Médicos ameaçam entrar em greve em solidariedade com o cirurgião Pascoal

O único médico cirurgião são-tomense que presta serviço no sistema nacional de saúde, Pascoal d´Apresentação, foi suspenso de todas as actividades clínicas.

Segundo Bem-Vinda Vera Cruz, líder do sindicato dos médicos, o procedimento do Ministério da Saúde, é considerado pela classe médica como ilegal. «Passaram acima da lei, o médico nem se quer foi ouvido», afirmou a líder sindical em conversa com o Téla Nón.

Em solidariedade com o colega de profissão, o Sindicato dos Médicos, remeteu ao Ministério da Saúde um pré-aviso de greve. A líder sindical disse ao Téla Nón que o pré – aviso de greve deu entrada no Gabinete da Ministra da Saúde na última segunda – feira.

Segundo ainda Bem-Vinda Vera Cruz, o sindicato já foi convocado pela ministra para um encontro nesta sexta – feira para analisar o conteúdo do pré-aviso de greve, que tem a ver apenas e só com a ilegalidade cometida contra o cirurgião Pascoal d´Apresentação.

Abel Veiga

Notícias relacionadas

  1. img
    Mano Mano Responder

    Esta Sra Dra Benvinda Vera cruz como muitos outros médicos e técnicos desse Hospital,deviam sofrer um processo disciplinar, pela conduta imprópria que têm com os doentes e utentes desse hospital. O Sr Dr. Pascoal, já há muito que devia sofrer um processo porque este foi autor de muitas vítimas neste hospital e trata muito mal as pessoas. Quase todos eles carecem de deontologia profissional, de especialidades e reciclagem. DEUS PROTEGE OS POBRES DESSE PAÍS QUE CAEM NAS MÃOS DESSAS “GENTES”!

    • img
      Mala pe tema Responder

      Sossega!!!
      Um cirurgião para um país :( , ele nao é magico, vcs so valorizam as partes negativas. Esquecem das positivas. O k fzs pelo STP?? “RECLAMAR SOOO”.

      • img
        Raridade Responder

        Senhor Mala pe tema; se fosses uma das vítimas desse médico repetirias essas palavras que mencionaste? Axas normal que no +/- 500 pessoas nas cirurgiões, so uma sair bem operada?
        Saiba que mesmo se for tua familia, ou amigo, deves reprovar tudo quando está mal, porque as pessoas não são bichos, nem brinquedos.

  2. img
    aaaaaaaaa Responder

    o que foi que aconteceu?

    obrigado

    Seria bom que o Gov ate ao fim do mandato enviasse uns 3 ou 4 medicos para especializacao ate ao fim da legistura.
    seria inedito

  3. img
    santola Responder

    fogo!!!. até que fim. já era tempo de ele estar fora de hospital . e mais voz digo , ele não deveria estar só suspenso , mas sim na cadeia . la é que ficam os criminosos . tantas vida esse mostro tirou e ninguém fasea nada. o ministério da saúde esta de parabéns e que essa suspensão não fique só por ai . agora é a vez do ministério publico começar a funcionar

  4. img
    Mutende Responder

    Num pais serio este medico ja deveria ser suspenso ha anos.Quantas familias saotomenses nao perderam o seu ente querido ao ser operado por este dito medico.Quantos doentes que nao aceitam ser operado por este medico.Eu acho que os medicos devem analizar os procedimentos antes de entrarem em greve.Devemos ter a cultura de que os bons profissionais ficam e os maus saem,so assim conseguiremos formar um pais serio.

  5. img
    luisó Responder

    Esses são também um dos males de STP, o querer fazer algo de bom mas quem o faz não sabe, não tem qualidade e está muito mal assessorado, porque então não o fazia.
    O motivo é que os governantes não têm experiência, foram mal formados e os assessores também acabam de chegar e nada sabem.
    Agora e depois deste aparte os senhores médicos também estão a ser mais papistas que o papa e deviam estar contentes por esta pessoa ter sido afastado, porque todo o mundo sabe, e eles também, que a classe médica não está bem com este senhor.
    Quanto á parte legal, corrijam.

  6. img
    Desidro Alves Responder

    Afinal toda a questão está no facto do Dr Pascoal ter aberto o jogo após a atpsia do cadáver baleado pelo militar: ter apresentado/entregue à bala em algodão saída do corpo baleado pelo militar. Isto não agradou ao poder.
    Daí começa toda Aruba com bicho.

  7. img
    frustrado Responder

    Os médicos têm que deixar de brincadeira,têm que deixar de politiquice,porque a vida humana está acima de tudo.Já se houve a falar muito mal deste médico e ninguém faz nada.Quando o Ministério da Saúde toma uma decisão acertada de suspender o médico,vem a classe dos sindicatos,que país é este? Agora o povo pergunta: onde andou a classe dos sindicatos de médicos nos tantos anos de barbaridade praticado por este dito médico e mais?
    O Ministério tem que seguir a frente,o país tem que andar,nem que tem que pedir médicos estrangeiros,aqueles que querem entrar em greve que entrem,O GRANDIOSO DOUTOR PATRICE EMERY TROVOADA,TEM QUE PROTEGER A SUA MINISTRA,ELA ESTÁ MAIS QUE CORRECTA.Ameaça de greve,isto é que faltava! Muito abuso neste país.O povo é que sente na pele,o povo é que queixa pelos tratamentos deficientes prestado por este senhor e os demais.Portanto se o país tem como recrutar médicos estrangeiros estará fazendo um grande serviço a nação e aqueles que querem entrar de greve,que entrem e ponto final…

  8. img
    Celiny Responder

    Pelo amor do nosso grande Deus!!!! A justiça está a ser feita simplesmente isso, ter um cirurgião desses, é o mesmo que não ter. E as tesouras e algodões deixados no ventre das pessoas depois da cirurgia? Montes de vidas perdidas devido a negligências e ignorância do mesmo? Isso tudo ficará impune??

  9. img
    pascoal de carvalho Responder

    falamos tanto e procuramos verdadeiramente saber tão pouco, que em muitos casos isso tira-nos a razão e para-nos o raciocínio. já a uma semana que o Dr. Pascoal d’ Apresentação está suspenso que nem ele nem quem o suspendeu se diligenciou a prestar os devidos esclarecimentos.
    entretanto, cabia a imprensa de ir atrás das ocorrências e dos factos para melhor informar, envés de proporcionar especulações. ontem ainda celebrou-se o dia internacional dos jornalistas.

  10. img
    Atento 100% Responder

    Que solidariedade ao colega! Os médicos que pretendem entrar em greve por causa disso, não são nada mais do que preguiçosos e cúmplices dos crimes cometidos inúmeras vezes contra os doentes, infelizmente. Esses médicos deveriam ser solidários, sim, em prol dos doentes e não de um médico, que tudo indica, tem atropelado diversas vezes o código deontológico, pondo em causa a vida de muitos doentes.
    E quanto ao Tela non, é preciso k passam notícia despido de qualquer carga partidária, pelo k, o que tenho notado é existência, como é nesse caso, da influência política por parte de Tela non.
    Têm k ser profissionais (…), o Ministério de Saúde agiu bem, afinal o k está em causa é a vida das pessoas.
    Cabe, portanto, ao MP fazer as diligências plausíveis para responsabilizar criminalmente o indiciado, caso for o caso.

  11. img
    Benvida Vera Cruz Responder

    Viva Ministra Saúde agiu bem forçaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa k Deus lhe proteja………

  12. img
    FODEBUDU Responder

    totalmente de acordo

  13. img
    SABE-TUDO-ADI Responder

    se o afastamento do cirurgião tiver a ver com o caso da revelação da verdade em relação ao caso do jovem de areia baleado, acho q Ministra n tem razão para tal! Alem disso, a Ministra incorreu grosseiramente num grande erro: Suspendeu o Medico de forma ilegal, sem instauração dum processo disciplinar! Como ninguém está acima da lei, a Ministra q dê a mão a palmatoria ou segue a logica DITATORIAL d Patrice Trovoada, arcando com os dissabores q uma greve no sector da saúde pode provocar!

  14. img
    zekentxi mangluto Responder

    Ease medico e muito arrogante pork e unico cirurgiao do pais. Tive consult as com ele e varias vzs marquei presence no Horatio indicado, mas ele. Talvez Deus livrou-me de alguma coisa. Alem disso STP ouviu a fama desse medico. A fruteira quando nao da bond frutos corta-se. E ease sindicado e mal liderado

Deixe um comentario

*