STP e Holanda assinaram acordo para requalificar Marginal 12 de julho 

A marginal 12 de Julho na capital São Tomé está em estado de degradação avançada. Vários estudos e projectos para a sua requalificação foram feitos nos últimos anos, mas sem execução na prática.

A Câmara Distrital de Água Grande foi um dos anunciadores de planos, projectos e estudos para a requalificação da marginal, que nunca foram executados.

Desta vez os governos de São Tomé e Príncipe e da Holanda, assinaram acordo para a realização de mais um estudo de requalificação da marginal 12 de julho. Um estudo que começa a ser realizado em 2017.

O projecto está avaliado em 650 mil euros, e inclui obras de protecção de toda a orla costeira, que tem sido alvo do avanço do mar.

O Governo são-tomense através do Ministro das Obras Públicas, Carlos Vila Nova, manifestou-se confiante de que após a realização dos estudos em 2017, a requalificação da marginal será finalmente uma realidade.

O acordo foi assinado no edifício do Ministério das Obras Públicas. Willem Aaalmans embaixador da Holanda junto ao Estado são-tomense e o Ministro Carlos Vila Nova assinaram o acordo.

Abel Veiga

 

 

Notícias relacionadas

  1. img
    Madiba Responder

    Estudos, projectos! Sempre estudos. Sempre projectos. Não será uma forma de nada fazer?

  2. img
    Ralph Responder

    Isto poderá ser um desfecho fantástico por STP se vier a ser concretizado, mas não percebo o que o governo holandese tem a ver com apoiar uma tal iniciativa num país pequeno na África. Talvez queira comprar alguma influência e tornar-se uma potência pos-colonial na região. Só que me parece ser uma decisão estranha.

  3. img
    Pedro Costa Responder

    Será que isto irá avante? Espero que sim, mas mesmo sinceramente, porque esta marginal está um caos. Quem a viu e quem a vê.
    Andamos em projectos e projectos, assina-se e depois anula-se, bloqueia-se, desarruma-se, sei lá o que mais.O turismo deveria dar-nos milhões e milhões de divisa. Como?
    Criem infraestruturas necessárias para o efeito.Como?
    SE existe possibilidades, endividem com critério e para fazer algo interessante que depois entrará dinheiro, mas não roubem.
    Não sei que projectos podemos esperar mais para ser concretizados! Porto de águas profundas, hospital de referência, central de painéis solares, barragens, etc,etc.
    Mas estas pessoas acham mesmo que governam ou desgovernam?

  4. img
    Vaima Shamar Responder

    Como o corpo da notícia revela o título é enganador: não se trata de qualquer renovação mas sim de (mais um) estudo para renovação. Isto é, o Governo Holandês subsidia uma empresa qualquer holandesa para fazer (mais um) estudo. Benefício para STP? Zero, Nilch, Nada!

  5. img
    pombas Responder

    a saber que o investimento tem de ser superior a 5 milhoes de USD
    ehehehehehhehe Estão os Holandeses avisados!

  6. img
    Clemilson souza Responder

    Eu sou brasileiro e fico muito triste porque um país tão lindo depender do dinheiro de outros países para tudo, pobre São Tomé !

Deixe um comentario

*