Presidente do SLB pela segunda vez consecutiva celebra natal em STP

Como na primeira visita em Dezembro de 2013,Luis Filipe Vieira, regressou a São Tomé e Príncipe nas vésperas do natal para juntar-se a sua filha que presta serviço voluntário numa organização não-governamental vocacionada para protecção do ecossistema da ilha do Príncipe.

Luís Filipe Vieira, que está na lha do Príncipe, desde 23 de Dezembro, encontra-se esta sexta feira com o Primeiro-ministro, Patrice Trovoada, segundo diz uma nota da STP-Média, que chegou a redacção do Téla Nón.

Em 2013 o líder do Benfica, reuniu-se com o Governo e o Presidente da República, tendo lançado as bases para a criação de uma casa e clube do Benfica em São Tomé e Príncipe.

Téla Nón

  1. img
    saudeparatodos Responder

    Não entendo como é que, sendo São Tomé um país independente, logo com possibilidade de fazer as suas próprias leis, não foi capaz até hoje de fazer legislação específica para proibir a entrada no país de cidadãos representantes deste clube chamado Benfica.

    Ainda há poucos meses, as autoridades Santomenses tomaram a decisão de isolar e colocar em quarentena alguns cidadãos Nigerianos de forma a proteger a população do risco ébola. O mesmo deve ser feito com os representantes deste clube, sempre que pretendam visitar o país, pois apesar de não trazerem um risco tão grande em termos de saúde física, o mesmo não se pode dizer para a saúde psicológica das pessoas.

    Nestes casos, não pode haver dois pesos e duas medidas

    • img
      Belíssima Responder

      Você só deve ter um neuroneo….. e a funcionar muito mal…

    • img
      joão Responder

      Deviam é criar uma legislação para internar na psiquiatria pessoas loucas como tu!O presidente do SLB é uma pessoa livre e que tem todo o direito de ir para onde quiser. Fica com esta “saudeparatodos”

    • img
      Cachorroquente Responder

      …você nao joga com o baralho todo.
      Se cuide, cara!

  2. img
    verdade Responder

    Já eu concordo com o saudeparatodos.
    São Tomé só devia receber visitas de presidentes de clubes conceituados e de 1ª categoria

Deixe um comentario

*