Destaques

350 mil dólares para garantir dieta alimentar nas escolas 

Brasil, FAO e o Governo São-tomense, assumiram nesta semana o compromisso de reforçar a dieta alimentar nas escolas durante os próximos 2 anos.

O projecto está avaliado em 35 mil dólares, e é pioneiro em África. Nesta primeira fase só São Tomé e Príncipe e o Malawi, beneficiam do apoio do Brasil e da FAO, para garantir refeição quente nas escolas, creches e jardins-de-infância.

O projecto visa melhorar a dieta escolar das crianças e consequentemente estimular a aprendizagem em São Tomé e Príncipe. Cerca de 50 crianças, beneficiam da refeição escolar nas ilhas de São Tomé e do Príncipe.

Um projecto que pretende estimular a aprendizagem e o rendimento escolar.

Abel Veiga

    4 comentários

4 comentários

  1. Maria de Jesus Costa

    15 de Fevereiro de 2015 as 15:09

    Acho muito pertinente a questão abordada,sou médica com formação em Pediatria a alimentação adequada na infância deve ser uma das prioridades de uma nação.Bem hajam.

  2. Maria de Jesus Costa

    15 de Fevereiro de 2015 as 15:14

    Existe uma discrepância entre o montante na notícia em destaque e o que está no desenvolvimento da mesma. Penso que seria bom esclarecer-nos para melhor transparência do país.
    Grata pela atenção,

    MJC

  3. Denize

    11 de Junho de 2015 as 19:17

    Importante iniciativa, mais precisa ser investido corretamente, porque se não vai ser mais dinheiro jogado no ralo. Infelizmente!

  4. Osvaldo Bakan Sanhá

    22 de Agosto de 2015 as 0:57

    desses 350 mil dólares, 300 mil vão para pagar a dita “Assistência Técnica” aos gatunos do Brasil e da FAO, e o resto para o projeto …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo