Pastor de Igreja castigado com “Palada de Machim”´

Tudo aconteceu na noite de terça – feira no bairro do Riboque da cidade capital. Olga Bragança, estudante na nona classe, se preparava para ir a Igreja da Conceição no centro da capital.

A menina que aos domingos frequenta a igreja católica, oi abordada por membros da igreja Reino de Deus, que de porta em porta, realizava o seu trabalho missionário no bairro do Riboque. Segundo o familiar que relatou a história para o Téla Nón, um dos membros da igreja “Reino de Deus”, colocou a mão sobre a cabeça de Olga Bragança e orou. De repente a menina caiu no chão.

Quedas consecutivas passaram a ser rotina de Olga, desde o último Domingo. Na terça-feira, os familiares reuniram-se para analisar a situação da menina e resolveram interpelar o pastor da Igreja do “Reino de Deus” no bairro do Riboque.

A conversa no interior da igreja, gerou confusão. Uma tia da menina que levou um machim para a sessão de conversa com o pastor, entrou em acção. «Eu dei o pastor e a mulher do pastor várias “paladas de machim”», afirmou a tia da Olga.

“Paladas de Machim(Catana)”, é como os são-tomenses designam os golpes dados com a parte interna do machim(catana), não com a parte do fio. Funciona como uma palmatória de com material metálico.

A violência das paladas, levou o pastor da igreja, a recolher em separado com a menina num compartimento da igreja. Após orações em privado com o pastor, deixou de ter quedas repetitivas, confessou a tia. No entanto Olga Bragança continua fraca, acrescentou a tia.

A confusão gerada na igreja, provocou a intervenção da polícia. O pastor da igreja e os familiares da Olga que estavam revoltados, foram conduzidos ao comando da polícia de Água Grande.

Após o registo da ocorrência, a polícia aconselhou as partes em litígio, e todos foram mandados em paz.

Abel Veiga

Notícias relacionadas

  1. img
    sotavento Responder

    Sao Tomé e Príncipe em movimento…

  2. img
    rapaz de Riboque Responder

    ainda a quem acredite neste palhaços, acredito que o pior ainda ai vem

  3. img
    Cravid do Faice Responder

    LOL :D

  4. img
    Hugo Afonso Neto Responder

    Não sei porquê que os Governantes de STP autorizam tantas ceitas a operarem no país

  5. img
    Mé - Zemé Responder

    Esses gajos usam pós suspeitos para elucidar as pessoas. Muito cuidado com esses pastores, pois os fies são fonte de receitas, logo querem os pegar a todo custo.

  6. img
    kalibrante Responder

    kkkkkkkkkkkk essa foi boa

Deixe um comentario

*