Aeroporto internacional alvo de ataques de sabotagem

Desde Julho último quando os trabalhadores da ENASA conseguiram repor a iluminação na pista, que os ataques de sabotagem tornaram periódicos. Primeiro foi fogo posto a beira do depósito de combustíveis. Nos últimos dias, são as lâmpadas de iluminação da pista e cabos de electricidade que são sabotados.

São ataques de sabotagem muito perigosos, que ameaçam a segurança aérea e consequentemente a vida de centenas de pessoas. Uma constatação da administração da empresa que administra o aeroporto internacional, a ENASA.

Curiosamente, tudo começou após a reinauguração quase 20 anos depois da iluminação da pista, que devolveu ao aeroporto internacional de São Tomé e Príncipe, a capacidade de operar durante a noite.

Alguns dias após a inauguração do voo nocturno, fogo de origem duvidosa, tomou conta do aeroporto internacional. As autoridades Governamentais, garantiram que havia mão criminosa. O Téla Nón apurou que foram encontrados no local do incêndio, próximo do reservatório de combustíveis para avião, vestígios de objectos com capacidade inflamável.

Se havia dúvidas de que o aeroporto internacional estava a ser alvo preferencial de ataques de sabotagem, tudo ficou esclarecido nos últimos dias. Primeiro algumas lâmpadas de iluminação da pista foram destruídas, e no último fim de semana, o cabo de electricidade que alimenta as lâmpadas que orientam os pilotos na aproximação da pista, foi cortado. «Durante a aterragem do voo da TAAG, ao ligar as luzes de aproximação da pista o técnico, reparou que não acendia. O avião aterrou sem essa luz, o que é mau, põe em causa a vida de muita gente», explicou o responsável do sector técnico da EMAE.

A dúvida está dissipada. «Está visto que é uma sabotagem. E é sabotagem feita por alguém que conhece isso. A pessoa tirou o cabo e cortou», declarou o responsável, tendo mostrado o cabo que foi cortado.

Raul Cravid, Director da ENASA, está cansado. Antigo ministro da segurança pública, Raul Cravid, sente que o aeroporto internacional, está em perigo. «Permitir que actos desses possam continuar a existir e por em causa vidas, e muitos milhares de dólares, acho que chega. Espero que ao fazermos a nossa parte, que as outras instituições façam também a sua parte», frisou.

As outras instituições, principalmente as ligadas a investigação criminal, ainda não conseguiram encontrar os responsáveis pelos sucessivos actos de sabotagem no aeroporto internacional.

Para já só resta previnir. O Director da ENASA, realçou o papel do ministro da defesa e ordem interna, o tenente coronel Óscar Sousa, que deligenciou no sentido de reforçar a segurança no aeroporto internacional. «Felizmente estamos a contar com uma boa colaboração do exército e aproveito para agradecer ao senhor ministro da defesa pela forma como encarou este caso e agiu».

Exército avançou para neutralizar os ataques de sabotagem no aeroporto internacional, mas o Director da ENASA, pede mais homens porque pressente que o pior está por vir. «Pedir ao ministro, que seja reforçado o patrulhamento militar em todo o perímetro do aeroporto e dos instrumentos que suportam a navegação aérea», suplicou Raul Cravid.

O ataque ao cabo de alimentação das lâmpadas da pista que orientam os pilotos na aproximação para aterragem, não inviabilizou o funcionamento do aeroporto internacional. Técnicos da ENASA repararam o estrago feito no cabo por gente ou gentes ainda desconhecidas.

Agora cabe ao exército estar em alerta máximo no aeroporto internacional, para evitar o imprevisto. Isto numa altura em que acções com vista à manutenção da ordem no território nacional, acabam muitas vezes por serem consideradas como ditadura ou violação dos direitos humanos.

Abel Veiga

  1. img
    3 Macucu Responder

    o que existe nesse nosso STP é faltà de conciencia ,tudo isto é somente para vingar algumas pessos que esse individos nao gostan ou ejà sao pagos para fazer coisas dessas ,mais saotomé poderoso vai fazer que um dia vao por as maoas nessas pessoas de mà fé

  2. img
    W.Salomao Responder

    Sabotagens desse tipo num aeroporto internacional ‘e inadmissível, uma vez que os aeroportos de uma forma geral devem estar em constante vigilância. Meus caros, todos sabem que STP deixou de ser um país em que tínhamos orgulho em dizer ser calmo e tranquilo, e que coisas do gênero não aconteciam. Portanto, deve-se tomar as devidas precauções e principalmente as autoridades do direito deve investigar esses ataques de sabotagem, visto que muitas vidas poderão ser poupadas, podendo ser de qualquer um de nós ou nossos familiares.

  3. img
    Barão de Água IZé Responder

    Custa crer que existam agentes de algum partido que pratiquem sabotagem consciente e premeditada de tão importante infraestrutura.
    PIC, bombeiros ou outra entidade já concluíram de forma técnica conclusiva que houve sabotagem e se ela foi executada por elementos internos ou externos ao aeroporto? Por populares das áreas habitacionais envolventes do aeroporto, quer como o aeroporto como obstáculo para a sua circulação ou critica às muitas viagens de políticos, em roda viva permanente?
    Não deveriam ser feitas ações de sensibilização junto das populações que vivem junto ao aeroporto? Toda a área do aeroporto incluindo instalações, não deveria ter gravação permanente de imagens?
    A administração da ENASA deve assumir as suas responsabilidades de controlo e gestão do aeroporto e não descartar para o exército(?) o que é da sua competência.
    Por este caminho, qualquer dia o Ministério da Defesa é que governará o País.

  4. img
    António Silva Responder

    Porquê tudo isto?
    O país já está como está. As pequenas coisas boas que se consegue fazer ainda são alvos de sabotagem?
    São as influências das notícias vindas do exterior. Copiem coisas boas ou seja, procurem exigir mais dos responsáveis deste país. Lutem contra a corrupção, desvios da coisa pública, exijam melhor hospital, esclarecimentos dos negócios em torno do petróleo, exijam investigação aos enriquecimentos ilícitos, exijam mais competência das pessoas, etc. Não cometam sabotagem.

  5. img
    luisó Responder

    Está tudo certo neste artigo e o diretor da ENASA tem toda a razão.
    Agora mandar o exército patrulhar e guardar o aeroporto e as luzes?
    Onde para a policia?
    O exército só deve fazer estas coisas quando em estado de sitio ou em estados de emergência e que eu saiba isso não foi decretado ou foi?
    Ponham a policia a trabalhar como deve ser.

  6. img
    rostov Responder

    Este local deveria ser restrita a pessoas estranhas a partir do momento que iniciou a sabotagem, mas como nesta terra reina o leve leve e o vandalismo continua. Aqueles que praticam este tipo atitudes devem ser capturados e fuzilados. Filho de Cobra é cobra. Muito deixa andar.

  7. img
    CEITA Responder

    montando camaras de vigilâncias nos arredores do aeroporto é muito dispendioso? caso não esta será a melhor solução. credo má fé única infraestrutura que liga mundo. quando essa pessoa fôr apanhado deve ser posto em cadeia perpetua… isso não tem nada a ver com partido politico ou ciúmes porque já não esta na enasa ou porque não gosta de raul ou o que seja, quem fez isso é mesmo ruim de natureza…vai la incomodar politico corrupto que levou o país a essa situação…

  8. img
    ferpenapandopo Responder

    Mas este aeroporto,já antes operava sem iluminação,para “Determinados voos”,será que as luzes estão a incomodar alguém?

  9. img
    Fbi Soares Responder

    Mesmo lamentavel, trata se do unico aeroporto do pais e mesmo assim esta sendo sabotado.

  10. img
    caos caos caos Responder

    Nós avisamos!

    • img
      kwatela Responder

      aconselho o tela non entregar este compatriota a policia nacional ou a pic. ele foi claro no seu comentario.

  11. img
    tela mu Responder

    Assim vai o país ,depois querem desenvolvimento .Não sabem o que querem ,se acham que assim resolvem algumas coisas estao enganados se deveria feichar este aeroporto pra verem como ficam todos a saber a importancia de um aeroporto num país; pessoas burras , analfabetas ,igoistas y ingnorantes que existe em s.tomé .

  12. img
    Mixídají Responder

    Abel deixa passar o meu comentário. Temos que falar na barba desses bandidos, que dizem gostar do Povo pequeno.

    • img
      Téla Nón Responder

      Melhore o seu comentário, retire as acusações feitas a alguém como tendo sido o autor da sabotagem no aeroporto, ou então faça a denúncia publicamente nos órgãos competentes. Retire também os insultos feitos a um partido e ao seu líder que o comentário será publicado de imediato.

  13. img
    Lupuye Responder

    So em STP se ve coisa do genero. Onde ja se viu aeroporto em que todos e ate animais tem acesso a sua pista? A pista do aeroporto deveria ser local exclusivo somente para os que la trabalham. Continuamos com o deixa andar, permitindo que os vizinhos do aeroporto passem para o outro lado procurar agua, que os animais atravessem a pista etc, etc. Isso nao pode continuar. Agora nao se sabe se a sabotagem vem do interior ou do exterior. Se as coisas fossem bem feitas saberiamos que ela so pode vir do interior visto que do exterior nada nem ninguem pode entrar. Por outro lado, ja e hora de termos no aeroporto camaras e outros aparatos de seguranca adicionados aos agentes de seguranca que percorrem constantemente o nosso aeroporto. Nao podemos ter policia so quando esta prevista actividade (entrada ou saida de avioes) no aeroporto.

  14. img
    .A. Gomes Responder

    A ENASA gasta balurde com a segurança para fazer o quê?
    Todo este grupo de pessoas que andam por lá a receberem chorudos de milhões de dobras é para quê?
    Será que as luzes não estão dentro da zona de proteção do aeroporto?
    Será que a ENASA não consegue proteger os seus investimentos?
    É assim tão fácil qualquer um entrar dentro da zona do aeroporto. E se alguém quiser colocar uma bomba na pista pode fazê-lo quando quiser?
    Parece-me que o pessoal da ENSA está toda a dormir e numa boa sorna. Não basta meter algumas luzes para dizer que se mudou as coisas. A mudança deve ser profunda. A ENASA não é nenhuma Direcção de Estado onde os salários andam a volta de um a dois milhões. O salário da ENASA fala de dezenas de milhões para cima, por isso não devem estar sempre a vir para a televisão com lagrimas de bichos a reclamarem. Cumpram com a vossa função de proteger as infraestruturas aeroportuárias, pois não é um favor que estão a fazer a ninguém, mas sim para justificar o chorudo salário mensal que recebem
    Força
    Gomes

  15. img
    Lamento Responder

    Triste, muito triste o comportamento desse anti-saotomense. Com esse comportamento essa pessoa acha que está a prejudicar algum político? A economia do país, já débil, é que será afetada. Dinheiro para fazer outras coisas será desviado para repor o que foi sabotado. Como alguns já referiram, também sou de opinião colocar câmaras de vigilância em postos estratégicos. Não fica barato, mas…

  16. img
    Ceratitis capitata Responder

    Isso não pode acontecer mais, medidas severas devem ser tomadas.
    Não misturar as coisas

  17. img
    Manuel Responder

    ENASA deve tercearizar os servicos de seguranca de aeroportos a uma empresa privada com supervisao de servicos de seguranca interna, incluindo inteligencia.Aeroporto e patrimonio muito valioso para ficar com uns individuos em guarnicao

  18. img
    Mé pó feladu Responder

    onde esta o poderio dos militares, policias e outros para militares embora não se tratar de serviço de competência, mais o que esta em causa é interesse nacional
    1º os militares em vez de estar a evadir gabinetes e prender civis por escrever um artigo deviam tomar conta da situação
    2º os policias em vez de estarem no mercado ou a fingir q estão a fazer transito deviam colaborar com os militares para por cobro a este tipo de vandalismo
    3º aos outros para militares seguir o mesmo trilho ajudando, portanto este comentário vai no sentido de algum dirigente com vontade e que ler este texto possa fazer algo para por fim a esta onda, viva stp

  19. img
    Maguita Responder

    Sabe: uma vz disse o Lenine!
    “Colabore para o esbanjamento do dinheiro público; coloque em descrédito a imagem do País, especialmente no Exterior e provoque o pânico e o desassossego na população;”
    Ainda precisam de legenda!

Deixe um comentario

*