00 239 - 9906263 contact@telanon.info

Get Adobe Flash player

Telemedicina – STP e Portugal bom exemplo

Otorrinolaringologia, é a nova especialidade que a população são-tomense recebe cuidados médicos através da telemedicina. A nova plataforma de telemedicina que permita realizar consultas e o respectivo tratamento na especialidade de otorrinolaringologia, foi inaugurada na última semana no quadro do projecto “Saúde para Todos”.

O Governo português, através do Ministro dos Negócios Estrangeiros e Cooperação Augusto Santos Silva participou na cerimónia de inauguração, assim como a Ministra da Saúde de São Tomé e Príncipe Maria Trovoada.

No Hospital CUF Infante Santo em Lisboa, pessoal clínico, corpo diplomático e autoridades políticas, assistiram em tempo real a consulta de uma paciente em São Tomé, que inaugurou o serviço de telemedicina na especialidade de otorrinolaringologia.

A paciente com problemas na garganta foi seguida por um especialista que se encontrava no Hospital da Cuf Infante Santo em Lisboa.

A telemedicina entre São Tomé e Príncipe e Portugal foi considerada pela secretária de Estado dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação de Portugal, como um exemplo de sucesso que deve ser levado a outros países.

O projecto Saúde para Todos, nasceu da parceria entre o Governo português e o Instituto Marquês de Valle Flor, que está presente em São Tomé e Príncipe desde o ano 1988. Ahmed Zhaki, médico do Instituto Marques de Vale Flor, que exerceu medicina em São Tomé na década de 80, explicou as potencialidades da nova plataforma. «Para fazer diagnósticos a distância, dar formação em tempo útil, fazer intervenções em tempo útil. Existem várias áreas de intervenção dentro da telemedicina, como  radiologia, ecografias, a mamografia, oftalmologia, e estamos agora com otorrinolaringologia», afirmou.

.A ministra da Saúde de São Tomé e Príncipe, Maria Trovoada, agradeceu a parceria com Portugal. «A teleotorinolaringologia, vai concorrer para atenuar custos quer do ponto de vista de acessibilidade a cuidados médicos em otorrinolaringologia, quer  em evacuações dos nossos pacientes a Portugal. É pelo menos o que o Governo de São Tomé e Príncipe espera de imediato», declarou …

Para Augusto Santos Silva, Chefe da diplomacia portuguesa, a inauguração da nova plataforma de telemedicina, junta cooperação, tecnologia e economia.

Abel Veiga

Notícias relacionadas

  1. img
    S. Responder

    Um bom exemplo. Gratos. Mas, como disse a ministra da Saúde é tempo de formarmos os nossos especialistas.É preciso pensar a sério nisto e deitar mãos à obra.

Deixe um comentario

*