Sociedade

Conselho Superior de Imprensa de STP e a ERC de Portugal reforçam cooperação

No âmbito da plataforma das entidades reguladoras da Comunicação Social dos Países e Territórios de Língua Portuguesa, Jesuley Patrick Lopes(na foto), Presidente do Conselho Superior de Imprensa de STP, assinou com o seu homólogo português Carlos Magno, acordo de cooperação que dá atenção a formação de quadros.

Formação de membros do Conselho Superior de Imprensa de São Tomé e Príncipe, assim como jornalistas e técnicos da comunicação social do arquipélago, é o principal alvo do acordo de cooperação assinado no passado dia 6 de Junho em Lisboa-Portugal, entre as duas instituições reguladoras do funcionamento da comunicação social, nos respectivs países.

Jesuley Patrick Lopes, Presidente do Conselho Superior de Imprensa de São Tomé e Príncipe e Carlos Magno, Presidente da Entidade Reguladora para Comunicação Social de Portugal foram os subscrtores do protocolo de cooperação. «O acordo reporta a formação dos membros do Conselho Superior de Imprensa de São Tomé e Príncipe, e quadros da comunicação social de São Tomé e Príncipe. Visa encontrar caminhos para que tenhamos em São Tomé e Príncipe uma imprensa adornada pelos princípios da legalidade, isenção, transparência e credibilidade, para contribuir para o desenvolvimento do país», enfatizou Patrick Lopes em entrevista dada ao Téla Nón.

O Conselho Superior de Imprensa de São Tomé e Príncipe, esteve moribundo durante vários anos. Reanimou-se este ano com a nomeação de novos membros.

O órgão fiscalizador da imprensa nacional, já visitou alguns órgãos de comunicação social, para se inteirar do funcionamento dos mesmos. «Estamos numa fase de inspecção. Notamos que falta o bom funcionamento dos órgãos de comunicação social. A formação é essencial e entendemos que com a formação contínua os quadros estarão mais bem preparados para termos uma imprensa de qualidade», reforçou.

O comentador de política portuguesa Marcelo Rebelo de Sousa, também marcou presença no encontro de Lisboa em que o Conselho Superior de Imprensa de São Tomé e Príncipe encetou parceria com a sua congénere portuguesa.

O leitor tem acesso ao conteúdo do acordo assinado pelas duas instituições fiscalizadoras da Comunicação Social –ACORDO

Abel Veiga

    1 comentário

1 comentário

  1. Edy Black

    14 de Junho de 2013 as 15:35

    “eu não quer esperteza éééé” palavras do nosso professor de química. Lembras?
    Muita força meu colega Patrik. S.Tomé precisa de nós.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo