Barricada : São Tomé está a ser engolido pelo lixo  

A insalubridade está a atingir nível de catástrofe na pequena cidade de São Tomé. Ficou para a história o estatuto de cidade mais limpa da região africana.

Sim ficou para história, porque nunca antes se viu tanto lixo, tanta água parada de cor esverdeada e de cheiro nauseabundo, banhando o centro da capital são-tomense. Nunca antes os cidadãos da capital produziriam tanto lixo, nunca antes conviveram com tanto lixo a sua volta.

lixo 2Tanto lixo em Água Grande, que a lixeira de Penha terá ficado congestionada. A estrada pública que liga os bairros de Boa Morte e de Água Porca, passou a receber toneladas de lixo, depositado pela própria câmara distrital, denunciam os moradores.

É exactamente na estrada que liga os dois bairros dos arredores da capital, onde se registou nesta quinta – feira um dos maiores protestos da população.

Tudo porque segundo os moradores de Água Porca, as viaturas da câmara distrital de Água Grande, depositam o lixo na via pública. O cheiro nauseabundo domina o bairro.

Crianças e mulheres, vão a uma fonte repleta de lixo de toda espécie, para apanhar água. Lama se mistura com o lixo, o cheiro enjoativo tornar-se mais forte.(A FOTOGRAFIA CONFIRMA)

Tanto lixo que a via que liga Água Porca e Boa Morte tornou-se intransitável. Uma ameaça a saúde pública denunciada também pelos moradores.

Mesmo ao lado do lixo amontoado e da fonte de água que irriga também a imundice, foi construído uma lavandaria pública. «Até lixo hospitalar está a ser lançado em plena estrada pública. Lixo de toda espécie que acabou por bloquear a estrada. Essa lixeira imposta na estrada pública pelos serviços da câmara distrital, está mesmo a beira da fonte onde a população se abastece de água», reclamou a habitante Ivone Sousa. «Nós não estamos bem», acrescentou.

lixo geralHamilton Espírito Santo, outro habitante diz que «nunca na história da capital isso aconteceu. Lixo lançado na estrada pública? Nunca. São os tractores da câmara de Água Grande que colocam o lixo cá na estrada», declarou.

A barricada erguida na manhã desta quinta – feira pelos populares não fez qualquer diferença, em termos de circulação automóvel, uma vez que há muito tempo a via tornou-se intransitável.

Foi engolida pelo lixo. A barricada popular, serviu apenas como um protesto, que a imprensa Estatal recusou dar cobertura.

No final da tarde, uma retro escavadora apareceu no local para remover  parte do lixo que está a engolir o bairro.

Abel Veiga

Notícias relacionadas

  1. img
    Ledi di Alami Responder

    Acrescentaria/ tambem ficou pra historia, a Paz e sossego que tinhamos, Nao sera por causa dos Nigerianos que inundram a nossa terra com Plasticos e mais produtos a base? Deveriamos Proibir entrada de Plasticos na Ilha

  2. img
    luisó Responder

    INCRÍVEL, até lixo hospitalar deitado na rua ?
    Onde está o senhor Presidente da moda da CDAG?

  3. img
    Maria silva Responder

    situaçao esta complicada, neste caso o governo( a camera distriltal de agua grande) tem que arranjar uma solucao emediata pra o caso, e tambem a populacao têm que ter bom senso!
    Por outro lado temos que saber tartar os lixos, alguem tem que fazer alguma coisa!!

  4. img
    Lupuye Responder

    Que vergonha! Aquele individuo que tinha dito que STP estava a desaparecer tem toda a razao. E que o problema nao esta so nos larapios da capital, esta tambem , e mais ainda, na camada politica que so pensa em si e nao no povo.Isso e inaceitavel que o proprio governo permita que esse lixo seja depositado na estrada, cerca de uma nascente e ainda por cima construir ai uma lavandaria. So com Cristo!

  5. img
    Africano Responder

    STP continuará assim porque nós temos um cérebro muito pequeno. Na nossa mentalidade “jipes e viagens” valem mas que saúde e saneamento básico. O povo até fica contente cada vez que vê um “Jipe” novo na praça. É triste!

  6. img
    Pumbú Responder

    O que é isso afinal? Provocação, desrespeito total, chantagem política? Ou guerra microbiologica contra a própria população? Será que estamos esperando por cooperantes para tratarem do nosso lixo? Já nem lixo somos capazes de gerir? LAMENTÁVEL!!!

  7. img
    MJC Responder

    Isto já ultrapassou todos os limites, é um autêntico crime público. É inaceitável que o governo não tenha nenhum elemento que se responsabilize pela saúde pública. Só tenho a advertir como Médica que sou: Preparem -se para surtos de cólera, febre tifóide, exacerbação do índice de paludismo e muito mais…

  8. img
    Lóçu Tlêze contu Responder

    …. Que a imprensa estatal recusou dar cobertura!!!!!!

    PROIBIDO EXPRESSAMENTE.
    Tudo o que compromete o Governo

  9. img
    CCCP Responder

    /Presidente da Câmara em vez de tratar dos lixos e imundice que cobre a nossa capital …está mais preocupado em aumentar as taxas camarárias . Deviria sim é colocar o lugar a disposição! Ainda dizem que será o próximo PM.

  10. img
    Mr. B. Responder

    Pois queremos evoluir copiando tecnologias e supermercados e etc…esquecendo de que ha infrastructuras basicas que faltam.
    Oh esqueci ate falamos numa cidade nova! …

  11. img
    Jorge Trabulo Marques Responder

    Não permitam que, em S. Tomé, suceda a mesma coisa que noutras cidades africanas ou se observem as mesmas imagens que se vêm na cidade Luanda, nomeadamente nos bairros habitados pelo grosso da população – A avaliar pelo que se vê na Internet, é qualquer coisa de degradante e pestilento, pondo em causa a saúde pública – Num país que investe milhões nos jornais portugueses e depois vira as costas ao seu Povo, é algo incompreensível que não haja dinheiro para a limpeza das ruas e o mínimo de condições de vida dos mais desfavorecidos. – Sei que os santomenses não gostam de conviver com o lixo. São pessoas que prezam a sua imagem e o gosto pela vida. Compete, por isso, às autoridades que lhe removam o lixo da sua porta ou das ruas onde habita. Confesso que não me apercebi de tais imagens nos 20 dias que passei em S. Tomé. O que me impressionou foi ver – em pleno centro da cidade – um cão famélico (magro e cheio de feridas) saltar para cima de um caixote do lixo, lograr abrir a tampa e vai de aproveitar-se dos resíduos do lixo – É sabido que os santomenses, pela sua natureza pacífica, nem sequer têm coragem para matar os cachorros, quando mais eliminar um cão adulto, mesmo esquelético e doente – O problema é que, pelo que me apercebi, aquele animal, tal o estado em que se encontrava, era um autêntico foco de infeções – E há que ter também em conta este aspeto da salvaguarda da saúde pública – Jorge T. Marques

    • img
      Atento Responder

      Meu caro Jorge Marques
      Explique essa sua afirmação: “Num país que investe milhões nos jornais portugueses e depois vira as costas ao seu Povo”.
      Gostaria seriamente que me explique com pés e cabeça o que afirmou.
      Já agora diga-me que se os milhões a que moeda se refere?
      Claro que se dentro de alguns dias não tiver uma resposta sua, vai sentir o fel amargo da crítica que lhe irei proporcionar para sua prova.
      Obrigado

  12. img
    fernandes pinto Responder

    Pais governado por lixo, claro que tem que ser engolido por lixo.

  13. img
    Pah Sabe Responder

    Essa questão do começou a piorar quando retiraram um jovem que estava a fazer bom trabalho, misturam tudo e ai está o resultado , Presidente da Câmara tira alguem que está a fazer bom trabalho porque ?? Um desnorte total na recolha de lixo. Realmente estamos a ser engolidos pelo lixo.
    Misturam politica com tudo.

  14. img
    Alemão Trindade Responder

    Viva ADI.
    Viva LIXO.

  15. img
    Martelo da Justiça Responder

    Em vez de se profissionalizar a Administração Pública estamos a politiza-la. O resultado esta a vista. E vai ser pior se não se remover esses incompetentes e ainda por cima arrogantes.

  16. img
    DRGI Responder

    Bem, eu não sou formado em direito e não tenho muito conhecimento das leis do nosso pais excepto a constituicão o codigo civil e a leis de codigo de trabalho. Mas a minha questão é de onde vem todo esse lixo, bom de São Tomé e Principe é que não!Bem como é Possivel um país tão pequeno não conceguir organizar cerca de 200000 pessoas, como é possivel alguem me diga porque eu não percebo! Como é possivel que um pais com tantos recursos possa ter uma divida externa tão grande? Vou vos dizer uma coisa, quem comessou a comandar esse pais, não tinha não tava em condiçoes de o faser! Td bem que a gente não tinha recursos humanos qualificados. Mas quem iniciou essa familia fez merda. Não consegui guiar um grupinho de pessoas! os santomenses deveriam estar entre os 7 povos mais rico do mundo, não em quantidade mas relativamente ao pib! Mas olha so em que estados estamos vivemos numa lixeira! pessoas a passar cada vez mais mal.

    • img
      Atento Responder

      Meu caro DRGI.
      Por favor explique aqui ao pessoal a sua afirmação que é a seguinte: ” Como é possivel que um pais com tantos recursos possa ter uma divida externa tão grande?”.
      Por favor explique a sua afirmação que eu na minha mais elevada ignorância gostaria de saber onde estão esses recursos e quais são.
      Muito obrigado
      Atento.

    • img
      Atento Responder

      Só mais uma coisa DRGI.
      Se não me responder dentro de dias, eu próprio lhe vou dizer onde estão os recursos de STP.
      Obrigado

      • img
        Atento Responder

        Meu caro DRGI
        Como o prometido é devido e já passou imenso tempo sem a sua resposta aqui lhe vou dizer onde estão os recursos de STP.
        SIMPLESMENTE NÃO EXISTEM!!!
        E pronto

Deixe um comentario

*