Destaques

Homem armado que atacou carro diante do hotel Miramar continua em fuga

O ataque perpetrado na última terça – feira por volta das 20 : 15, diante do hotel miramar, teve como alvo um jeep conduzido por Lilian Monteiro.

A jovem que foi comprar pizza no Hotel Miramar, foi surpreendida a saída do hotel. Depois de entrar no carro, um homem armado com uma faca, atacou a jovem. «No momento em que eu estava a ligar o carro, alguém entrou por traz com uma faca e começou a me ameaçar dizendo para eu não gritar, que continuasse a andar com o carro e que tivesse calma que nada iria acontecer», relatou Lilian Monteiro.

Apesar de ter a faca perto do pescoço, a jovem conseguiu sair do carro e pôs-se aos gritos. «Continuei a gritar, havia muita gente mas ninguém veio em socorro», reclamou.

O ataque desenrolou-se diante do bar “Passante” do Hotel Miramar, espaço normalmente muito movimentado.

carro geralO atacante armado, passou para frente da viatura, pegou o volante e pôs a viatura em marcha a alta velocidade.  Só na última sexta – feira o jeep foi encontrado na localidade de Melhorada, próximo da vila de Caixão Grande.

Segundo a vítima, após o ataque, uma motorizada seguiu o jeep. O Téla Nón apurou que a polícia tem na mira 4 suspeitos. Cerca de 1 milhão de dobras, uma máquina fotográfica, e dois telemóveis foram levados pelo atacante, antes de abandonar a viatura na localidade de Melhorada.

Victor Monteiro, pai da vítima do ataque, apelou a população a estar vigilante, porque «realmente estamos a chegar a um ponto que é atípico em São Tomé e Príncipe», referiu o pai da vítima.

Os autores do ataque continuam a monte, facto que destaca o aumento da insegurança no país. Há cerca de 30 dias, uma mulher foi vítima de estupro, nos arredores do Museu Nacional.

Note-se que o bairro do campo do milho na capital são-tomense, também registou a algum tempo um episódio de ataque a viatura igual ao que aconteceu com Lilian Monteiro diante do Hotel Miramar.

Abel Veiga

 

 

 

    10 comentários

10 comentários

  1. Gente

    28 de Dezembro de 2014 as 2:29

    Um espaço tão pequeno e limitado, por estas estradas?????
    E o que tem de controle e segurança? temos homens pra isso? coitados e mendigos policiais não serão capazes de fazer nada diante de tudo issso…Assim, se vai desenvolver o turismo? assim se vai desenvolver os negócios? Enfim, quarenta anos depois da independência, já nos tornamos reféns de nós mesmos…quem diria heinnnnn..

  2. Lede di Alami

    28 de Dezembro de 2014 as 8:58

    Benvindo ao capitalismo….Obrigado Miguel Trovoada e as colombeias

  3. Jose Rocha

    28 de Dezembro de 2014 as 12:43

    Lamento muito o susto por que passou a Filha de Victor Monteiro. Espero que tudo nao se tenha passado de uma encenacao organizada so ao alcance de alguns.

  4. Filipe Trindade

    28 de Dezembro de 2014 as 15:49

    Realmente lamentavel mas espero que o Jose Rocha nao esteja certo. pois Se bem me lembro em Outubro Victor Monterio sonhou com caos para STP.

  5. Arnaldo (santola)

    28 de Dezembro de 2014 as 17:28

    Isto é um exemplo de jovens desempregado, ainda querem embarga a obra do centro comercial, haver mais ver.

  6. Mutende

    28 de Dezembro de 2014 as 22:21

    Estes sao resultados da ma governacao durante os 40 anos da independencia.Se nao porem fim a estetes criminosos o pior esta para vir.Os governantes roubam milhoes e milhoes nao sao penalizados,o que que esperam dos pobres.Os pobres nao querem riqueza,so querem a sobrevivencia.Aprenda a destribuir o pouco que temos se nao brevemente teremos um pequeno brasil em africa.

  7. Miss

    29 de Dezembro de 2014 as 1:58

    Assim começa o projecto Dubai….tem um Bom piloto no leme …excelente exemplo é o pm! Força!

  8. Helder Pinto

    29 de Dezembro de 2014 as 21:10

    Gente, vejam bem essa situação
    Esta mau e afecta a todos nós, não vamos acusar ao citrano ou betrano, vamos sim unir os braços e procurar sanear essa situação (todos Juntos), é triste ver jovens a fumarem drogas na zona do Lucumi, a assaltarem pessoas, e não há nem uma interferência dos órgãos policias. Para onde é que vamos com essa situação.
    Fui

  9. luisó

    2 de Janeiro de 2015 as 13:30

    Homem armado atacou carro?

  10. budo

    27 de Janeiro de 2015 as 14:51

    e aqueles que roubaram o dinheiro da empresa do cacau?

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo