Financiamento para GIME termina em Dezembro

Desde o ano 2005 que a União Europeia desbloqueia 1 milhão de euros anualmente para alimentar as actividades do Grupo de Interesse de Manutenção de Estradas.  Um projecto que permitiu tratar e manter 1100 quilómetros de estradas em São Tomé e Príncipe.

gime calcetada1600 pessoas, participam no projecto que dá complemento em termos de rendimento para as respectivas famílias. Em Dezembro próximo o GIME vai ver diante de si o sinal de STOP em termos de financiamento.

António Costa, membro da direcção do GIME exorta as autoridades nacionais a salvarem as estradas do país. Sem financiamento o GIME morre e junto com ele as estradas de São Tomé e Príncipe.  «Achamos que a situação não pode regredir», declarou António Costa.

Através do Instituto Nacional de Estradas , o GIME apresentou uma proposta ao Governo, com vista a garantir financiamento às suas actividades nos próximos 5 anos.

O Ministro das Obras Públicas e Infraestruturas , Fernando Maquengo, confirma que diligências estão em curso para evitar a paralisação do GIME a partir de Dezembro próximo. «Estão em curso diligências no sentido de encontrar um financiador alternativo a União Europeia.  Porque efectivamente o financiamento da União Europeia, termina em Dezembro», disse o Ministro em conversa com o Téla Nón.

O Grupo de Interesse de Manutenão de Estradas, realiza actualmente algumas obras de estradas calcetadas e em obras de protecção de erosão costeira. Obras realizadas em parceria com as câmaras distritais. As mais de 1000 pessoas que dão braços ao GIME, são formadas em vários domínios, nomeadamente calcetagem, obras de arte etc.

António Costa, garantiu ao Téla Nón que o pessoal do GIME, «tem competência técnica para construir estradas de raiz».

Abel Veiga

Notícias relacionadas

  1. img
    Leopaldo Responder

    A união européia gasta certa de 1 milhão de euros com a manutenção de estradas? Quantas estradas betão betuminoso faríamos com esse dinheiro.
    São Tomé é um Pais chuvoso,
    A única vantagem que vejo no GIME é que ajuda as famílias carrenciadas, o resto acaba sendo um projecto de apanhar água com cesto…..

  2. img
    Militar Responder

    GIME, é um bom projeto que União européia financio, mas esquecerão de oniformes paras trabalhadores.

  3. img
    Juvenal AAfonso Responder

    O Governo deve por em prática a utilização da verba de manutenção de estradas que vem cobrando a população à décadas que ninguém vê
    Por cada litro de combustível que qualquer um compra, o Estado cobra uma taxa rodoviária. Todas as pessoas que têm viatura pagam anualmente a taxa rodoviária
    Mas esta verba só serve para encher o cú dos funcionários dos impostos, que recebem balurde em horas extraordinárias todos os meses pelos serviços que nunca prestam.
    Deixem de pagar os emolumentons e horas extraordinárias aos sanguessugas das finanças e impostos assim haverá verba para manutenção e financiamento do GIME
    Bem Haja STP
    Juvenal

  4. img
    elton Responder

    leopaldo entendo a tua preocupação.
    primeiro eu penso k vc não tem ideia do orçamento de estrada de betão betuminoso.se fazerem estrada de betão betuminoso com esse valor, máximo que podem fazer são 8 km de estrada se não roubarem dinheiro se assim fosse, GIME iria desempregar 1600 pessoas que eles empregam, porque a obra de betão betuminoso seria feito por uma empresa que já tem os seus trabalhadores e maquinas.e que seria dessas pessoas desempregadas? quem iria dar lhes de comer?este financiamento de EU esta mas para ajudar as pessoas que não tem emprego.penso que as estradas urbanas devem ser reparadas para facilitar os condutores que vão buscar os alimentos para vir vender na cidade.

  5. img
    elton Responder

    leopaldo entendo a tua preocupação.
    primeiro eu penso k vc não tem ideia do orçamento de estrada de betão betuminoso.se fazerem estrada de betão betuminoso com esse valor, máximo que podem fazer são 8 km de estrada se não roubarem dinheiro se assim fosse, GIME iria desempregar 1600 pessoas que eles empregam, porque a obra de betão betuminoso seria feito por uma empresa que já tem os seus trabalhadores e maquinas.e que seria dessas pessoas desempregadas? quem iria dar lhes de comer?

  6. img
    elton Responder

    Este financiamento de EU esta mas para ajudar as pessoas que não tem emprego.penso que as estradas urbanas devem ser reparadas para facilitar os condutores que vão buscar os alimentos para vir vender na cidade.

Deixe um comentario

*