Polícia desmantela uma rede de Bandidos armados

A Polícia nacional desmantelou uma célula de crime organizado, que está a deixar as populações em pânico, com destaque para os cidadãos nacionais e estrangeiros que ostentam alguma riqueza.

Ciclicamente homens de negócios estrangeiros e cidadãos nacionais que residem na capital são-tomense, são assaltados por homens armados e encapuzados empunhando AK – 47 e outras armas de guerra.

Na sexta – feira, a Polícia Nacional, mostrou para a imprensa 4 desses bandidos armados, que foram capturados numa operação conjunta da Polícia de Ordem Pública e da Polícia de Investigação Criminal. «É uma quadrilha extremamente perigosa que age com o recurso a armas de fogo. É uma das quadrilhas que está envolvida no assalto a residências, a bombas de gasolina e a pessoas. O grupo utiliza uma arma AK – 47, como podem ver nas imagens. Actuam normalmente encapuzados», explicou o vice-comandante da Polícia Nacional, Kiwakisiki Nascimento.

O vice – armas de assaltantescomandante da polícia anunciou que mais de 6 elementos do grupo estão detidos. Um grupo organizado, e com muitas ramificações criminosas. «É um grupo organizado, que estuda bem as suas vítimas, analisa bem os seus alvos e depois realizam os assaltos com grande eficácia», acrescentou.

Nas acções de assalto, os bandidos armados, utilizam viaturas privadas. Algumas são alugadas e outras são viaturas pertences aos seus amigos. Quando entram em acção, retiram as chapas matrículas das viaturas.

Talvez para dar uma ideia ao público nacional e internacional, de como a criminalidade organizada está entranhada no país, o vice-comandante da Polícia Nacional, fez saber que há mais grupos de bandidos armados do mesmo tipo, que ainda não foram capturados pela polícia. «Para além deste grupo existem outros grupos. A polícia continua a investigar, continua atenta, e está a reunir as condições para desmantelar outros grupos», sublinhou o Super-Intendente Kiwakisiki.

Para além de AK – 47 e capuzes utilizados pela célula criminosa agora desmantelada, a polícia mostrou vários objectos alegadamente roubados, incluindo boa quantidade de folhas de cannabis. Uma droga que alegadamente os membros da célula utilizavam para preparar o seu espírito antes de cada assalto armado.

Abel Veiga

Notícias relacionadas

  1. img
    luisó Responder

    Já os tipos da UPA antes dos ataques fumavam umas “brocas” porque acreditavam que assim as balas dos inimigos não entravam neles…
    Quanto a esses bandidos e outros cadeia com eles de vez e por muitos anos e de preferência acorrentados e a partir pedra no ilheu das cabras.

  2. img
    Deagle Responder

    Excelente trabalho da Polícia Nacional. parabéns

  3. img
    Cabe - carlos MENEZES / Angola / batepa Responder

    Muito bem gostei da prontidão da nossa policia e mais uma vês fés um bom trabalho , agora vamos as perguntas que todos os queremos
    Saber , de onde vem estas armas , quem e o mentor destes homens , algum deles já tiveram preso , as armas só sao estas ou a mais escondidas etc . Com a falta de emprego e com poucas acção social a dar apoio as famílias em crise vamos ter que nos precaver vem ai dias piores , eu ate tenho medo de andar anoite em algumas zonas do meu pais , afinal somos todos primos e os ladros ate podemser nossos primos , ou sao todos estrangeiros ? Vamos ter que fazer melhor os trabalhos de cada. culpado nao e adi afinal eles já encontraram a casa desfeita elis também venhem do mesmo regime. Alguns eram lider do Mlstp . Estou de olho

  4. img
    Titus Andronicus Responder

    Confirmando-se que os indivíduos apresentados pela Polícia à imprensa têm, realmente, semelhante cadastro,e cometeram os referidos crimes, é caso para se dizer que a Polícia fez o seu trabalho. Mas acho que dizer-se que o crime organizado está entranhado na sociedade são-tomense…não possuo dados seguros, mas eu diria, sim, que é um fenómeno em crescimento que deve merecer toda a atenção e mobilização de recursos.

  5. img
    Titus Andronicus Responder

    Há palavras muito importantes quando se reporta um facto a partir de dados fornecidos por outrém, ainda que esse outrém seja uma instância considerada credível. Essas palavras são ‘alegadamente’, ‘alegados’, presumíveis, ‘supustos´. Os indivíduos apresentados à imprensa foram apanhados em flagrante? Há registos? Ainda assim, à imprensa fica sempre muito bem considerar que são ”presumíveis criminosos” ou ”presumíveis assaltantes”, ou ”supostos assaltantes”, até que os gtribunais provem a sua culpa. As nossas Polícias têm o reprovável costume de fazer desfilar os rostos de presumíveis delinquentes pelos ecrás da televisão, incluindo menores. Um muito mau costume. Para provar que se está a actuar em defesa do interesse público e do Estado, não é preciso fazer isso.
    Polícia e imprensa, sobretudo a TVS, poderão vir a dar-se muito mal um dia, quando se enganarem e apanharem pela frente um advogado tenaz e competente. Sem ofensa, espero, fui. Boas festas.

    • img
      esperto de mais Responder

      O Sr. Titus disse tudo e muito bem na linha de sua inteligência, mas esqueceu-se de perguntar como os delinquentes conseguiram ter posse dessas armas, para que fins, quantas operações já fizeram?. Porque usam viaturas sem matriculas e com chapas falsas? Quais são os seus antecedentes, Donde vieram? O que faziam lá?. Será que o nosso inteligente esqueceu-se desses pormenores ? Com que objetivo acusam a policia e a comunicação social. Isso trata-se ou não de um crime organizado.

  6. img
    Carlos Feliz Responder

    Estamos a subir
    É caminho para DUBAI.

  7. img
    Dr.Joaquim Jose da Costa Responder

    Meus parabéns senhores por terem parado com casos destes bandidos.
    Foi um trabalho muito bem feito o que signifique e concretisa o vosso professionalismo. Continuam assim de modo que neste pequeno e lindo país qualquer cidadão Nacional ou estrangeiro possa trabalhae, viver a saber que esta seguro. Boa saúde e felicidades para vocês todos

  8. img
    FCL Responder

    Ladrões são gente mesmo “burra”… Quadrilha organizada num pais como São Tomé e Príncipe, ilha com menos de 200 000 habitantes é investimento de gente sem cabeça, porque tarde ou cedo são apanhados. Deveriam é agora apodrecer na prisão…

  9. img
    FCL Responder

    Estes ladrões são de qual Partido Político?..

    De certeza que são do ADI

  10. img
    STP-Alerta Responder

    Claro que são,
    Não tenho a certeza mas ouvi dizer que já foram posto em liberdade sendo assim se for verdade só podem ser do partido no poder se fossem da oposição estariam bem lixados, esses sem dúvidas são larápios do Patrice se ficarem lá vão abrir a boca portanto melhor sair para não falarem o que não deve. Assim ficou S.Tomé e Príncipe.

  11. img
    Ipntes Responder

    a melhor forma e usar a lei da sharia cortar um membro desses bandidos assim outros vão pensar melhor antes de furtar, com tanta roça para trabalhar plantar ou cultivar , passam vida a olha para pacatos cidadãos que lutam todos os dias para ganhar um pão, que defender este gatunos é porque são iguais a eles, por isso as autoridades devem ter uma mão dura com estes marginais… se não estamos fritos.. portanto senhores mão forte sobre este gajos

  12. img
    precisamos de pessoas serias Responder

    Isso tudo que está a acontecer só pode ser caça a voto para eleições presidenciais. Já votos promissores para um magnificam S.Tomé

Deixe um comentario

*