Sociedade

Abortou a tentativa de negociação entre a comissão governamental e os grevistas da PIC

Os trabalhadores da Polícia de Investigação Criminal, continuam em greve apesar da tentativa do Governo na quarta – feira, no sentido de negociar as reivindicações. A Comissão governamental, queria analisar todos os pontos contidos no caderno reivindicativo, mas os grevistas discordaram.

Os grevistas não aceitaram negociar outros pontos do caderno reivindicativo, nomeadamente a nomeação dos quadros e outras reformas solicitadas. Só aceitam negociar o aumento dos subsídios.

Segundo Velásio Amado, porta-voz da comissão de greve o encontro de quarta feira com a comissão criada pelo Ministério da Justiça para negociar as reivindicações, abortou porque o patronado, pretendia analisar todos os pontos contidos no caderno reivindicativo.

Os grevistas não gostaram, consideram que os outros pontos do caderno reivindicativo encontrarão solução a médio ou longo prazos. O que importa agora e já é aumentar o subsídio de risco de vida, e implementar o subsídio de piquete.

Aumentos que segundo a Comissão de Greve, devem ser aplicados já neste ano, ou seja, não podem ser condicionados a aprovação do Orçamento Geral do Estado para o próximo ano.

Abel Veiga

    9 comentários

9 comentários

  1. armando

    28 de Novembro de 2013 as 9:21

    A situacao socio_economica dos agentes realmente esta pessima e deve_se ter em conta urgentemente caso nao a situacao na PIC ja de si ma vai piorar. Contudo, ha que ser feita uma profunda reestruturacao do pessoal da PIC que devem fazer melhor para merecer respeito e justificacao.

  2. malebobo

    28 de Novembro de 2013 as 11:33

    esses agentes da pic, não podem ficar esquecido, por isso governo tem que encontrar uma saída para resolução do problema

  3. Bacano

    28 de Novembro de 2013 as 11:40

    Concordo plenamente consigo!
    Tenho dito.

  4. malebobo

    28 de Novembro de 2013 as 12:05

    sendo os profissionais de saúde que estivessem em greve durante esse tempo todo, de certeza absoluta o governo já teria encontrado a solução para o problema

  5. malebobo

    28 de Novembro de 2013 as 12:09

    eu já tive oportunidade de passar por essa policia para resolução de um problema, mas digo com sinceridade para aquilo que eu vi lá, essa gente não nem mínima da mínimas condições para trabalhar, todos imobiliários de escritórios num estado avançado de degradação

  6. socolomesso

    28 de Novembro de 2013 as 14:25

    Mantenham-se firmes.

  7. Trinta Mil

    28 de Novembro de 2013 as 15:04

    Precisamos de uma policia seria com meios e cientifica. Os novos ingressos para breve.
    Penso que na incorporação faz falta, meios de diagnósticos, laboratório, reagentes, formação do pessoal, mais do que subsidio de risco!
    Organizem bem um caderno e restruturem a vossa instituição, faz muita falta num estado democrático.

  8. forro da terra

    28 de Novembro de 2013 as 18:02

    Ou vai ou racha!

  9. QUEM SABE, SABE

    29 de Novembro de 2013 as 23:22

    Policia de Investigaçao Criminal no País faz muita falta. È bom que nossos governantes tenham consciência disso e não deixar ser levado pela ignorância e desorganização.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo