar privado de uma assistencia médica digna. Seja contra o ADI, seja contra esta cambada de oportunistas agora chamada de Governo, faça o fincapé…a razão está do seu lado, o povo ficará do seu lado.
    Porque quando estes senhores adoencerem, não vão ser tratados neste hospital de certeza…por isso estão pouco se lixando para isso. Só não querem é que a gente lhes atrapalhe a desgovernação.
    Se você se amedronta e abaixa uma vez, vai ter de abaixar sempre. Isto é um aviso a toda a sociedade são-tomense. temos de viver e ter dignidade…ou morte, se nos quiserem matar a todos e governarem fantasmas.

  7. img
    Calu nostempo Responder

    Sim deve-se reivindicar e não fazer greve já já porque o Governo nem sequer tomou chão de terra como se diz na gíria. “Santomé flá blu blu blu na sá lutafa”

  8. img
    Tozinho Responder

    Agora é assim
    Todos os que falam, são ameaçados e expulsos.
    Um funcionário da bomba de combustível do senhor Deportado Guilherme Octaviano disse que estavam a racionar combustível, porque não estavam a receber o suficiente para vender a vontade, e no dia seguinte, foi o gerente da CEDEC dizer que o mesmo iria ser sancionado, porque estava a mentir. Disse ainda que tinham o combustivel para vender suficiente. A verdade é que quando fui no dia seguinte, encontrei uma grande guerra com os motoqueiros, pois não havia combustível para o publico, mas sim apenas para amigos.
    Também dizem que não há problemas de arroz, mas vai-se para loja e não há nada. Agora sim é que entramos na era do antigo PIDE, pois ninguém pode falar. Se alguém reivindicar, é porque é do ADI. Então isto quero dizer que na realidade o ADI é o maior partido do país, pois temos visto, que de norte ao sul e de este a oeste as reivindicações estão a crescer.
    Não se pode justificar que o Governo tem apenas 3 meses. Coisas essenciais como a saúde do povo tem que ser resolvido em uma sermana. Se deram 3 meses é porque foram pacientes. Também não se pode ver 3 meses, pois este governo é do MLSTP que está em função a 37 anos.
    Resolvam os problemas essenciais do país
    Avancem.
    Tudo está pior. Até o nosso futebol que estava a dar alegria ao nosso povo voltou de novo para a era do MLSTP/PCD. Guadalupe levou 5 a zeros em S,Tomé e 12 a um em Libreville. Coisa nunca visto neste país. Quando o cimo está mal, então a base está pior, por isso Adeus Meu Querido País.
    Só com Cristo

  9. img
    Mé Pó Feladu Responder

    caros compatriotas em vez de estarmos aqui neste espaço só com palhaçada apresentemos ideias e soluções para contribuirmos e ajudar quem esta a frente do pais, pensemos na reforma enquanto uns tem mais a empanturar outros nada tem encontremos saida para distribuição de riqueza portanto esta coisa de reforma é uma gota no meio de oceano, emprego ajudemos os que estao a frente dos destinos de stp, viva democracia viva o melhor povo do mundo pq consetimos muita coisa

    • img
      carlos costa Responder

      Antes de apontares o dedo porque que nao te poes afrente da fila para mudares aquilo que ao teu ver esta mal? Seja o primeiro a dar exemplo e apresente essa tal ideia porque o que fizeste com o teu comentario e exactamente a palhacada que criticaste e em nada contribuiste para solucao…

      • img
        Mé Pó Feladu Responder

        meus caros amigos sr carlos costa e telavive
        na democracia não é só os eleitos que tem obrigação de fazer as coisa eles são eleitos em função do projecto sociedade para dirigir mais isto não implica que qualquer cidadão atento pode apresentar ideias, opiniões então pergunto porquê que existe o chamado presidencia aberta ou então as visitas que os 1º ministros, ministros, mesmo os deputados fazem em diferentes comunidades ascultando as ideias das pessoas em função das necessidades que a comunidade enfrenta embora os governantes tendo soluções em vista mais na democracia é feito com contraditorio e participação activa de todos, com a receita de petroleo poderiamos investir na agriculta, pesca, turismo, porto de agua frofunda, aeroporto moderno, saude, energia, agua potavel, estradas, educação, estrada volta a ilha, estradas em todas as comunidades, hospitais, edificios para albergar todos os ministerios, contruir casa de passagem para os titulares de cargos publicos, infraestruturas para transformação de diversos produtos locais, fabricas, portanto ha n coisas que podemos apresentar aqui neste espaço que ficaria muito bem para as pessoas que passam em revista,a sociedade desenvolve com recursos financeiros e humanos que tem alguma visão estrategico, portanto a partida não fazendo tudo isto que apresentei, mais paulitamente ja seria um passo para criação de emprego e dimiuir o fluxo de pobreza extrema que assola a maioria do povo, sõ para refrescar a memoria dos meus compatriotas, exemplo claro o governo apresenta a assembleia o oge para o efeito de aprovação, então é só chegar e aprovar não, os deputos fazem muita coreção apresentam formas como devem ser afectadas as verbas com fundamentos, com ideias do porquê q isto não deve estar aqui ali ficaria melhor dando suas contribuições como cidadão e mais coisas portanto meus caros, um vezs q não temos o parlamento usemos este espaço com coisas uteis a sociedade e não coisas futeis, porque o petroleo é um recurso esgotavel, portanto temos que saber empregar bem as receitas provenientes do petroleo viva democracia, viva stp, viva o povo um bem haja a todos

      • img
        Mé Pó Feladu Responder

        meus caros amigos sr carlos costa e telavive
        na democracia não é só os eleitos que tem obrigação de fazer as coisa eles são eleitos em função do projecto sociedade para dirigir mais isto não implica que qualquer cidadão atento pode apresentar ideias, opiniões então pergunto porquê que existe o chamado presidencia aberta ou então as visitas que os 1º ministros, ministros, mesmo os deputados fazem em diferentes comunidades ascultando as ideias das pessoas em função das necessidades que a comunidade enfrenta embora os governantes tendo soluções em vista mais na democracia é feito com contraditorio e participação activa de todos, com a receita de petroleo poderiamos investir na agriculta, pesca, turismo, porto de agua frofunda, aeroporto moderno, saude, energia, agua potavel, estradas, educação, estrada volta a ilha, estradas em todas as comunidades, hospitais, edificios para albergar todos os ministerios, contruir casa de passagem para os titulares de cargos publicos, infraestruturas para transformação de diversos produtos locais, fabricas, portanto ha n coisas que podemos apresentar aqui neste espaço que ficaria muito bem para as pessoas que passam em revista,a sociedade desenvolve com recursos financeiros e humanos que tem alguma visão estrategico, portanto a partida não fazendo tudo isto que apresentei, mais paulitamente ja seria um passo para criação de emprego e dimiuir o fluxo de pobreza extrema que assola a maioria do povo, sõ para refrescar a memoria dos meus compatriotas, exemplo claro o governo apresenta a assembleia o oge para o efeito de aprovação, então é só chegar e aprovar não, os deputos fazem muita coreção apresentam formas como devem ser afectadas as verbas com fundamentos, com ideias do porquê q isto não deve estar aqui ali ficaria melhor dando suas contribuições como cidadão e mais coisas portanto meus caros, uma vez q não temos o parlamento usemos este espaço com coisas uteis a sociedade e não coisas futeis, porque o petroleo é um recurso esgotavel, portanto temos que saber empregar bem as receitas provenientes do petroleo viva democracia, viva stp, viva o povo um bem haja a todos

    • img
      Telavive Responder

      Meu senhor, afinal de contas, quem tem o dever de apresentar ideias? Porquê que o povo escolhe os políticos através das urnas? Os senhores são políticos é certo. Mas antes publicar qualquer escrita aconselho-vos a reler várias vezes!

    • img
      Telavive Responder

      Si Lula da Silva tivesse medo das ameaças da ditadura militar brasileira, ele nunca teria sido presidente do Brasil. Que tipo de activistas são meus senhores? Como é que desistem logo à primeira. Desta forma se regressassimos na história ainda estavamos na era de escravidão!

  10. img
    MENTE ABERTA Responder

    O 1ª Ministro Gabriel Costa é um fraco.

    Ele deveria aprender a lição com o ex presidente da Republica Fradique Menezes, quando ele não conseguiu negociar com o sindicato na altura em que ele era o 1º Ministro e o foi mandado para casa pelo Fradique, devido a incompetencia em lidar com a greve da função publica que se arrastava por mais de duas semanas.

    Agora parece que a “coisa” está a repetir-se.

    A arrogância de Gabriel não lhe permite sentar-se a mesa e negociar tete a tete com os sindicatos do Hospital.

    Assim ele vai para casa mais cedo.

  11. img
    jessica Cruz silveira Responder

    Porque que o senhor Ramom não faz o jogo limpo e diga ao público quem está a lhe ameaçar ? abra o jogo

  12. img
    C.Semedo Responder

    Meus caros,
    A greve é um direito adquirido do cidadão, só em regimes ditatoriais como este que se pretende instalar no nosso país, onde até o direito de se exprimir livremente deixou de existir, é que as pessoas são perseguidas,ameaçadas e até mesmo… Vejam só a atitude do ministro da Educação e Desporto quando foi interpelado pelo Jornalista, foi logo advertido, isto é incrível, quem são afinal de contas estes senhores? O senhor Gabriel costa, anda a intimidar as pessoas com declarações agressivas e grosseiras em vez de fazer o necessário. Bem haja S.Tomé e Príncipe, unidos venceremos.

  13. img
    asd Responder

    Gabriel Costa e Pinto da Costa a situação não é lá muito complicada é simples de resolver: Pega nalgumas viaturas do estado que estão ao serviço de alguns sangue sugas aos fins de semana e para carregar mulheres para prais, levar filhos para escola tudo em nome do povo, vende em hasta publica e pega nesse dinheiro dinheiro compra medicamentos e outros utensilios para o Hospital. O Sr. Primeiro Ministro e o Sr. Presidente já fizeram um levantamento de quantas viaturas de estado topo de gama temos ai a circular no pais? Vende essas viaturas e compra carros ligeiros assim o país andaria melhor. Sr. PR e Sr. PM seguem o meu conselho e no fim me darão razão. Estou disponivel para ajudar esse governo e dar a minha contribuição.
    TAmbem gostaria de alertar o SR PM se as viaturas do estado não circularem depois das 18 e aos fins de semana o senhor verá quanto o estado vai economizar em pneu, combustivel e acessorios.
    Outra coisa o Sr. tem que ter maior controlo nos combustiveis, já o anterior governo tinha fechado essa torneira mas o Sr. voltou a abrir. Veste um dia de camuflado e vai para o posto de combustivel SEDEC e vai ver quantos carros particulares abastecem lá com talão de estado, quantas boquitas vão pra lá com talão de estado o Sr. tem que ser mais activo nessas coisas. Pode contar com a minha colaboração porque tambem tou farto disso. UM bem haja pra si senhor PR e PM.

  14. img
    Culorado Responder

    Caros Compatriotas:

    Todas essas reivindicações revelam falta de carácter e sentido de responsabilidade dos seus mentores ou patrocinadores: senão vejamos:

    È ridículo exigir nota positiva ao estudante sobre a matéria que ainda não foi dada. Outrossim:

    Entregar um exímio condutor e/ou piloto um veículo de alta velocidade, mesmo novo que seja e exigir-lhe logo no início duma longa e dura viagem, que arranque em alta velocidade é mesmo que lhe exigir, suicida-te.( ou chegas lá ou espalha-te mais o veículo).

    Pois, durante dois anos o XIV Governo dizia deixa-nos trabalhar.
    Mesmo assim, O XIV Governou deixou os serviços de Saúde em STP no estado de degradação e penúria, em que se encontra.

    O XV Governo recebeu essa herança há menos de 3 meses e pelo menos, já realizou um encontro com os profissionais de saúde para se inteirar da real da situação. O que significa que a saúde em STP já mereceu especial atenção do XV Governo e como é óbvio, agendada como prioritária.

    É imperioso dar tempo ao tempo…

    Reivindicações, sim,

    Mas greve, não.

    Mioléem non na tê pa non bili txila-fa- ê, cela non çôçô pleça

    Vamos esperar, se nada for feito! Então vamos a greve, OK!

    Esperemos que justo não pague pelo pecador,

    • img
      Horácio Will Responder

      Talvez seja momento de todos os que se encontram na oposição não ambicionarem o poder antes de saberem a solução que trariam para o que andaram a criticar.

      Nota:
      Revi os meus últimos comentários e penso que aparento ser oposição dos que lá estão agora. Nada disso! Quero reflexão mais construtiva para o país que eu digo ser meu quando no estrangeiro me perguntam de onde sou. Tenciono ter participações mais activas sem qualquer ambição de notoriedade.

  15. img
    original Responder

    Os problemas são para serem enfrentados de frente;se as coisas vão mal o Governo deve dialogar e mostrar alguma flexibilidade.Se o Sr.Ramon for de ADI todos outros trabalhadores também são? Quando um partido está no poder elementos deste partido não podem revindicar só se for do outro lado? isto é que faltava.Governo deve saber lidar com carne e também com osso.Esqueça do ADI e faça o que tem que ser feito.

  16. img
    cua lumado Responder

    É triste esta terra. O nosso país é triste. Apontamos milhares de culpas aos outros, tomamos o comando do barco e fazemos mer… ainda piores. Simplesmente triste.

  17. img
    Fokoto Responder

    Pelos vistos o Sr Ramon deve ser mesmo um trapasseiro e enviado por algúem de modo a perpetuar o nome do ADI sempre nesses comentarios como se o governo ou alguém que se preze dê algum valor ao ADI
    ADI é uma experiencia para esquecer.

Deixe um comentario

*