Sociedade

Tribunal absolveu homem de 79 anos que pronunciou a palavra “BOMBA” no voo da STP-Airways

O Julgamento sumário de Manuel Ferreira, cidadão português de 79 anos de idade, resultou em absolvição. Na última terça – feira, o cidadão português que viajava para Portugal no voo da STP-Airways, ao entrar no aparelho, considerou que a sua mala estava pesada como se fosse uma bomba.

Uma frase que provocou alarido no avião, com a tripulação a pedir intervenção de segurança. Manuel Ferreira, ficou sob a custódia da polícia, encaminhado para o ministério público, que avançou com um processo-crime. Hoje após a absolvição do arguido, o advogado André Aureliano Aragão, considerou a decisão do Tribunal como importante, até mesmo para ensinar o Ministério Público a fazer acusações consistentes. «O Tribunal esteve muito bem ao absolver o meu constituinte, e deve servir também de referência para que de facto o Ministério Público, faça acusações consistentes», referiu o advogado de defesa.

Segundo o advogado até o magistrado judicial que decidiu sobre o caso, o Juiz de Direito Hilário Garrido, manifestou estranheza pelo tipo de acusação feita pelo Ministério Público. Não havia matéria para o caso ir a julgamento. O advogado de defesa, fez questão de afirmar que o caso relacionado com o seu cliente, nem se quer constitui matéria para análise administrativa.

Abel Veiga

    33 comentários

33 comentários

  1. Assuncao

    9 de Maio de 2013 as 13:33

    Xeii,as pessoas sao livres de dizerem as maiores besteiras k quiserem,com suas consequencias,’e claro;nao conheco os pormenores,os factos mas so isso ‘e materia de acusacao?Quem ‘e o MP que se precipitou?!ou nao?hihih,sa cada bobo!
    Com cumprimentos.

  2. pirilampo

    9 de Maio de 2013 as 13:50

    so gostaria de saber se fosse um cidadao nacional ou seja filho de ze povinho se tbm terria esta sorte de sair assim em puni tbm ser julgado em tao curto espaço de tem , pois a raça negra veio mesmo pra sofrer pois na nossa penitenciaria tem recrusos ai a espera de julgamento a tempos so o inguerito se fosse um negro duraria uns 700 dias no minimo mesmo tendo esta idade q o sidadao portugues mas como vivemos de gosmas por isto q pais este falço alarme sim ,,mas deveria ser ele punido de qualquer forma

    • menina stp

      13 de Maio de 2013 as 15:53

      O teu português é muito difícil de ler mas enfim. Deves ser do tipo de pessoas que leva tudo para RACISMO. A Lei é só uma e nesse caso se fez a justiça. Vai ler um pouco sobre as nossas Leis e aprendes a dar melhor opinião e se leres mais podes melhorar na tua escrita.

  3. verdade

    9 de Maio de 2013 as 14:19

    Entendo que o homenzinho esteja um pouco caduco. Mas, acho que pelo menos uma multa ele merecia: Se a nossa imagem não andava bem, ele adicionou um aspecto que não tínhamos ainda- o terrorismo. Acrescenta-se a isso, os danos causados aos passageiros e aos serviços aeroportuarios, policiais, etc. Quem paga por isso? Se fosse em Portugal que um de nós fez isso,passaria em branco? Não tenho duvidas que não. Esse juiz ( se é que merece esse nome) devia ser reformado.
    Tenho dito.

    • rapaz de riboque

      9 de Maio de 2013 as 14:36

      não sabes que dizes vives numa terra de tanto terrorismo(gatunagem, pedofilia, feitiçaria, inveja)e nunca são condenados a nada pelo facto do homem ter dito uma brincadeira muito natural já querem que o homem seja crucificado é de louvar os juízes pelo menos mostraram bom senso, e uma mentalização civilizada

    • tonga

      9 de Maio de 2013 as 14:41

      oh rapaz voe escreve com tantos erros olha que Portugal não é assim tão mau para com os africanos porque lá os africanos fazem trinta por mil linhas e continuam lá talvez até Portugal devia ser mais duro em algumas coisa vai aprender a escrever corretamente em vez de escrever tolices

  4. António Silva

    9 de Maio de 2013 as 14:30

    Na realidade se o indivíduo se referiu desta maneira em relação ao facto da mala estar pesada, não vejo a razão do caso ter chegado onde chegou! Quem ouviu a frase é que interpretou mal a ideia do homem.
    Não vejo a razão de tudo isso!
    Talvez se o indivíduo dissesse: “Estou cheio quase a explodir”, em conversa com alguém de lado, por exemplo a esposa,aludindo ao facto de ter comigo muito.
    Também o teriam detido?

    • Vai tu

      9 de Maio de 2013 as 19:19

      Conforme comentário que fiz na outra notí-
      cia,a quem, é que vai ser imputada a responsabilidade deste triste episódio.
      Pois está muita matéria em causa;
      Os Passageiros (que alguns perderam as ligações com outros voos)
      A Transportadora Stp/Airways
      A TACV
      A ENASA
      O bom nome de S.Tomé e Principe,como País “pacífico” e Turistico
      O passageiro em si (e a esposa)
      Por vezes isto acontece por falta de “profissionalismo e traquejo” dos intervenientes.
      Mais uma vez,digo que lamento este triste episódio,pois já passei por situações idênticas,em outros Países e sei o que é que isto provoca.

      passageiro passa e os prejuízos

      • védé

        10 de Maio de 2013 as 8:42

        Aquele que se sentir prejudicado pode, não obstante o cidadão ter sido absolvido, pedir, na esfera cível, uma indemnização. Ao que me consta ninguém fez até agora qualquer pedido nesse sentido. Viva STP!!!

        • menina stp

          13 de Maio de 2013 as 15:57

          Pedir indemnização à quem? Ao passageiro? Acho que o SR.que devia processar o nosso estado (MP) uma vez que fez muito mal o trabalho de casa, se é que o fez.

  5. Santomé Plodôsu

    9 de Maio de 2013 as 15:17

    Excesso de zelo e de burrice. Uma bomba com potencia suficiente para deitar um avião abaixo, não tem que ter um peso significativo.
    Contudo acho que o octogenário agiu de boa fé ao dar alerta.
    O juiz esteve muito bem.

    • Lay Fernandes

      9 de Maio de 2013 as 20:42

      é muito facil falar quando nao tens a vida toda mudada pela “brincadeira de mau gosto”. todos sabemos que desde 11 de setembro de 2001 associar na mesma frase a palavra bomba e avião, torna-se, em qualquer parte do mundo estive neste voo e no banco ao lado deste senhor. assiste o desrespeito e o desdem que tratou a assintente de bordo. e mesmo quando deram a ordem de evacuar o avião o coitadinho do velhinho ainda se ria sem se preocupar com o transtorno que causou a todos, ficar 6 horas para que o avião, bagagens sejam minuciosamente revistados, inclusive aos contribuintes santomenses que vão pagar pelo tempo que o aviao ficou em STP. sem falar de pessoas que iam no mesmo dia para outros paises e perderam as suas conexões. Para mim esta decisão deste dito juiz só reflete que mas uma vez o dinheiro e a a nossa reminiscencia pelo colonialismo impede-nos de ser justos e independentes. eu particularmente, gravida tive que esperar 6 horas para poder viajar e perder uma consulta marcada a mais de um mês e que ainda nao consegui recuperar. como eu, os outros passageiros devem ter uma palavra a dizer. Só aconselho o mesmo comediante velhinho a fazer a mesma piada nos estados unidos, vão lhe achar uma graça, imagino.

      • Bili

        10 de Maio de 2013 as 8:10

        Concordo lietralmente consigo Lay. Aliás dizia um cantor brasileiro: “brincadeira tem hora”, e como essa, acrescentaria que até deve ter lugar.

      • luisó

        13 de Maio de 2013 as 20:43

        Quem mandou ir fazer consulta nos tuga?
        Não confia no hospital central?
        Era por aí que devia começar…

        • Lay Fernandes

          14 de Maio de 2013 as 11:59

          olha querido, infelizmente o nosso sistema de saude ainda não responde a todas as complicações que uma gravidez ou outras situações de saude/ doença pode acarretar. se respondesse acredita que não estaria a passar por este transtorno. e se o sistema tivesse condições tecnicas e materias de diagnostico e tratamento não precisariamos de junta médica. por isso pensa melhor antes de escrever, porque males de saude calha a todos. reza a Deus pra que não precises. um bem haja a ti e a todos

  6. SUM QUIQUE TRIBURE

    9 de Maio de 2013 as 15:25

    A Justiça deve ser impregue com isençao e imparcialidade.
    Devemos usar bem a faculdade de direiro, viver honestamente e dar cada um o que lhe merece.
    O MP nao deve precipitar na deduçao de acusaçao e como detentor da legalidade deve abstrair-se de emoçoes e exercer as sua prerrogativas como deve ser.
    VIVA O DIREITO E SUA CORRETA APLICAÇAO.

  7. berdiano

    9 de Maio de 2013 as 15:40

    Esta decisão retrata fielmente a justiça de STP e o estado do País. Como caboverdiano que sou sinto-me injustiçado pois os prejuizos que esse senhor provocou á minha companhia foram de milhares de euros!! Se fosse nos EUA a simples pronuncia da palavra bomba no avião ou no aeroporto daria direito a um tiro bem no mei da testa! Em STP infelizmente o Sr. Juiz achou que não havia nem matéria para uma multa e absolveu o abusado. Por essas e por outras é que eu continuo a adorar estes 10 grãozinhos de terra!!! haja paciência!

    • xico

      9 de Maio de 2013 as 22:52

      Pois é berdiano. Talvez por isso a TACV ou a hospedeira, que diz ter ouvido, não apareceram no tribunal. Nem eles próprios deram importância.

    • Juízo

      10 de Maio de 2013 as 0:06

      O prejuízo foi causadonpela falta de senso da tripulação e pela falta de organização de ST .

  8. mana

    9 de Maio de 2013 as 16:46

    Se voce esse brutamonte de um tal Juiz Monteiro, assessorado por Guilherme Posser, ele iria condenar o homem em pena de prisão, indeminização para o Estado e confiscar a mulher do homem á favor do comandante COBÔ. Setença essa ditada no FUNDON PÊPÊ e na AVENIDA.

  9. Xico Dende

    9 de Maio de 2013 as 18:18

    79 anos, já é idade suficiente para ter juizo. lol

  10. SaideBaixo

    9 de Maio de 2013 as 18:33

    Porque será que só os casos que vão parar ao Garrido nunca dá em nada!!! Façam um histórico dos processos em que este juiz está envolvido depois tirem as vossas conlcusões. Como exemplo releembro o caso da Mafalda, que o Sr. Garrido deixou sair do país pois ela estava muito doente e não haviam factos que sustentvam a posição do MP.
    Este Sr. já cometeu tantas irregularidades no passado, tem vários registos de casos suspeitos e não sei como foi repescado agora na presidência do Leite para voltar a fazer das suas…
    Existem algumas mudanças n Justiça, mas têm de ser mudados tmabém os maus jogadores…
    Paguem a indemnização ao Juizinho e mandem-no para casa, porque o prejuízo ao Estado é maior do que o custo do seu afastamento.

  11. paul

    10 de Maio de 2013 as 7:42

    o homem teve uma pronuncia que foi bem interpretada, o caso foi muito bem encaminhado, mas houve prejuízo e custo o sr. deveria pagar uma multa, pelo danos causados , não importa de foi a brincar 79 anos já é para ter juízo e consciência das coisas que falam, ele teve sorte porque se fosse em outros países se calhar já não estaria com vida, espero que sirva de lição ao senhor.

  12. 3 Macucu

    10 de Maio de 2013 as 7:44

    Cada gente tenhe seu dia ,um dia podera acontecer coisas identicas em Lisboa ,e aque voces vao ver

    • luisó

      13 de Maio de 2013 as 20:40

      vais ver mesmo que não tem um final igual.

  13. Dlima

    10 de Maio de 2013 as 10:06

    Pois, foram só mais uns dias de férias e de fama nestas ilhas maravilhosas.

  14. Congratulation

    10 de Maio de 2013 as 15:18

    Boa Justiça. Uma medida para um inimputável, a semelhança de muitos Santolas que gozam da imunidade e deambulam pela nossas cidades e luchans com caras de ricos.

  15. Bernardino Monteiro

    12 de Maio de 2013 as 13:34

    O arguido deve ser condenado quando existe facto Seja ou nao Cidadao nacional concordo com a justica em julgar o Cidadao pelo facto de expressar seja por brincadeira afinal de conta e a seguranca dos tripulantes e passageiros que estava em causa por isso quslquer acto seja ela pratico o por pensamento ou atitude tem que ser julgado obrigado senhores juizes

  16. des

    12 de Maio de 2013 as 16:58

    tudo tipo de escândalo é mesmo so em stp

  17. CAÇÔ SÁN ZUWANA

    12 de Maio de 2013 as 21:56

    o homem estava a sonhar acordado…e era apenas uma brincadeira pra testar o nosso potencial em área de segurança no aeroporto e não só…penso eu,.
    A idade não perdoa a ninguém.

  18. Viana da Mota 1987

    13 de Maio de 2013 as 20:55

    Este senhor tem muita sorte, se fosse no voo dos li States, qua li, Se calhar não tipificação neste tipo de crime no nosso pais. Quando assim for, não há crime. O legislador deve trabalhar e devolver ao parlamento uma proposta

  19. Viana da Mota 1987

    13 de Maio de 2013 as 20:57

    não esta tipificado, melhor dizendo

  20. tomas dias monteiro

    14 de Maio de 2013 as 17:07

    Nunca vi dizerem tantas asneiras. Esse forum passou a ser uma palhaçada. Comentarios sem pé nem cabeça. E é isso, em S. Tomé, opina-se tudo. Todo mundo é doutor, todo mundo é advogado, enfim. Credo!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo