Autoridades recebem em SILÊNCIO os sobreviventes do navio procurado pela INTERPOL

O desembarque das 40 pessoas que estavam no barco que se afundou nas águas territoriais são-tomenses, começou depois da 1 da manhã e só terminou próximo das 4 horas desta terça – feira.

Faseadamente o barco “Águia” da Guarda Costeira, transportou os náufragos.

019Militares da guarda costeira, agentes da polícia de investigação criminal e da polícia de ordem interna, acompanhados pelo ministro da administração interna , concentraram-se no porto de Ana Chaves para receber as 40 pessoas. São sobreviventes do naufrágio de um navio de nome Thunder, perseguido pela ONG Sea Shepherd por causa da pesca ilegal que desenvolvia e procurado pela INTERPOL.

A maioria são cidadãos indonésios, pelo menos 30 pessoas. Apesar do silêncio imposto pelas autoridades nacionais no porto de São Tomé, o Téla Nón apurou que no resto de 10 elementos, contam-se cidadãos chilenos, espanhóis e pelo menos 1 cidadão português. ´

Todas as tentativas do Téla Nón para ouvir os sobreviventes do naufrágio, foram abortadas pelas autoridades são-tomenses, que não permitiram qualquer contacto entre a imprensa e os 40 sobreviventes do navio .. Todos foram conduzidos aos diferentes hotéis da capital são-tomense.

A delegação da INTERPOL em São Tomé, lidera a investigação em curso. O navio da ONG Sea Shepherd que socorreu os náufragos ainda se encontra ao largo da ilha de São Tomé.

Abel Veiga

Notícias relacionadas

  1. img
    Adálio Responder

    Sempre que este senhor Patrice Trovoada vai para o poder começa logo a acontecer estas coisas de pirataria, navios apreendidos e outras porcarias. Eu já começo a desconfiar destas coincidências. Que raio de coisa?! É sempre a mesma m….

  2. img
    Aranca Rabo Responder

    Epá…..Epá…!
    Outra vez a história dos barcos! E sempre quando esta uma certa força politica no poder!.
    Meus senhores e minhas senhoras, cuidado que debaixo deste angu tem osso.
    Veja a historia do assunto: O barco que foi a pique, ou que foi forçado a ir a pique é pirata e vem logo nosso Estado, nosso Governo, nossos barcos salva-vidas salvar os marinheiros! Serão mesmo marinheiros….
    Diz-se inclusive que tratam-se de piratas procurados pela interpor. A ser verdade, quer dizer que o asso debaixo do angu é bem grande….
    vamos rezar pelo futuro do nosso país porque quando menos esperamos poderemos ser vendidos, ou penhorados….

  3. img
    Zemé Responder

    é só nesse pais é que os bandidos, ladrões, etc.São protegidos,
    onde ja se viu receber os ditos piras nos hotéis…… daqui a pouco eles terão um lugar no governo.

    • img
      Tony Responder

      já têm lugar no governo, com que dinheiro vão pagar essas despesas, certamente com a contribuição do povo.

  4. img
    DESCAMIZADO Responder

    SOBREVIVENTES DO NAVIO PROCURADO PELA INTERPOL vivem em Hotéis em S.Tomé
    Não compreendo a hospitalidade em que estes 40 ladrões (PIRATAS DO MAR)foram recebidos pelas nossas autoridades. As autoridades Santomenses devem estar a esconder alguma coisa ao povo Santomense. Recordo-me muito bem, numa das entrevistas do senhor Patricie Trovoada, Primeiro ministro de STP afirmara pùblicamente que a aquisição de um novo barco de patrulha não é um bom investimento. Agora apercebo, o porquê dessa expressão.Para que as nossas águas sejam o caminho aberto para os piratas utilizarem em colaboração com as nossas autoridades na pratica de actos ilícitos, de contrabando.
    Os piratas chegaram ao nosso País e foram instalados nos Hotéis, enquanto os nossos pescadores de Neves, desaparecidos no mar foram mal tratados, entregues à sua sorte, bebendo urina ou água salgada. Inclusível o nosso comandante da Marinha não tem conseguido explicar com clareza o acontecido com relação aos piratas.Há comentador que se aborrece quando se toca no nome do senhor Patrice Trovoada. Pergunta.se. Em que governo do nosso País existiu tanta trapalhada,aumento de ladrões,Brigadeiro é exonerado pelo filme de pontapés,e o mesmo ladrão solicita as nossas autoridades protecção policial,aumento de drogas. pessoas encapuçadas violando e fazendo assaltos, Santos nas escolas, etc,etc.Os piratas do mar traziam drogas. Para que o povo não soubesse o que estava lá dentro afundaram de prepósito o barco. Ninguém morreu nesta operação.O ministro de Administração e ordem interna, Arlindo Ramos foi ao cais buscar os piratas, só faltavam Honras Militares. Diga-me você.
    Quem somos nós afinal?Em que País estamos nós?

  5. img
    joão Responder

    Tudo de mal acontece quando o Patrice Trovoada está no poder. Se esses fulanos são piratas e estavam a ser procurados pela Interpol porquê que tinham que ir ficar no hotel? Será que o lugar de bandidos é no hotel? Santo Tomé e Santo António têm que olhar pela nossa terra!

  6. img
    FCL Responder

    Verdadeiras ilhas maravilhosas, eu diria Pais das Maravilhas em que piratas presos sao hospedados em hotéis…
    Vale a pena ser pirata,

  7. img
    Bom Sinal Responder

    Agora ja comemos gato e rato esta fazendo a seu trabalho. Bem ou mal aguenta só.

  8. img
    paparazzi Responder

    Boa noticia
    Autoridades recebem com silencio
    Num pais serio se Sao piratas confirmados pela Interpol o lugar deles nao pode ser no hotel
    Alguem ajuda me a compreender melhor.comecou a pirataria em Sao tome

  9. img
    Bobo Muito Responder

    Ou as nossa autoridades estão a ficar doidos ou não sei o que possa chamar este estado,…como será possível isto num país democrático, um conjunto de bandidos invadem as nossas águas sem autorização como narra o jornal, e por consequência prejudicar e danificam o nosso oceano, fazem o que querem do nosso mar sem respeito pela autoridade e são colocados como hospedes em vários hotéis do país isto é brincadeira povo temos que acabar com isto jovens temos que dar uma resposta aos nossos dirigentes sem medo com espírito que rei amado deixou, temos que acabar com este abuso que existe no seio politico face a população´´ Todos meliantes foram conduzidos aos diferentes hotéis da capital são-tomense. isto pode…..

  10. img
    Ralph Responder

    Todas estas pessoas deveriam ser acusadas de entrada ilegal e deportadas para os seus países de origem, com todos os custos de processamento e alojamento cobrados aos indivíduos, ou à INTERPOL. É a responsibilidade de São Tomê e Príncipe, como a nação em que os náufragos foram apanhados, para os resgatar, mas não deveria ser a responsibilidade de São Tomê e Príncipe para pagar os custos deste incidente.

  11. img
    Fingui Responder

    Enfim

  12. img
    santomense Responder

    O governo de Patrice Trovoada é bem fixe:
    1º Bandido é elevado a categoria de herói;
    2º Brigadeiro é exonerado por causa de bandido;
    3º Assaltos aumentam a cada dia que passa;
    4º Violações aumentam a cada dia que passa;
    5º Lixos acumulam nas ruas da capital
    6º Piratas perseguidos pela INTERPOL são recebidos com mordomia;
    7º Santo ou Montá ressurgiram nas escolas;
    8º Estranha alergia faz parte do dia-a-dia das crianças na escola (sem explicação), nem o primeiro ministro (que aparece em tudo), nem Olinto Daio dizem nada aos pais e ao país;
    9º ETC…
    10º ENFIM….

  13. img
    Edney Almeida Responder

    Eu só gostaria de saber quem vai pagar a hospedagem destes piratas?
    Será que é com dinheiro dos contribuintes. Há coisas que só acontece em são tomé, bandidos a serem recebidos pelas autoridades governamental.
    Outra pergunta; alguém sabe de certo o que está neste navio? será que a produtos que podem fazer mal ao nossos ecossistema marinho

    • img
      Tony Responder

      Contribuição do povo.

  14. img
    STP REAL Responder

    O Navio estava sendo procurado pela INTERPOL, pescando nas aguas da ZEE de STP sem qualquer autorização do Estado Santomense, Náufragos (PIRATAS) recebidos com Mordomias e o Silêncio Profundo das autoridades. A MODA VOLTOU, …
    O Comandante da Guarda Costeira veio dizer que esse mesmo navio vinha em direcção ao Porto de S. Tomé para fazer Transbordo e Reabastecimento. Senhor Comandante, tenha mais juízo.
    Vir fazer transbordo de quê e reabastecer como se estão sendo procurados pela INTERPOL e nem Licença para pescar nas nossas águas tinham. Estes Tipos deviam ser todos DETIDOS e entregues a INTERPOL. Pois é, numa situação destas o Senhor devia ser DEMITIDO mas, como A MODA VOLTOU, …

  15. img
    Capitao Lima Genbu Responder

    Evita falar atoa gente fui..

  16. img
    Rodrigo Caardoso Cassandra(Digo) Responder

    Caros concidadãos muito bom dia.
    Eu fico preocupado com os comentários e com o texto da noticia , estamos perante dois factos um do fórum humanitário ,, e o outro de fórum judicial. Do ponto de vista humanitário independentemente dos actos ilícitos ou não os prevaricadores devem ser socorridos com alguma dignidade de forma que possam estar mesmo em condições de explicar sem complicar e detalhar todos os meandros a volta de tudo o que se tem visto e ouvido na imprensa nacional e internacional. Por outro lado, espero que a ação do governo se de facto tratar-se de operadores de ação que atentam com o nosso ecossistema nacional e mundial e que uma organização judicial internacional como Interpol esta a investigar ,, peço as autoridades santomenses para tudo fazerem para não obstruir tal trabalho sob pena de retalhações e implicações decorrentes de tal pratica.
    Por tudo isso estou em crêr que as autoridades Santomenses estão a reunir todos os elementos para quanto cedo possível brindar ao povo e a nação Santomense e o mundo em geral com informações claras credíveis sobre tudo que esta a acontecer,
    Sendo o Príncipe património da Biosfera da UNESCO estamos atentos esperançosos para compreender tudo o que esta a passar e tomar medidas para que tal prática sendo atentória contra o ecossistema não volte a acontecer.
    Um bem haja a todos e muito obrigado
    Abraços Rodrigo Cardoso Cassandra

    • img
      STP REAL Responder

      Caríssimo.
      Diante dos factos, como é que se explica que logo a Agencia Equador tenha feito os expedientes para a recepção e novo registo do navio PIRATA em S. Tomé. Curiosamente o Ministro da Administração Interna Sr. Arlindo Ramos é um dos Sócios ou Dono da referida Agência e estava no porto para receber os PIRATAS procurados pela INTERPOL. Será que esse Ministro não fez a recolha de informações sobre o navio em questão? Espero que não venha a ser emitido um MANDADO de CAPTURA contra esse Ministro que devia colocar o seu lugar a disposição do Primeiro Ministro e facilitar a vida do Governo.
      Outro facto muito curioso. Em situação de naufrágio, como se explica que esses PIRATAS tenham tido tempo para recolher os seu haveres como mostram as imagens.
      A MODA TA MESMO DE VOLTA.

  17. img
    Tony Responder

    Abel Veiga, só uma pergunta; aonde estava a TVS para testemunhar o caso?

  18. img
    patxi Responder

    Os marineiros no tienen nada. Son pobres homes que traballan como esclavos. Hay que arrestar ou armadores

  19. img

    Ajudar e sempre bom mais quem sao ate que ponto os jornalistas não
    Podem dar noticia . Porque tanto segredo quem esta por de trás . Falam sempre em imitar cabo verde pôs ai sim a verdadeiro chef ou seja padrinhos e barons . Será que estamos no bom caminho alguém
    Tem que dar uma conferencia e explicar os factos . Nos santomenses
    Temos o directo de saber . Afinal voltamos aos tempos passado que
    Não si podia falar nada nem escrever nadá . Olha este povo esta a mudár o futuro não vai ser bom . Estou de olho

Deixe um comentario

*