Conta Solidária da Soleil Brillant para apoiar a Lavandaria do Hospital Central

Associação dos Santomenses radicados em França – Soleil Brillant está a angariar financiamentos para apoiar na reabilitação da lavandaria do hospital Ayres de Menezes. A Associação vai avançar com 1000 euros, e está a solicitar participação de mais pessoas de boa vontade para conseguir mais 1000 euros. Os 2000 euros vão servir para recuperar as máquinas da lavandaria do hospital Ayres de Menezes.

Com o pedido de alguns leitores, segue o número da conta bancário da Associação SBDSTP

(RIB: 10278 / 06061/ 00020377601/ 31  - BIC CMCIFR2A) caso, alguém queira nos ajudar nesta causa.

Agradecemos desde já a colaboração de todos.

Da equipa Soleil Brillant

Muito Obrigada

 

Notícias relacionadas

  1. img
    Aníbal Responder

    Podemos e devemos todos contribuir dentro das possibilidades de cada um, mas, fica a seguinte questão.
    Aonde fica a responsabilidade do governo, quando parecem dar prioridade ao conforto dos juízes com a compra de novas viaturas, valor este que chegava e sobrava na reabilitação da lavandaria e compra de colchões novos para cama dos doentes?
    É uma tremenda vergonha o que se passa no único hospital do país.
    Já falei, agora estou a espera de ser enxovalhado pelos lambe-botas.

  2. img
    mutende Responder

    Quero dar a minha contribuicao.O banco ai referido esta em sao tome ou no estrangeiro.Diga-me qual e o nome do banco.

  3. img
    Norberto Responder

    Ém que banco esta esta conta quero dar minha contibuicao

  4. img
    Ideias Responder

    Muito boa ideia. Poderia-se criar tambem uma conta no BISTP, Banco Internacional de São Tomé e Príncipe porque muita gente que ate quer ou pode contribuir nao podera faze-lo atraves dessa conta, lembrado-se que é mto dificil e uma robalheira fazer uma transferencia atraves dos Bancos em São Tomé.

  5. img
    BERNARDINO MONTEIRO Responder

    não se admite um hospital sem lavanderia e sem agua potável,pais de gente covarde e mentiroso que diz vou fazer vou cuidar e por detrás por um valor mesquinho acaba por roubar ou seja violar a rede de abastecimento,e chega a Europa dizendo eu tenho agua em minha casa com fartura em campo do milho,eu pergunto aonde esta a civilização igualdade direito,um doente chega hospital acaba por piorar e acabando de falecer por não registrar a precariedade e falta de condições,e melhor que vocês aprendem a expressar o direito de igualdade sem defender os privilegiados primos,se és filho deste povo,a mim ninguém vai me fazer medo,ja fui ameaçado variedissima de vezes,ca estou em breve irei a sao tome

Deixe um comentario

*