00 239 - 9906263 contact@telanon.info

Get Adobe Flash player

HBD despede mais de uma centena de trabalhadores

HBD/Fundação Príncipe Trust, é a designação da maior empresa privada que opera na ilha do Príncipe. Maior empregador da região autónoma do Príncipe, a HBD propriedade do milionário sul-africano Mark Shuttleworth despediu esta semana mais de 150 trabalhadores. Algumas fontes do Téla Nón falam em 150 pessoas e outras apontam para 192 pessoas despedidas pela HBD.

Na ilha do Príncipe o Téla Nón apurou que a empresa avançou com o despedimento colectivo, após duas sessões de reuniões entre os administradores da HBD e o Governo Regional representado pelo secretário para os assuntos económicos, Silvino Palmer.

O Téla Nòn procurou ouvir o secretário dos assuntos económicos do Príncipe, mas não teve sucesso. A mesma tentativa do jornal fracassou na busca de explicações por parte da empresa HBD.

No entanto o Téla Nón apurou que o maior número de trabalhadores despedidos é residente na ilha do Príncipe, cerca de 100. Pelo menos 30 outros são oriundos da ilha de São Tomé, e cerca de 20 são quadros expatriados, a maioria de nacionalidade portuguesa.

«Fomos apanhados de surpresa. Algumas pessoas já receberam a carta de despedimento e outras estão a ser informadas e notificadas sobre o despedimento», afirmou para o Téla Nón uma funcionária da HBD que pediu anonimato.

A empresa HBD, começou a desenvolver turismo ecológico na ilha do Príncipe mais concretamente no ano 2012. Posicionou-se como um dos maiores investidores privados do país.

Para tarde desta quarta – feira está agendada uma conferência de imprensa da administração do grupo privado sul-africano, na cidade de Santo António do Príncipe, para explicar a situação que põe em causa o pão de cada dia de muitas famílias são-tomenses.

Por outro lado, fontes diversas alertaram o Téla Nón, para um cenário complicado de despedimentos massivos que poderão acontecer no sector privado são-tomense. HBD, poderá ter dado apenas o ponta pé de saída, numa onda que nos próximos tempos pode varrer muitas pequenas e médias empresas, nos mais diversos domínios de actividade económica em São Tomé e Príncipe.

Abel Veiga

 

 

Notícias relacionadas

  1. img
    Maria de Fátima Santos Responder

    Espero que os serviços de propaganda do estado tomem nota destes e dos muitos despedimentos em menor dimensão que já houve e vai haver em STP. Peço que não se esqueçam de salientar a máxima das suas propagandas: “pela primeira vez”, claro se forem coerentes na sua linha editorial

  2. img
    Admirado Responder

    Ô deus, olha pela nossa terra.
    Custa acreditar que um dia iremos sair do buraco. Nosso problema n è a economia, mas sim as pessoas da nossa terra.
    Triste

  3. img
    Estou Triste Responder

    O maior culpado desse despedimento todo é do Sr. Bandido Tó Zé Cassandra. Nunca foi serio em relação a empresa HBD. Este senhor está milionário, viaja quando quer… viva a sua vida como nunca viveu. É triste como To Zé trai toda gente que sempre confio nele. Eu votei as duas últimas eleições para To Zé mais nunca esperei que o To Zè pudesse se transformar num péssimo político. Eu aconselho a To Zé a não se candidatar, nunca mais, eu voto nunca mais para To Zé! Presidente do Governo regional é a minha maior decepção.

    • img
      Gente do Príncipe Também Responder

      Meu caro senhor, eu tenho 56 anos e lembro-me muito bem aquilo que era o Príncipe antes deste senhor Tozé Cassandra vir para cá. E eu tenho razões para estar contra o Tozé Cassandra porque eu fui militante de outro partido e ao princípio combati o Tozé nas eleições. Portanto tenho legitimidade para criticar e também para dizer coisas boas. O meu filho mais velho parou de estudar e não teve direito a bolsa de estudo. Estava desempregado e quase maluco cá no Príncipe. Quem é que lhe deu a mão? Ninguém. Falei com os senhores que mandavam cá no Príncipe que até eram da familia da minha mulher. Não fizeram nada. Nadinha. Ele ficou desempregado durante anos. Transformou-se num bebado. Os colegas deles hoje são todos formados.
      O meu filho do meio foi a mesma coisa. Só conseguiu fazer formação para professor em S.Tomé.
      Naquele tempo só ia para bolsa de estudo as pessoas que o MLSTP queria.
      Desde que este senhor Tozé Cassandra chegou cá no Príncipe os meus netos já sairam para formação, o meu filho mais novo já se formou e dois sobrinhos meus encontram-se em portugal a formar.
      Quantos jovens do Príncipe não foram formar desde que este senhor chegou cá no Príncipe?
      Fiquei desempregado durante 6 anos e meio. Só quando este senhor Tozé Cassandra chegou é que ele trouxe empresas que começaram a investir cá no Príncipe e criar postos de trabalho para as pessoas aqui no Príncipe. Onde é que o senhor estava nesta altura. Qual foi outro presidente do governo regional que criou empregos cá no Príncipe como este senhor? Eu quero que me digam pelo menos um nome. Digam por favor. Olham como está o Belo Monte. Olham como está o nosso aeroporto. Olham como está a ilhéu Bombom. Olhem as escolas que ele construiu aqui no príncipe. Olha onde chegou a energia aqui no príncipe. Olham as casas sociais que ele construiu. Agora toda a gente quer vir para cá para o governo regional. Onde é que estas pessoas estavam quando o Príncipe estava de rastos?
      Olha eu vocês não me enganam. Vão enganar outras pessoas. Eu nasci aqui no Príncipe sempre vivi aqui e sei o que era o Príncipe antes deste senhor e o que é o Príncipe agora. Podem vir todos que eu e a minha família estamos aqui e também somos do Principe.
      Muito obrigado senhor Tozé Cassandra

  4. img
    Sou Do Príncipe Responder

    Nunca mais votarei para UMPP, se alguém tem culpa nisto tudo esse alguém chama se To Zè Cassandra. Muito fraco como gestor público, gosta de fofoca, espionagem e fazer porcarias no seu gabinete.

    Vou votar desta fez para comandante Kapala.

    • img
      Eu Também sou do Príncipe Responder

      Senhor pode dizer o que quiser. Eu como não tenho outra terra, a minha terra é o príncipe, também sou daqui vou votar e votarei sempre UMPP. Que venha Kapala, Manuel, Sebastião, Maria, Joana, Ferreira, António ou outra coisa qualquer a minha terra é príncipe e eu sei que vou votar no UMPP. Só Deus sabe o que sofri no tempo dos bandidos do MLSTP que perseguiram e mandaram para cadeia muitos irmão cá do príncipe porque eles estavam a lutar para a autonomia. Podem vir que nos estamos a espera de voces aqui no príncipe. Vocês ainda pensam que o príncipe é o príncipe de antigamente. podem vir por favor. estamos aqui a vossa espera com todo o carinho e consideração.

    • img
      Esfolado pelo MLSTP Responder

      Eu votei no UMPP votarei sempre no UMPP. Não me interessa saber se o senhor vota UMPP ou MLSTP ou ADI. VOCÊS SÃO TODOS FARINHA DO MESMO TACHO.Prejudicar o Príncipe desde o tempo foi tempo. A vossa ambição é que o Príncipe não progride por isso andam a dizer que não votam isto e aquilo. Vocês são todos vindouros que querem que o Príncipe continua subalterno, sem voz e a obedecer os vindouros que estão lá em S.Tomé. Isto já acabou a muito tempo. Metam isso na vossa cabeça. Agora toda a gente fala de perda de postos de trabalho mas ninguém falaquem trouxe esres postos de trabalho para cá nem quem fez com estas empresas viessem para cá. Malditos, Gente sem regras. Agora vocês já não enganam gente do Príncipe. Acabou a brincadeira de Elisabete vir com 2 sacos de farinha trigo e açucar e os senhores do MLSTP andarem a mandar bocas contra pessoas do Príncipe. Fazem isto lá na vossa terra.

    • img
      Gente do Príncipe Também Responder

      Conversa para fazer boi dormir. O senhor acha que o Kapala tem alguma hipótese cá no Príncipe. O senhor é doido. Doido redondo quase a correr na rua. O senhor parece que não é do Príncipe ou está muito tempo fora do Príncipe. Acha o senhor que o povo do Príncipe vai por Kapala ou qualquer outro maluco no governo regional para voltar tudo para trás outra vez igual ao tempo que o MLSTP mandava cá no Príncipe. O senhor está doido. Depois iria colocar Kapala como presidente regional, António Burro como secretário de infraestrutura, Graça como secretária de área social e Djingo como secretário de economia. Isto é serviço minha gente? Isto é gozar com pessoas do Príncipe. Nem pensar nisso. Vão fazer isto lá na vossa terra e deixa o Príncipe em paz. A Maria das Neves se quer irmão dela como secretário manda ou ministro manda ele ser secretário ou ministro do MLSTP lá na terra dela. Estas brincadeiras de antigamente acabou aqui no Príncipe. É por estas coisas que o Principe foi ficando para trás porque uns senhores em S.Tomé davam ordens para se colocar analfabetos no governo aqui no Príncipe. O povo do Príncipe é que sofreu com estas brincadeiras. Demónio seja surdo, mudo e cego no inferno. Isto era fazer retroceder todas as conquistas que já fizemos aqui no Príncipe.

  5. img
    alerta de ajuda Responder

    Meus caros, só para completar e dizer que também na ilha de s.tome a empresa satocao também ja mandou para casa cerca de duzentas pessoas, na sua maioria gente de me.zochi que trabalhava em bombaim, agua das velas, roça nova, milagrosa, santa Adelaide e java.
    isto esta a ficar muito frio numa altura em que nem arroz ha no mercado, nem mesmo a trinta mil dobras

  6. img
    EX Responder

    Sem palavras para tanta tristeza dentro dessa famílias que estão agora sem recursos.
    Agora que a Educação ficou mais cara, as injustiças sociais aumentam, e dificuldades para educar e orientar os filhos vão aumentando, e muitos homens e mulheres andam refugiando nas drogas e no sexo, como forma se esconderem dos problemas, e com isso vai aumentando o numero de filhos e péssima educação, e diversos tipos de doenças.

    Esse Governo 1º de Junho onde os seus membros e dirigentes andam comemorando e inaugurando pequenas obras, e não estão vendo as questões sócias como elas devem ser vistas.

  7. img
    Original Responder

    Se algo correu mal não culpo Tó zé porque não é Gestor de HBD.Toda Empresa tem sua política e deve ser sustentada.Para mim sempre desconfiei desta aquisição de mão de obra de forma rápida e grossa porque era bonito demais para ser verdade.O Tó Zé não pode obrigar HBD dar emprego às pessoas porque quem paga salário depois? É lamentável esta situação porque são 130 nacionais vezes 4 que pertence ao agregado familiar totalizando 520 pessoas que vão estar à deriva.Hoje em dia a política das Empresas é reduzir encargos com Recursos Humanos e existe em todo lado.Como HBD deu formação a muitas destas pessoas que já é bastante bom, fez algo de positivo porque já estavam a prever esta situação.creio que têm ferramentas para desenrascar num outro lado porque neste momento não vale a pena procurar culpados porque as pessoas eram contratadas e com prazo de revalidação e todo contrato à prazo tem destas.Estando formadas já é uma grande vantagem em relação aos outros

    Opnião do cidadão atento e sem compromissos.

  8. img
    vladilay Costa Responder

    ate agora não consigo intender o porque desse despedimento desses recursos humanos espero muito bem isso ser muito bem esclarecido ainda mais pra uma ilha feito essa onde ao meu ver tudo é limitado ainda mais pra uma coisa dessa acontecer.

  9. img
    Blagá- pena Responder

    Tenho muita pena dos despedidos e dos seus familiares! O maior culpado disto tudo é o PATRÃO DE ADI-”Patife” Trovoada que não faz alocação de verba ao Príncipe!Ao contrario disto, passa a vida a passear com o dinheiro do povo: Na ultima viagem levou cerca de 15000Eur dos cofres de estado, na penultima, cerca de 30.000Eur, sem contar com outras trafulhices! Kidalêêôôô..P.TROVOADA!

  10. img
    Príncipe preocupado Responder

    vergonha!!!! vieram praqui os ingueleses e so gastaram com carros e viagens, fazeram disto umas ferias e deu nisto. Toze não tem curagem para pedir culpas e deixa Principe no buraco!

  11. img
    FÉDÉ KÁ DÓXI Responder

    Tá ficá bonito! Home gabá ku muala kêlê. Qdo se dizia ao povo de que deveriam saber a quem votar, votaram no pão com chouriço e uma cerveja ROSEMA. e agora? O Patrice está fora só volta lá para o final do mês. Tirou os incompetentes e meteu os competentes. Está esfriando a cabeça. Poque tudo isso ele já sabia. Porque as Empresas ao fazerem isso, reúnem primeiro com o Governo e o Governo dá o seu aval. O país está a fica boooonito. Êh bilá kaká de plôkô. Vamos aguentando. O povo pequeno escolheu dentxi beto e agora? Estamos no mesmo barco, vamos ver até aonde vamos.É pena que todos nós vamos pagar.

  12. img
    Breaking News Responder

    A SATOCAU também vai despedir 200 trabalhadores agrícolas e pretende abandonar algumas plantações.

  13. img
    FÉDÉ KÁ DÓXI Responder

    O que é que o Primeiro Ministro está em Portugal a fazer, com o dinheiro do povo? Se for com dinheiro dele, deveria colocar este dinheiro aqui para ajudar o povo pequeno como ele o apelida. Será que qdo ele regressar a Assembleia vai-lhe pedir contas? Com todo este problema que o país enfrenta, ele está fora!
    Como ele é Presidente da Assembleia não vai dizer nada, A oposição tem que falar, mesmo que seja abafada pelo poder. Isto é demais. Em nenhum encontro que ele está a participar em Portugal tras benefício para S.Tomé. Ele foi esfriar a cabeça. Patrice Kidalêêêêêêê. Deixa o pôvo de Santome e Principe com a sua sina.

  14. img
    Ribeira Forminga Responder

    Por amor de Santo António Poderoso não me venham com historias de Kapala ou outras pessoas do MLSTP virem para aqui mandar outra vez. Credo Deus Todo Poderoso. Por Amor de Santo António que está no Picão, eu não quero estas brincadeiras. Vocês estão de vocês lá fora, têm emprego, ganham bom dinheiro e não me venham com estas brincadeiras de MLSTP, ADI ou outros partidos voltarem para poder aqui na região. Esta historia já acabou. Eu sei o que sofri com estes malfeitores. Foram muitos anos de prisão dentro da ilha. Mitos filhos do Príncipe morreram no mar, outros desapareceram pura e simplesmente outros foram presos. Se existe empresas que estão a despedir agora alguns trabalhadores é porque alguém trabalhou para que estas empresas viessem para cá. Que emprego é que MLSTP ou ADI criou aqui no Príncipe desde a independencia? Eu também sou do Príncipe e sei o que sofri até este governo regional chegar aqui. Por isso meu povo se querem eleições vamos a luta.

  15. img
    abacate Responder

    É preciso sermos realista e dizer as coisas conforme elas são: este governo da UMPP parece não ter solução, pois acham que somos todos ignorantes e que não sabemos ou seja que desconhecemos esta gestão danosa…espero que o povo do Príncipe comece a entender que rumo pretendemos para nossa Ilha, se queremos mesmo o bem estar desta Ilha e de todos que cá habitam ou se queremos apenas apreciar uma minoria desgovernado o que é de todos nós. A escolha será vossa, só sei que enquanto emigrante muito tenho feito em prol do desenvolvimento da mesma, lamento a falta da honestidade do governo da UMPP que só tem contribuído cada vez mais para o retrocesso desta Ilha tão lubda.

    • img
      Alguém Dentro da Ilha Responder

      O senhor é emigrante e pode dizer tudo isto. O senhor não sofreu aquilo que eu e a minha família sofremos muitos anos atrás. Nem comida havia nas lojas. Pessoas tinham que fugir do Príncipe para Gabão. É isto que o senhor quer que volta a acontecer? Como o senhor está lá fora como emigrante a comer sempre a comer e beber do bom o senhor não se lembra do sofrimento de gentes que sempre estiveram cá. Este governo de UMPP fez mais por Príncipe que todos os outros governos regionais juntos. Se o senhor quer candidatar o senhor pode vir para cá no Príncipe que nós recebemos o senhor de coração aberto. Mas o senhor vai conhecer de certeza absoluta a realidade que é Príncipe hoje. A escolha é nossa sim senhor. Eu voto e votarei UMPP. Muito obrigado senhor emigrante. Passô.

  16. img
    Martelo da Justiça Responder

    E o Governo Regional não diz nada??!!
    Esse despedimento em massa teve aviso prévio??
    As obras do Hotel de cinco estrelas já iniciaram?? Alguém sabe me dizer??

  17. img
    Golpista de 2005 Responder

    Eu não vou votar mais no UMPP!

    Razões:

    Falaram mal do MLSTP, mas estão a fazer pior:

    Desde que To Zé tomou poder Senhor Rodrigo Cassandra viaja toda toda hora com dinheiro do povo,

    To Ze e senhor Hélio tornaram os grande ricos da Príncipe em pouco espaço do tempo,

    Abusam de menores, depois fazem casa, usam posto de trabalho para romance,

    To Ze inventa viagem e gasta dinheiro dos imposto de HBD nas suas passeatas quando devia usar esse dinheiro para fazer algo de útil,

    To Ze, colocou um indevido que teve gestão danosa no hospital do Príncipe como diretor do seu gabinete, isso representa uma autêntica vergonha,

    Altos endividos da UMPP incluído To Ze, tomaram boi do Estado e bote até hoje não pagou um único
    tostão ao estado,

    Mulher do To Se vive e trabalha em S.Tomé mais recebe salario no GABINETE do TO ZE.

    Eu durante a campnha passada andei pé a pé com To Ze para todo lado onde ele ia fazer a sua camapanha mais hoje eu não quero saber de To Ze para nada. Ele vai me batendo mão nas escosta fingindo que está tudo bem e eu também vou fingindo que está tudo bem. Mas próximas eleições eu vou votar contra To Ze. Se Néstor for candidato, mais que não se candidato do UMPP eu votarei nele se não voterei no candidato MLSTP. Príncipe continua com um grupinho de gente sem nível a viver a suas vida. O meu voto é meu disso ninguém consegue me manipular, eu votava para UMPP por convicção, hoje perdi por completo essa convicção.

  18. img
    Salomão Responder

    Eu vejo pessoas que estavam contra este investimento no início a aparecerem agora a dizer que é muito mal aquilo que está a acontecer, que o governo regional é que é culpado, etc. Infelizmente são estas pessoas mesmas que sempre estavam contra este investimento e diziam na altura que o governo regional estava a arrendar muitas roças para estrangeiros, que isto era muito mal, que os naturais depois iam ficar sem terras, etc, etc, etc. Agora aparece estas mesmas pessoas que a população do Príncipe conhece muito bem a vir dizer que o governo regional é que é o responsável dos despedimentos, assado, cozido, etc, etc, etc.
    Agora eu pergunto uma coisa: se estas pessoas nunca concordaram que estas roças fossem concedidas para estes empresários trabalharem porque se estava a dar roças aos estrangeiros, eu não percebo a preocupação destas pessoas quando os estrangeiros começam a despedir os trabalhadores e a entregar roças ao estado de novo. O que é que estas pessoas querem afinal?

  19. img
    Picão Responder

    Eu só digo uma coisa minha gente. Deus dá ao presidente Tozé Cassandra muita força, saúde e sabedoria para ele continuar nesta função. Eu vi o príncipe de ontem e vejo o príncipe de hoje. Quem quiser vir ver pode vir ver. Não há comparação possível para aquilo que se fez em pouco tempo de governo deste senhor. Respeito toda a gente que tem opinião diferente. Mas eu só voto aqui no príncipe para União e mais nada. Não falo mais nada para não dizerem que estou a criticar alguém. Vou embora. Tchau.

    • img
      Casa da Cultura Responder

      O senhor Picão tirou-me as palavras da boca. Deus dá este senhor Tozé Cassandra vida com saúde para ele fazer mais por este povo. Enquanto alguns falam ele está a trabalhar a grande e francesa. Deus lhe paga por aquilo que ele tem feito. O meu muito obrigado. Se não fosse este senhor eu não sei onde nós aqui no Príncipe estávamos. Eu não quero saber de nada se dizem mal dele ou bem dele. Eu estou com ele e estarei enquanto ele continuar a governar assim. Força meu companheiro que o cão ladra e a caravana passa. Vamos para o campo que o senhor pode contar conosco. Para frente é que é caminho.

  20. img
    Moncó Responder

    Há tantas pessoas a falar atoa sem conhecer a realidade cá do Príncipe. HBD enpregou milhares de pessoas aqui no Príncipe. Deve ser o maior empregador aqui no Príncipe. Se eles vão despedir algumas pessoas isto embora seja mau deve ser um problema ou dificuldades que eles enfrentam agora. O pior é se eles não tivessem vindo para cá. Temos que dar graças a Deus e ao governo regional por ter trazidos eles para cá. Mesmo despedindo algumas pessoas HBD continua a ser o maior empregador cá no Príncipe. Muita gente ganha o seu pão nosso de cada dia nesta empresa. Portanto não vamos falar só mal.

  21. img
    Pagué Responder

    Meu amigo Tó Zé aproveita porque o teu tempo está chegar ao fim. Com esses tipos de coisas, cada vez mais vais perdendo popularidade. Não se brinca com pão de cada família, sobretudo nesse período da aproximação das festas natalícias. Para quem não está informado o próximo executivo regional será:

    Presidente do Governo Regional: Néstor Umbelina; Presidente da Assembleia Regional: Daniel Afonso; Secretário das Finanças: Luis de Sousa; Secretário da Economia: Elias Costa; Secretária da Educação: Angela Costa; Secretário da Saúde: Silton Monforte; Secretário da Infraestrutura: Isaqueo Batista. Destaque para dois jovens quadro, Isaqueo Eng. Civil e Silton Técnico de Saúde. Pode parecer brincadeira, mas quem viver verá.

    Saudações de Santo Antônio – Príncipe

    • img
      Basofo Responder

      O senhor Pagué é um brincalhão. Ou ele não conhece Príncipe, ou ele não conhece o currículo destas pessoas que estão nesta lista para governo regional ou ele está a gozar com estas pessoas. Basta ir ara Net e colocar o nome de algumas destas pessoas que estão nesta lista para governo regional para se ver o tipo de pessoas que são sugeridas para o governo regional do Príncipe. Ou então questionar porquê que o Nestor Umbelina saiu do governo regional. Aqui no Príncipe isto é público. Isto até parece uma brincadeira ou gozo com as pessoas do Príncipe.

  22. img
    Sundy Responder

    Tozé Cassandra é nosso presidente e ponto final. Isto não tem discusão nenhuma. O resto é conversa fiada para fazer boi dormir e mais nada. Prá frente que é caminho.

  23. img
    Tungo Responder

    Meus caros;

    Não sou politico é nem pertenço a côr politica, voto nos projetos que cada um apresenta durante a campanha, em qualquer parte do mundo somos enganados, mas a minha opinião pode até ñ agradar a outros é normal, penso que, qualquer governo ao assinarem acordos devem ter em conta a situação do País ou neste caso concreto Região, e joga com situação social e económica da população, duma vez sabendo de investimento a prazo pelo investidor, deverá criar as condições para que o País ou a Região si alavanque, falando concretamente do Príncipe; senão vejamos, si o Grupo HBD fez a parte que lhe competia de acordo ao contrato, o governo Regional deveria criar outras condições, para empregar pessoas, sabendo o governo do prazo e da condições impostas para assinatura, td isso iria contribuir significativamente para minimizar a situação que a região vai ter que enfrentar com volume dos desempregados, que parece voltamos a estaca 0.
    Bom deve haver soluções afinal fez-se a apresentação do crescimento significativo como foi do conhecimento publico.

    Haver vamos.

  24. img
    Poder Absoluto Responder

    To ze foi para S.Tomé ontem 5feira segue para Lisboa hoje 6Feira e volta a S.Tomé Domingo, na segunda feira vem para o Príncipe. Vocês acham isso normal? To Ze foi a Lisboa apenas para assistir uma reunião entre presidentes da Câmara que tem germinação com Príncipe. Será que em nome da poupança de dinheiro essa reunião não poderia ser feito via Skype? A menos de uma semana To Ze regressava de Cabo verde… Irmão de To Ze senhor Rodrigo Cassandra segue hoje de Lisboa para Brasil gastar dinheiro do povo de Príncipe segue lhe atrás Senhor Hélio lavres. Dinheiro de imposto de HBD é gasto só em viragem!

  25. img
    Safú dobô Responder

    Vocês podem escrever aquilo que quiser, To Zé já não será o próximo presidente do Governo Regional, pois, Ilha do Príncipe não é somente de To Zé, ele já fez 3 mandatos e chega, ainda que criemos um novo movimento pra assaltarmos o poder, príncipe é de todos e não somente de uma minoria. Não pode somente um grupinho pensar que são dono disto. tenho dito, fuiii

    • img
      Picão Responder

      Eu não digo nada fico só a ver cada pessoa a dizer cada coisa dele. Depois da campanha é que a gente vai ver quem tem força e quem tem unha para tocar viola. Mano pode ficar descansado de mano. Não tem problema não. Mano pode escrever, falar, ameaçar, lutar, fazer barulho. Uma coisa mano tem de metar na cabeça que é: para ir para governo, qualquer pessoa tem que ganhar eleição primeiro. Com grupinho ou sem grupinho é preciso ganhar eleição primeiro. Se mano tem grupinho de mano outras pessoas també tem grupinhos deles. Vamos ver qual grupinho que vai ganhar. Depois ente fala no fim.

  26. img
    Euclides Responder

    as pessoas do príncipe precisam mudar de mentalidade, sempre com a mesa conversa de Príncipe de hoje e principe de ontem, agora pergunto o que uma coisa tem a ver com outra? Tenho muito respeito pela pessoa do senhor To Zé, mas é normal que em democracia haja alternativas, isso não é nenhuma gleba de ninguém, logo todos os filhos dessa terra pode ser Presidente do Governo Regional, pode ser ele João, pedro, Manuel, nascido no principe, nascido em Santomé, o que não aceitamos é um português la de Portugal ou um Angolano la de Angola vir ser nosso Presidente cá. Temos que mudar de mentalidade se estamos de facto interessado no Progresso. O To Zé já deu a sua contribuição e esta mais do que claro, agora demos oportunidade a outra figura que julgamos também trazer novas ideias e penso que o To Zé tbm pode ser importante na criação de uma nova imagem pra ser o próximo Presidente que julgamos ser já em 2017.
    Este é o meu ponto de vista, obrigado…

  27. img
    Veneno Responder

    Tò ze Cassandra, quem mata com ferro, com ferro será ferido. Calma. Viva PT, o teu irmão anda a escrever coisas contra PT não se esqueça que tu To Ze tens rabo de palha.

  28. img
    Ipim de dúmo ca nacê qui ponta Responder

    Estamos a ver a carroça a ir a frente de boi, não se esqueça de que curar custa mais do que prevenir.
    Principe é uma ilha que pertence a todos que la vivem e convivem. É preciso lá estar para opinar.Sendo assim é melhor calarem-se.
    Tudo que tem principio tem o fim. O prisma que os emigrantes veem o principe não é o mesmo que nós ca vemos dia a dia.
    “homi cá manda qui tempo”, diaum mêço ihê ca bana pa cada ningue concê tocacê.

  29. img
    abacte maduro Responder

    Muito bem senhor tungo, excelente reflexão. Meus parabéns!

  30. img
    Mena Santos Responder

    Por favor, traduza isso, para melhor entendimento. caro senhor ou senhora ( Ipim de dúmo ca nacê qui ponta) …. homi cá manda qui tempo, diaum mêço ihê ca bana pa cada ningue concê tocacê ….

Deixe um comentario

*