Príncipe acolhe IV Congresso de Educação Ambiental da CPLP + Galiza

Há cerca de 1 ano que o Governo da Região Autónoma do Príncipe, em parceria com o Governo Central, está a preparar a realização do primeiro grande evento internacional, na cidade de Santo António.

Trata-se do IV Congresso de Educação Ambiental da CPLP + Galiza. Segundo O Presidente do Governo Regional do Príncipe, 150 delegados oriundos do espaço de língua portuguesa e não só, já confirmaram a sua presença no evento.

Os preparativos que contam com o apoio da Associação Portuguesa de Educação Ambiental, dão atenção especial as condições logísticas para o momento histórico que a ilha do Príncipe, vai viver de 16 a 20 de Julho.

Desenvolvimento do Turismo Sustentável é uma emanação das Nações Unidas para o mundo no ano 2017.

PríncipeA ilha do Príncipe, diz que encara a realização do IV Congresso de Educação Ambiental entre os países da Comunidade de Língua Portuguesa mais Galiza de Espanha no seu território, como mais uma oportunidade para afirmar a sua política de valorização do ambiente como factor para o desenvolvimento. «Olhando para a parte da medicina tradicional, onde vamos buscar todo o saber das características medicinais que a nossa flora transporta, fez-nos ver para este evento de uma forma muito responsável, e comprometer-nos bastante com este congresso», referiu o Presidente do Governo do Príncipe.

A secretária de Estado do Ambiente de Portugal, é uma das personalidades internacionais que já tem presença marcada no grande evento internacional, o primeiro que ocorrerá no território da ilha do Príncipe.

Segundo José Cassandra, as dificuldades logísticas, sobretudo a nível de transporte, estão a ser equacionadas em parceria com o Governo Central. O Catamaran “Andala” o último sobrevivente da frota da economia azul, poderia jogar papel determinante no transporte de pessoas entre as duas ilhas, mas está avariado. O outro baptizado por Pixi N´dala está reduzido a pedacinhos na Baía da cidade de Neves.

Mesmo assim José Cassandra, garantiu que tudo será feito pelo Governo Central, para que o IV Congresso de Educação Ambiental da CPLP + Galiza, seja um sucesso.

Abel Veiga

Notícias relacionadas

  1. img
    Leopoldo Responder

    Parabens mais uma vez. Só com trabalho e iniciativas deste género é que conseguimos fazer avançar o país. Força meus irmão do Príncipe.

  2. img
    CNN Responder

    O homem africano esquisito, eu ainda recordo que em 2014 no mês de Outubro o Tó Zé Cassandra publicamente disse ao mundo e ao país estaria a candidatar se para seu ultimo mandato. Ontem percebi pela pergunta feita pelo Abel Viegas que ao Tó Zé pela resposta dada pelo Tó Zé ficou claro que maainda vai candidatar-se. Sinceramente fiquei dececionada.

    AFRICA não tem futuro com políticos que se agarra ao poder, aproveitam do bem publico ,da fragilidade das Leis do País e das redes que criam no poder para manterem se no poder. A minha esperança no Tó Zé cai por terra.
    Será que depois desses anos todos o Tó Zé não pode deixar o poder para ir fazer uma outra coisas como fazem políticos de outras paragens?

    Obama por exemplo anda por aí a dar conferências…

    Muito feio, já não acho piada nisso.

  3. img
    Cidadão Atento Responder

    Dentre autoridades de toda a comunidade de países de Língua Portuguesa, porque destacaram apenas Portugal?

  4. img
    ANCA Responder

    Muito bem

    Façamos de tudo para garantir certificar antecipadamente, para que este evento ocorra com uma boa coordenação, organização, de logística, de transportes.

    Pois que a coordenação organização, a questão segurança, a questão dos meios, saneamento da limpeza urbana são fundamental.

    A questão do cumprimento da questão protocolar, deve-se de primazia, o cumprimento de horários, de chegadas, de partidas, do começo e fim dos trabalhos, boa equipa de coordenação.

    O tema a apresentar, os nossos contributos para o mundo, na área da preservação do ambiente, bem como propostas e sugestões, são essenciais.

    Isto tudo traz mais valia, ao Território/População/Administração, Nacional, em Particular Regional.

    Tu que és cidadão de São Tomé e Príncipe

    Acredita em ti, juntos somos capaz

    Acredita podemos fazer mais e melhor

    Veste a tua camisola

    Pratiquemos o bem

    Pois o bem

    Fica-nos bem

    Deus abençoe São Tome e Príncipe

  5. img
    Rodrigo Cardoso Cassandra Responder

    Meu caro desconhecido CNN muito bom dia ou boa tarde.
    O Movimento que dirige o Príncipe é UMPP acontece porem que tem um lider bastante carismatico e muito democratico que é José Cardoso Cassandra.
    Daí que para o seu conhecimento este movimento em momento nenhum decidiu quem apoiar para o representar nas proximas Regionais até porque elas ainda nem sequer tem data afixada.
    A vontade expressa que eu saiba do nosso actual Lider é de não se candidatar e ele disse bem que a Convenção que a UMPP vier a realizar ditará de forma democratica quem será o candidato a apoiar, e se fôr de novo o mesmo Lider para servir o país e a Região julgo ser natural.
    Não sei se o senhor vive nas Americas ou no País mas para o seu conhecimento o Príncipe nos ultimos 10 anos cresceu muito mais do que os 30 anos isso tudo graças ao Lider que temos e ao nosso nivel de organização.
    Para o refrescar a memoria o Líder da UMPP josé Cassandra não veio do Publico para presidente veio sim do Privado e tem todas as condições para voltar em grande para o Privado, nunca esteve e nunca estará agarrado a qualquer tipo de poder, faz apenas o serviço de servir a uma comunidade que bem merece com prejuízos para sua propia família.
    Deixar o Príncipe no caminho que esta para desonestos corruptos e imcopotentes isso não a UMPP se me conhece bem lutara até ao fim
    Aquele abraço Rodrigo Cardoso Cassandra

    • img
      CNN Responder

      Senhor Rodrigo Cassandra, dos todos os filhos do Príncipe, o seu Irmão única pessoa honesta e seria? Um dia se o seu Irmão morrer o Príncipe deixa de ser governado?

      Tenha la calma porque sobre a honestidade e corrupção os senhores não são exemplos. Pela informação soube que o.senhor vendeu motor de um autocarro escolar um transporte de Estado sem previa autorização das entidades competente.

      Os senhores querem manter no poder para continuar saquear o dinheiro do imposto da empresa HBD, nós cá sabemos de tudo. Se To Ze tem lugar no privado ele também no privado pode se ajudar a população. Ninguém é insubstituível na vida. Mesmo dentro da UPP o Tó Zé dividiu para reinar, não possível depois de 11 anos dentro uma organização existir a penas uma pessoal melhor posicionado para levar a frente a organização, isso hoje em dia não pode acontecer. Vamos supor que o To Ze a doença a UMPP acaba.
      Deve existir outra para assumir a liderança das coisas.

      O Rodrigo Cassandra diz que o seu Irmão é honesto, mais o senhor mesmo contou a um primo meu que o seu Irmão comeu todo dinheiro da sua família cujo objectivo é construir um hotel na cidade de Sto. ANTÓNIO. Como é que o Senhor hoje vem cem dizer que o seu Irmão é sério? Só leva me a concluir que o Senhor dá o dito por não dito.

      Atenção que mesmo fora sempre apoiei o To Ze, mais agora acho que ele deve encostar um pouco para dar lugar a outro mesmo se for alguém dentro a UMPP.

      Essa atitude de do Tó Zélia de quer ficar no poder durante 20 anos é feio para alguém do seu nível político. Fica feio e muito feio, ninguém é insubstituível.

      • img
        Mascarenhas Responder

        Senhor CNN, eu não acompanho as coisas lá no Príncipe mas sei que o senhor Toze´Cassandra tem feito um trabalho extraordinário. Só não vê quem não quer ver. Eu fui para o Príncipe em 87 e voltei há 1 ano e sei o trabalho que ele fez lá mesmo com carencia de meios. Portanto quem faz o julgamento num país democrático é o povo. O senhor Tozé Cassandra está a cometer alguma ilegalidade ao candidatar para mais um mandato? Ele está a violar alguma lei? O senhor ao demonstrar esta atitude está já a considerar que é um potencial candidato e está já a pensar com medo que vai perder com o senhor Tozé Cassandra. Se o senhor acha que é um bom candidato e que tem proposta sérias para o Príncipe eu não vejo razão para o senhor estar com medo do senhor Tozé Cassandra. O senhor sem saber está a dar mais trunfos ao senhor Tozé Cassandra com esta sua atitude. Um político sério não se importa com candidatos que vão ou não vão candidatar mas sim com as suas propostas e as propostas de outros candidatos. Se eu fosse do Príncipe e me aparecesse um candidato como o senhor que em vez de apresentar propostas alternativas para o desenvolvimento do Príncipe vem-me apresentar preocupação se uma outra pessoa pode ou não candidatar eu nem sequer pensava um segundo neste candidato porque achava que ele é incompetente e fraco. Esta é a minha opinião.
        Tchauê

    • img
      Maria Cocorete Responder

      Até dá vontade de rir, Rodrigo Cassandra a falar de honestidade . Oh digo vocês só são honestos porque stp é um país de brincadeira, se não estariam todos presos, tenho a certeza que tu sabes que eu tenho razão.

    • img
      Membro Fundador da UMPP Responder

      Digo seja honesto, eu sou da UMPP, diz quem é a pessoa que se atreve a concorrer contra Tó Zé? TÓ ZÉ já está no terreno a pedir as pessoas para o apoiar. Sinceramente eu também ando revoltado com isso, há muita hipocrisia no nosso seio. A UMPP já não é aquilo que era, havido muita brincadeira, muita falsidade e muita corrupção todo mundo cá no Príncipe seguido isso com boca calada. Pode haver algum e exagero por parte da oposição, mas sendo honesto e sincero as coisas não vão bem. Eu pessoalmente estou a refletir bastante si anda irei apoiar UMPP. E tenho muitas duvidas se a UMPP ganhara as eleições, só for com fraude.

      • img
        Principiano Responder

        Na minha opinião eu não compreendo uma coisa. O Kapala já está a fazer campanha cá no Príncipe há mais de 2 anos. O Nestor já está a fazer campanha cá no Príncipe há mais de 2 anos. O presidente Tozé Cassandra ainda não tomou a sua decisão nem a UMPP. Eu não compreendo que toda a gente está com medo do Tozé, está tão preocupada se o presidente Tozé Cassandra vai ou não vai candidatar quando no terreno já há 2 candidatos a fazer suas campanhas. A conclusão que eu osso tirar é que talvez o presidente Tozé Cassandra é muito forte ou estão com medo que ele avança, caso contrário importariam com candidatos que já estão no terreno ou não é assim? Se o senhor MENBRO FUNDADOR DO UMPP te dúvidas que a UMPP não vai ganhar eleições porquê que o senhor está tão preocupado. Se o senhor acha que a UMPP vai perder então não vale a pena o senhor se preocupar com a UMPP. Ou não é assim? E acho que é assim que se deve ver as coisas.

      • img
        Antê Responder

        Xiê, se vocês acham que a UMPP vai perder então estão com medo de quê? Se o Tozé Cassandra é assim tão fraco e a UMPP vai perder porquê que vocês estão com tanto medo e estão a importar com ele em vez de preocuparem com candidatos que já estão no terreno? Eu não compreendo nada disto. Apresentam as vossas propostas em vez de estarem preocupados com os nomes dos candidatos. Se O tozé Cassandra sem apresentar a sua candidatura já está a vos incomodar então eu não sei o que virá ai. Aqui em S.T.P faz-se política de uma forma muito esquisita.

  6. img
    olivio cardoso Responder

    fruto de bom trabalho, enquanto estarmos unidos, com interese para todos numa so voz, numa so força para o desenvolvimento da ilha. um abraço para todos os santomenses

  7. img
    Martelo da Justiça Responder

    É mesmo assim. Príncipe tem passado ao lado das confusões politicas do Governo do ADI e da arrogância e prepotência do Patrice Trovoada e tem avançado para frente e com bons resultados.
    Força Tó Zé! Viva a Região Autónoma do Príncipe.

  8. img
    vicente Responder

    AUÓ, cantou JOÃO SERIA placela cu placela pô sa miga nossa motchi, closson nem ca tê lanssuzo.
    Quem se julgue capaz, que apresente um programa credível e se candidate e vá ao terreno. Penso que quem decide é o povo da região autónoma e não os insultos neste forum. Deixem de siglas e mostrem a cara.
    Quem se esconde atraz das mascaras não merece credibilidade, senão tirem as vossas conclusões.

Deixe um comentario

*