Crime de sangue na Trindade

Segundo a polícia uma mulher de 34 anos de idade e duas crianças sendo uma de 14 anos e outra de 10 anos, foram assassinadas numa residência no centro da cidade da Trindade.

As três pessoas terão sido vítimas de golpes de catana e faca. O crime terá acontecido na madrugada de terça-feira.

O marido que alegadamente se encontrava ausente, tomou conhecimento da ocorrência e informou a polícia, que por sua vez enquadrou o marido como principal suspeito do crime.

Téla Nón

 

 

Notícias relacionadas

  1. img
    Igreja Matinal Responder

    Este pais está de mal a pior.
    A criminalidade está alastrando até já chega a própria TVS e Asembleia. Só para terem uma noção A TVS veio mentir ao público ontem no telejornal dizendo que a funcionária dos N.Estrangeiros e da Assembleia FALSIFICARAM assinatura para o passaporte diplomático,afinal de contas é tudo MENTIRA. O secretário geral da Assembleia BOA MORTE assinou sim o Documento é reconheceu e chegou mesmo a PEDIR DEMISSÃO a,presidente da assembleia Diogo. O DIOGO não aceitou.
    A TVS tem que vir pedir desculpas ao PÚBLICO.

    • img
      João jose dias Responder

      Ainda mais tratava-se de um negócio sujo.isto porque onças-pretas diplomático foi feito para um DELIQUENTE português que nem vive em S.Tome. trata-se de um bandido português que tem problemas com a justiça em Portugal.

  2. img
    Samponha Responder

    Massacre na Trindade

    Não resta dúvida em que o marido das vítimas é o principal suspeito. O indivíduo nem sequer apresenta o ar de arrependimento.
    Na minha opinião o senhor Abnilde de Oliveira, como vizinho,deveria ter a postura de nem sequer usar da palavra perante a Câmara da Comunicação Social.
    Não se compreende, tratando de um vizinho ao ouvir o grito da jovem assassinada não ter comunicado de imediato a Polícia Nacional, aí tão próximo. Não se esqueçamos que o senhor Abnilde de Oliveira é deputado da Assembleia Nacional. Tem todo o direito e dever mesmo que seja situação familiar alertar a polícia de deslocar-se para qualquer lugar que impeça a ordem Pública.Confundir o grito da jovem como se se tratasse do negócio entre a filha e a mãe, por ela ser negociante? Tenha dó senhor Abnilde de Oliveira. Mesmo que não relacionasse bem entre os vizinhos.
    Num País sério o senhor mais outros vizinhos deveriam ser inqueridos.Mas, como estamos no Dubai, tudo agora é possível.Desordem total. E os ladrões?
    Na primeira República, casos desses eram julgados nos próprios Distritos. O senhor Stock que se diga.Para verem que naquela altura que muitos condenam havia ordem e punição aos prevaricadores.Eram raros casos desses.Os que apareciam eram resolvidos sem piedade. Perguntem ao único Juiz de altura, senhor Braga.Todos tinham receios dos processo e sobretudo dos pedófilos ou de violência Doméstica.Os próprios ditos curandeiros foram parar à justiça quando andavam por aí e acolá a matarem pessoas. Essa prática dos curandeiros está a aumentar, mesmo nas camadas jovens.

  3. img
    Joao Mucambu Responder

    Na realidade trata-se de um crime barbaro, pois não é apenas um crime de sangue.
    É um crime condenável a todos os titulos.
    Mas meus senhores, sem más intenções, apenas com base em constataçóes, não sei se estão a seguir o ritmo dos acontecimentos em STP nos ultimos dias, a partir de 1 de Dezembro de 2015.
    Reparem bem…..dentre outros acontecimentos, registei estes….
    - Grande incendio em Bobo, cuja vitima é um vereador da ADI
    - Morte de um adulto e tres crianças num acidente de viação em Ribeira Afonso, e o adulto era vereador da ADI,
    - Incendio em Praia Gamboa, cuja vitima é militante fanatica da ADI,
    - Morte por eletrocussão de duas pessoas no dia do grande temporal, cujos nucleos familiares são fanaticos da ADI
    - Incendio em Batepa, cuja vitima é activista da ADI,
    - Assassinato na Trindade de uma mae e duas filhas e tanto o agressor como as vitimas gentes da ADI,
    Povo abre olho……os ajustes de contas se estão fazendo. Cuidado que o sumé-luxim não brinca. Com ele contas são contas. Fique rico quem ficar, mas cada elemento do povo miudo vai pagando e assim será porque contrato feito é para ser cumprido.
    Filho de Povo Pequeno – Guadalupe S.Tomé.

  4. img
    lato glêsa bombom Responder

    q seguransa temos agora, o q nuca tinha acontecido em STP, esto é primeira ves

  5. img
    João Lemos Responder

    Enquanto os nossos dirigentes não tomarem a questão de crimes com seriedade, haverá um aumento galopante de crimes no país. Em primeiro lugar, a nossa cadeia, é um verdadeiro hotel de cinco estrelas. Está localizado no centro da capital, não falta energia, tem televisão, tem cama com mosquiteiro, tem matabicho, almoço e jantar, os presos mesmo os que cometeram crimes de sangue têm direito ao passeio, podes encontra-los na praça em bebedeiras no mercado, ameaçando ainda a população, têm direito depois de alguns meses a irem passar o fim de semana com a mulher em casa etc.. etc.
    Indivíduo que cortou pescoço a um jovem que tinha ido ver televisão na casa do vizinho e regressava a casa da tia onde vivia, ficou na cadeia apenas 3 anos, e hoje é funcionário do ministério de agricultura. O individuo que matou a mulher envenenada o chamado (Quinhonho) encontra-se na rua todos os dias a passear. Os presos na cadeia têm melhor vida do que nas suas casas. Por isso, todos os delinquentes preferem estar na cadeia.
    Enquanto o governo não construir uma verdadeira cadeia, num local longe da cidade, lá para Juliana Sousa, S..Miguel, Trás os Montes etc. onde os criminosos de sangue como este da Trindade não devem ter direito a visita nenhuma, ter trabalho pelo menos 14 horas por dia, uma refeição por dia, entre outras medidas, então o crime irá continuar. Por mim se for necessário, pode-se instalar a pena de morte para casos como este. Ai sim o crime irá diminuir ou desaparecer.
    Não podemos continuar com este tipo de barbaridade, e os gajos estarem na cadeia a custa do suor doo povo. Basta
    Uma nova cadeia num local fora de alcance de qualquer pessoa devia ser uma prioridade do Governo.
    o caso contrário, comecem a por no OGE um montante forte para sustentar o crescente numero de criminosos que estão para vir
    Bem Haja STP
    J.LL.

  6. img
    isabel Responder

    eu apenas deixo aqui o meu registro em protesto por tudo quanto está a acontecer em STP, sobretudo naquilo que nós os santomenses nos tornamos, insensíveis, materialista, animalescos, autênticos canibais,, gENTE SERÁ QUE NÃO VEEM ….. HOJE são eles amanhã seremos nós. Reparem bem, perante um acto deste, vem o sr. da polícia falar com sorrisos no rosto,demonstrando total indiferença, tanto o elemento da pic, ostentando um rosto sorridente, parecendo mais um pobre no dia de festa, sejamos sérios e proficcionais, mostrem-se ao menos dignos e merecedores por pouco que o estado vos paga. brincadeira tem hora. pergunto o que veio fazer o sr. Abenildo a tv. Anteriormente situações como esta, fazia-se com que todos os vizinhos fossem conduzidos a prisão. não se entende como se podia confundir um grito de angustia de aflição,pedido de socorro a um corretivo. minha gente ´´vijan guê, sá lumon dê…´` deixemos a luta pelos bens materiais, e valorizemos mais as pessoas, a amizade, e sejamos mais solidários,para com os outros. Afinal os bens materiais perecem na terra….
    É MUITO TRISTE DE SE OUVIR… QUANTO MAIS DE SE VER …. A MORTE DESSA GENTE, VAI VOS PESAR NA ALMA, PELA VIDA TODA …….

  7. img
    Deusa Responder

    sem comentários…..
    Obrigada João Lemos.

  8. img
    Lina Lai Responder

    nao acredito numa barbaridade desta . Na Trindade un lugar tao calmo onde todos somos familiars os vizinhos nao puderam fazer nada por essa pobre mulher e os teus filhos?
    Espero que descobren o criminoso e que seje punido conforme a lei .

  9. img
    fia luxinga Responder

    Quanto ao assunto é muito triste tirar vida a 3 pessoas desta forma e tão barbará jovem e suas filhas.
    O que não concordo é atribuir culpa do sucedido a vizinhos uma vez que é habito de haver discussão constantemente e ninguém esperava um desfecho destes.
    Segundo, pelo historial o referido senhor é reincidente neste tipo de crime, segunda uma fonte já tinha cometido um crime idêntico e fugiu para S.Tomé e como agora praticou em S.Tomé e tentava fugir para Angola.
    Por outro lado segundo ouvi e não confirmo, a malograda fez queixa a policia e referida esquadra deu contra fé a queixosa para entregar ator do crime. A culpa aqui é de quem? Será um conjunto de processo que Ministério público terá de analisar e abrir a fim de apurar culpado. A verdade quem morreu perdeu a sua vida e as famílias é que os perderam.

  10. img
    turista odiada Responder

    O mais engraçado é como a polícia de investigação criminal está fazendo o seu trabalho.
    No país não há sistema de impressão digital , se houvesse, no mesmo dia, já ficariamos a saber se o marido de facto é ou não criminoso.
    Coisa simples para fazer, ou estamos a espera que algum país vizinho ofereça o sistema de impressão digital? pelo amor de Deus, haja paciência, senhores governantes

  11. img
    Carlos MENEZES - cabe Responder

    Ate aonde vamos parar e reflectir que estamos no. Mau caminho .
    Quando aparece seitas religiosas que pregão a palavra de deus . A dizer para as mulhere que si os maridos não os acompanha a igreja e
    Porque tenhem satanás no corpo , e grave desde quando e esse encinamento do senhor . A fé não si busca na igreja ta . A varias razoes para este crescimento da violência em s. Tome e principe e simplis , a falta de emprego , as ambições matérias , aumento de número de igreja a cobrarem muito dinheiro aos fies , e os programas
    Que passam na TVs não educam nada . E muito mais eu no mes de
    Abril fui assaltado na minha casa de campo no batepa . Como deve ser feito mandei a minha empregada testar gueixa na policia da cidade de trindade e ate agora nada . Para prestar gueixa pagas e elis nem vão ao local do crime tirar as imprecoes digitais nem ver o local . Afinal como trabalham a nossa policia estamos entragues a bicharadas . Tem gente errada no lugar errado ,cada macaco no seu galho . Por favor meus amigos

  12. img
    Princesa Responder

    Muito bem dito Sr. Lemos, estou de pleno acordo. É tão triste saber que essas crianças inocentes estão com a vida estragada e sem falar do psicológico delas.Espero que a pena seja bem dura para esse desgraçado.

  13. img
    tela mun Responder

    concordo coom o senhor Joao Lemos mao dura com esses bandidos o que nao entendo que a noticia do violador Frances tela non nao publicou podem dizer porque? sera que este jornal so publica o que lhes interesa?o meio de comunicaçao deve informar de tudo que se passa no pais acho eu .

  14. img
    Kuatela Responder

    Nao acredito que no meio disso tudo nao ha um comentario sobre os nomes das vitimas, o assasino e o verdadeiro pai das criancas!!! Queremos estar bem informados por favar.

Deixe um comentario

*