Sociedade

São Tomé e Príncipe recebe 10 fundos da União Europeia avaliado em 22 milhões de euros

O acordo de atribuição de mais 10 fundos da União Europeia para financiar o sector das infraestruturas, foi assinado na terça – feira no Ministério dos Negócios Estrangeiros e Cooperação. Trata-se de um acordo complementar ao tratado de cooperação que liga São Tomé e Príncipe e a União Europeia.

Natália Umbelina Ministra dos Negócios Estrangeiros e Cooperação e Cristina Barreiro Martins embaixadora da União Europeia, foram os subscritores do acordo.

Segundo a Agência de Notícias de São Tomé e Príncipe, STP-Press o acordo financeiro permite ao arquipélago receber 10 fundos europeus para o desenvolvimento. A estrada que liga a comunidade de Gaspar ao Porto da cidade de Santo António na ilha do Príncipe, vai ser construída.

Na ilha de São Tomé, o referido Fundo Europeu, vai permitir a construção da estrada de valor económico que liga a Roça Agostinho Neto, à comunidade de Caldeira grande produtora de cacau e de cereais nomeadamente o milho.

Abel Veiga

    11 comentários

11 comentários

  1. Le di Alami

    20 de Fevereiro de 2014 as 8:44

    Recebe 22 vai se pagar 50, e ainda quando a gestao nao e bem feita. Muitos politicos ja devem estar contentes, pois os bolsos vai encher. corrupcao, e preciso fiscalizar, a populacao tb devem abrir os olhos.

  2. filho da terra

    20 de Fevereiro de 2014 as 9:56

    cuidado para este fundo não ser um fundo abutre..

  3. Noite Escura

    20 de Fevereiro de 2014 as 12:41

    Acham que vale a pena outros países a sacrificarem-se para ajudar o nosso país e as coisas estarem cada vez pior?!
    Para onde vai esse dinheiro todo?
    Se trabalharem com consciência está tudo bem. Caso contrário, tudo acabará nas farmácias. Cuidado! Não gozem!

  4. 3 Macucu

    20 de Fevereiro de 2014 as 14:17

    Dipois queremos ver na realidade esses invetimetos existe alguém a fazer planos de mudar o seu caro velho comprar novo com esse dinheiro eu juruuuuuuu

  5. Camarada

    20 de Fevereiro de 2014 as 17:40

    Temos que endividar o pais e envestir para futuro. Nao tenhamos medo da divida e preciso saber empregar o dinheiro emprestado

  6. Mesma coisa

    20 de Fevereiro de 2014 as 21:30

    Bem, Não era de espera, sempre temos apoios, o povo precisa saber desse dinheiro e para que vai ser feito, espero que não entre nos bolsos dos políticos, mas sim para o benefício do país, senhores vamos pensar para um bem melhor na nossa pequena ilha, chega de corrupção.. e continuar a pensar num país melhor, nosso povo esta a sofrer muito, os senhores têm de ver isto. bem haja todos santomenses, Fui.

  7. Peixe frito

    21 de Fevereiro de 2014 as 11:17

    Volto aqui a dizer Cabo Verde recebeu um emprestimo de Angola e vai ser aplicado na construcao de auto-estrada e 2 airoportos.
    Porque que nao tomamos conciencia e penssamos no bem comum para o bem de Sao Tome e principe.
    O dinheiro nao pode continuar a evapurar.

  8. leonel carvalho

    21 de Fevereiro de 2014 as 12:07

    Gabriel meü caro companheiro meü caro colega. Nao se esqüecas daqüele carroco ao cair das dez pela Avenida da Técnica. Nao se esqüeca da büla do sr Valé. Voce foi e é pelo mérito próprio algüém em qüe de todo üm conjünto de nós teve e tem a sorte de estar no alto. Pense üm poüco neles e nao faca como os müitos governantes qüe embora reconhecendo as dificüldades em qüe passaram os nossos pais nao pensam no bem estar desta nossa qüerida Terra Amada. Üm abraco a partir de Berlin

  9. Cloçom Glange

    21 de Fevereiro de 2014 as 17:48

    Obrigado meu senhor por me dar oportunidade de expor a miha preocupação pela as ilas maravilhosas meus senhores usam a consciência e honestidade esse povo não tem necessidade de passar o que estão a passar não afundem mas o pais se so quer saber seos nossos antipassados deram o seu sangue para um grupo de pessoas ou para toda população Santomense espero que esse valor tenha um bom fim

  10. Cloçom Glange

    21 de Fevereiro de 2014 as 17:54

    Até me parece que est dinheiro esta dividido em duas partes uma para os politicos e outra sera repartido num fenomeno chamado BANHO

  11. djatta

    22 de Fevereiro de 2014 as 2:42

    Que haja um Outro representante da União Européia, em STP …que seja competente,útil e HUMILDE . Quanto ao Trigueiros, que vá mostrar ao país as suas capacidades , deixando à Mordomia.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo