Destaques

TVS a margem da campanha eleitoral

A Televisão São-tomense que é a principal fonte de informação da população são-tomense, não está a acompanhar as actividades de campanha dos partidos políticos com vista as eleições de 12 de Outubro.

O próprio jornal Téla Nón que não tem meios, nem recursos humanos, para estar presente em todas as actividades de campanha, tinha a TVS como a sua principal fonte de notícias. A fonte secou, e o público são-tomense sabe muito pouco sobre as actividades diárias dos partidos políticos no terreno.

Contactado pelo Téla Nón, o director da TVS Juvenal Rodrigues, disse que existem constrangimentos internos que impedem a cobertura da campanha eleitoral. Meios técnicos existem, no entanto falta dinheiro.

Segundo Juvenal Rodrigues tradicionalmente a TVS beneficiava de um financiamento para pagar subsídios as equipas de reportagem que dão cobertura a campanha eleitoral. Um subsídio considerado de risco tendo em conta o perigo que os repórteres podem correr no terreno tendo em conta as situações de maior exaltação que podem acontecer durante as manifestações políticas.

Desta vez os jornalistas e técnicos da TVS ainda não receberam tal subsídio, por isso estão a margem das actividades partidárias no terreno. «Assim que a situação ficar resolvida começaremos a cobrir a campanha eleitoral a 100%», precisou o Director da TVS.

Abel Veiga

    40 comentários

40 comentários

  1. santola

    6 de Outubro de 2014 as 9:51

    Bela desculpa para quem não ouve, não vê e não sabe ler. Mas uma vez o governo de troika em acção. Que triste. Faz com que as pessoas mentem perante a população. Eu tenho fé que o renado desses político caduco esta chegar ao fim. Viva a democracia.

  2. Ponto final

    6 de Outubro de 2014 as 9:58

    Mas que pouca vergonha é esta, Meu Deus!Kua li….

  3. nono

    6 de Outubro de 2014 as 10:08

    q risco os reoter sao-tomense tem la tem quera, me esclarewce esta mentira

  4. nono

    6 de Outubro de 2014 as 10:13

    sera q risco é o PT

  5. Tito

    6 de Outubro de 2014 as 10:17

    AHHHHHH!
    AHHHHHH
    Engana-me que eu gosto.
    O vosso reino está quase no fim.

  6. Maria não dá!!!!

    6 de Outubro de 2014 as 10:46

    Também, a TVS não faz falta mesmo.
    Gente é muita dor de cotovelo èééééééé´!
    Coitados!
    Quem mandou tirar?????
    Tirou porquê?

    Seja bem vindo Patricio Trovoada a tua terra!!!!!!!

    Os ciumentos vão emagrecer todos !!!! Ka ka ka ka!!!!!!!!!!!
    Ô qui da lê ô ô!

    • Maguita Nglanje

      7 de Outubro de 2014 as 10:41

      O senhor Ilusó tem a memoria curta?
      Ou então não escutou o que disse Levy Nazaré?
      Nem que custe a vida de alguém temos que ganhar…..
      A TVS tem a razão ou não?
      Obrigado…

  7. Adb Ceita

    6 de Outubro de 2014 as 11:13

    Aja paciência , isso e vergonhoso temos que acompanhar as noticia das elecçoes atravez da RTP África porque a TVS não passa nada.

  8. Carlos Afonso

    6 de Outubro de 2014 as 11:43

    Mentira. TVS tem acesso a Lusa TV que cobriu a chegada de Patrice Trovoada. Mais: TVS pode pedir imagens GRATUITAS à RTP África. E sabem qual foi a reportagem de abertura do principal telejornal da RTP África no dia 3 de outubro: a chegada de Patrice Trovoada a STP. Não é falta de meios, nem diferentes critérios jornalísticos. É pura e simplesmente CENSURA

  9. Benissilai Pedro de Sousa Bastos

    6 de Outubro de 2014 as 12:10

    Aleluia agora a desculpa é outra não recebemos o nosso subcidio, por isso, não estamos a fazer a cubertura das campanhas politicas, palhaçada gente, e a culpa é de quem? dos cidadão que estam impocibilitados de ver e ouvir um pouco do discurso do seu partido… Fala serio, vai dar a volta que aqui não passas TVS.
    E como se explica que justo no dia do regresso do Patrice Trovoada e que deixaram de passar o tempo de antena, e outra coisa os partidos politicos estam a fazer a sau cobertura e a responsabilidade das imagens para o tempo de antena e dos partidos a TVS ´so tem a ver com passagem da informação por imagem no AR, isto que se pede a TVS. Nunca pediarm a TVS para fazer a cubertura das canpanhas, tótós nem mentir sabem, só há uma explicação para isso: DISINFORMÇÃO EM MASSA, não querem que o povo fique a saber das mentiras que andaram a dizer sobre o PT, estam com medo da verdade que o PT poderá revelar para os santomenses. ABAIXO A TROICA.

  10. Docente realista

    6 de Outubro de 2014 as 13:09

    Enfimmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm

  11. CCCP

    6 de Outubro de 2014 as 13:10

    Desde que os jornalista façam o seu trabalho com isenção não haverá problema/risco nenhum. O risco está exactamente no jornalista que da cara pelo partido A ter que fazer cobertura nas actividades do partido B. Jornalista querem banho adicional da TVS …. Só com Cristo

  12. MBeba

    6 de Outubro de 2014 as 13:29

    VERGONHOSO! IMORAL. Acredito que já já o reinado de quem comnanda a TVS vai chegar ao fim e que a democracia volte a nossa televisão, coisa que não tem havido no vergonhoso governo da TROIKA!

    Bandos de malandros!

  13. Arroz Subistancia

    6 de Outubro de 2014 as 15:46

    Quer dizer antes de Patrice Trovoada chegar nao apareceu esta noticia a dizer (Tvs a margem da campanha eleitoral)agora PT chegou e a TVS nao apareceu no Airoporto para fazer a cobertura e ouve muita reclamacao e so agora aparece esta noticia para disculpar o indisculpavel francamente voces ainda temam a mentir o povo ja chega meus senhores.
    Ate as televisoes estrangeira fez a cobertura da chegada a S.tome uma pouca vergonha.
    Se nao transmitirem na TVS eu vejo no Jornal Tela Non e desbravo na internet procuro noticia da campanha maioria do povo nao vai ver nada e algums querem chamar isto democracia.

  14. Vicente Andrade

    6 de Outubro de 2014 as 16:13

    Senhor Diretor da TVS
    Se tiver vergonha e for homem de bem Demita-se
    Põe o seu cargo a disposição. Quando o senhor foi para TVS, o senhor disse que não necessitava de TVS para nada, pois tinha a sua vida. Então este é o momento para demonstrar que na realidade o senhor não necessita de TVS, e vai embora.
    Logo na sua entrada, disse que não iria passar mais futebol, porque queria passar Quiná e Plomom Deçu. A verdae, é que o futebol é que passou a ser o programa e o plomon deçu e quina foram para o Estado de Coma.
    Depois disse que não tinha meios materiais. O Governo esforçou-se e deu meios materiais suficientes. Agora é o subsidio. Quando o Governo der o subsidio, vocês vão pifar os materiais que receberam, para dizer que os materiais estragaram.
    Tenham vergonha na cara. Este é dos mais preguiçosos que andam neste país.
    Mais uma vez, senhor juvenal e digo-lhe com letras maiúsculas, DEMITA-SE
    Bem haja STP

  15. arlindo ramos

    6 de Outubro de 2014 as 17:36

    E porquê teria que fazer cobertura de Patrice Trovoada,tratando-se de um FUGITIVO?

  16. João Rosário

    6 de Outubro de 2014 as 17:48

    Essa desculpa é suspeita!Se disponibilizam dinheiro para os partidos políticos fazerem campanhas ,por que razão esse convívio democrático não chega aos telespetadores de STeP? As populações têm o direito a informação sobretudo em momentos como esses em que o povo é chamado para exercer o seu dever.TVS é pública e como tal tem que prestar serviço as populações porque ela sobrevive das contribuições do povo.Senhores responsáveis sejam prudentes,responsáveis e não partidarizem a TV.Se essas manobras são em função de beneficiar A em detrimento de B é contraproducente e reprovável.Se é que se pretende um país democrático , a tolerância e bom senso são prioritários nesse momento em que vive o país.É urgento apurar responsabilidades porque este impasse é de todo absurdo e tranforma-se em manobras de diversão. Quem é o culpado? Sejamos honestos,sinceros reponham a verdade . Governação baseada em clientilismo e das amizades ,o resultado é esse .O papel da comunicação social na vida de um pais é fundamental ,mas é preciso que ela seja séria e não manipulada.Bem haja

  17. João Rosário

    6 de Outubro de 2014 as 17:54

    A corrigir:urgento-urgente

  18. Ilha do Princepe

    6 de Outubro de 2014 as 18:05

    É uma vergonha para esta estação Publica se não querem trabalhar deixa para quem quer, toda coisa dinheiro, dinheiro, dinheiro não sabem trabalhar pelo proficionalismo, pelo amor ao trabalho, fazer o que sabe e o que gosta. Devem saber que nestas alturas a população precisa estar informada,momento mais que importante para isso, deixam de ganancia e trabalham o Pais precisa de trabalho, trabalho, trabalho… e mais nada. Subcidio ves-se depois a muitas formas de cobrar o trabalho feito como amor e dedicação.

  19. "Nós por cá e a nossa maneira"

    6 de Outubro de 2014 as 18:32

    Cada um manda boca como pode ou como lhe convier porque lhe é fácil dizer asneira e basta abria a boca ou pensar em voz alta…..seria bom que viessem a republica ver com os suas próprias vistas como é que se trabalha e em que condições se trabalha na administração publica sãotomense. Não basta andarmos a criticar os outros pelo fato de não estarem em condições para trabalharem. Faço uma pergunta..quando é que alguém neste país ou fora dele se importou de fato com os funcionários públicos e com as condições do seu trabalho? Quem se importa de investir nos sectores públicos para que possam estar prontos para responderem as exigências do povo? Ninguém quer saber de nada. Ninguém esta para nada.Só sabem exigir o impossível aos directores como se eles fizessem milagres. Só lembram que os serviços existem nestas alturas ou na altura das aflições. Só sabem reclamar, exigir o impossível na hora que bem entenderem.Portanto se não condições, sou apologista de que não devem trabalhar. Sabiam perfeitamente de que haveria eleições nesta altura.Sabiam perfeitamente que era preciso organizar todos os sectores ligados directa ou indirectamente com as eleições. Santos da casa não fazem milagres e saco vazio não fica de pé.

    …haver vamos…

  20. Barbosa Santos Policarpo

    6 de Outubro de 2014 as 18:57

    Só Visto.

  21. QUE PENA

    6 de Outubro de 2014 as 21:55

    quando cada um revendica os seus problemas vamos respeitar. O rendimento está mal distribuído em STP. Funcionários das finanças recebem 3 vezes por mês, sabiam? Quantos condutores (repara bem que so estou a falar de condutores) das Finanças que recebem melhor do que um licenciado doutras instituições? PROCURAM SABER!Assim mesmo TVS não há condições, seja uniforme para todos, não há trabalho para ninguém!

  22. filipe Muhongo

    6 de Outubro de 2014 as 22:28

    Eu comungo com a Direcção da TVS, todo trabalho deve ser remunerado, uma vez que os Partidos politicos receberam um valor monetario para as campanhas eleitorais, desse dinheiro devem pagar a cobertura informativa da TVS. Os senhores da TVS têm familias para sustentar em casa; como ordem e regras, dever e obrigação para os seus entes queridos. Na altura das eleições sáo momentos importantes para os meios de comunicações, ou mass medias duplicarem o seu orçamento; nada gratuito fundamentalmente para os arenosos do codigo 666.
    STP, Terra Santa onde Deus tomava o pequeno almoço, no lago da Lagoa Amelia, segundo os antigos manuscritos do quinto V envagelho, em aramaico

  23. Lódoma

    7 de Outubro de 2014 as 5:27

    Como cidadão nacional na impossibilidade de passar o seu manifesto em relação a eleição que vem ai decorrer aproveito este canal para manifestar por este motivo passarei essa mensagem em várias páginas.
    Patrício Trovoada no seu discurso na campanha disse que ele irá respeitar a constituição tanto como outros órgãos da soberania, este discurso é do crocodilo morde a lagrimar, se povo santomense não tiver memória curta, relembrem que o mesmo com maioria relativa ele nunca respeitou a constituição, nunca prestou conta a Assembleia nacional, é mesmo dizer que nunca prestou conta ao eleitorado, também quero relembrar esse povo que faço parte que durante mandato do pai, com tantos governos que nunca chegaram ao fim de mandato mas nunca fugiram nem tão pouco desapareceram documentos, agora vem dizer que quer maioria absoluta e que ira respeitar a constituição e dar se bem com outros órgãos da soberania, tanto como Presidente da Republica Pinto da Costa, tudo isto é uma mentira do vingador , é uma farsa, ele é um vigarista ele quer poder para vingar de todos ele nunca respeitou órgãos da soberania, abaixo Patrício e os seus lacaios.

  24. Elisio da trindade

    7 de Outubro de 2014 as 7:13

    Bom dia carros leitor do tela nom eu nso conheso Sao tome gostaria que algem mi desse omde e que fica a cadeia para os politicos e la na central ou no palasio dos congreso

  25. Aleluia

    7 de Outubro de 2014 as 8:02

    Essa TVS nem é grande coisa!…notícias e reportagens sem qualidade, som e imagem de baixa qualidade. Os jornalistas sem dicção e mal falam português!…rsrsrsrsrs

  26. luisó

    7 de Outubro de 2014 as 10:05

    “Um subsídio considerado de risco tendo em conta o perigo que os repórteres podem correr no terreno”…

    O quê? risco? mas os repórteres da TVS são repórteres de guerra?
    Só se falam de guerra partidária, será ?
    Há uma vez para tudo e esta foi a primeira vez que ouvi falar de subsidio de risco para repórter da TVS para trabalhar no País.
    Se ao menos fizessem reportagens no mato ainda havia o perigo da cobra preta…

    • Maguita Nglanje

      7 de Outubro de 2014 as 10:37

      O senhor Ilusó tem a memoria curta?
      Ou então não escutou o que disse Levy Nazaré?
      Nem que custe a vida de alguém temos que ganhar…..
      A TVS tem a razão ou não?
      Obrigado…

  27. Eu também sou filho da terra

    7 de Outubro de 2014 as 10:16

    Não se compreende por que razão uma televisão pública necessita de subsidio para fazer a cobertura das campanhas eleitorais. Afigura-se estarmos perante uma manobra para legalizar o fenómeno “banho” no seio da TVS.

  28. Limcaar

    7 de Outubro de 2014 as 10:36

    Vergonha são aquelas pessoas que se escondem por detrás de nomes que não são seus para atingir os outros.Vergonha é aquele que depois de dois anos de ausência vem acompanhado de seguranças estrangeiros e de esses deputados sem coisa de fazer em Portugal que introduziram várias moções de censura ao governo de Passos Coelho e que chumbaram.

  29. Fitxin Flôgo

    7 de Outubro de 2014 as 16:16

    Enfim…

  30. Antonio Fernandes

    7 de Outubro de 2014 as 18:40

    Inacreditável!!! Como é possível que uma estação televisiva do Estado, não cubra uma campanha eleitoral, os momentos importante e marcantes de todos os candidatos, eu não vi qualquer filmagem da chegada do líder da ADI, é vergonhoso..Não têm qualquer tipo de serviço publico
    Só servem para passar novelas de baixa classe e vender-se a igrejas e ainda por cima duvido que paguem os direitos de transmissão…Vergonhoso !!!!!!!!

  31. malebobo

    8 de Outubro de 2014 as 8:11

    so mesmo republica das bananas, sr. dr. da tvs, este reinado esta a chegar o fim, viva democracia

  32. malebobo

    8 de Outubro de 2014 as 8:13

    este jornalista da tvs, que há muitos que nem se quer esta altura de fazer serviço jornalístico, so mesmo em stp, pais que tudo é possivel

  33. arelitex

    13 de Outubro de 2014 as 9:33

    o director da TVS , só pode ser um atrasado . quando chegamos ao ponto de sabermos o que se passa no nosso país , pelas televisões estrangeiras .

  34. Tony

    13 de Outubro de 2014 as 17:29

    Sr Director da TVS, acho que chegou a hora de apanhar avião, às suas custas e tirar uma formação sobre comunicação social, mas muito demorada. Enfim os aviões vão estar cheios!

  35. jessica carvalho

    14 de Outubro de 2014 as 11:05

    o povo não tem estado a ver nada que o antigo governo fez,portanto sai deixa outro entrar pra ver quem irá trabalhar melhor. deixa de ser egoísta, envejoso tenham consciência das coisas deixa ADI mandar um pouco pra ver como coisa ficar.

  36. Nitócris Silva

    14 de Outubro de 2014 as 15:32

    Que tanta barbaridade acabo de ler! Povo tenhamos bom censo antes de criticar alguém, por favor meta se no lugar dela. Se for verdade que foram estas as razões eu acho muito bem que o responsável máximo da TVS tivesse defendido os seus trabalhadores. Todos devem ter visto como eu vi militantes do ADI a ser atacados com cananas no face book, por militantes do MLSTP. Porque razão quem fala melhor português não vá para ilha trabalhar e ganhar o mesmo que eles ganham, ou porque não estudou para ganhar três vezes por semanas como os funcionários da finanças? O nosso mal é a inveja, mudemos de mentalidade. Todos nós sabemos que não se faz omelete sem ovos, mas que é uma vergonha o serviço que a nossa televisão apresenta, não tenho dúvidas disso. A televisão dos santomenses, se assemelhar à um canal privado de futebol. Futebol algumas vez é cultura? O que é que o povo aprende a ver o Futebol Português ou Inglês. Qual foi a última vez que se mostrou em direto um jogo do nosso campeonato? Apostem no que é nacional. Mas sejamos sinceros, qual é o serviço ou departamento do estado que funciona?

  37. também sou humano

    17 de Outubro de 2014 as 10:34

    trabalha com amor, unidade para nosso país desenvolver

  38. Man Mandas

    24 de Outubro de 2014 as 12:27

    O filme que vocês fazem e’ pior que a EBOLA. Incontrolavel..
    Vocês não sabem nem se quer mentir . Sempre na mesma tecla. TRISTEZA…. Precisam estudar mais para arranjar outro tipo de mentira. DESAVERGONHADOS… TOdos vocês estudaram com o dinheiro do Pais (bolsas de estudos) para estarem aí a foder o povo. Seja competente todos vocês como dirigentes de São Tomé. Todo o mundo sabe como vocês são, já não vós ligam. Dão vós uns troços para ajudar o pais e os incapacitados sem vergonha, grandes parasitas papam a massa toda!!! Espero que o Grande Sr Patrice TROVOADA passa um anti parasita no Pais. Boa sorte SÃO TOME E PRÍNCIPE ……

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo