Sociedade

Habitantes da Roça Guégue saíram das “cavernas”

Os habitantes da Roça Guégue, receberam as chaves das novas moradias que abrem uma nova etapa nas suas vidas. As condições de vida na velha sanzala eram iguais ao período em que o homem primitivo se abrigava nas cavernas. A nova dinâmica do Ministério da Agricultura mudou a vida dos agricultores da roça Guégue.

O projecto de requalificação das infraestruturas das roças, lançado pelo Ministro da Agricultura António Dias, está a devolver dignidade a vida de centenas de famílias do interior do país, onde os níveis de pobreza são mais gritantes.

A roça Guégue, no distrito de Cantagalo, é um exemplo de sucesso. A velha sanzala colocou os habitantes numa condição de vida igual a era das cavernas. Famílias numerosas partilhavam uma pequena sala em ruinas.

A nova dinâmica incutida no Ministério da Agricultura Pescas e Desenvolvimento Rural, permitiu a construção de novas moradias. Cada apartamento tem 2 quartos, uma sala e a respectiva casa de banho.

O Presidente da Comunidade de Guégue, realçou a nova era que se abre para os habitantes, e  o papel desempenhado pelo Ministro da Agricultura António Dias, que numa visita a comunidade no ano 2013, prometeu agir no sentido de satisfazer as reclamações dos habitantes em termos de reabilitação das casas. «Na altura muita gente não acreditou dizendo que estão fartas de promessas. Por isso, é que se diz que a esperança é a última coisa a morrer. Nós temos que acreditar. É possível mudar a vida das comunidades rurais», declarou o Ministro da Agricultura no acto de inauguração das novas moradias.

António Dias, garantiu que havendo meios financeiros, em 2 anos, requalificaria todas as roças de São Tomé e Príncipe. «Eu quero – vos dizer que se o Ministério da Agricultura tivesse meios, teríamos resolvido o problema de todas as comunidades agrícolas em 2 anos», assegurou.

Roça Guégue tem outro aspecto, mais vida. A embaixada de Taiwan principal financiador das obras de requalificação das sanzalas, prometeu continuar a apoiar o Ministério da Agricultura, Pescas e Desenvolvimento Rural. «A nossa embaixada vai continuar a contribuir com projectos para o bem-estar do povo de São Tomé e Príncipe», garantiu o embaixador Jack Chen.

Para além de estimular a produção agrícola, o projecto de requalificação das infraestruturas habitacionais das roças, pretende travar o êxodo rural. As novas casas da Roça Guégue vão ter água canalizada e energia eléctrica. «A Câmara Distrital vai trazer energia e o ministério da agricultura vai trazer água», pontuou o ministro António Dias.

Com bulauê, a roça Guégue no distrito de Cantagalo, cantou de alegria, pela nova vida concedida aos seus habitantes.

Abel Veiga

    22 comentários

22 comentários

  1. ssfilipe

    19 de Março de 2014 as 19:07

    eu nao lhe conheco sr Ministro,mas este jesto e de louvar. s.tome poderoso lhe ajuda.

  2. Melhor para o nosso povo

    19 de Março de 2014 as 21:21

    É de louvar mesmo. o povo agradeçe e muito, melhores condições de vida, melhor para STP.

  3. Semedo

    20 de Março de 2014 as 7:19

    Senhor Ministro Antonio Dias, aplaudo e tiro o meu chapéu a sua atuação! O senhor jovem de valor, prova que com pouco dinheiro, mas muita coragem, honestidade e espírito de solidariedade se pode quando se quer fazer boas coisas pelo pobre e sofrido povo do nosso pais! Bem Haja Senho Ministro,

  4. Zé Kitumba

    20 de Março de 2014 as 7:39

    Ficou bonita a casa. Daqui a 6 meses está igual à 1ª foto.

  5. Estanislau Afonso

    20 de Março de 2014 as 8:27

    Gostei muito da obra. Isso é que o povo quero, execução de projetos, colaborar positivamente para garantir o bem estar social.

  6. Danilo Salvaterra

    20 de Março de 2014 as 8:35

    Felicidades aos moradores e sucessos

  7. Põe boca não tira

    20 de Março de 2014 as 9:28

    Isto é que deve ser a preocupação dos polico…procurar resolver e mudar um pouco a situação daqueles que vivem na situação bastante precária dando outra dignidade a essa gente porque são tb filhos da terra….Meus parabens ao Ministro de Agricultura…continue assim salvando esse governo…….bem haja STP..

  8. Reflexão

    20 de Março de 2014 as 9:32

    Vamos fazer, é isso que queremos: melhoria de condição de vida da nossa população. Façamos, e diexemos que outros façam tambem; sairemos todos a ganhar.

  9. Santiago

    20 de Março de 2014 as 9:35

    Gesto para continuar.

  10. Boa

    20 de Março de 2014 as 9:38

    Seria bom agora instruir os moradores como viver nestas habitações, no sentido de preserva-las higienicamente, e mante-las sempre limpa, pois os esforços que foram feitos, tanto da parte do financiador bem como do Governo na pessoa do Sr. Ministro de Agricultura devem ser respeitadas.

  11. Boa

    20 de Março de 2014 as 9:54

    quis dizer respeitados

  12. Sinto Triste

    20 de Março de 2014 as 10:11

    Valoriso muito a ideias dos politicos que a vao a pratica como o de agricultura, isso é um exemplo para outros membros que so falam e nao fazem. bem haja Sr. Ministro. Agora peço aos moradores que cuidem disto para nao voltarem a viver como homem da caverna, tamos em 2014….

  13. socorro

    20 de Março de 2014 as 10:51

    de um pulo a pinheira para ver as mesmas como estao

  14. Rosario

    20 de Março de 2014 as 11:16

    É isso que queremos dos nossos governantes. Que as obras feitas em beneficio de S.Tomé e os santomenses, possam falar em seus nomes.

  15. Picasso

    20 de Março de 2014 as 11:23

    Este Ministro é o unico que anda limpando a cara deste governo…vai em frente, que o povo lhe agradece!!

  16. Hotage

    20 de Março de 2014 as 11:31

    Isto e basico na vida do homem.O mal e que se tem aproveitado da fragilidade das pessoas para valorizar a acao politica, o que nao devia ser. Sempre falou-se da erradicacao da miseria no Pais, mas esses dizeres nao se passaram do papel simplesmente afectou uma ou duas pessoas com a pouca vergonha semehante a que ela convive. Os senhores responsaveis pelo distino do pais devem entender que a pobresa e implantada nestas areas suburbanas, o qual requer maior atencao. De igual modo, e de saudar, porque a garantia de melhor condicao de habitacao e dada aos nossos parentes, e que mais seja feita para que sejam dignos.

  17. iaga

    20 de Março de 2014 as 11:39

    não gostaria de ficar indiferente a esta acção do senhor ministro. felicitações e que Deus lhe abençoe pela vida fora, aos futuros proprietários(supostos moradores)que façam o bom uso, não são todos os dias que nossos irmãos são agraciados com gestos destes. Viva S.Tomé Viva o Ministro da Agricultura.

  18. ceed

    20 de Março de 2014 as 16:04

    Afinal é possível fazer mais com pouco recursos, os outros ministros o que andaram a fazer?

  19. akidijam

    20 de Março de 2014 as 17:19

    Finalmente alguém reconhece que todos nós devemos viver com um pouco de dignidade. Parabéns!

  20. arelitex

    21 de Março de 2014 as 18:07

    caro senhor ministro antonio dias .com as suas iniciativas , ( finalmente ),está a demonstrar que afinal ´STP .têm pessoas de valor e com vontade de demonstrar que sâo diferentes nas atitudes ,e nos comportamentos ,e com vontade de trabalhar ,com objectivos a favor do povo e de STP .os meus parabéns . continue assim porque vai ter a recompensa com o calor humano do seu povo . este nâo se irá esquecer de si facilmente

  21. Alê madô

    23 de Março de 2014 as 22:59

    Isso sim, tem que fazer mais habitações assim!!

  22. badiudisãotomé

    24 de Março de 2014 as 13:04

    Muito bem, mas gostaria de perguntar ao Senhor Ministro da Agricultura o seguinte:
    Quais foram os critérios para seleção dos contemplados;
    Porquê que as duas únicas idosas residente na Roça Guegue não foram contempladas?
    Aguardo a reposta
    Um bem haja
    Badiudisãotomé

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo