Nova cidade de São Tomé se expande por mais de 211 hectares

O Ministério das Obras Públicas e Urbanismo, já publicou o concurso que convida empresas interessadas a tomarem parte no projecto de construção da nova cidade de São Tomé.

A nova cidade estende-se por 211,5 hectares. Em declarações ao Téla Nón o Ministro das Obras Fernando Maquengo, explicou que a área destinada a expansão da cidade de São Tome, começa nas imediações da comunidade de Ferreira Governo, passa pela zona do cemitério de Gongá e só termina nas proximidades da Roça Bela Vista no distrito de Lobata. «Com a abertura do concurso público, estamos a apelar ao financiamento. Que os operadores privados participem e realizem os investimentos conforme o caderno de encargos», declarou o ministro.

O Estado são-tomense não tem capacidade financeira para construir a nova cidade, por isso avançou com um plano de urbanização virado para o sector privado. O Estado concede o terreno e o investidor constrói as infraestruturas, para depois as negociar.

Dos 211,5 hectares de terra disponíveis para a expansão da cidade de São Tomé, 134, 68 hectares estão destinados para a construção de habitações. O resto, 74,82 hectares estão consagrados para espaços, comercial, turístico e outras vertentes sociais.

Fernando Maquengo, garantiu que o espaço habitacional, será preenchido com residências de renda média e alta.

Uma das infraestruturas fundamentais que vai nascer no local, é o hospital de referência a ser construído no quadro da cooperação com Taiwan.

Segundo o Ministro das Obras Públicas, antes mesmo do lançamento do Concurso Público, vários grupos privados internacionais de África(Angola), da Europa e da Ásia(China Popular, Taiwan e Índia), manifestaram interesse em participar no projecto.

Ainda nesta semana uma das empresas angolanas interessadas em investir na expansão da cidade de São Tomé, vai abrir a sua representação na capital são-tomense.

O Ministro das Obras Públicas, explicou ao Téla ´Nón que as primeiras obras de expansão da cidade de São Tomé, deverão arrancar nos próximos 2 meses. No entanto o projecto de construção da nova cidade será implementado ao longo dos próximos 20 anos.

Abel Veiga

Notícias relacionadas

  1. img
    FLÁ SÓ Responder

    Nova cidade para ser construída em dois meses? Isso é uma vergonha!!! Essas propagandas meramente eleitoralistas devem ficar reservadas as reuniões de campnha política do partido a que pertence este ministro ou ainda nos comícios. Isto é uma atrapalhação total!!

    • img
      antonio luis Responder

      Meu amigo sabe ler bem mesmo?

      • img
        antonio luis Responder

        arrancar!!!!!!!

    • img
      san lima Responder

      Oh Flá eu no teu lugar ñ me dava ao luxo de ter esse nome,ou vc se identifica como verdadeiro santomense …ter motivação é coisa séria, ou você se posiciona no caminho dos vencedores ou abaixa a sua cabeça e aceita que é um derrotado. a não ser que um daqueles que preferem estar no 3º piso de um prédio de luxo a observar os outros na casa de “váplegá ” ( se é k já alguma vez ouviste falar)…pelo menos este ministro está a semear uma ideia positiva e vamos o orar para que esta ideia se torne uma realidade ,seja com que governo for ,só de ver a extinção de ” vá plegá ” já me dá outra visão futura …portanto reforça o seu espírito de patriotismo…ok amigo

  2. img
    antonio luis Responder

    Viva STP.
    Queremos crescer.
    Emprego aos jovens e não só.Iasto é muito bom.

  3. img
    JOVEM ATENTO Responder

    Sr. FLÁ SÓ é uma pessoa de má fé ou é mesmo um parvo cronico???!

    Custa este senhor ler as informações para se informar verdadeiramente ou é mais um daqueles que gosta de enganar-se.

    A onde que este senhor viu escrito que a cidade será construida em dois meses? Que horor… mente politizada…
    E volto uma vez mais a dizer que o homem santomense perdeu a confiança, já não acreditam, têm pouca fé, portanto com alguma razão! Entretanto é necessário fazer resurgir esses valores. Lanço o senhor e a todos que querem ver o desenvolvimento do país este desafio para começarem a analizar as coisas de forma desapaixonada. Avaliar primeiramente a viabilidade do proj. o seu enquadramento…etc.. E deixar de ser pessimista com quem vem merecendo alguma confiança como é o caso desse governo. Quando as pessoas têm oportunidade de fazer devem fazer para que o país possa realmente saber quem é quem. Quando deixa oportunidade passar e não fazem nada é que dá nisto!!! Ciumes, ciumes, ciumes!!! É por isso que o desenvolvimento fica sempre adiado. VAMOS DEIXAR DE BRINCADEIRA E RESPEITAR AQUELES QUE ESTÃO A PROVAR SABER DESENVOLVER O PAÍS… AS PESSOAS PENSAM QUE TUDO É POLITICA. Algumas pessoas são tão obcecadas na politiquice, que não conseguem simplismente separar as aguas.Se não vem para contribuir não atrapalha.
    SEJA BEM-VINDO A NOVA CIDADE PORQUE O PAÍS PRECISA.

    CONSELHO PARA O SR. FLA SÓ, leia, leia, leia… seja honesto consigo mesmo e depois para ver se consegue amar o país…

  4. img
    fluta cu cocôndja Responder

    mais uma manera de robar dinheiro a nome de povo, como fizeram com zonas francas teve financiamento e todo projecto a dia e nada feito….
    querem dinheiro para campanha, isso sim…
    como é possivel depois de tdos esse tempo de governo somente agora que falta 2 meses para elecoes é que surge o projecto de Nova Cidade, e se entra novo governo como fica este projecto? vcs robam e saiem para culpar a outro nao é? Cheio de má fé, desgrassados… nunca pensa em bem de povo, somente em vosso intereses…

  5. img
    toni Responder

    Estiveram este tempo todo a dormir, para acordar e contarem o que sonharam.

    Falta 2 meses Sr Ministro, e como se sabe se por acaso aprovar algo, o que vem a seguir anula, acha que algum investidor cai nisto…

  6. img
    Helder santo lima Responder

    A iniciativa realmente e muito boa, pois e disto que a cidade precisa uma nova urbanizacao para descentralizar os servicos e dar uma nova imagem aos investidores. Se o projecto for realmente credivel isso vai geral um novo estimulo social e economico para o furuto crescente do nosso Pais, a ideia e de louvar.

  7. img
    Verdade Responder

    Demorou para se fazer publico este projecto. Já a mais de 7 meses que este projecto circulou no facebook, eu até pensava que já estava na gaveta. Só espero que não seja mais uma propaganda politica para as eleições que se avizinham.

  8. img
    Peixe Andala! Responder

    “fluta cu cocôndja” É o outro danço também!!! Mente pequena! Este nem sabe o significa dizer investimento privado! Para o seu esclarecimento fica sabendo que não havera dinheiro algum nas mãos das pessoas. Cada empresário irá construir as suas obras directamente e o governo seja lá qual for apenas terá que seguir ou seja acompanhar a execução para garantir que o proj. da nova cidade seja respeitado. Conselho: leia, leia,leia mais… e se não conseguir pede ajuda para se esclarecer e deixa de falar barato!

  9. img
    arroz podre Responder

    Minha gente, deixa de falar barato.
    Sabem muito bem, que esta divulgação não vai ser real a curto tempo. Esta ideia já vem do XIV Governo.
    Os termos do contrato e tipos de construções (altura)ainda não está definida. Porquê falar em dois meses?
    Onde está a reabilitação de feira ponto?.
    O povo de São Tomé está muito atento, já não acredita nestas mentiras, aconselho-vos a pensar noutra mentira.

  10. img
    FLÁ SÒ Responder

    Senhor JOVEN ATENTO, QUE DE ATENTO NÂO TEM NADA; Acha que um governo que tem pouco mais de dois meses de gestão, não pode esperar pelo governo que vai legitimante sair das eleições de 12 Outubro próximo, para tornar público o concurso??!! Isto não é vender ilusões??!! Que fiabilidade têm as informações vindas deste governo de gestão sobretudo quando se trata de grandes projectos, cujo financiamento vem do privado??!! Não sabe o sr ATENTO que o empresário não investe o seu dinheiro onde não há garantias, sobretudo de estabilidade! Este governo está em condições de garantir ao privado alguma segurança no seu investimento? O sr acha que os empresários sérios vão negociar com este governo, nesta altura. Por tudo isso, esta triste acção só tem um nome: campanha!!
    Aliás, ninguém está contra a construção da nova cidade!! Estou sim, contra sensacionalismo e o facto deste ministro estar a brincar com coisa séria. Não se fala de um projecto desta envergadura com um governo de gestão que dentro de dias já não se saberá dele, ficando apenas tristes memórias! Não estamos na terra de cegos!!

  11. img
    Ilha do Princepe Responder

    Estas sim são boas noticias que a diaspora quer ter de São Tomé e Príncepe.

    • img
      Eterno Madiba Responder

      Ainda bem que o cavalheiro é da diáspora!

  12. img
    Edney Barreto Responder

    Muito bem, espero que as pessoas( Engenheiros) que estão a frente desse mesmo projecto não falhem em nada. Estejam atentos a todos os pormenores…muita atenção, estou disponível para dar o meu contributo principalmente nas redes técnicas. Avancem meus senhores com ou próximo governo. O bem é para todos nós…

  13. img
    Verdade seja dita Responder

    Sinto vergonha dos dirigentes que tenho na minha bela terra…
    Por amor de deus meus senhores….
    Vocês mal consegue faze estrada em lado algum ( campo de milho, S. Gabriel…..), agua e luz, credoooo
    Escolas e estradas…. nem se fala….
    Estão a construir nova cidade?

    Sejam racionais por favor….

    Quem é investidor que quem lavar dinheiro em STP?
    O Governo ou pessoas que têm cérebro devem fazer para atrair investimentos futuros é:
    -Construir uma via rápida que liga norte e sul, este e oeste.
    - reabilitar bem aeroporto da cidade ( vão a madeira ou Luxemburgo ver o modelo…que enquadra bem em STP)
    - construir um hospital como deve ser.

    e mantém pais estável ( politicamente)…. e vão ver dentro de 10 a 20 anos como STP atrais investimento estrangeiros.

    • img
      san lima Responder

      verdade seja dita ,e eu pergunto a si ,consegues segurar o vento…?não vamos cruzar os braços .busquemos a verdade e para tal só existe um caminho está scrito no livros vida ..por favor deixem de mente pequena e atrasada… este tipo de mentalidade só nos atrasa e assim estamos navegando e nunca mais chegamos ao porto desejado . somos todos dirigentes se o país é nosso podemos colaborar seja em que posição social estivermos…

  14. img
    Militar Responder

    Não esquece de construir um mercado para ver si limpa essa pouca vergonha do nosso cidade capital.

    • img
      Maguita Nglanje Responder

      É assim que se escreve, da nossa Cidade Capital.

    • img
      san lima Responder

      é uma prioridade e estou plenamente de acordo …começar a disciplinar os vendedores mas com autoridade severa,ñ entendo porquê que a população reclama o mercado em outras zonas e o governo constrói e ninguém usa a não ser as moscas

  15. img
    Jerniltom furtado Responder

    Força são Tomé e príncipe srs não dezistem nôs queremos um STP melhor para todos os são tomenses já estamos fartos de equeles oportunistas que nada fazem.o homem sonha e as obras nasce.não desista. Os nossos dirigentes viva são Tomé e príncipe

  16. img
    dancua Responder

    É necessário sermos serio e apostar na diferença. Este Governo até este momento não enganou ou traficou ou ainda, usurpou dos bens dos jovens como campo de bola da trindade.Contudo, não estamos cá criticar, mas sim, valorizar todas as iniciativas que sejam de factos a mais valia para este povo sofredor.Durante os 2 anos e 4 meses de governação do XIV governo, não vi e ainda não marquei projectos de vulto ou de obras feitas que marcaram o real desempenho do referido governo. O projecto da nova cidade é antigo, mas que XIV governo não conseguiu dar os 1ºs.passos c
    omo deu o XV governo. O Senhor Flá Só, não porque vai-se construir a nova cidade em dois meses, mas sim, lançar concurso internacional e nacional e durante dois meses pode se encontrar financiamentos privados que permitem materializar o referido projecto.
    Concordo com o projecto, porque dará mais emprego aos jovens, podemos libertar a nossa cidade com coisas novas e modernas, entretanto, aconselhamos que seja feito um estudo prévio sobre o impacto ambiental, viabilidade financeira , capacidade execução e
    que as coisas de habitação ali erguidas sejam direccionadas as pessoas que realmente não têm nenhuma, destacando-se jovens casais.
    Força, coragem e dinâmica o XV e bem haja.

  17. img
    dancua Responder

    quero ressalvar algumas palavras que por lapso, não enquadram nas frases, como por exemplo, ” casas e não coisas”,e ” ao XV Governo”

  18. img
    vagi ngola Responder

    Novamente este Governo perdeu a cabeça! Em S.Tomé e Príncipe o comer ainda é um Problema e que ainda não está resolvido; pensam construir uma cidade em um (1) ano e seis(6)meses? Que Brincadeira!!!!!!!

  19. img
    iaga Responder

    espero também, que já pensaram no novo nome caso não, sugiro um ”kê fínguii”…. É MUITA BRINCADEIRA

  20. img
    Edgar Monteiro Responder

    Acho perfeito o desenvolvimento. Contudo, gostaria aqui de resalvar que nao devemos esquecer do impacto hambiental pois muitas arvores mesmo os cacaueiros deverao ser preservados, assim como a fruteira a jaqueira o safuzeiro nos espaços que forem atribuidos. Haver controlo e acompanhamento para nao exstir desarborizaçao descontrolada. Estou disposto a participar no desenvolvimento e gostaria saber como proceder…Tanto na habitaçao, escola, parque infantil, lazer pscinas biblioteca infantil e adultos. Obrigado

  21. img
    Gilmar Celso Responder

    Numa altura em que já se fala garantidamente em construção de um porto de águas profundas, não seria mais coerente construir-se uma cidade que pudesse rapidamente ligar Aeroporto-cidades-portos? Não faria mais sentido até mesmo pelo impacto ambiental a causar construir-se uma cidade depois do Aeroporto Internacional até Micoló? Vai-se destruir uma vasta área arborizada que vai de gongá até ferreira governo, quando toda essa zona do aeroporto/zona franca até micoló só tem capim de metro e meio? Até quando vamos continuar pensando no hoje e esquecer o amanhã. Como exemplo temos a construção de varias estradas (madre de deus, fruta-fruta), em elas por si só têm 7 metros enquanto os passeios têm mais de 3 metros a cada lado. Não seria mais lógico reduzir o tamanho dos passeios a alargar essas estradas? PENSAMENTO PEQUENO cultura de muitos

  22. img
    Nilton Trindade Responder

    Que inpacto hambiental vai ter na construção da nova cidade (Expo Gonga) Cuidado com obra de santa Engracia para nao ser como a Construção da Embaixada de Angola em sao Tomé

  23. img
    São Tomé Responder

    A esperança é sempre a ultima a morer!
    Por que se desecreditar já no inicio das coisas? O PENSAMENTO RUIM, TRAZ FRUTOS RUINS…. POSITIVIDADE JOVENS….
    Apenas sabemos reclamar e reclamar. Onde está a nossa contribuição? Quanto somos frente a um governo? Se não fizermos a nossa parte e contribuir com o governo para o desenvolvimento de certeza esta obra jamais sairá do papel.
    São ´Tomé precisa do desenvolvimento, nós o povo precisamos, então vamos deixar de pessimismo.

Deixe um comentario

*