Instituto da Droga e da Toxicodependência denuncia aumento do consumo da cannabis e trafico da cocaína

Nos últimos dois anos, São Tomé e Príncipe, conheceu importante subida de consumo da cannabis. O instituto registou 200 jovens consumidores, contra apenas 57 no ano 2010. Trafico da cocaína tornou-se nos últimos dois anos, numa realidade que segundo o Instituto não pode ser ignorada.

O aumento da criminalidade, sobretudo de carácter violento, que se começou a registar com maior evidência no país desde 2011, tem por sinal um combustível muito forte, a DROGA. O Instituto da Droga e da Toxicodependência, através da sua Directora Ivete Lima, mostrou no programa “Cartas na Mesa” de São de Deus Lima, os números que confirmam a explosão do consumo e trafico de drogas em São Tomé e Príncipe nos últimos dois anos.

Segundo a Directora Ivete Lima, até o ano 2010, o Instituto registava entre 20 à 57 consumidores da cannabis. Nos últimos 2 anos, o consumo da cannabis disparou. «Neste momento temos cerca de 200 jovens e estes são os que foram identificados, com idades compreendidas entre os 16 e os 36 anos que são consumidores», precisou a Directora do Instituto da Droga e da Toxicodependência.

Nos últimos 2 anos, a droga avançou para as escolas, chegou aos agricultores e conquistou os motoqueiros. Estratos sociais em que o Instituto tem registado bom número de consumidores. No fundo em 2 anos a droga infestou a sociedade de forma surpreendente.

O instituto indicou o distrito de Mé-Zochi, como principal centro de plantio da cannabis e o distrito de Água Grande, como a região onde há mais postos de trafico e de venda.

Por outro lado nos últimos 2 anos «o trafico da cocaína se tornou numa realidade que não pode ser ignorada», assegurou a  Directora do Instituto da Droga e da Toxicodependência.

Lázaro Afonso, criminologista, ex-Director da PIC, que nos últimos 2 anos, liderou a secção da Polícia de Investigação Criminal, sobre drogas foi peremptório. «Sabemos que tem entrado a cocaína no país. Parte fica, parte sai. É verdade que sai em pequenas quantidades para não levantar suspeitas», referiu.

Desde finais de Setembro do ano 2012 que chegaram a redacção do Téla Nón, dados de fontes policiais bem posicionadas, que incluem pessoas influentes, algumas nacionais, outras estrangeiras e estrangeiros naturalizados são-tomenses numa rede internacional de tráfico de droga(cocaína) que tem São Tomé e Príncipe como uma das âncoras de conexão.

Prova da operacionalidade da rede, segundo a fonte policial, foi a detenção de pessoas que transportavam cocaína no organismo, as chamadas Mulas. Nos últimos dois anos, o cheiro da cocaína pura, tornou-se mais forte em São Tomé e Príncipe, como ponto de entrada e passagem para outros mercados, e o fumo da cannabis mais intenso, nos bairros residenciais, discotecas, e outros locais, estimulando assaltos a luz do dia e outros crimes violentos.

Em Setembro de 2012, a fonte policial que conversou com o Téla Nón, recordou que a situação que hoje se vive na Guiné Bissau, teve um começo igual, a que se regista em São Tomé e Príncipe. Talvez por isso, os convidados do Programa “Cartas na Mesa”, foram unânimes em considerar que o crescente consumo e trafico de drogas, « pode por em causa a nossa democracia».

Abel Veiga

  1. img
    Ze Responder

    200 consumidores. Quantos traficantes presos? NENHUM. Flá sóóó.

  2. img
    poison Responder

    Todos desconfiam com o barão por detraz disso… Notem bem dois últimos anos, quem andava no poder? O quê que disse ou fez acerca disso? Aquele Governo até tinha um padre que abandonou a igreja. Cada pai e mãe tem que aconselhar bem os seus filhos a denunciarem eventuais tentativa de vício ou viciamentos, caso contrário, o que será desse país?

    • img
      Cova Agua 2 Responder

      Você tem razão. “nos últimos dois anos”.

      MAs a droga que foi queimada é dos anos 90. Quer dizer que desde anos 90 ou 80 que há droga em STP.

      Nos anos 80 já houve cidadão que foi parar a cadeia por causa da droga.

      Há algumas pessoas da nossa praça que sabemos como é que enriqueceram. Vamos começar abrir a bouca. Quem sabe esse país não arrebenta de uma vez.

      Cada um deve assumir as suas responsabilidades. Não podemos acusar deliberadamente o anterior Governo por todo o mal que o país tem.

      O MLSTP e PCD sabem quem andou a meter drogas nos anos 90. Essa pessoa foi presa?

      • img
        Adálio Responder

        Este país está desgraçado! O senhor Patrice Trovoada que só estava interessado em manter o seu poder não fez nada nem estava interessado em abordar este problema de tráfico e consumo de drogas. Agora está cá o resultado de tudo isto. “Morte” e “Desgraça” para os nossos jovens enquanto o mesmo se encontra fora do país a grande e a francesa.
        É bom que o atual governo adote um Plano de Emergência para a resolução deste problema que tenha carácter transversal e ataque o problema sem medo nem titubiezas. Um país com tanta probreza está agora a ser consomido por um problema muito mais grave. Por favor, Gabriel Costa ataque já este problema sem medo: doa a quem doer. Faça um plano transversal que inclua os sectores de Saúde, Educação, Família, justiça, controlo nos aerportos e portos mais apertados, etc. É o futuro de S.Tomé e Príncipe que está em perigo.

        • img
          feijoada Responder

          Meu caro imbecil, o problema de droga não recente, vem desde 1980 para não dizer muito antes. Deixe o Madiê pá.. sem vergonha. O Gabriel sabe tudo sobre droga em são tomé e principe. mande ele abrir boca para veres quem anda por traz dessas drogas!!!!!

          • img
            Tio António e gente Burra

            Existem pessoas que a massa encefálica esta mesmo condicionada por substâncias filantrópica ,e o Sr. parece ser um desses,ainda que as drogas estivessem desde os anos 80,naquela altura foram tomadas providencias para que o seu consumo não assumisse proporções alarmantes como a de hoje,e coincidência ou não foi com o Gov do Patrice que começamos a lidar com estes fenómenos,tenha um pouco de carácter,asnático..

  3. img
    Lupuye Responder

    O Lazaro Afonso, no programa CARTAS NA MESA,deu a entender que sabia muito mais do que estava a exteriorizar. Se assim e, porque e que nao fazem nada? Porque tanto medo? Realmente se nada for feito agora, STP se tornara em mais uma GUINE BISSAU e a paz que tanto propalamos desaparecera de Sao Tome e Principe. Agora e a hora de fazermos algo mesmo que tenhamos que pagar com a nossa vida para o bem do futuro dos nossos vindouros, das novas geracoes. Por um Sao Tome livre de drogas.

    • img
      luisó Responder

      STP é muito pequeno para o lázaro ou outro que saiba poder dizer o que sabe.

      • img
        Lupuye Responder

        Se assim e, estamos feitos. Preparem-se para o pior. Se continuarmos a calar e/ou a encobrir os males que nos assolam pela nossa pequenez, esse pais nunca podera ir para a frente e o fenomeno corrupcao (e outros) nunca serao combatidos.

  4. img
    minus Responder

    meu caro Lupuye, tambem nao precisa dramatizar com essas palavras de pagar sabe-se la o que com nossas vidas. primeiro, o caso e real, alarmante e descomunalmente assustador. segundo, precisamos de solucoes que funcionem e nao pareca a inquisicao catolica. terceiro (nao menos importante)estudar as causas basicas do porque STP assim como outros lugares se tornaram terrenos ferteis para o trafico,quem e o publico alvo… o passado tem a sua importancia nessa malgama,porem, nao se vai a lado algum tentando achar se o beltrano ou o fulano estiveram envoltos nessa sujeira toda, porque nao perguntar antes como ela(a droga) entra no pais, considerar a hipotese de alguma parte dela estar a ser produzida aqui mesmo no pais e fazer incansaveis alertas a populacao sobre os males nefastos que ela causa…

  5. img
    minus Responder

    pra realcar(as palavras nao se cansam)se estivessemos na realidade interessados em salvar STP, tratariamos antes de olhar para o povo , para a terra,sim isso e o que de fato interessa nao essa baboseira toda envolta no sr tal e Y… fazer acusasoes sejam elas imaginarias ou reais, nao torna nossas vidas um mar de rosas nem soluciona os problemas e apenas uma cortina de fumo que mascara o ego ferido de As ou Bs,por favor, tentem ao menos fingir que se importam com o que se deve importar e nao tragam pra este lado do tela nom essa enxurrada de politiquices ela tem o seu artigo e nao e esse,reconheco que tem alguma relacao, mas aprendam a fingir que nao estao interessados em engalfinhar-vos…uuffa!

  6. img
    carvalho Responder

    Como combate a droga com uma policia de investigação sem condições nenhuma kkkk esta era boa n era
    olha a PIC n tem condições para nada se papel n tem que fara combater droga
    não sejam parvo meus senhores abrem olhos aqui em STP SÓ FALAM E MAIS NADA

  7. img
    ferpenapandopo Responder

    CAROS AMIGOS PARA ACABAR COM ISSO BASTA CONTROLAR O AEROPORTO E OS PORTOS MARITIMOS.
    SERA QUE HA ALGUEM INTERESSADO??

  8. img
    luisó Responder

    Meus amigos:
    a liamba é uma planta que pode ser plantada em qualquer parte do mundo e em África está por todo o lado faz parte da paisagem. É usada desde há milénios pelos povos, como recreação ou tratamentos pelos chamados curandeiros ou chamans.
    Na Europa o seu uso é descriminalizado e pode-se ter no bolso até 5 gramas por pessoa para seu uso, só o grande tráfico é criminalizado.
    Faz parte da cultura dos povos.
    Agora o problema é a coca, a heroína, a meta, e isso é que deve ser combatido pelos Estados porque rebenta com as pessoas e mata, para além do crime adjacente.
    O que é preciso é que o Estado Santomense seja forte e não vire Estado banana com por ex. a GB em que os poderosos da droga internacional usem esse território para distribuição e a seu belo prazer, corrompendo os políticos e os governos e passar a mandar lá.
    Se aí chegarem acabou STP, temos vários exemplos no mundo.
    Controlem bem o aeroporto para as chamadas “mulas” e o porto para o grande tráfico e deixem-se de perseguir os fumadores de liamba que a usam para recreação, porque esse é o exemplo dos países que já o fazem há dezenas de anos e relatam que esse deve ser o caminho.
    Uma coisa é o natural outra são aquelas criadas em laboratório ou sintéticas que criam a dependência e são verdadeiros casos de saúde pública a breve prazo e que desestabilizam povos e Estados.
    Tenho dito.

  9. img
    Aldo Responder

    FUNCIONA MESMO! MENOS DE 24H. Diga para você mesmo o nome do único rapaz ou moça com quem você gostaria de estar (três vezes)….

    Pense em algo que queira realizar na próxima semana e repita para você mesmo (seis vezes).

    Se você tem um desejo, repita-o para você mesmo (Venha cá ANJO DE LUZ eu te INVOCO para que Desenterre… de onde estiver ou com quem estiver e faça ele ME telefonar ainda hoje, Apaixonado e Arrependido, desenterre tudo que esta impedindo que…venha para MIM , afaste todas aquelas que tem contribuído para o nosso afastamento e que ele…não pense mais nas outras… mas somente em MIM.
    Que ele ME telefone e ME AME. Agradeço por este seu misterioso poder que sempre dá certo. Amém…).

    Publique esta simpatia por três vezes , basta copiar e colar por três vezes em in forum diferente esta simpatia abaixo e logo em 48hs você terá uma linda surpresa, beijos Ainda esta noite de madrugada o TEU amor dará conta de que TE ama, algo assim acontecerá entre 1 e 4 horas the manhã esteja preparada para o maior choque de sua vida! Se romper esta corrente terá má sorte no amor. Deus vai lhe abençoárá e sua vida não será mais a mesma.

  10. img
    3 Macucu Responder

    Um pais pequeno como nosso, quando comessa com està situaçao de drogas eu no meu ponto de vista é muito facil de parar com isto se realmente o estado de STP quero um bom futuro para os jovens ,eles deveriam criar uma comissao de vigilancia nas zonas e luxans onde é mais conhecido de conssumaçao de drogas e criar um fundo economico para pagar bém essas pessoas que devolgam onde existe drogas e so assim estaremos em condiçoes de acabar de uma vez por tudo com essa situaçao alarmante

Deixe um comentario

*