Sociedade

Desastre do avião Beechraft 1900 CT em São Tomé provocou demissão do director de aviação civil do Senegal

O ex-Director da Aviação Civil e da Meteorologia do Senegal, foi acusado como sendo responsável pelo acidente aéreo ocorrido no espaço aéreo são-tomense, por um avião da companhia Transair.

A imprensa senegalesa anunciou que o senhor Atoumane Fall, director da aviação civil e meteorologia do Senegal foi demitido das suas funções, no passado dia 19 de Abril, por decisão do Conselho de Ministros do Governo senegalês, e por causa do acidente aéreo ocorrido em São Tomé e Príncipe, com um avião da companhia Transair.

Segundo a imprensa senegalesa, o avião de tipo Beechraft 1900 CT, operava com licença atribuída pelo Senegal. Mais importante ainda é o facto do tal aparelho ter operado durante algum tempo como meio de transporte privilegiago das das autoridades governmentais do Senegal.

Atoumane Fall demitido do cargo de Director da Aviação Civil e Meteorologia do Senegal, já foi substituído por Maguéye Marame Ndao.

Note-se que o avião em causa deixou de contactar com o aeroporto internacional de São Tomé e Príncipe, quando se encontrava a 6 milhas de distância do aeroporto. Tudo aconteceu num domingo de trovoadas, 7 de Abril.

Até hoje 26 de Abril não se encontrou qualquer sinal do aparelho nas águas teritoriais são-tomenses.

Abel Veiga

    5 comentários

5 comentários

  1. longe

    26 de Abril de 2013 as 18:18

    privilegiago?das das.tenha mais cuidado com a escrita.

  2. Toni

    26 de Abril de 2013 as 22:47

    Decisão de Estado competente

  3. madalena

    28 de Abril de 2013 as 13:45

    Será mesmo isso, ou trata-se de um desvio.
    Ate prova em contrario, fico expectante.

  4. Nora

    29 de Abril de 2013 as 9:54

    O exemplo a seguir. As avarias da Emae, os problemas das Alfandegas, ENASA, ENAPORT também deveriam ser resolvidas a faca nos dentes.

  5. mimi

    30 de Abril de 2013 as 11:17

    Nao me parece que este seja o mesmo aviao que se presume ter caido em aguas de S. Tome e que vinha do sul Africa do sula/Namibia com direccao ao Gana/Mali e provavelmente com matricula (licensa?) atribuida pela Africa do Sul. Deve haver algum equivoco! Ou se calhar sao dois casos parecidos?!…

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo