Sondagens

São Tomé e Príncipe deve reconhecer o KOSOVO como Estado Independente?

Na sua reunião do dia 13 de Março último, o venerando Conselho de Ministros,  aprovou uma proposta que visa o reconhecimento do KOSOVO como Estado Independente. A última palavra pertence ao Presidente da República, que deverá confirmar ou não o reconhecimento solicitado pelo Governo. Qual é a posição do leitor?

    18 comentários

18 comentários

  1. deixa governo trabalhar

    3 de Abril de 2012 as 15:18

    Olha vocês estão a discutir o quê? STP já reconheceu Kosovo. Procurem na internet a informação. O Estado de STP já reconheceu o Kosovo. Portanto, a pergunta do Telenom esta despida de qualquer interesse.

  2. ele

    3 de Abril de 2012 as 15:36

    Oa estados Unidos, A União Europeia e os outros reconheceram o Kosovo como País novo Estado.

    VAmos abrir os olhos. Por que STP não deve reconhecer?

    Esta é a pergunta.

    Não basta dizer sim ou não por dizer. Devemos ter algum fundamento. O Governo que reconheceu certamente encontra as vantagens para STP.

    São Tomense abre os olhos.

  3. luisó

    3 de Abril de 2012 as 16:32

    Uma coisa é reconhecer o Kosovo como estado independente, afinal quase toda a Europa e outros países já o fizeram, e porque não?
    Outra coisa é dizer que uma empresa desse Estado vai financiar com 800 milhões em STP e questionar, porque toda a gente sabe o que é o Kosovo, de onde vem esse dinheiro e quem está por detrás…

  4. Aristides Barros

    3 de Abril de 2012 as 16:40

    Temos que ponderar sobre o que realmente STP ganha com o reconhecimento de Kosovo. Kosovo é um país novo e pobre. Do outro lado temos a Sérvia e também a Russia que são países poderosos. O que é que acontecerá com a nossa relação com a Russia se reconhecermos Kosovo? Será que preferimos as relações com Kosovo em detrimento da Russia? É o Governo quem sabe. Acho que os prós e os contras foram analisados maduramente antes da tomada desta decisão.
    Não podemos dizer que a UE reconheceu Kosovo. Há países da UE que não o reconheceram.O que é que acontece a STP se nós simplesmente o ignoramos? Se um empresário do Kosovo quiser investir em STP pode até investir sem qualquer problema. Os EUA e a UE têm negocios com Taiwam sem o reconhecer como um país.

  5. Madalena

    3 de Abril de 2012 as 16:58

    Para mim, qualquer Estado que seja reconhecido , quer pelas Nações unidas, quer pela Russia, Quer pelos EUA, quer pela China, devem ser reconhecidos por nós e acabou!
    Basta um destes que citei. O resto é cantiga.

  6. Põe boca não tira

    3 de Abril de 2012 as 17:07

    Ista é indiferente, há problema mais premente no país para ser resolvido, acho que de momentos concentrar energia nos graves problemas sociais que o país vem vivendo

  7. bili ue

    4 de Abril de 2012 as 8:27

    se nao fossemos reconhecidos tambem

    que seria da nossa independencia.

    fui

  8. Trafico de influencia

    4 de Abril de 2012 as 10:44

    Reconhecer um filho, não significa fazer guera com as outras mulheres, nem tão pouco o motivo de divorcio. Se alguém me pede o divorcio, porque reconheci uma filha ou filho meu, então aonde é que estamos!!
    Mesmo que lá em casa quem paga a renda seja ela e o carro seja dela e tudo, Convenhamos!!!

  9. Trafico de influencia

    4 de Abril de 2012 as 10:45

    a guerra antes se escrevia assim , mas o acordo ….. Risos
    guerra.

  10. nora

    4 de Abril de 2012 as 11:50

    Sabemos bem quais os negócios que estão por detrás desse reconhecimento solicitado pelo Governo.

    Se uma empresa de capital Kousovais quer investir em STP, o Estado Santomense não se obriga em reconhecer o Kosovo só por isso. Nem mesmo a EUROPA não reconheceu Kosovo quem somos nós para tamanho abeiração.

    APELO: SENHOR PRESIDENTE DA REPÚBLICA CHUMBA ESSA PROPOSTA DO GOVERNO. PORQUE É ABSURDA. É CASCA DE BANANA PARA SENHOR.

  11. bili ue

    4 de Abril de 2012 as 13:28

    http://expresso.sapo.pt/kosovo-32-paises-ja-reconheceram-a-independencia-mais-de-metade-18-da-ue=f272215

    Países que reconheceram o Kosovo:

    EUROPA (23)

    UE (18)

    Alemanha

    Áustria

    Bélgica

    Bulgária (anúncio oficial previsto para quinta-feira)

    Dinamarca

    Estónia

    França

    Finlândia

    Grã-Bretanha

    Hungria

    Irlanda

    Itália

    Letónia

    Luxemburgo

    Holanda

    Polónia

    Eslovénia

    Suécia

    Fora da UE (5)

    Suíça

    Turquia

    Albânia

    Islândia

    Croácia

    ÁFRICA (1)

    Senegal

    AMÉRICAS (4)

    Canadá

    Costa Rica

    Estados Unidos

    Peru

    ÁSIA (4)

    Afeganistão

    Austrália

    Japão

    Malásia

    Países que se opõem à independência do Kosovo (8):

    China

    Chipre

    Espanha

    Geórgia

    Moldávia

    Roménia

    Rússia

    Sérvia

    Países que manifestaram reservas (6):

    Grécia

    Malta

    Portugal

    Montenegro

    Republica checa

    Eslováquia

    TM.

    Lusa/Fim

  12. Templa Seco

    4 de Abril de 2012 as 14:16

    Telanon, continuamps a espera da publicaçao do memorando assinado entre o Ministro Secretario Geral do Governo e a dita empresa do Kosovo.

  13. Filipe Samba

    5 de Abril de 2012 as 8:00

    Quando São tomé e Principe reconhecerá a Ossetia do Sul»?

  14. Dezenformado

    5 de Abril de 2012 as 8:20

    Pergunta nao faz sentido …sorry
    ://www.rtp.pt/noticias/?article=65880&layout=121&visual=49&tm=8&

  15. Santola

    5 de Abril de 2012 as 11:25

    Boa tarde
    Acho que e um assunto muito delicado e que o Presidente da Republica tem que analizar muito bem o que esta por tras disso e tomar a decisao mais acertada em pro de STP,alias para isso que o povo votou nele,assim espero…..

  16. ADI

    6 de Abril de 2012 as 11:50

    TAMBÉM IREMOS RECONHECER A REGIÃO AUTÓNOMA DO PRÍNCIPE.

  17. jonas

    22 de Abril de 2012 as 11:34

    Caros São-tomense Leitores, vamos deixar de Brincadeira, deixar de opinar sobre as coisas que não é do nosso alcance, deixa governo trabalhar.
    ADI- deixa de comentarios infelizes, tens um Nome Bonito, até eu adoro, mais seja o ADI realmente, responsavel…
    Se voces soubessem o que acontece no Principe realmente não estariam a fazer esse comentario infelizes. Principe faz parte de teritorio Santomense, e ele é reconhecido como uma região Autonoma.

  18. king

    29 de Julho de 2012 as 7:20

    temos que fazer algu serio para stp

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo