Sociedade

Mãos solidárias estendidas às crianças mais pobres da escola de Batepá

Esta manhã dezenas de crianças da escola primária de Batepá receberam carinho especial de Moisés Viegas(na foto). Um cidadão nacional, que periodicamente estende a mão solidária para apoiar crianças pobres cujos pais, não conseguem se quer garantir materiais escolares.

Nasceu numa família humilde de 10 irmãos. A mãe que era chefe de família, tinha muitas dificuldades para financiar os estudos. Mesmo assim não desistiu de apoiar o seu filho Moisés Viegas, nos estudos, desde a escola primária de Batepá, até o liceu nacional.

Hoje, Moisés Viegas, assiste pobreza mais gritante, ameaçando o desempenho escolar de dezenas de crianças de Batepá e arredores, cujos pais não conseguem se quer comprar os materiais escolares para os seus filhos.

Na mesma escola de Batepá onde estudou, com muito sacrifício, tendo que percorrer longa distância que separa a escola e a  localidade de Cassuma, onde nasceu e cresceu, Moisés Viegas, regressou esta quinta – feira para apoiar 30 crianças que a pobreza não tem permitido se quer vestir uma bata para assistir as aulas. «Foi nesta escola onde aprendi a ler e  a escrever, na sala número 2. Aprendi também que as crianças são o futuro. E se são o futuro, devemos dar uma atenção especial a elas. Percebi que o futuro delas é também o meu futuro», afirmou na presença das crianças, professores e dois técnicos do ministério da educação que foram presenciar o acto.

Mochilas, cadernos, batas, esferográficas, fazem parte do conjunto de materiais ofertados às crianças pobres da escola. Moisés nome bíblico, agradeceu a Deus pela oportunidade que lhe tem dado de ganhar sustento para partilhar com os mais carenciados. «É com esse sentimento que vou fazer algumas acções com elas, porque o futuro é construído pelas nossas mãos. Também fui uma criança carenciada. Sou de uma família de 10 irmãos, e a minha mãe também não tinha muitas condições», acrescentou.

Não é a primeira vez, que Moisés apoia crianças da escola primária da vila histórica de Batepá. Já o tinha feito há 2 anos. Volta a agir porque considera que passados 24 meses, os materiais distribuídos às crianças já terão esgotado.

Outras escolas primárias do país serão beneficiárias da ajuda solidária. Antes o jovem são-tomense que trabalhou durante 12 anos em Angola e regressou definitivamente a sua terra natal, tinha feito o mesmo gesto na roça Milagrosa, vila de Caixão Grande e na localidade de Folha Fede, todos do distrito de Mé-Zochi como é também o caso de Batepá.

30 crianças de Batepá, sendo 15 meninas e 15 rapazes seleccionados como sendo os mais carenciados, estão a partir de hoje mais motivadas para aprender a ser homem de amanhã, graças a ajuda de um cidadão.

As crianças agradeceram o gesto amigo, entoando o hino da escola cuja letra diz o seguinte : “Queremos ser amigos. Para ter amigos é preciso ser amigo de toda geração. Queremos um amigo, queremos mais amigos, para sempre amigos, de toda geração.Um amigo, mais amigo fazemos união para vencer, a esperança de amanhã, o direito das crianças

Elas, as crianças da escola primária de Batepá, querem mais amigos, para vencer. Você também pode ser um amigo delas e de outras crianças sãotomenses, na conquista do futuro, contra a pobreza.

Abel Veiga

    24 comentários

24 comentários

  1. Lupuye

    16 de Maio de 2013 as 15:09

    Boa iniciativa. Que Deus te abencoe e te de mais meios financeiros para poderes continuar alimentando esperancas nesses coracoes carenciados mas famintos pela aquisicao de conhecimentos.

  2. Santomé Plodôsu

    16 de Maio de 2013 as 15:26

    Um exemplo a seguir pelos santomenses endinheirados. Não é necessário estar no poder para fazer algo pelo pais, se todos fizermos um bocado, isto avança.
    Força jovem, saúde e vida longa.
    Deus te abençoe!

  3. Lito

    16 de Maio de 2013 as 15:44

    Bom gesto, estas crinças agradecem. Basta um sorriso. Cada um pode fazer a sua maneira. Bem haja.

  4. hister vaz

    16 de Maio de 2013 as 16:51

    Deus te abençoe meu caro eu sou testemunho a certificar quão sacrifício a vida ja te fez passar… enfim… bem haja

    • Aureliano bom jesus

      16 de Maio de 2013 as 18:45

      Força meu irmao faz a sua parte que a teu lugar no ceu esta preparado em deterimento dos que tenhem muito mas que voce e nao faz nada para estas pobre crianças esquecendo que eram tambem poperimos fobados.

  5. Gualter Almeida

    16 de Maio de 2013 as 18:04

    que Deus te acrescente em tudo na tua vida amigo gestos destes é que é de louvar no nosso pais. Porque que aquele senhor que se diz professor L.N.Amado não converteu o dinheiro das vendas dos seus livrinhos para crianças e velhinhos da terra ?

    • zéca

      19 de Maio de 2013 as 11:13

      amigo Gualter se o pobres estiverem a espera de uma obra de caridade deste senhor Lúcio morrem todos a fome porque ele coitado não tem consciência para ajudar ninguém se fosse ao contrario acreditava

  6. el mata

    17 de Maio de 2013 as 4:23

    .. bem penso que es uma boa iniciativa
    e todos que tiver esa possibilidade
    pode tambem fazer o mesmo…

  7. osvaldo pereira

    17 de Maio de 2013 as 7:09

    cofesso que fiquei emocionado com o gesto,e espero que este gesto ou este tipo de iniciativas tenham mais seguidores,deus te proteja Moises.

  8. uê poto

    17 de Maio de 2013 as 8:23

    É bom jesto, mais espro que não cobres depois com jogo politico.

  9. Elias Diekum

    17 de Maio de 2013 as 8:33

    Que exemplo maravilhoso. Adorei.

  10. JOAO ALMEIDA

    17 de Maio de 2013 as 9:52

    Parabens mises. Espero um dia poder fazer o mesmo. Q DEUS te dê em dobro do q tas a dar.

    • gualter almeida

      19 de Maio de 2013 as 20:49

      Mises não deve-se escrever MOISÉS

  11. raposo joaquim

    17 de Maio de 2013 as 10:47

    Meu caro jovem, as crianças de Batepá agradece. Mas não emocione e pense na politica está bem! se fores a politica partidária prejudica tudo. Faça assim e que a sorte e deus ti ajuda. Um bom dia

  12. SUM QUIQUE TRIBURE

    17 de Maio de 2013 as 10:47

    Caros santomenses, absorvam bem este gesto, e conscientizem para o vislumbrar de uma sociedade justa e solidaria a qual todos podemos sorrir e realizar os nossos sonhos.

    Um bem haja ao Mister em apreço.

  13. Jose Rocha

    17 de Maio de 2013 as 11:13

    Um gesto digno de registo, Moises. Estou convencido de que iras receber muito mais em compensacao, pois bem o mereces, pelo altruismo revelado por mais esta iniciativa solidaria demostrando que nao es egoista. Parabens meu caro Moises!

  14. malebobo

    17 de Maio de 2013 as 11:51

    gesto como este é sempre bem vindo

  15. Bêtodo

    17 de Maio de 2013 as 14:37

    Sem dúvidas, um exemplo a seguir. Que possa surgir muitos indivíduos de coração dóssil como o “Moisés Viegas”. As Crianças agradecem e a Sociedade de uma maneira em geral.

  16. Adarlim Viegas

    17 de Maio de 2013 as 17:03

    Um exemplo a seguir, pode não ser o suficiente, mas se cada um de nós estivéssemos a fazer o mesmo com o pouco que temos, o nosso pais seria outro. como diz um homem sábio, ” A pobreza não é um acidente. Assim como a escravidão e o apartheid, a pobreza foi criada pelo homem e pode ser removida pelas ações dos seres humanos”
    by: Nelson Mandela

  17. N.C

    17 de Maio de 2013 as 18:16

    Parabens pela iniciativa e pelo gesto.Certamente esses materias sao adqueridos no estrangeiro e por conseguinte deveria benefeciar de isencao de taxas alfandegarias e aduaneiras,se nao for o caso
    Eixtem alguns “ditos” empresarios que envergaram pelo mesmo caminho da filontropia e donativos para depois tornarem se em politicos.
    Portanto se quizer continuar a ajudar o pais e os mais necessitados, segue firme nesse caminho e nunca deixe o virus da politica te infectar

  18. minus

    18 de Maio de 2013 as 14:40

    parece que anda todo mundo muito arrepiado com a politica, os politicos, a politicagem e muitos outros igredientes dessa malgama, reconheco que o puto mandou bem e forte, pergunto-me porem, porque sera que alguns garotos pedem-lhe pra nao cobrar favores mais tarde, nao usar esse gesto como trampolim e nao enveredar pela politicagem! bem, eles tem seus motivos, mas podemos ja falar em amor ao proximo? seja como for se a comida nao esta envenenada e ainda assim nutriu-nos muito e bastante so devemos elogiar, agradecer e insentivar, nao levantar suspeitas, ate parece que o virus da covardia e desconfianca se espalhou por todos os santolas( nao e pra menos, e tanta surra que nos esquecemos de acreditar e amar), aguardo um outro alguem num ato do genero…

  19. Cassuma-sofredor

    19 de Maio de 2013 as 19:42

    No meu ponto de vista é boa iniciativa se o Governo apoiar.

    • Elias Diekum

      20 de Maio de 2013 as 10:00

      Se o Governo não apoiar deixa de ser uma boa iniciativa???

  20. Elias Diekum

    20 de Maio de 2013 as 9:59

    Isto sim é notícia e não os concursos inúteis de misses. Miss STP na holanda, Miss STP em Portugal, Miss STP West Africa, Miss STP em STP, Miss STP Água Grande, Miss STP na roça da banana, enfim…

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo