Sondagens

Aplicar dinheiro na segurança marítima de STP é uma despesa ou um investimento?

    5 comentários

5 comentários

  1. rui

    16 de Dezembro de 2014 as 21:07

    é bom investimento . como ala em defesa . falase investimento é bom final

  2. Vicente Lima Vicente Lima

    17 de Dezembro de 2014 as 2:19

    Com tanto mar, como vamos patrulha_lo. Será que vamos vigiar 7pedras e o ilhéu bombom ou patrulhar as nossas águas? Precisamos de lanchas com alguma autonomia.

  3. Amoroso de STP

    17 de Dezembro de 2014 as 10:48

    Não ha duvidas que se trata de um investimento?

    No entanto, para todo o investimento, deve-se analisar o custo de oportunidade. Ai é que está o problema?

    Mas, o pior, foi a modalidade de pagamento utilizado. A onde já se viu pagar um bem a pronto pagamento sem que o bem esteja disponível? Normalmente deve-se é pagar um avanço a medida que se vai avançando na construção do bem até ao momento da sua entrega, aqui sim deve entregar a ultima prestação do pagamento existente.

    Ou também, a adoptar essa modalidade de pronto pagamento, é porque o fornecedor fez uma redução considerável do preço do bem. Então que nos venham dizer:
    1. Qual o preço inicial desta lancha de patrulha;
    2. Qual a percentagem de redução o país recebeu fazendo o pronto pagamento de um bem que só será entregue 10 meses apos o seu pagamento?

    Só assim poderemos ajuizar se o paós fez ou não um bom negocio, ou fez um “negocio de china”.

    Tudo isso só esta a acontecer porque o XV Governo sempre trabalhou com muita falta de transparência. O ex Ministro Oscar Sousa quando anunciou a compra desta lanche num programa de Radio Nacional, não foi capaz de dizer quanto custou. e com esse defunto governo, nunca oi capaz de dizer aos santomenses quanto vendeu o petróleo e o barco apreendido nas nossas águas.

    Meus caros compatriotas, deixemos de fazer politiquices, e começamos a exigir prestações de contas aos nossos gestores. Porque STP é de todo nós. Não podemos continuar a admitir que o ESTADO pague ou faça obras de reabilitação e de beneficiamento de casas de pessoas singulares, enquanto a maior parte de povo vive em casas “van ple ga”, sem casas de banho, sem saneamento de meio, sem estradas e vias de comunicação.

  4. Semedo

    17 de Dezembro de 2014 as 21:46

    para mim será sempre um investimento, pois além de ser considerada tarefa de estado serve para preservar e proteger os nosos recursos piscatórios e do mar suscetíveis de gerar riqueza e que são em si próprio riqueza nacional.

  5. PENSANDO

    31 de Dezembro de 2014 as 0:53

    1. Não há desenvolvimento sem segurança.
    2. Segurança marítima será sempre um dos grandes investimentos que STP deve apostar por muitas razões, vejamos algumas:
    2.1 Maior segurança implica menor custo de seguro de transporte,logo maior numero de navio nas nossas aguas e no nosso porto
    2.2 Maior numero de navios, aumento de receita para o porto
    2.3 Maior receita nos portos melhor para economia
    Fico apenas nessas e alertando que para tudo que se prevê para o mar de STP, POR FAVOR apostem no mar porque se não o país irá perder e muito.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo