Destaques

África Austral recebe US$ 20 milhões para projetos de energia à larga escala

Sul-africanos são exceção entre os 17% da população que tem acesso à eletricidade na área; montante será investido em estudos de viabilidade e outro tipo de avaliação.

Atração de investidores. Foto: Banco Mundial

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Banco Mundial anunciou um financiamento de US$ 20 milhões para ajudar a gerar projetos energéticos à larga escala na África Austral.

O órgão quer investir em atividades ligadas ao Grupo de Energia da África Austral, Sapp, uma iniciativa que envolve 12 países da região. A finalidade é ajudar a impulsionar o investimento com vista à produção de grandes quantidades de energia elétrica.

Pobreza

À exceção da África do Sul, estima-se que apenas 17% da população da sub-região tem acesso à eletricidade, que é considerada fundamental para os esforços de redução da pobreza.

O Banco Mundial reconhece a existência de recursos consideráveis para gerar energia nos países da África Austral. Mas aponta a necessidade de especialistas que elaborem projetos para atrair investimentos significativos do setor privado.

Investidores

O programa do órgão vai financiar estudos de viabilidade e outras avaliações. Na mira, está a atração de investidores, que muitas vezes precisam de informações de alta qualidade e de acordos legais.

O Banco Mundial defende ainda que a expansão da eletricidade exige que toda a região seja incluída na distribuição energética.

PARCERIA – Téla Nón / Rádio das Nações Unidas

    Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo