Polícia detém populares em Diogo Vaz depois de barricadas exigindo melhores condições de vida

Em Diogo Vaz, a população cortou a ligação rodoviária entre a cidade de S. Tomé e a vila de Santa Catarina com barricadas. Exigem energia e água potável e exigem a presença do governo, caso contrário, continuarão com os protestos. Um forte dispositivo policial foi enviado para o local, a via foi desimpedida e algumas pessoas foram detidas.

Os moradores da empresa agrícola Diogo Vaz estão descontentes com as suas condições de vida. Para manifestar o seu descontentamento, bloquearam a via principal que liga a capital a Santa Catarina.

Um dispositivo policial foi enviado para desimpedir a via e alguns populares acabaram sendo detidos. Um popular falou em agressão da polícia.

«O moço que eles agrediram, eu cheguei e chamei-o, nós tínhamos um assunto a tratar, quando o chamei para falar comigo, estávamos juntamente com o comandante, o comandante estava a falar connosco e os agentes chegam e imediatamente agridem o irmão dele. Eu também levei uma cacetada no rosto e eu viro-me para me ir embora e ele volta a agredir-me e quando consigo escapar eles fizeram disparos contra mim.»

Os populares de Diogo Vaz dizem que as suas queixas não estão a ser escutadas e criticam a actuação da polícia.

«Nós fizemos essa barricada com o objetivo de que eles viessem fazer uma negociação connosco e nada, então fizemos esta barricada. Algumas pessoas foram agredidas e foram para o hospital e também foram detidas pessoas que não tinham nenhum envolvimento com a barricada.»

O Téla Nón não conseguiu ouvir testemunhas nem a versão das forças da polícia.

Bendzaison Lima

  1. img
    Barão de Água Izé Responder

    A pobreza em que vivem os trabalhadores de Diogo Vaz.
    Não será esta uma das empresas que poderia ser reprivatizada através de concurso internacional, aberto a nacionais? Poderia ser esta empresa o teste para se apurar o resultado de uma reprivatização.
    Haja coragem de dar passos para se recuperar o nosso País.

  2. img
    CAUE-A-PAGUEÇAGINON Responder

    Quer dizer:
    tem ali transcritas, falas de populares com testemunhos relatando a brutal e muito bárbara actuação policial, actuação que está fora do enquadramento social de abordagem democrática livre e pluralista, o que não se entende porquê de tanta agressão a cidadãos em situações difíceis social e económicas, e sem os mais básicos ingredientes sociais de vida como água potável e energia eléctrica, e isto tudo, pasme-se sim, em pleno século XXI…!

    Bem! E ainda dizem ali, que o TelaNon não conseguiu ouvir testemunhas?
    Oh my godness… :(

    • img
      Betu Mwala Responder

      CAUE-A-PAGUEÇAGINON:

      O Tela Non ouviu um depoimento.
      Não testemunhou os acontecimentos.
      O Tela Non publicou o que foi dito por alguém que diz ter vivido os acontecimentos.
      O princípio do contraditório deve ser respeitado e é muito bom que o Tela Non o respeite. O jornal fez muito bem em dizer que não pôde ouvir testemunhas e a versão da polícia, relativamente ao que foi dito por essa pessoa concreta. Não quer dizer que a pessoa tenha mentido, mas foi o que ela disse.

  3. img
    Lëde di alami sa ua Responder

    O povo deveria fazer o mesmo e esses policias curruptos de troquinhos, nao ve de facto o interesse e o objectivo de manifestacao, o povo esta sofrendo e preciso fazer algo, muita pobreza, crime e muito mais, os politicos estao gozando e massacrando o povo de STP…

    • img
      pia so fla Responder

      Eu entendo que a vida esta pessima em S.Tome e Principe,mais qualquer manifestacao que seja ilegal iimplica a intervencao policial…Todos os paises de direito democratico existem ordem e elas sao para serem compridas…

  4. img
    sum vim péma Responder

    Bom trabalho da policia, tem que ter ordem nesse pais.

    • img
      Pensamento Responder

      Ok meu amigo, um dia poderá ser a sua vez…

    • img
      abedel Responder

      bate boca, podes rir, um dia teras momentos iguais. o homem manda com tempo e Deus para sempre

    • img
      Atencioso na Diaspora Responder

      sinceramente, sr vim pena, eu acho que o senhor é muito burro..talvex nao tenha passado da escola…é assim que um policial deve se portar? isto é so na africa, onde existem policias que nem sabem ler e escrever . policia sem higiene bebendo na rua com uniforme…acho que ultimamente tem enviado alunos ao exterior para fazer formacao policial, eu acho que tambem deveria haver requisitos minimos academicos para infileirar na policia…..e nao só.a boa conduta ou seja , a boa ficha comportamental..
      Deus abencoe sao tome

    • img
      joão pedro Responder

      Sr. vim sá pema
      Acredite que usei o melhor da minha elocuência para tentar descortinar o motivo que o impeliu a afivelar a mascara e escrever tamanha barbaridade.
      sei que muitos intervenientes deste forum,por rasões que vão para além do mero lapso,limitam-se a ejacular tolices,uns até chegam a ser orfãos das ideias.E muito sinceramente,seria desonesto da minha parte ocultar-vos que não vejo motivos para o sr. ser excepção.
      Com os meus melhores cumprimentos.

  5. img
    Jornalista Amador Responder

    O governo, presidente e pessoas que decidem esta mostrar a sua raça. Em vez de tentar solucionar um problema tão simples, estão a intimidar população. Quem conhece esta zona….. Vê bem Santa Catarina, desperdicio de agua que existe ai, explica me por favor, porquê que ai tem problema de agua. Convido os orgão de comunicação social a fazer uma reportagem sobre desperdicio de auga ai e vão ver que falta de agua nas casas em STP, ou é má fé ou muita ignorancia de quem governa.
    Não sou nenhum espcialista em Hidrologia…. mas com muito pouco dinheiro, constroi se depositos e centros de tratamento de aguas, pelo menos duas em cada distrito, o problema fica resolvido…. basta por cerebro a funcionar. Mas como quem dirige, dirigiu e vai dirigir STP não tem cerebro…. isso ainda vai durar muito tempo com falta de agua. Acham normal a zona de Madalena não ter agua? Sr. Abel por favor faça uma reportagem sobre fontes, nascentes, percursos da agua em STP…. e no final deixa a pergunta no ar: Porque somos privados de agua nas torneiras em STP? Pode ser que alguem se sinta ofendido e responda a questão.

    • img
      Jornalista Amador Responder

      Se nos esperarmos Chineses, portugueses, taiwneses, amricanos… nunca vamos ter nada em STP. Temos que mentalizar que ninguem so vai fazer nada por nós, se nós proprios não soubermos o que queremos….. Um pai pode ser milionário, se filho não souber o quer fazer da vida….. nunca ele vai ser gente de verdade….. pensem nisso

  6. img
    fiá luxinga Responder

    Meus caro compatriota é necessário ordem sim, mas isso não significa sacrificar populações, por uma causa justa e que todos têm direito, é bom que não esquecemos, que estamos e fazemos parte de mundo globalizado na qual há exigências e obrigações é bom que governo o respeite.

  7. img
    José Santos Responder

    Meus Senhores eu vi o que se passou mesmo em frente do comando geral de Policia da cidade de Neves. O forte dispositivo policial não só espancava o pessoal que reclamava pela libertação do jovem Tchibé, mas também retiravam as câmaras de filmar as pessoas que colhiam imagens de agressão. Ora se policia estava a agir bem ,porquê que retirava câmara e destruíam imagens colhidas? Sr.Presidente da República por favor abre inquérito para averiguação de maus tratos aos cidadãos.Os moradores de Diogo Vaz não possuíam armas de guerra,porquê tudo isso contra um povo indefeso. Lembro Vossa Ex. que na sua visita de presidência aberta, disse em Lembá que o Tribunal Local só por si já condena o individuo antes mesmo de Juiz lhe condenar. Dai que é bom ver que os moradores foram condenados antes de serem presentes a Juiz.

  8. img
    José Santos Responder

    Pergunta ao Rodrigo Peri, onde esta os Bois, Porcos,Carneiros,patos e etc que ele encontrou na empresa.Quantas madeiras ele não cortou em Diogo Vaz? O governo deve também exigir que o Peri devolve todo o material(madeira) armazenado em Santa Catarina que era destinado a exportação para vender em Cabo Verde.

  9. img
    José Santos Responder

    Vamos desvendar todo o segredo si as coisas não melhorarem.

  10. img
    Soldado Responder

    é impressão minha, ou a Policia esta sempre a nos surpreender pela negativa, já não me surpreende mais nada, só falta o comandante ser exonerado.

  11. img
    Maria de Lemos Responder

    Energia elétrica? As casas dos trabalhadores com ar condicionado, sem energia. Ou estas são dos antigos membros do governo que as utilizam em ferias??
    A reforma agraria!!!!!

  12. img
    mana Responder

    Podem recrutar grandes fazendores e reprivatizar as terras.

    • img
      Sincerro Jornalista Responder

      Não basta privatizar…. será que existe alguma politica para agricultura em STP? ou melhor, em linguagem simples: alguém sabe o que fazer com as terras em STP? não é um estrangeiro com dinheiro que vai enterrar ai a sua fortuna para daqui a anos ser escorraçado e deixar tudo para vagabundos comer….. quem tem dinheiro mesmo sendo de trafico de drogas, não vai enterrar em qualquer parte do mundo sem mais nem menos…..se nós não sabem o que fazer … não são outros que sabem o que nós queremos….. reveja a visita dos empresários angolanos a STP ao pormenor… e tira as conclusões.

  13. img
    HT Responder

    É muito importante dizer a população de Diogo Vaz reclama as necessidades básicas inergia e água não os super jeeps que os ex e os membros de governo possuem…assim vamos corrupção e o pai vai afundando …

  14. img
    PLIGUITO! Responder

    Que rica democracia!

  15. img
    zeme Almeida Responder

    {Sum vim péma}obrigado, os seus elogios a policia é porque nao bateu na sua pele ou alguns dos seus familiares.Se lhes tocassem a sua opiniao seria outra.Nós os saotomenses somos assim.

  16. img
    estaoaestragarsaotome Responder

    Isso E antidemocracia se esses gajos continuarem assim eu nao sei onde que vamos parar com isso vai ficar tipo esses paises que fazem guerra eses policiais tambem sao enimigo do pais e da populacao voces deveria ver os policiais quando ele esta civil como enimigo da populacao esses gajos nem parece santomense

  17. img
    Flá ceto Responder

    Está muito bonito!!!! Assim vai o país das bananas!!!Quem tem fome, quem tem sede, quem está as escuras, sem luz elétrica em pleno século 21,se reclamar leva no focinho!

    • img
      Observador Responder

      Acho que o Sr. não conhece S.Tomé e Príncipe. Se as pessoas tivessem coragem, quem deveria ser pegado no focinho,Grupo que geriu a Empresa Diogo Vaz; O grupo, SODEAP. começando pelo Dr.Guilherme Posser, um dos donos do grupo. A Empresa Diogo Vaz, já teve uma estrutura invejavel. àgua e energia autonomamente. Uma micro-Hidrica mais sufisticada que a Empresa Rio D’Ouro hoje Agostinho Neto. para onde foram essas infraestruras? Só estão preocupdos em exibir Jeeps novos, quando na Roça deveriam crear cavalos, meios que já existiu aquando tomamos a Independencia. Todos mas todos só querem andar em altos jeeps com ar condicionado. Se há Países bastante desenvolvidos, que ainda usam Cavalos Buros Bois arastando carroças. Porquê que avançamos tanto sem posse? Caros Senhores, Seriamos mais prósperose ainda estevessemos a usar esses meios, repito; Cavalos, Buros e Bois arrastando caroças. Vivemos todos num engano. Seria bom que todos esses que embarcam na política, ao enves de arregaçar as mangas e ir ao encontro de trabalho. Se fizermos um levantamento, ninguém quer mais trabalhar para viver a custa de políca e politiquisses. Por isso é que se um Governo de verdade decidisse em fazer um levantamento em muitos políticos em matéria dos certificado de habilitações, dos p+olíticos e politiqueiros, 30% “trinta porcento” desses, possuem habilitações falças. precisar-se-ia fazer-se uma limpeza nas estroturas desta terra, a fim de se desmantelar os de habilitações falças: comecem nos DEPUTADOS.

  18. img
    deus nunca dorme Responder

    Uma tristeza. Agua mole, pedra dura, bate, bate ate` fura.
    Um dia estou para ver um stp de verdade, livres dos corruptos,dos burros e constituida apenas por pessoas dignas e capazes de fazer uma polica seria e com qualidade para bem de todos.
    A justica tarda, mas um dia, ela ha de chegar.

  19. img
    Hiost Responder

    É dever do povo vier bem este é direito mínimo que o povo deve ter não era necessário passarem por isto e depois dizem estar a trabalhar assim torturando o bebe que chora seu leite

  20. img
    Pen Drive Responder

    O quê que o Sr. Pinto da Costa tem a falar sobre este facto em concrecto?

    • img
      graca Responder

      nada, nada…
      nem mais ….
      palavras para qu …
      assim, demostra que ja salvarao a nossa democracia…
      sao os mesmos de sempre…

Deixe um comentario

*