CST expande rede de lojas próprias para a Cidade de Neves

A CST, Companhia Santomense de Telecomunicações, inaugurou esta terça-feira, 18-02-2014, num ato presidido por José Maria Fonseca, Secretário de Estado das Infra-estrutura e Ambiente, uma nova loja de telecomunicações na Cidade de Neves, capital do Distrito do Lembá, no norte da ilha de São Tomé.

A CST estava comercialmente presente neste Distrito via agentes e revendedores apenas, mas passou agora a servir os seus clientes locais através dum espaço comercial próprio, moderno, com um serviço de acesso público à internet (netpoints) e outro de chamadas telefónicas avulsas.

Depois de já ter renovado profundamente a sua loja na Ilha do Príncipe no início deste ano, esta é a primeira das 3 lojas que a CST inaugurará ainda este semestre na ilha de São Tomé, sendo que a abertura da de Guadalupe ocorrerá já no dia 20 de Fevereiro.

A população acorreu em massa ao evento e pôde beneficiar de imensos brindes e atividades lúdicas preparadas para a ocasião. Beneficia também da possibilidade de adquirir o Alcatel 1010 a 390.000 dbs e de navegar nos netpoints com 50% de desconto nas primeiras 2 semanas pós-abertura.

O Secretário de Estado das Infra-estruturas congratulou a CST pelo esforço que vem desenvolvendo para facilitar o acesso aos serviços de telecomunicação enquanto o Administrador Delegado da empresa, Jorge Frazão, sublinhou que este desenvolvimento da rede de lojas é apenas uma das inúmeras melhorias que a empresa vem demonstrando, tendo também destacado a revolução que está a ser levada a cabo na internet onde os preços de entrada baixaram significativamente e o número de clientes triplicou desde que São Tomé e Príncipe beneficia do cabo submarino de fibra ótica. O reforço da proximidade com o cliente e a sua satisfação têm determinado as linhas de atuação da empresa.

  1. img
    paparazzo Responder

    Atenção vem aí a concorencia por isso apresentem lojas e produtos com qualidade e baixem preços para poder ter clientes proprios

  2. img
    STP-AQUI Responder

    concorrencia em vista assusta as pessoas, de facto. menos mal. assim passam a ser mais dinamicos e nao só lucram, se nao que investem também e diversificam.

    por fim e enfi!

  3. img
    MLSTPENSES Responder

    Viva concorrência!

    Agora falta ver um dos melhores efeitos da concorrência que é a baixa de preço dos produtos da CST, neste caso.

    Os preços ainda são proibitivos, tanto do telemóvel como da internet.

  4. img
    lupuye Responder

    Com o aparecimento da concorrencia eles estao a tentar fechar a boca instalando sucursais em todas as cidades. Isso so pode beneficiar a populacao. Porque e que nao faziam esses precos antes? Ja nos apertaram tanto que agora com a concorrencia nao ha mais nada a fazer senao baixar o preco. E acho que o preco ira baixar mais. Assim e que deve ser.

  5. img
    3 Macucu Responder

    CST estava onde esses tempos todos como viram que existe concorencia eles sairan de casca estao com medo de nao perder o mercado mais tenho certeza que eles nao vao aguentar UNITEL

    • img
      conobia cumé izé Responder

      A UNITEL acordou CST: Bem vindo a UNITEL.A concorrência é salutar e faz falta. Só agora, CST ? Haver vamos !…Fui

  6. img
    filho da terra Responder

    A frente da nova loja olhem a qualidade de estrada.

Deixe um comentario

*