Sociedade

Esta mão jamais roubará

Esta mão esquerda amputada, pertence a um homem de 39 anos, que na última semana foi apanhado a roubar. O assaltante tentou agredir o proprietário da residência, que em legítima defesa, amputou a mão roubadora.

É a prova contundente de um fenómeno que o Téla Nón noticiou na última semana, a ameaça da Justiça Privada no país, por causa da explosão de assaltos.

O assalto aconteceu na zona de Vigoso, arredores do bairro do Riboque na capital são-tomense. Justino António Rocha de 39 anos, que reside no bairro da Vila Maria, arredores da capital são-tomense, foi roubar em Vigoso.

Ao ser confrontado com o dono de uma cabra, que já estava na sua posse, o assaltante decidiu entrar em confronto com o proprietário do animal, que em legítima defesa, conseguiu neutralizar a mão esquerda do assaltante.

O assalto aconteceu na madrugada da última sexta feira. Justino António Rocha, só foi encontrado pela polícia no domingo, na zona de Chácara, também nos arredores da capital. Estava debilitado, perdeu muito sangue. Conduzido para hospital Ayres de Menezes,  foi submetido a uma cirurgia.

Os médicos tiveram que amputar parte do braço esquerdo, porque a zona ferida já estava infectada por bactérias. O caso foi entregue ao ministério público.

A explosão de assaltos, no país está a provocar desespero no seio da população. As forças de segurança, não têm conseguido conter a onda de assaltos. Em alguns casos empunhando armas de guerra, assaltantes invadem residências e deixam famílias em estado de choque.

É um fenómeno antes desconhecido em São Tomé e Príncipe, por isso o alarido, e a tendência dos cidadãos em se prepararem para dar resposta aos assaltos indiscriminados. Há algumas semanas pelo menos 4 assaltantes tiveram pouca sorte em diversas localidades do país.

Um deles que tinha participado num assalto a mão armada contra uma residência, e alegadamente sob efeito da liamba, acabou por encontrar a morte. Foi atingido por disparos da Polícia de Investigação Criminal, numa operação de captura do mesmo. Perdeu muito sangue e depois de 3 dias hospitalizado acabou por sucumbir.

Recentemente em entrevista ao Téla Nón a directora da PIC, Vera Cravid anunciou a ocorrência de 40 denúncias de assaltos numa semana. Numero estrondoso para a realidade são-tomense, tradicionalmente pacífica.

Em defesa dos seus bens, populares começam a se preparar para dar caça aos assaltantes, que muitas vezes actuam em grupo e armados com metralhadoras, caso da arma AK-47.

Abel Veiga

    72 comentários

72 comentários

  1. bem ni wê mali ni tlachi

    4 de Junho de 2013 as 8:47

    Em condições normal estado devia pagar o contante pelo favor que ele vez população sãotomense, até mundo acabar nuncar mas essa mão vai roubar…

    • poison

      4 de Junho de 2013 as 12:07

      Como diz o nós por cá… Ja imaginaram daqui a mais anos, quantas vítimas esse ladrão não faria? Só que o perigo é que ele sobrou com outra mão… Para o alívio da sociedade, temos esperança que ele volte lá e perca a outra mão e não vá para nenhum outro lugar onde exista indefesos…

      • Franco

        8 de Junho de 2013 as 0:14

        Parabens aos santomenses. Isto sim, Estado democratico, um estado de direitos.

    • Justiça (-.-)

      4 de Junho de 2013 as 14:48

      Se calhar esse é o principal objetivo dessa história toda, fazer com que a vítima seja considerado um herói nacional e ser premiado como exemplo da nossa sociedade…por favor deixem se de burocracias…em vez de irmos para frente, retrocedemos cada vez mais e com ajuda da comunicação social!

    • forro

      4 de Junho de 2013 as 20:42

      também deves ser um ladrão fino ou curupto ou na tua familia há ladrões vens para ai comentar os governantes que deem bom exemplo e melhores condições de vida uma cabra não justifica esta barbaridade nem a pessoa que publicou esta foto devia estar no mundo

      • anilza da graça

        5 de Junho de 2013 as 10:03

        este individuo teve o que merecer, o propetário agiu em legitima defesa.se ele n se defendesse do ladrão, seria ele a alejar ou a morrer. as pessoas agora n vão querer trabalhar, ficam a espera que as coisas caiem do céu ou a busca de coisas aleias.

        • Franco

          8 de Junho de 2013 as 0:17

          Alguem devia explicar o que quer dizer “legitma defesa”

      • Maria

        5 de Junho de 2013 as 15:26

        Meu caro não é 1 cabra, são 7 cabras e está seria a 8ª, quem cria ou planta é que deve colher. Como diz o outro “vamos comer e beber o nosso suor”. è trsite o acontecimento, mas também é trsite criar e plantar para os outros roubarem, portanto vale a pena ao invés de roubar, plantar e criar também. “Quem semeia vento colhe tempestade”

      • béncu

        17 de Junho de 2013 as 11:12

        desculpa pelo comentário mais será que o senhor teria feito o contrario?
        gostaria de ver a sua casa assaltada e o senhor vir a comunicação social agradecer o infractor pelo sucedido,a questão e que a pimenta nos olhos dos outros é refresco.

    • atento ao dossier

      4 de Junho de 2013 as 20:46

      CAROS AMIGOS IMAGINEM SE A MODA PEGA E COMEÇAM A FAZER O MESMO AOS POLITICOS QUE ROUBAM O POVO…

      • Franco

        8 de Junho de 2013 as 0:18

        vamos amputa-los as maos em legitima defesa

    • Verdão de Allianz Parque

      25 de Novembro de 2015 as 3:28

      Na rigorosa lei islâmica, os condenados à morte são decapitados com sabre, lei defendida pelos países Árabes, como forma de garantir paz na Sociedade deles, apesar das críticas feitas pelo Ocidente.
      Esta lei é aplicada em quem fez narcotráfico, assassinato, estupro, bruxaria, sodomia e roubo à mão armada, entre outros crimes, que também são decapitados em público.

  2. Em nome da verdade

    4 de Junho de 2013 as 8:52

    Quando foi o caso do Adelino Izidro ouvi mil e um comentarios…uma mao amputada nao deve ser muito diferente da uma perna amputada.

    Temos que por cobre a essa onda de assaltos…mas justica pelas proprias maos so piora a situacao.

    Que Sao Tome todo poderoso olhe por nos.

    • rapaz de riboque

      4 de Junho de 2013 as 13:56

      concordo plenamente consigo embora eu seja contra a onda de assaltos que tem ocorrido na nossa terra pelos malandros que em vez de trabalharem preferem subtrair a quem trabalha, mas pensando bém ,é o exemplo que os nossos politicos e governantes estão a dar e esses pobres gatunos estão a seguir é de lamentar o nestado em se mergulhou o nosso país embora sempre houve gatunos mas em pequenas dimenções.Quanto ao uso de violência lamento muito se o dono da cabra pode neutralizar o larapio cortando uma mão porque não lhe partiu um braço ou uma perna em vez de cortas a mão este tipo de justiça é aplicado nos poíses do terceiro mundo e nos países arábes mas emfim . Quanto a minha maneira de ver acho que violência gera violenência e os direitos humanos? Neste caso só mostra que a justiça não funciona neste país que o povo desacreditou nos Policias. Concordo em parte porque lembro-me ainda em julho de 2010 junto ao estabelecimento comércial Pereira Duarte estava uma pedinte com alguns dobras que tinha angariado passou um polícia e limpou tudo ví com os meus olhos esta triste sena.Também vejo que nesta terra nem os animais vivem em paz passava eu na dita cidade de Trindade presenciei uma sen triste um cão cercado por meia duzia de pessoas e um militar vestido com o seu camofulado a dar pancadaria no animal o que metia dó o cão todo assanguentado enfim são senas muito lamentaveis que se esta a passar na nossa terra. Os governantes em vez de se procuparem com o seu bém estar deviam preocupar mais com a segurança dos cidadãos e dos seus béns formas Policias com qualidade e com uma boa remuneração para evitar currupção nas forças de segurança, ter uma justiça a funcionar para o rico e para o pobre,com penas pesadas para certos tipos de crime obrigando os malandros a trabalhar . MEus amigos se muitas coisas não mudarem na nossa terra estamos a caminhar para o abismo.

  3. 3 Macucu

    4 de Junho de 2013 as 9:32

    EU nao estou contra é mesmo asim os ladroes merecem isto para proxima corta mao dereita para futuro pés esquerda ou derita se assim for isto vai acabar de uma vez para sempre se o prprietario da cabra nao fosse curajoso ,o ladrao deveria matalo entao para proximo serà pés e mao

    • forro

      4 de Junho de 2013 as 20:45

      não escrevas tolices nad justifica isso se fosse alguém da tua familia o propritári da cabra podia ter dado uma tareia mas não ser tão barbaro deves ser um ladrão fino calate

    • Franco

      8 de Junho de 2013 as 0:22

      que bela ideia, amputar os membros. Depois o amputado passaria a viver na tua casa e voce o sustentaria.

  4. Tio António e Gente Burra

    4 de Junho de 2013 as 9:35

    Todos sabemos que quem de Direito esta pouco se marimbando,a violência gera violência,o recurso a força própria na tutela de um dto ou interesse esta subtraída ao seu titular,sendo que tal tutela é uma função do Estado,porém questionasse:
    O que fazer quando face a uma ação intentada nos tribunais de simples apreciação demora 5 anis nos corredores da justiça?
    Como entender a desoneração do Estado no processo de criação do emprego,jovens desocupados com vontade de trabalhar alistam nas fileiras militares como unica alternativa de serem util a sociedade,e têm acesso a armas de guerra,preparação, finda tal prestação,regressam a ociosidade e consequentemente ao mundo do crime,mas juízes deputados continuam a auferir salários e regalias desproporcionais as nossas posses,
    Quando sobre governos sucessivos impende suspeitas de corrupção, em que o apurar por parte do sistema judiciário da verdade dos factos é inexistente ou quando existe padece de vícios processuais deliberados,outros prescrevem minando a confiança na justiça,.
    Podia passar todo tempo a elencar varias razoes para o atual estado social em que vivemos,mas quero dizer resumidamente o seguinte,a violação de bens jurídicos supremos como a vida a integridade física,tanto do ofensor como do ofendido,é uma guerra de surdos e cegos,em que cada um dos intervenientes se aperfeiçoará nos seus métodos e cada vez mais teremos que conviver com atos de extrema violência,a culpa è de todos nós,nós(eleitos e elegíveis) que nas eleições medimos o nosso voto por interesses imediatos,uns por falta formação que os capacite para o exercício do dto de voto livre,outros para satisfação de interesse próprios e das suas ambições,quer materiais quer políticas,a verdade é que cedo ou tarde,as consequências deste desnorte a todos tocará…Eles nem se preocupam mais em disfarçar a instrumentalização do povo na prossecução dos seus fins travestidos de interesses gerais,chegam ate a recorrer a organizações internacionais para pedirem financiamento de atos eleitorais que dão lugar ao cumprimento dos seus projetos,repare, mas já não o fazem quando esta em causa saber quais as razoes que levam uma mãe a vender o próprio filho,quantas famílias estão recensiadas,e sinalizadas por risco de exclusão social em virtude da pobreza extrema,quantos empregos gerou um governo por ano,estas dimensões fazem parte da promessa é a hóstia que cura o espirito dos necessitados e o desejo de lograr a
    adiada esperança o único bem dos pobres, por isso satisfaze-la, é dota-los de capacidade para pensar,e isso é perder o argumento que lhes
    catapoltara ao atingir dos seus fins,..É preciso mudar o país para que não tenhamos que mudar de país.

    :

    • Tentado a ler

      4 de Junho de 2013 as 10:01

      Sinceramente eu nao sei o que se espera para mandar militares passar a cidade a pente fino. Sao tome um pais pequeno, tudo se sabe. Mas o que é isso afinal? Ja viram as consequencias das vossas ações do presentes e passadas? Quando foi para falar do dinheiro que se quis associar a origem a uma certa individualidade, seguiram-se discursos e mais discurso, com semblante de indignação, sessão parlamentar,etc. Porquê? Porque convinha atingir alguem. Agora que ha um problema que tende a sair(se é ja nao esta) totalmetne fora do nosso controlo, nao se ouve nenhum dos mal feitores pronunciar. Isto é a prova de esses gajos so estao ai para saberem da suas vidas. Mas aqui é mundo, um dia a justiça divina há de se fazer. Seus politicos de meia cagada, olha no que voces transformaram o pais!

  5. poison

    4 de Junho de 2013 as 9:52

    Esses ladrões muitas vezes fingem ser honestos, chegam a envolver em relacionamentos amorosos clandestinos e sigilosos com senhoras que acabam de se separar, dando a impressão de que o antigo parceiro é que praticou o assalto por vingança e só se descobre que são eles na cama de hospital e isso quando são apanhados. Vida longa e saúde para o homem que venceu esse ladrão. Muitos inocentes serão ilibados de culpa depois da confissão dele…

    • Verdade dói

      4 de Junho de 2013 as 11:44

      Isso é grande verdade. O pior é que essas mulheres quando vão a polícia fazer queixa, os polícias ficam molestando os ex maridos, certamente com segundas intenções afinal elas estão a solta… Nóta-se que eles fazem mais do que normal por elas. Plôcô mandjoca a pô pê quá ni lixi, ê ca cobó mandjoca cu inhé. A pô côndê xito sa quá sé mé. É pena que quando elas descobrem ficam envergonhadas e ja não abrem o jogo, mas o verdadeiro amante (ladrão) ja tirou o seu pedaço… Mulheres abandonadas ou separadas abram os olhos e fechem as pernas…

    • forro

      4 de Junho de 2013 as 20:46

      é o teu caso que é um grande ladrão também

    • forro

      4 de Junho de 2013 as 20:52

      pergunto como é que as armas que os larapios usam nos assaltos entram no pais? não caiem do céu ela entra por mar ou por ar onde para as autoridades deste pais sãos os maiores culpados de tudo que esta a acontecer portanto alguma coisa tem que mudar neste pais virem cá dar opniões é muito facil alguns até devem ser pior que a vitima criem vergonha deixem de ser juizes na via publica e este Abél Veiga não devia publicar esta triste imagem que vai correr o mundo

  6. verdade

    4 de Junho de 2013 as 9:56

    Correção a Tela Non: O indivíduo foi atingido na madrugada de sábado ( já passava da meia noite de sexta-feira) e foi encontrado (ou melhor deixou-se encontrar) No inicio da noite de Sábado, e não domingo como está nesta noticia,

  7. zeme Almeida

    4 de Junho de 2013 as 11:04

    Aonde anda o senhor Oscarito, para por cobro as ondas de ASSALTOS que se vem notado nestes ultimos meses?

  8. zeme Almeida

    4 de Junho de 2013 as 11:05

    Está dormir na forma.

    • luisó

      4 de Junho de 2013 as 15:32

      Caros amigos:
      o emprego dos militares na segurança pública e tal com está previsto na constituição só pode ser feito quando o governo decretar o estado de sitio ou de alteração publica grave e aí os militares sobrepõem-se à policia e mandam na segurança. Portanto até lá deixem os militares e o Ministro de fora.

  9. Paulo de Ceitas

    4 de Junho de 2013 as 11:24

    Sinceramente, parece-me algo bárbaro. Sou contra o roubo e a favor da justiça para os criminosos. Mas amputar a mão a outro, por causa de um cabrito, soa a selvajaria. E o título do têlanon é tão encorajador a que se faça este tipo de justiça. E, neste caso, não acredito na legítima defesa, que deve ser proporcional. Que arma tinha o outro, que ficou sem a mão? É preciso que se saiba. Porque quem amputou esta mão também deve ser julgado. Não basta falar em legítima defesa.

    • Tio António e Gente Burra

      4 de Junho de 2013 as 15:52

      Ē precisamente isto que quis dizer no meu exaustivo comentário,mas camarada,o que esta a dizer esta, ao alcance de poucos pensar,disse um dia” Madiba” ou melhor Mandel,”Se aos meus agressores eu oferecer a mesma arma,eles não entenderão a minha luta,e legitimarão a sua guerra,dou lhes a paz,para que conheçam outras armas…”não vou longe ao ponto de considerar selvagem o ofensor,mas afinal estamos em Firewest,uns furtam de Rover e gravata,em troca dão-nos leite arroz,e outros bens impróprios para consumo,deste dinheiro pagam elevadas somas ao sistema para serem ilibados,outros roubam de chinelo e catana,vêm os seus braços amputados e o contribuente suportará o erário dos médicos ao seu cuidado,e se chegar ao sistema judicial,as partes serão absolvidas por regra,afinal do sistema não sobra guita para um Centro Prisional novo,nem para refeições para mais indigente,porque o Sistema precisa alimentar todas as suas bases,meu caro,há muito que se lhe diga,como diz o musico brasileiro “Gabriel o pensador,o Sistema ē foda”

    • anilza da graça

      5 de Junho de 2013 as 10:24

      só queria saber se fosse você sendo assaltado e no lugar do proprietário o que irias fazer? Antes de julgares ponha-te no lugar da pessoa.
      Para mim todos que matam e robam deveria ser morto, mesmo que fosse da minha familia.

  10. Gualter Almeida

    4 de Junho de 2013 as 11:26

    muito bém feito pena é que os maiores ladrões deste pais estão a solta e ninguém os tocam andam co brutos carros boas casas muitas mulheres enfim deviamos fazer o mesmos aos politicos que nos roubam desde 12 de julho de 1975 boa lição para os gatunos vamos ter coragem em fazer isso com todos os gatunos e curruptos da nossa terra eliminar todos sem excepção incluindo algum professor

  11. Danilo Salvaterra

    4 de Junho de 2013 as 11:35

    Meu caro amigo Abel

    Permita-me criticar-te neste aspecto. Acho que o jornalismo hoje faz-se com sensacionalismo. Tem sempre o inconveniente de chocar. Parece-me o titulo chocante e a foto repugnante. Acho que o Telanon podia dar a notícia, manifestar a opinião do editor, sem estampar a foto proveniente de uma ação que ultrapassa todos os valores do humanistass e cristão em S.Tomé e Príncipe.

    Um abraço, fazendo votos que quem dirige S.Tomé e Príncipe ganhem consciência do fosso desprovido de todos os valores, para o qual estão a empurrar os cidadãos.

    • zé manel

      4 de Junho de 2013 as 19:57

      concordo plenamente consigo esta foto é chocante e o titulo da noticia podia ser em outros tons isto mostra como o pais esta a caminhar esta foto não choca quem não é humano correndo o mundo até da má imagem onde anda os governantes daquele pais concordo que a noticia tenha sido públicada mas de outra forma semostrar esta foto como defençor das causas humanas peço ao senhorAbél Veiga que retire esta foto para que o mundo não pense que em s.tomé vive-se no medo e no terror

  12. alvaro lopes

    4 de Junho de 2013 as 11:54

    Bom dia leitores do tela non e escribas dos comentários. A justiça tem que ser feita, não concordo com a justiça popular, o estado tem que organizar melhor para combater estes flagelos da sociedade mas se se confirmar que o indivíduo que perdeu a mão depois de atirar a cabra contra o homem ia atacá-lo outra vez , então estamos perante legítima defesa, que o juíz decida, de acordo a lei e a sua consciência. Que Deus nos proteja neste barril de pólvora, onde ouvira falar assim???!!!Sinais dos tempos

  13. Telavive

    4 de Junho de 2013 as 12:29

    A barriga não lhe deixa!

  14. The Politics

    4 de Junho de 2013 as 13:44

    Não estou em contra do defensor que actuar na forma como actua cortando a mão do ladrão, mas acho que isto é uma situação muito triste e todos deveriamos estar a pensar porque o ladrão teve a necessidade de ir roubar. Este é o grande problema da sociedade saotomense que até hoje os PORCARIAS DOS POLITICOS QUE SÃO OS VERDADEIROS LADRÕES E OS QUAIS SE DEVERIA CORTAR A MÃO, BOCA, PÉS, ETC. Não conseguem resolver porque simplesmente lhes convém que situações dessas sigma acontecendo.
    O Homem foi roubar porque encontra forma de alimentar a sua familia, claro que a solução não deve ser sair a roubar coias de outros, mas ai esta o GRANDE problem. O governo deve governor para eliminar estes tipos de situações, dando trabalho e bem estar a população e não roubar para seus bolsos e ficar com as duas mão sem serem anputadas.
    FUI

  15. Frank

    4 de Junho de 2013 as 13:50

    Não se tratou de legítima defesa. O agressor assim o diz, porque fora instruído à dizê-lo, mas não consta a verdade.
    A amputação fora feita propositadamente com forma de vitimizar o intruso. Isto é um caso de justiça, mas antes, a polícia de investigação deve fazer o seu trabalho, de forma clara e profissional. Trata-se de um caso da justiça pelas próprias mãos, o que não deve ser admitido no País, tal como em qualquer parte do mundo civilizado, e pra mais Democrático. Está um homem inoperante pelo destino, mas que deve ser tratado com dignidade.
    “Antes pedir do que roubar”. Espero não haver mais caso de género, acreditando de que somos todos Sãotomenses

    • ERC

      5 de Junho de 2013 as 23:53

      O senhor foi testemunha???

  16. Justiça (-.-)

    4 de Junho de 2013 as 14:21

    Povo de São Tomé…Que povo é esse que está a perder a sua IDENTIDADE e está a tornar-se rude. Santomenses em pleno séc. XXI irmão mata ou corta irmão mão por causa de uma cabra? Tudo bem que roubar não é digno de uma pessoa, mas existe outros tipos de sanções para esses atos e não agir dessa forma. Se o dono da cabra teve tempo para cortar a mão do ladrão, então de certeza que tinha tempo de gritar para pedir ajuda, pois estamos sempre rodeados de vizinhos e em são tome os vizinhos vêm sempre socorrer-nos. Piores ladrões são aqueles que todos nos conhecemos, roubam frequentemente e sabemos aonde estão e a minha pergunta é: porque vocês não vão la cortar as mãos deles? (Pois é, só o pobrezinho do homem que deve ter ido em busca de alimento para sobrevivência da sua família, resultante de uma crise originado pelos tais “ladrões” que o povo santomense sabe, o tal homem e que é considerado o grande ladrão e merece de tudo e mais alguma coisa de mal… enfim…
    ((E quem somos nós para fazermos a justiça pela nossas próprias mãos? ))
    Deixo-vos refletir… (-.-)*

  17. Cassuma-Sofredor

    4 de Junho de 2013 as 14:37

    Emfim tudo está na base do roubo que deve ser acabado pela intervencção do Estado e garantir emprego mas também que as pessoas aprendão a trabalhar deixando de vicios. Nesta vertente o roubo é legal num estado de injustiça como nosso S.Tomé onde mesmo quem rouba uma cabra é mais castigado doque quem desvia toneladas de arroz. quem coloca alimento impróprio ao consumo humano. Mas o que apelo ao Ministro da juventude é de ser mais breve com 10000 posto de emprego que foi garantido após sua tomada de posse numa confêrencia a sociedade civil. Porque o emprego também acaba com roubo que está associado à droga, fustração, prostituição embora não 100% mas diminuiu e que a sua parte deve ser feita a propaganda do António Dias Ministro de Agricultura em casas estão ser feitas ou estas de espera ao UNITEL mesmo assim tens que abreviar as eleições iria condicionar o OGE para ganhar popularidade o presidente da republíca já deu mais tempo ao governo então abrevia Ministro.

  18. rancataco

    4 de Junho de 2013 as 15:12

    credo …fogo , minha terra nao esta bem , cortar pessoa mao por causa de cabrito ?

  19. lyete mendes

    4 de Junho de 2013 as 15:24

    olha que se o sr.nao lhe cortase o braço ele se calhar é que ia perder o braço ou a vida….eu sou contra fazer justiça com proprias maos , mais em sao.tome os ladroes estao terriveis….pelo menos isso vai amendontrar os outros ladroes…..

    • Coelho Bravo

      11 de Junho de 2013 as 18:07

      Estou de acordo contigo. Mas própria Bíblia diz na João 10:10 que “O ladrão vem se não matar roubar e destruir”. Então temos que ter muita atenção com o ladrão e no ultimo caso cortar a mão para se defender não é nada mal!!!!.

  20. Kuá flogá

    4 de Junho de 2013 as 15:31

    Novo fenómeno na terra; considerado aumento de furtos, roubos e uso de liamba.
    O estado deve tomar medidas urgentes para por cobro a essas práticas: Educar os jovens para trabalho e prender os infratores caso contrário, será a população contra os bandidos e pensamos que a lei deverá estar ao lado da maioria o Povo.
    Estou de olho.

  21. Augerio Amado vaz

    4 de Junho de 2013 as 16:23

    Acho que justiça pelas próprias mãos é uma prova da bestialidade humana e de pessoas que, se achando melhores que o criminoso, fazem a mesma coisa que ele.

    Os “defensores dos direitos humanos” só aparecem na televisão para defender bandidos, pois a vítima já possui a justa simpatia da sociedade e do Estado, enquanto que o bandido está em situação de perigo.

    Amigo, se nós quisermos agir da mesma forma que os bandidos nos tornaremos tão (ou mais) bestiais do que ele.
    4 anos atrás
    Denuncie

    4 pessoas avaliaram como boa
    .

    Mr. Huge Cock Mr. Huge Cock

    Uma das coisas com as quais temos que aprender a conviver é com a injustiça e com a desonestidade das pessoas, e ter força de caráter para não fazer justiça com as próprias mãos e nem se vingar.

    Na India, apesar de tanta fome e pobreza, a criminalidade é ZERO !!!Onde o povo é pacífico, voltado para a religião, apesar do radicalismo de alguns grupos, que são excepção à regra.

    S.Tomé é um dos melhor lugar do mundo para os criminosos e corruptos.
    Esses criminosos e corruptos, num país sério, iriam para a cadeia. Aqui são promovidos aos melhores cargos do governo.

  22. tonga

    4 de Junho de 2013 as 16:48

    de certeza muitos que estão ai a comentar são grandes ladrões e curuptos camofulados

  23. Negro de STP

    4 de Junho de 2013 as 16:54

    Enfim!!
    Um homem perdeu a mão por roubar cabra.
    E os ladrões de colarinhos brancos engravatados passão impune a desfilarem com grandes Geeps.

    Toda esta desgraça é fruto da mizeria e pobreza extrema.

  24. tonga

    4 de Junho de 2013 as 17:41

    quando é que vamos ver a mão de algum politico assim cortada? o Isidro matou e tirou a perna a um este corta a mão o que sera a proxima sera que vamos ter o prvilegio de ver a mão de algum politico que nos roubam assim?

  25. arlindo fernandes

    4 de Junho de 2013 as 18:37

    Se fizessem isso a todos os que for apanhado a roubar,era o remedio santo contra os amigos do alheio.

  26. ritinha

    4 de Junho de 2013 as 18:53

    caros compatriotas,,num paìs tão pequeno nem a fronteira temos,com è k se encontra na posse dos assaltantes tantas armas de querra,da onde veiu essas armas,pork ñ o senhor ministro da defesa,n implanta uma patrulha junto aos militares,de forma capturar as respetivas armas,no meu vêr acho k o governo esta marnbando pra tudo isto,,mais meus senhores ñ se esqueção k Deus è grande,,tudo k vçs andam a fazer pra prosdicar povo pequeno,vçs aõ de pagar,,,muclùcù cà fè xintchi mata sùndê ê cà potô ni sôn plimèlùùùùùùù

  27. crédo

    4 de Junho de 2013 as 19:52

    Eu ñ concordo com furtador, mas devo dizer que atitude desta pessoa que lhe cortou a mão deve ser preso, porque esta ñ e maneira mas correcta de fazer justiça, sendo assim os dois Senhores deverão ser julgado pelo actos cometidos,

    Em primeiro tentativa de furto conssumado ou não deve responder e segundo lugar atitude ñ digna,de quem parece me ser um criminoso. Isto merece muita por parte das possoas, como devém coomprender, Santamese ñ é assim, isso parece coisa de outros de tempo, escravatura, colonos, Zé Cangolo, aqui tem um papel importante.

    Será que estamos a voltar ao passado?

    fui!

  28. crédo

    4 de Junho de 2013 as 19:56

    atitude ñ digna, cortar a mão devido um animal, antes que lhe desse um cassete e amasse no chão, para que todos o conhece-se de quem parece me ser um criminoso. Isto merece muita por parte das possoas, como devém coomprender, Santamese ñ é assim, isso parece coisa de outros de tempo, escravatura, colonos, Zé Cangolo, aqui tem um papel importante.

    Será que estamos a voltar ao passado?

    fui!

  29. forro

    4 de Junho de 2013 as 20:39

    nem na era colonial faziam isso é de lamentar porque existe justiça nesta terra estamos a ser dominados pela lei da selva

  30. madalenas

    4 de Junho de 2013 as 20:43

    Minha gente, convenhamos|
    Os valores humanos, por amor de Deus.
    Se fosse assim, muitos não teriam mãos, mas enfim sem fim.
    Se ele devolver aquilo que roubou, ou tentou roubar, multiplicado por 100 vezes, devolvem a mão dele, do ladrão. a justiça deve ser feita

  31. Barão de Água Izé

    4 de Junho de 2013 as 21:01

    A tristeza abateu-se sobre os e as Sãotomenses de moral, justiça e bom comportamento.
    Este caso tem a ver com falta de autoridade de Estado e a pobreza em que vive o povo.
    Se a propriedade privada não é respeitada;
    se as pessoas para comerem são forçadas a roubar; se as autoridades não têm meios e motivação para trabalharem; se os políticos dão os piores exemplos, o que se poderá esperar? STP precisa de uma nova Independência.

  32. Justiça (-.-)

    4 de Junho de 2013 as 21:05

    Muitos comentários que eu estou a ler aqui são comentários de pessoas com mentalidade atrasada ainda, infelizmente. Esses tipos de casos não acontecem nos países desenvolvidos . O ministério de administração interna do pais é que tem que fazer fase a essas situações, mas invés disso preocupam se com outras coisas e roubos, depois a justificação é sempre “falta de meios e fundos” para combater esses problemas. “Quem não tem cão, caça com gato” É preciso ter vontade de trabalhar, o que não se passa em STP. Quanto as pessoas que defendem a vítima, só espero que um dia, um irmão,ou tio, ou pai ou filho, precise de algo para comer e vá cometer o mesmo erro que esse fulano cometeu e aparece sem uma mão, uma perna, ou mesmo sem cabeça a vossa frente, para poderem dizer ( Nunca mais vou te ver meu irmão ou meu pai etc…)

  33. minus

    4 de Junho de 2013 as 21:50

    melgas,melgas,melgas,melgas… isso ate doi no pensamento! ate quando tereis de agir como marionetes do sistema e doentes mentais? ja passei por montanhas de lixo, mas o que se le aqui sao so barbaridades, disparates,monstruosidades,lixo,lixo,lixo puro lixo,nem sequer uma unica alma racional, ainda bem que estou sobrio 364 dias por ano, pra perceber o negrume da mente humana, este jornal e um elixir dos deuses!!!

  34. ERC

    5 de Junho de 2013 as 8:29

    Caso Adleino Isidro? Pelo amor de Deus não comparem o incomparàvel. No caso Adelino Isidro, o ladrão não tentou agredir o proprietàrio, nem ofereceu resistência, enquanto que neste caso diz o artigo que “o assaltante decidiu entrar em confronto com o proprietário do animal”, portanto foi em legitima defesa. Este é o destino de todos os malfeitores, ladrões e preguiçosos. Não compactuo com violência, mas em casos como esse não tenho nada a dizer.

  35. ERC

    5 de Junho de 2013 as 8:36

    O Estado foi instaurado com o objetivo de por fim ao “estado natural” ou selvagem aonde impera a lei do mais forte. O papel fundamental de qualquer Estado é de respeitar o “contrato social” o que inclui garantir a defesa, a segurança e o bem estar dos cidadãos. A partir do momento em que o Estado não consegue assumir esse papel e permite que malfeitores aterrorizem familias indefesas, todo cidadão em perigo se vê obrigado a se defender legitimamente, não importa como, pois cada um teme pela sua segurança e a dos seus bens. Fui!!!

  36. Mafili

    5 de Junho de 2013 as 12:35

    Isso é o mais alto grau da selvajaria humana.
    Estamos todos a ficar bichos autenticos.
    Que raio é que se passa connosco?
    Que raio é que se passa com o povo de STP, que era tido como pacato,
    amável e bom vizinhos….
    é lamentável e deixa-nos deveras tristes..
    Muitos tristes mesmos.

  37. JOAO ALMEIDA

    5 de Junho de 2013 as 13:08

    Se a policia nao faz nada entao o povo tem todo o direito de defender o q é seu. Quem pactua com esses gatunos tb é gatuno. De 1 a 10; Nota 10 para o senhor q lhe cortou a mao. Doa a quem doer. Alias. Ele o deveria ter matado. Assim teria-mos a certeza q nunca mais roubaria. Eu trabalho com muitos colegas estrangeiro q dizem bem da nossa terra. Alias ao meu convite alguns ja la foram visitar. O q diriam se algum dia la fossem e fossem assaltados?
    Caça aos gatunos

  38. anilza da graça

    5 de Junho de 2013 as 14:52

    eu que sou uma para-militar tenho que dizer que o proprietário tem toda razão porque o animal é dele e é ele quem sabe quanto custou o alimento da sua cabra. Caiba a ele ter decidido o que iria fazer ou não com o ladrão.Quem mim dera se todos os proprietários fossem assim.

  39. Lima

    5 de Junho de 2013 as 16:04

    Boa tarde,
    Gostaria de congratular-me com todos aqueles que quiseram dar o seu contributo, expressando aqui a sua opinião. S.Tomé e Príncipe é um Estado de Direito Democrático, o que significa que eatá assente numa dinâmica onde existe a separação de poderes. Por ex., cabe aos tribunais coadjuvados (apoiados)pelos orgãos de polícia Criminal fazer a justiça. De dia que isso deixar de ser assim, goste-se ou não será muito pior para todos, inclusive os inocentes.
    Quis contribuir com essa reflexão e mais não digo, porque não quero ser aborrecido. A democracia, com todos os seus defeitos, vale a pena preservar…
    Obrigado

  40. Lima

    5 de Junho de 2013 as 16:20

    Gostaria de congratular-me com todos aqueles que quiseram dar o seu contributo, expressando aqui à sua opinião. S.Tomé e Príncipe é um Estado de Direito Democrático, o que significa que eatá assente numa dinâmica onde existe a separação de poderes. Por ex., cabe aos tribunais coadjuvados (apoiados) pelos orgãos de polícia Criminal fazer a justiça, entenda-se, encontrar e punir os culpados. Esse é o valor de vivermos num estado de direito, onde deve prevalecer o interesse colectivo, onde direitos, leberdades e garantias sejam reais. No dia que isso deixar de ser assim, goste-se ou não será muito pior para todos, inclusive os inocentes.
    Quis contribuir com essa reflexão e mais não digo, porque não quero ser aborrecido. Com todos os defeitos que, reconhecemos a um regime como o “democrático” ainda assim, vale a pena preservar…
    Obrigado

  41. sem medo

    5 de Junho de 2013 as 16:42

    alguns comementários que fazem ai até da vontade de rir a julgarem e a cruxificar o ladrão de cabras e alguns sei bém quem são ja deviam estar mortos a muito tempo pelas barbaridadedes que ja cometeram . O ladrão deve ser punido e o proprietário da cabra se viu-se confrntado pelo mesmo tinha que se defender . Pergunto se ele teve a arte de cortar a mão ao homem também podia imobilizar o gatuno sem cometer esta barbaridade pois cá dão-lhe razão mas se fosse num pais civilizado virava-se o feitiço contra o feiticeiro . Quando é vão cortar os pilolos desses pedófilos que andam ai a vilora as miudinhas isto não convem porque a muito peixe grande metido nisto

    • gualter almeida

      5 de Junho de 2013 as 20:11

      bém dito amigo quando é que vamos ver as mãos e o pilolo do LUCIO AMADO assim tenho a certeza que falta pouco tempo

  42. Vane

    5 de Junho de 2013 as 23:58

    “Sinistro”

  43. paula borges

    6 de Junho de 2013 as 11:55

    Temos que começar agir assim com os politicos corruptos deste País. Só assim conseguiremos ultrapassar marasmo que nos afecta de que maneira

  44. linda

    6 de Junho de 2013 as 14:25

    meus Deus Tudo acontece naquela terra que gente meu Deus cortar Pilóló e as mãos do professor Lúcio era melhor coisa que podiam fazer em s.tomé nunca mais esqueço que ele desgraçou-me deixou com um filho a criar sozinha

    • gualter almeida

      7 de Junho de 2013 as 13:17

      amiga não es a unica que ele desgraçouele com a bruxaria ja mandou matar uma em lisboa toma cuidado com ele

  45. Santomé Plodôsu

    6 de Junho de 2013 as 15:24

    Estamos em plena anarquia e com um culpado chamado PIC. Quando se prende um gatuno e entrega-se a PIC e no dia seguinte o tal gatuno é visto a pavonear-se com ar triunfante, o resultado está à vista.
    Será que já não existe outro Armando Corria em STP? E onde para esse Armando Correia? Pode já estar velho mas gana não lhe falta.
    Gatunos é para dar pau. Não digo murros e pontapés mas sim, chibatadas e palmatorias.
    Compreendo que há falta de emprego e compreendo que as pessoas teem que sobreviver mas, não pode ser à custa dos outros. Parem de cobiçar a coisa alheia.
    Senhores que representam autoridade:-Nós caimos em anarquia, terão que agir rapidamente enquanto for tempo, se é que ainda vão à tempo.
    Deus nos abençoe!

  46. catia

    25 de Abril de 2015 as 20:09

    Todos comentam todos dao a sua opiniao mas so os dois senhores sabem o porque da situacao, e todos mas todos aqui sabem perfeitament que esses fulanos que decidem por conta propria ser o novo dono do que e do outro nao nao santos ,tudo bem que a coisa nao esta bem para todos mas n segnifica que temos que roubar . Eles quando sao apanhados tentam agredir o proprio dona ou seja fazem tudo para se safarem e isso implica a te matar violar e etc. nao concordo com a violencia mas a pergunta fica no ar sera que ele nao quis mesmo porcima do que nao era seu agredir o dono??????????????? temos pena porque somos todos humanos temos uma alma e esse lado pscologico que nos leva a ter sentimentos seja bon ou maus , mas n julguemos nenhum dos dois .
    Ouve alguem que diz que nem no tempo colonial era assim sera mesmo ???????????????? olha que escravidao e uma das piores coisas que um ser humano pode passar, e hoje um crime como este uiiii e desumano ha coisas muito piores ai nessa terra e n so . tenho pena do que perdeu a maoporque se calhar fez-lo para sustentar a familia mais n deveria faze-lo. A cculpa e do governo da…….. que nao quer ajudar o seu povo a sair do grande burraco negro de miseria.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo