Destaques

Fenómeno alérgico encerrou escolas na Vila de Bombom, em Pantufo e São Marçal

Na Vila de Bombom a escola básica Anastácio Cupertino Baptista de Sousa com 1508 alunos foi encerrada na quarta-feira(na foto). Solitário no pátio da escola deserta o Téla Nón encontrou o vice director Damião Baptista.

O primeiro ataque aconteceu na terça – feira. Os alunos da primeira a sexta classes, tiveram que abandonar a escola em pânico. O fenómeno regressou a escola básica na quarta – feira, tendo afectado mais de 40 crianças.

geralMesmo atrás da escola básica de Bombom funciona a escola secundária, com alunos da sétima à nona classes. Também foi encerrada na quarta – feira. O fenómeno dito alérgico afectou dezenas de alunos da escola secundária de Bombom.

No local o Téla Nón apurou que os professores ainda insistiam em dar aulas. Mas, os pais e encarregados de educação dos alunos, amedrontados com o fenómeno, retiraram os seus educandos do recinto escolar, de forma a evitar que sejam vítimas de um fenómeno que até agora em São Tomé e Príncipe ninguém sabe explicar, ou pelo menos veio ao público explicar a sua origem.

Damião Baptista o vice-diretor da escola básica de Bombom, também está surpreendido com a manifestação do caso dito alérgico. Segundo ele, antes dos alunos entrarem na escola, as salas de aulas são devidamente tratadas pelas encarregadas de limpeza «Se fosse o caso de maracujá(planta que causa coceira) que teriam lançado na escola, é claro que as primeiras pessoas que sentiriam coceira seriam as empregadas de limpeza. Mas não é o caso. As empregadas não sentem nada. São sobretudo as alunas que são afectadas», explicou o vice-director da escola básica de Bombom.

O fenómeno que continua sediado na escola Preparatória Patrice Lumumba no centro da capital são-tomense, causando diariamente dezenas de vítimas, está agora em franca expansão. Alastrou-se para a Vila de Almas, penetrou na vila de Bombom onde paralisou os dois centros de ensino da vila, passou pelo bairro de São Marçal nos arredores da capital São Tomé, e atingiu a vila de Pantufo, localidades onde gerou pânico no seio dos alunos e dos encarregados de educação.

A nível dos órgãos do Estado, nomeadamente no sector da saúde, regista-se uma espécie de blackout em relação aos fenómenos estranhos que estão a desestabilizar o sistema nacional de ensino.

Abel Veiga

 

 

 

 

 

    9 comentários

9 comentários

  1. Eu também sou filho da terra

    26 de Março de 2015 as 9:59

    Não se afigura compreensível que o surto de alergia ocorra em lugar específico (escolas públicas) e afecte única e exclusivamente os alunos. Isto só pode ser acção de sabotagem, que urge vigilância redobrada da população. O governo deve reforçar vigilância em torno das escolas de modo a garantir a segurança dos agentes escolares particularmente os alunos. Sem ajuda do governo, a população não poderá combater este fenómeno tão estranho.

    • fala serio

      26 de Março de 2015 as 16:20

      Senhor ” eu também sou filho da terra” sabe porque que o Patrice Trovoada não reforça a segurança nas escola porque ele é responsável por isso com as feitiçarias para ganhar às eleições e agora é vez de pagar. Pena são as nossas crianças que tem que pagar por maus hábitos de pessoas não santomenses. Tenho dito.

  2. Mash

    26 de Março de 2015 as 10:12

    Torna-se urgente uma explicação cabal das entidades competentes sobre essa epidemia.

  3. Bruno

    26 de Março de 2015 as 13:20

    Será uma mão criminosa? será produtos de limpeza? O que diz os diagnósticos dos medicos?

  4. Lupuye

    26 de Março de 2015 as 13:42

    A minha contribuicao basea-se no facto de serem sobretudo as meninas que sofrem mais com os dois fenomenos que fustigam as nossas escolas. Cuidado com os muculmanos extremistas. Sabe-se que os extremistas nao aprovam a educacao do sexo feminino e e possivel que estejam a fazer algo para que os pais e encarregados de educacao tirem as suas filhas das escolas. Nao tenho provas nem acuso nada nem ninguem mas realmente e extranho que mais meninas que meninos sofram desses ataques. Estejamos vigilantes!

  5. INDIGNADO

    26 de Março de 2015 as 17:03

    Queiram me desculpar Senhores(as) pois entendo e vejo a coisa de perto. Será que o senhor Ministro de Educação e o Primeiro Ministro não têm explicação a dar aos ENCARREGADOS DE EDUCAÇÃO sobre este assunto? Quando entraram no poder em 2010 logo asseguir veio o fenómeno (SANTO), desta vez logo apoz a maioria Absoluta do ADI e PATRICE T. vem o “Santo” e “Cossá”. O que vem a ser caso bem preocupante pois para mim tudo esta ligado… Têm medo de falar mas VEJO QUE ISTO FOI FEITO PRA GANHAR VOTOS PELOS CURANDEIROS QUE CA ESTAVAM VINDO DOS PAISES AFRICANOS ENVADOS POR…(P.T.).. Os nossos filhos é que estão a sofrer com isto… fico por aqui.

    INDIGNADO

    • Miss

      30 de Março de 2015 as 9:23

      Indignado, aquela parte do povo que votou, jà sabia de que pessoa se tratava, PT, que vàrias vezes jà teve no PODER,nao hà nada de novo a descobrir…ninguém votou na LUZ DA VELA, foi em pleno dia, com o SOL ARDENTE, e todos conscientes…porque nem dinheiro deviam ter para consumir CACHARAMA.O PT, é alguém que tem a ARENA de STP nas maos, por causa dos feitiços , dos pactos que ele tem feito…poe toda a gente em contribuiçao (é o caso do fenomeno que se passa neste momento em STP).
      Mas devemos reconhecer que ele nao é o ùnico, hà também os outros camaradas,como o Afonso Varela, o Agostinho, Daio, o LN, etc, que estao em causa…aliàs o Afonso Varela é tao responsàvel que o PT, porque é ele o braço direito do pm que tomam as decisoes juntos.

  6. Hugulay Maia

    27 de Março de 2015 as 18:17

    Prezados,
    Sinto-me muito triste quando percebo que algo muito serio pode estar a acontecer e alguns pensam que isso é uma questão banal, e começam a brincar com o assunto.
    Acho que por ser uma questão seria deveria receber um carácter mas serio, deve-se achar de procurar o culpado e arranjar soluções.
    Normalmente quando acontece um acidente as pessoas vivem tentando saber quem vai assumir em vez de procurar a solução para o problema.
    Li tantos comentários que uns até me chocou quando alguém diz que seja sabotagem, então que prove que seja.
    É inacreditável que um País como nosso as pessoas tentam ver culpado para tudo.

    Hugulay Maia

  7. Tony

    30 de Março de 2015 as 9:48

    meu caro o problema é simples, uma mãe bem aflita disse que diabo está tentar com o Padre actual ministro da educação “Olinto Daio”, ele sabe defender e os indefesos são os alunos.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo