Fundação Calouste Gulbenkian apoia primeiro estudo de rotavírus em S. Tomé e Príncipe

Resultados mostram infeção em 36,9% das crianças, sendo os genótipos G8P[6] e G2P[4] os mais prevalentes

A Fundação Calouste Gulbenkian apoiou a realização de um estudo epidemiológico, realizado entre agosto de 2011 e novembro de 2012 por investigadores do Instituto de Higiene e Medicina Tropical da Universidade Nova de Lisboa, em parceria com o Ministério da Saúde de São Tomé e Príncipe e o Instituto Marquês de Valle Flôr (IMVF) que identificou uma prevalência elevada (36,9%) de infeção por rotavírus em crianças (<5anos) diagnosticadas com diarreia aguda.

Os resultados deste estudo foram apresentados publicamente no dia 18 de março, no Centro Nacional de Endemias de STP, na presença do diretor Carlos de Almeida, do adido da embaixada de STP, António Machado, de representantes do Ministério da Saúde e do IMVF e vários profissionais de saúde.

Os rotavírus são a principal causa de gastroenterites agudas em crianças, sendo responsáveis por dois milhões de hospitalizações e por 453 mil mortes por ano em todo o mundo. gulbenkian

Este  estudo evidenciou a necessidade de uma monitorização constante das estirpes em circulação no país, assim como a necessidade de introdução da vacina contra os rotavírus.

A investigação foi desenvolvida em todos os distritos da ilha de São Tomé, envolveu o Hospital Central Dr. Ayres de Menezes, os centros de saúde de Água Grande, Água Izé, Angolares, Guadalupe, Neves, Trindade e vários outros postos de saúde. O maior número de casos positivos foi detetado no Centro de Saúde de Angolares, no Distrito de Caué.

Sobre os rotavírus

Os rotavírus são a principal causa de gastroenterite aguda em crianças com idade até aos cinco anos, sendo responsáveis por dois milhões de hospitalizações e por 453 mil mortes por ano, particularmente afetando países da África Subsaariana e o Sudeste Asiático. Os rotavírus podem ser transmitido por via fecal-oral, tem um período de incubação curto, de um até três dias. Não existe tratamento específico. Recomenda-se a reidratação oral ou venosa de suporte.

Prevenção da doença: a Organização Mundial de Saúde recomenda, desde 2009, a introdução da vacinação contra os rotavírus nos programas nacionais de saúde. Medidas de prevenção não-específicas: recomenda-se a introdução de práticas adequadas de desmame, com alimentos de elevada qualidade nutritiva e preparados com higiene adequada; lavagem de mãos e desinfeção de superfícies, melhorar acesso à água potável, etc.

Leia mais - fcg apoia estudo em STP

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Para mais informações:

Isa Alves| 213 652 674 | isa.alves@ihmt.unl.pt

Sílvia Diegues | 213 652 674 | 963 415 986 | silvia.diegues@ihmt.unl.pt

 

Notícias relacionadas

  1. img
    bartolomeu dias Responder

    Devemos todos dizer obrigado a calouste gulbenkiam.
    aproveuto assim para lançar um grito apelo ao senhor Patrice trovoada eseu partido ADI para por favor dar de comer as crianças nas escolas. Em todas as escolas do pais onde fradique Menezes implementou o sistema de uma refeiçao quente paras as crianças o governo fa ADI acabou com isso, justamente numa altura em que o poder de compra das populações piorou e cobsequentemente eata a aumentar a desistencia das crianças nas escolas. O povo em coro deve exigir a retoma disso ao governo da ADI.

  2. img
    ANCA Responder

    Muito bem

    Boa parceria entre Ministério da Saúde e a Fundação Calouste GulbenKian, para o estudo.

    “Resultados mostram infeção em 36,9% das crianças, sendo os genótipos G8P[6] e G2P[4] os mais prevalentes”

    “Sobre os rotavírus”

    “Os rotavírus são a principal causa de gastroenterite aguda em crianças com idade até aos cinco anos, sendo responsáveis por dois milhões de hospitalizações e por 453 mil mortes por ano, particularmente afetando países da África Subsaariana e o Sudeste Asiático. Os rotavírus podem ser transmitido por via fecal-oral, tem um período de incubação curto, de um até três dias. Não existe tratamento específico. Recomenda-se a reidratação oral ou venosa de suporte.”

    “Prevenção da doença: a Organização Mundial de Saúde recomenda, desde 2009, a introdução da vacinação contra os rotavírus nos programas nacionais de saúde. Medidas de prevenção não-específicas: recomenda-se a introdução de práticas adequadas de desmame, com alimentos de elevada qualidade nutritiva e preparados com higiene adequada; lavagem de mãos e desinfeção de superfícies, melhorar acesso à água potável, etc.”

    -Sensibilização e prevenção fundamental, com cartaz, através de programas publicitários nos meios de comunicação social, através de submissão de programas escolar, nas comunidades, nas associações, través da sociedade civil organizada onde se aborta temas sobre cuidados de higiene/limpeza, lavagens das mãos, cuidados de saúde.

    -Melhorar o acesso a água às populações, tratamento de água de modo a fornecer água potável as populações.

    -Introdução nos programas de vacinação nacional da vacinação contra os rotavírus, extensível a todos Distritos, bem como Região Administrativa do Príncipe.

    De recordar que o último senso de população e habitação realizado pelo INE-STP, com apoios internacional, ficou patente as debilidades e fragilidades, no que toca a limpeza saneamento do meio, falta de condições de habitação e habitabilidade de uma parte considerável da nossa população, falta de acesso a banheiros, casa de banhos, sendo o meio de utilização para realização as necessidades fisiológicas ás latrinas, urinar defecação ao céu aberto o que proporciona a propagação de doenças infecções.

    As vendas de produtos frescos hortaliças, peixes, carne, sem condições de acondicionamento e higiene nos mercados, falta de controlo de produtos enlatados, embalados normalmente importados quanto a sua data de validade, a sua condição para o consumo, vendas e medicamentos sem receita médica nas ruas, câmbios de moedas notas na rua, vendas feita pelas crianças na rua crianças estas em idade escolar, o que deve ser considerado trabalho infantil.

    Estradas, Ruas, Passeios, sujos, sem escorrências de águas e lamas, estradas intransitáveis, acumulação de lixos, resíduos na rua, nos passeios, canais de rios sujos entupidos por entulhos, etc, etc,….

    Animais soltos na ruas(via pública), cães, gatos, porcos, cabras, galinhas, etc, etc,…

    A questão de controlo das pragas, pulgas(bichôs), piolhos, caraças, baratas, senquâs, etc, etc,…

    Uma questão muito particular, violência domestica, violência sobre as mulheres, violência e maus tratos físicos e psicológicos a crianças(Ver estudos do INE-STP, sobre esta realidade), a gravidez precoce na adolescência, suas consequências a nível social, cultural, económico.

    Se se gostas do País(Território/População) que te viu nascer.

    Se se queres ver bem o Território/População/Administração do teu solo.

    Pratiquemos o bem

    Pois o bem

    Fica-nos bem

    Deus abençoe São Tomé e Príncipe

  3. img
    Preto Responder

    Sr. “ANCA” cuidado com cacharamba!

    • img
      ANCA Responder

      Andamos todos cacharambados desde 1975 preto, tal assim é que de opinião nada tens sobre assunto.

      Continue a beber cacharamba.

    • img
      ANCA Responder

      Cacharambo assim um uísques envelhecido com trinta ou quarenta anos maduros, há de facto aqueles que só bebem água pé, mistelas, ússuas como é o seu caso.

      A minha cacharambiçe Dá-me para discernimento, clareza de espírito.

      Seu tipo de cacharambaçe leva-o a miopia.

  4. img
    SAMPONHA Responder

    Afonso Varela tem Memoria Curta !
    Não tenho mais vontade de agradar os ingratos, de servir os folgados e sustentar os inúteis. Não tenho mais interesse em nutrir os falsos amigos, e me alimentar com falsos políticos como Afonso Varela vulgo “Nonó só”, e nem acreditar no refugiado Patrice Trovoada.
    Dizem que os ingratos têm memorias curtas, e politico fascista, ingrato, o homem que lidera a lista de “Nonó só”, senhor Afonso Varela tem memória curta, é tão curta, até que o mesmo esqueceu que já foi ministro de plano e finanças no governo de MLSTP, já exerceu grandes cargos políticos do país quando era militante simpatizante do partido Mlstp Psd.
    Ilustres, Afonso Varela quando trabalhava na agência de Petróleo, tinha grave problema de fazer contrato, até fez contrato com cláusulas que prejudicou o país nos ramos petrolíferos, esse ingrato que tem sintoma de “Nonó só” lapidou antiga ” Caixa Popular “, até hoje ninguém sabe como ficou esse processo.
    Afinal, Afonso Varela pertence ou não pertence os dirigentes que governaram 40 anos atrás?
    Algumas pessoas esquecem dos seus passado, fazem vida na custo do outros e do partido, como Afonso Varela fez, e tem estado a fazer com o refugiado Patrice Trovoada, meu ex-amigo Messias, abre olho com Varela, ele não presta, ele esta a comer seu dinheiro, diz ele que no dia 28 de Março, dia que haverá conselho nacional de ADI, ele tem que vestir T-shirt de ADI, obrigatoriamente, ele e o senhor Roberto Raposo, bandos de jogadores políticos, corruptos diplomáticos, malabaristas como Patrice Trovoada bandido mentiroso.
    Varela quer chupeta, Godinho não dá chupeta!
    Varela gosta das catorzinhas, mas a bateria já esta fraca!
    Varela, bó cá tá mundo mó de bola!
    É pra saber, pra deixar de meter!
    Leitores, o Patrice Trovoada tem estado a procurar crise institucional com chefe do estado, o mesmo, pagou o Óscar Medeiros jornalista fraco, medíocre, para aflorar na Rádio…, que o “Pinto da Costa não gosta de Patrice Trovoada”, de modo que o Pinto demite-o, já agora, o vosso Messias gosta de Pinto da Costa? Messias gosta dos dirigentes de MLSTP, PCD e MDFM?
    Se Pinto tiver a gostar de alguém, deve gosta da sua mulher ou pessoas importante, e não de homem como Patrice Trovoada corrupto bandido.
    O refugiado PT está fazer tudo por tudo, para PR demite-lo, oh meu caro, o senhor vai governar até 2018, porque eu Manuel Godinho, quero ver o meu país como Dubai africano com o senhor tinha dito, mas se não conseguires, o povo vai dar-te um cartão vermelho nas urnas.
    O espaço é vosso, mas opinião é minha !
    Boa reflexão.
    By: Manuel Godinho
    Luxemburgo.

    VIATURAS DO ESTADO, NOS QUINTAIS DAS BOQUITAS
    Logo após a sua tomada de posse, Messias decidiu em conselho de ministros proibir a utilização das viaturas do estado, fora do horário laboral.
    O anúncio foi feito com pompa, mais u ma medida do primeiro-ministro que é sério quando quer falar mentira, mais a realidade hoje é completamente diferente.
    Um ano depois, a realidade está a olhos de todos os santomenses que querem enxergar a realidade.
    As viaturas continuam a circular 24/24 horas, e a frente dos ministérios a realidade é esta que as imagens espelham.
    Aos fins-de-semana e não só, as viaturas estão ao serviço de regabofe dos ministros e directores do ADI.
    Questionado sobre o assunto, um Director disse que isto não passou de mais um fla sooooo do Messias, que não pode fazer nada porque quer ser presidente da república a todo custo, e nós vamos fazer campanha para ele de trote?
    Os ministros pró-formas e os directores usam as viaturas do estado para desfrutarem com catorzinhas aos fins-de-semana nas praias, o Patrice gasta dinheiro do povo viajando e o povo sofre calado.
    CUCUCU PLETU QUÉCUA Ê
    BÉ CAMÍA BÓ BI DÉ
    PUNDA CABEÇA NÓN ÇA LIZU

    PRÉ-PAGO CHORA JUSTIÇA E ENXUGA AS LÁGRIMAS COM UMA GARRAFA DE WHISkY VELHO
    O famoso jurista corrupto e pré-pago Augero Amado Vaz, chorou e passou a noite todabebendo whisky, para ressuscitar do pesadelo que sentiu quando soube que o seu nome como ministro da justiça, foi chumbado pelo MESSIAS DAS TREVAS Patrice Trovoada.
    GEGÉ que é conhecido como rotineiro das doses de whisky no hotel residencial avenida, bebe e escreve teses de defesas nas redes sociais, a favor do Patrice Trovoada.
    Patrice conhecedor das qualidades e defeitos do Pré-pago, chumbou o seu nome e depois fez-lhe entender que é a comissão política do partido o maior culpado de ele não ser o futuro ministro de justiça.
    Augerio deixou de ser amado passando a ser um amargurado, é única hipótese, ou aceita e vive as rotinas do whisky ou vai para a rua da amargura sem eira nem beira.
    O país vai se sobrevivendo com os ministros pró-forma, sem a justiça e com o primeiro-ministro malabarista e mentiroso.
    O Messias, astuto como é, disse ao Gege que fez de tudo para ele ser Ministro, mas a Comissão Política do ADI chumbou. E o Gege, como também ficou nónó só e acreditou nesta história de carochinha.
    Esqueceste que quem manda no ADI é apenas o Messias???
    O descontentamento na ADI é grande e não passou ao lado do famoso comissário político do ADI na RDP-África, Abílio Neto.
    Primeiro, queria ser Ministro da Justiça, mas Messias não arriscou com o seu nome porque certamente Pinto da Costa iria chumbar.
    Nos últimos meses, foi sonhando com o cargo de Administrador do BISTP, em substituição do Acácio Elba Bonfim, mas os pulas accionistas já avisaram o Messias: se sai Bonfim, têm que mandar um nome de peso, com competência técnica comprovada.
    E agora, Abílio Neto?
    Cadê os teus fervorosos comentários a favor do ADI e do Messias, nas redes sociais e no Debate Africano?
    É caso para dizer que o gorgulho licenciado em bandidagem, tem dom de enganar os juristas desesperados e amantes do álcool.

Deixe um comentario

*