CARTA ABERTA ENTRE A GERAÇÃO À RASCA E A GERAÇÃO ESPERANÇA

Filinto Costa Alegre é o autor da carta aberta. Escrita há dois anos quando Rafael Branco foi investido como Primeiro Ministro, continua actual. “Vivemos de novo sob o signo e a euforia da mudança. A carta aberta, velha de dois anos, mantém, contudo,  uma acutilante actualidade, pelo que  recomendo a sua releitura actualizada, passando o título a ser “E agora, Patrice ?”.

Por: Filinto Costa Alegre

E AGORA, PATRICE?

A páginas 4 da edição nº 172 do Jornal Correio da Semana de 05 de Julho de 2008,publiquei uma carta aberta à Geração à Rasca, intitulada “E Agora Rafael ?”. Nela, para além de felicitar o então recém-empossado Primeiro Ministro Rafael Branco, divulgava um conjunto de inquietações relativamente ao nosso futuro colectivo, muitas das quais pareciam-me merecedoras da especial atenção do Governo. Hoje, volvidos que são dois anos, temos um novo Primeiro Ministro, um novo Governo e uma nova maioria. Vivemos de novo sob o signo e a euforia da mudança. A carta aberta, velha de dois anos, mantém, contudo,  uma acutilante actualidade, pelo que  recomendo a sua releitura actualizada, passando o título a ser “E agora, Patrice ?”.

Sim, e agora, Patrice?

Sr. Primeiro-ministro, numa primeira leitura, a resposta a esta pergunta parece ser simples: agora estamos pacientemente impacientes aguardando  os frutos da esperança que soube fazer renascer em nós. Parabéns pela vitória alcançada e votos sinceros de êxitos na espinhosa missão que te espera.

À partida, a tua situação aparenta ser mais confortável que a do Rafael:

Tens quatro anos para governar, enquanto que o Rafael teve dois; tens um governo homogéneo enquanto que o do Rafael resultou de justaposições; e, aparentemente, estás menos condicionado por “interesses instalados” que o Rafael.

O Governo que constituíste prima pela juventude. Sendo jovem, terá em imaginação, fogosidade, impaciência e inovação, aquilo que lhe faltará em experiência e saber fazer. Por isso, espera-se que encontres a fórmula justa para conjugar juventude com eficiência, rigor e transparência.

Porque, tal como dizia há dois anos atrás, os desafios são mais do que muitos, cada um mais urgente e inadiável do que o outro, o que exige uma definição clara de prioridades, conjugada com  uma afectação criteriosa e consequente dos parcos recursos disponíveis e, sobretudo, uma execução pontual e empenhada do programado.

Ninguém está a espera  que, com um toque de varinha mágica, V. Exª transforme São Tomé e Príncipe na ambiciosa “plataforma de prestação de serviços de qualidade à Região do Golfo da Guiné”.

O que se espera, é que seja capaz de, à partida e em cada dia, cada semana, cada mês, e cada ano, nos ir dando sinais claros de que a melhoria das condições de vida dos santomenses, a criação de emprego, a recriação de um sistema educativo e de formação com um mínimo de qualidade, a prestação de cuidados básicos de saúde aceitáveis, entre outros, estão no centro das suas preocupações.

Espera-se que a lógica e a dinâmica dos “três Vs” ( Viaturas, Viagens e Vivendas), que vêm dominando e condicionando a vida e o comportamento da classe politica santomense, deixe de prevalecer. Isto é, os eleitores do ADI e os santomenses ,em geral, que votaram em si,  não esperam que o Sr, os seus ministros, directores e outros responsáveis que certamente irá nomear, comecem por aí a viajar todas a semanas, ou semana sim, semana não, a comprar viaturas de luxo, a construir vivendas de luxo, deixando de lado os santomenses com os seus problemas de falta de abastecimento de água potável e energia, falta de empregos decentemente remunerados, salas de aulas com mais de 50 alunos, serviços de saúde sem agulhas, nem algodão, nem paracetamol, nem álcool.

Precisamos de sinais claros e constantes de que o Sr. se vai ocupar desses aspectos e manter a sua equipa concentrada neles.

Porque, contrariamente a aquilo que alguns políticos santomenses pensam, a legitimidade conquistada nas urnas, tem de ser mantida, confortada e reforçada através da realização concreta das aspirações daqueles que, com o seu voto, conferiram legitimidade a determinado programa e ao respectivo candidato.

Esperamos que cumpras com a palavra dada aos santomenses de fazer tuas as preocupações da colectividade.

Tomemos um exemplo. Com justa razão e o aplauso entusiasta da plateia, vens pondo o acento tónico na luta contra a corrupção, pela transparência e pela justiça justa. O êxito desta luta depende do regular e eficiente funcionamento do sistema judiciário que, como é notório e foi bastas vezes denunciado, encarna e perpetua os males que devia combater e erradicar. Impõe-se, por isso, a refundação do sistema, expurgando-se dele os maus magistrados e funcionários e reforçando-se  as capacidades dos restantes; operacionalizando-se mecanismos de avaliação, controle e fiscalização de desempenho; melhorando-se as condições de trabalho através do reapetrechamento dos sectores mais carentes.

Consciente do dever acrescido de participar no esforço de refundação do sistema judiciário, tendo em conta alguma experiência acumulada sobre a matéria, o signatário reitera a sua disponibilidade para continuar a contribuir para a referida refundação. A justiça não pode continuar a ser motivo de opróbrio para os santomenses e constituir-se em obstáculo ao exercício dos direitos do cidadão bem como  do progresso e do desenvolvimento.

Mas creia-me, Sr. Primeiro Ministro, que a prova das provas da sua vontade de romper com a situação actual seria V. Exª. proceder à declaração dos seus bens, à data da assumpção das suas actuais funções e instar os seus correligionários no Governo e na Assembleia Nacional a fazerem o mesmo. Perante tamanha demonstração de seriedade, transparência e respeito pelos bens públicos, os demais dignitários do regime ficariam, no mínimo, embaraçados se persistissem na sua atitude de total opacidade relativamente aos seus patrimónios. Quem não quer ver escrutinados os seus haveres deve coibir-se de pretender dirigir o nosso país.

Senhor Primeiro Ministro,

A Celiza, o Levy, o Eneias e o Agostinho, entre outros, visionaram a geração deles como sendo a “Geração Esperança”. A minha, mercê do seu fraco desempenho na construção do nosso presente e futuro colectivo, foi por mim catalogada de “à Rasca”. Entre uma e outra estás tu, está o To Zé, está o Edmar, está o Eugénio, para mencionar apenas quatro de um bom número de  jovens cidadãs e cidadãos que souberam construir uma imagem de sucesso, nas áreas em que desenvolvem as suas actividades. Se calhar, vocês têm algo a aprender e a ensinar uns aos outros, num processo interactivo de consolidação num todo das diversas experiências de sucesso por cada um vividas. Uma vez sistematizados esses conhecimentos, talvez devam ser apropriados pela Geração Esperança e transmitidos para além dos redutores limites partidários, reforçando assim a crença em amanhãs prenhe de FELICIDADES para os Santomenses.

Se assim fizerem, se assim fizeres, podes crer que terão contribuído para arrancar um ténue e ainda titubeante sorriso à senhora D. Alda do Espírito Santo e ao Francisco da Silva, entre outros, que do além onde se encontram, acredito, continuam a condoer-se das desditas dos santomenses.

Por: Filinto Costa Alegre

  1. img
    standard Responder

    Sr. Filintro, até certo ponto concordo consigo. Mas o sr. deve recordar que o MLSTP não estava no poder Ha 2 anos mas sim Ha 35 anos e só foi fazendo coisas sem responsabilidade. Por isso vejo que o Sr. também é um dos cúpleces deles.

    Eu apelo que não venha precionar o novo governo com lágrimas de corcodílho.

    Deixa os rapazes trabalharem em paz, o que deve fazer é dar a sua contribuição trabalhando e não com indirectas maquilhadas

  2. img
    Eng.Amado Responder

    Após ler com muita atenção cada linha desta mensagem, confesso que fiquei impressionado com a clareza e certa honestidade exposta em forma de autocríticas entre as linhas desta carta.
    Como jovem realmente espero que parte dos conselhos aqui dados sejam levados em consideração pelo atual governo, principalmente na parte que concerne a necessidade de maior interação dessa “geração intermediaria” e a posição do ministro desde já em deixar claro a sua luta pela corrupção fazendo a declaração de bens, o que quer dizer consequentemente que essa atitude deve estender-se para os restantes membros do novo governo.
    Só tenho a louvar iniciativas como esta. !

  3. img
    Helves Santola Responder

    Está aí, uma intervenção que me impressionou! Isto mostra o quanto os são-tomenses estão motivados em ajudar o novo governo a reerguer STP! Espero que o executivo saiba aproveitar estas opiniões, assim com tantas outras que acredito que lhe são dadas, para fazer um bom trabalho! Meus parabenspelo artigo!

  4. img
    Madalena Responder

    Filinto é candidato as presidencias. sejam directos. claros como a agua da minha zona. Agua Clara a quime quime.
    Bolo bolo.
    O Pinto não enfrenta este homem, sabiam?
    Mas não é o meu candidato

    • img
      FC Responder

      Mas está derrotado à partida, porque vendo as coisas como estão em STP, para vencer as eleições presidencias, ou Dr. Filinto consegue muito apoio financeiro do exterior, ou acontece algo de anormal neste país e o povo vote em consciência.
      A ver vamos se ele consegue reunir os apoios suficientes para esta empreitada.

  5. img
    Bilá Cabá Fono Pele Responder

    Filintro é um dos homens serio de S.Tom´
    e e Principe. Mais acho que ele deve Candidatar em 2016. S.Tomé e Principe necessita para os proximos 5 anos de um homem com expperiencia como presidente estabilizar o país nos proximos 4 anos e melhorar a nossa imagem no exterior.

  6. img
    Pedro Sousa Responder

    Também ganhas uma boa massa no Banco Central, nem vem porque não tem. Senhor é irmão do nosso conhecido “yes” que junto aos bandos do PCD deu cabo da caixa de poupança e credito, fizeram empréstimo e até a data não devolveram nenhum cêntimo? STP está assim também por vossa causa. Nenhum de vós é inocente em STP.
    Os únicos inocentes são as gerações a partir 1975.

  7. img
    Zé_Quim Responder

    Filinto de facto quer ser presidente, a coisa está ficando séria.

    Mas, sinceramente não o considero como alguém que reúna o perfil para PR, se não vejamos:
    1 – Publicamente foi fazendo comentários sobre o comportamento do Fradique, muito bonito, sinal de coragem, honestidade intelectual mas …. quando recebeu o convite para ser membro do Conselho de Estado, o gato mordeu-lhe a língua.
    2 – Intitula-se alguém sem uma cor política definida, muito bonito, técnico exemplar, integro mas, … tudo quanto for tacho que possibilita estar à sombra vai acumulando-os sem dó nem piedade.
    3 – Tem alguma aversão aos jovens nos níveis de decisão mas,… só é válido quando a pessoa em causa não é alguém que lhe interesse.

    Enfim, penso que é suficiente. Entretanto, me responda:
    1 – Será que ao longo de todos estes anos, sendo o Sr. um elemento da cívica não participou na governação deste país apenas por não se identificar com os ideais?
    2 – Não será que o problema da sua “rivalidade” com o Pinto da Costa tem a ver com o facto de na altura entender que deveria ter sido o eleito presidente da República?

    Sinceramente tenho-o como alguém de respeito mas, não tente, em momento algum, enfiar o dedo nos olhos da população, as coisas mudaram meu caro.
    FUI

    • img
      FC Responder

      Tem toda a razão, de facto tem toda a razão, Zé_Quim!

  8. img
    Carlos Ceita Responder

    Nota 10 ao Dr Filinto Costa Alegre grande saotomense. Subscrevo tudo quanto afirmou.
    Lamento discordar do Bilá Cabá Fono Pele. Com formação académica os conhecimentos que tem sobre o pais a sua historia e os santomenses. A experiencia como deputado e sobretudo a seu carácter e integridade moral merece candidatar como presidente agora.
    STP não pode esperar mais. Não encontro outra figura com mesma dimensão etica para um cargo deste no nosso país. Se for candidato tem meu apoio 100%. Eventualmente Pinto da Costa VS Filinto C Alegra isso promete. Viva a democracia.

    • img
      Zé_Quim Responder

      Não sei porque razão mas, este discurso cheira-me a preparação de terreno para eventual tacho na presidência.

      Força meu caro mas, tente ser um pouco coerente, afinal de contas o nosso Filinto já ocupou directa e indirectamente alguns cargos importantes no país e, na prática nada de valor acrescentado.
      Sabia que o mesmo foi e é assessor de alguns elementos afectos a órgãos de soberania? ah pois, perca algum tempo e descubra.
      FUI

  9. img
    António Veiga Costa Responder

    O povo santomense está um povo rançoso. Só pensam no viés partidário. Não pode aparecer nenhum cidadão gritando verdades ou difundido ideais de seriedade, coletividade e cidadania que é imediatamente acusado de estar a serviço de partido a ou b – ou de ser candidato a Presidente da República.

    Será que um homem só pode ser de bem se for filiado a algum partido? Eu, de minha parte, tenho a certeza de que não.

  10. img
    Só visto!!!! Responder

    Subscrevo a carta aberta…
    Está muito bem redigida e posso dizer… E AGORA? AGORA VAMOS TRABALHAR MAIS E MELHOR PARA O BEM DO POVO DAS ILHAS MARAVILHOSAS.

  11. img
    José Maria de Menezes Responder

    Parabens Filintro sei que es um homem que pode fazer a diferença e mudar a historia de S.T.P. vou torcendo e apoiar a sua posivel canidatura para as eleição Presidencial em 2011e acredito que muitos como eu vai apostar em si.
    Até breve.
    José Maria de Menezes.

  12. img
    Responder

    Muitos palpites para 2011, querem banho?

  13. img
    Leopardo Responder

    Filinto … Seja mais activo na sociedade civil. Escrever as vezes não basta… Quero ver-te a realizar palestras e por em patrica os teus sonhos. Todos para um S.Tomé melhor.

    • img
      Zé_Quim Responder

      Melhor não podia ser.
      Excelente.

  14. img
    matacede que cane Responder

    Tenho de felecitar ao sr pela sua clareza em criticar cosntrutivamente este novo governo e fazer saber o mesmo que para dar exemplo de limpeza de corupção deve por ele.Como disse muito o Emery deve em 1º lugar fazer declaração total e transparente dos seus bens para dar exemplo aos seus pupilos. Porque a melhor forma de dizer é fazer.

  15. img
    Pedro Neves Responder

    Homem integro, inteligente e corajoso. Conheço-o pessoalmente desde os tempos do liceu e da acções que desenvolvemos na civica. Não tinha medo dos colonos nem dos vassalos do Pinto durante a ditadura.
    Desde que se afastou do PCD, investiu na juventude, participou em várias iniciativas da sociedade civil, entre as quais um pacto de regime sobre a justiça em 2002, o Novo Rumo em 2006 e a Ordem dos Advogados nos últimos anos.
    Filinto, acompanho tudo o que tens feito e agora espero que leves essa luta até ao fim. Não deixes esta terra entregue a ladrões e preguiçosos. Tens que ser nosso Presidente em 2011.

  16. img
    Fernando Magalhaes Santana Responder

    Coitado do Filinto:
    Felinto ja foi um bom rapaz, revolucionario e corajoso na altura de associacao civica. Depois se tornou num dos grandes jogadores que deram cabo de Sao Tome. Ha muita coisa de Filinto que contribuiu para dar cabo da credibilidade dele.
    1) Ele na altura da civida aconcelhou o povo para nao comprar casa deixada pelos colonos. As pessoas acreditaram neles mas eles comecaram a tomar casa e fazer negocios deles. e forro ficou muito chateado com eles.
    2) Ele e’ jurista de banco todo esse tempo so a fazer negocios. pergunta bem la aos funcionaros do banco.
    3)Filito e’ dono da empreza SOCOGESTA que gere o processo de Porto de agua profunda paraoEstado de STP. Repara, uma empresa privada dele e sua familia, e’ que gere processo do Estado. Governo mesmo nao sabe nada sobre porto de aguas profunda. O governo e’ regularmente informado, e mais nada. Por isto que o processo e’ todo uma pura mentira para comer dinheiro e comprar grandes carros.Investigam e vao saber toda aldrabice.

    Se nao fosse essa jogada toda, Filinto seria um bom homem. Ele escreve bem, mas as accoes dele sao muito tristes, pis esta envolvido em muita coisa suja. Pra ja Filinto tem muito odio do pai de Patrice, muito odio de familia, e isto e’ triste para Sao Tome. O que ele esta a fazer agora e’ pura jogada politica e Patrice sabe disto mito bem. Nao acreditam no Filinto por favor.

  17. img
    Ricardo Ferreira Responder

    É mt impressionante a forma como,AGORA, aparece um monte de gente com as melhores ideias, melhores pensamentos e melhores conselhos pra dar… só aparecem de QUATRO EM QUATRO ANOS, É IMPRESSIONANTE!!

    Por amor de Deus: ESCREVAM LIVROS, senhores intelectuais, ESCREVAM LIVROS. Ao Filinto, ao Pinto, à tds os outros que vierem a escrever cartas ou dar entrevistas, por amor de Deus, ESCREVAM LIVROS.

    Dariam um grande contributo à nação!!

  18. img
    Só visto!!!! Responder

    Concordo consigo Leopardo…muito bem visto…

  19. img
    Kekwa Responder

    O Filintro deu a cara, o que é salutar para o seu partidozinho. STP precisa de soluções para avançar. Essa carta de Filintro demonstra que ele foi um bom aluno da area de Letras no liceu e na universidade. Mas STP quer soluções, e modéstia a parte, Sr Filintro, o senhor está ultrapassado…

  20. img
    Tico Neto Responder

    Caro Dr Filintro C. Alegre!
    Alguém escreveu um dia isto “o homem sonha e a obra nasce”,pois, quero com isso dizer que o Sr. sempre sonhou e a sua obra aonde está!?Essas palavrinhas muito bem redigidas nota-se vindas dum intelectual…e o resto!?Todavia, gostava que as mesmas palavras fossem redigidas na época em que o seu irmão Norberto C. Alegre foi primeiro ministro e sua esposa ministra dos negócios estrangeiros.Respeito a sua opinião ou sei lá…comentário, só que vem tarde demais e muito ultrapassada. Sr Dr, V.Excª tem moral suficiente pra falar em luxarias e exposições(declarações) dos bens pessoais!? Porque na prática seria o mais sensato todos os governantes antes de exercerem qualquer cargo público exporem todos os bens para demostrar a total credibilidade, mas quando leio estas suas declarações demagógicas fico enfurecido do tédio. Vocês todos, os gatunos do povo não são culpados…culpada é a justiça e o poder judicial corrupta que não funciona. O contrário, todos que directa ou indirectamente contribuiram para arrrrrruinar esta linda nação, o mínimo era confiscar seus bens e ou estarem todos atrás das grades apanhando BORRRRRACHAS!!!Vocês seus filhos da p…não são culpados…!Tenham toda a certeza que, se esta PORRRRA não mudar ainda surgirá um Bin Laden nesta terra…quem avisa amigo é…! Um abraço a todos.

    • img
      Atento Responder

      Amigo. Insultos e palavrões não o levam a lado nenhum. Em vez de apoiar a iniciativa de exigência de apresentação da declaração de bens pessoais, o meu amigo vem dizer que esta ideia já vem tarde. Santomense só critica. E quando alguém propõe algo de concreto, aparece logo outro a criticar e a desacreditar quem propõe.

  21. img
    dulce pequeno Responder

    Para ser sincera é a primeira vez que leio um artigo tão bem estruturado ,com essência num jornal nosso . Temos gente muito capaz , inteligente, porque não colocar estas qualidades ao serviço dos outros , ou mesmo ao serviço deles proprios , como por exemplo escrevendo , transmitindo aquilo de melhor sabem fazer?

  22. img
    Digno de Respeito Responder

    Sem dúvida, um texto bem redigido. O seu conteúdo deveria ser considerado uma apelo nacional e não apenas direcçionado ao novo elenco.cional. Pois, lamento apenas o facto do seu conteúdo ético ter sido revelado (só agora). Mas, nunca é tarde para exprimir o que cada um pensa. E aproveito acrescentar que a revelação dos bens do eventuais executivos da Nação deveria fazer parte da nossa constiuição e bem como a respectiva regulamentação. Assim, qualquer executivo (ou mesmo os futuros ) estariam de consciência tranquila perante o seu povo que depositou ou vai depositar a confiança. A revelação do bem patrimónial no meu ponto de vista, constitui seriedade e honestidade parante as palavras ditas e os actos revelados ou a revelar. Até hoje, ainda não tive a oportunidade de conhecer qualquer algum deputado eleito pelo povo santomense que se levantasse e apresentasse uma proposta quer de forma individual ou mesmo em nome da bancada do qual faz (ou fez) parte ou representa e reclamasse, sobre a revelação dos bens partimoniais de cada elemento constituinte antes, durante e depois da legislatura ou da governação. Entendo, que nunca seria demais pensarem em democracia participativa onde a sociedade civil é chamdo a responsabilidade pelo que é feito. Reforçando o texto que que origina comentários, fica a sugestão para os que pensam ou pensaram algum dia em fazer parte da equipa decisora em nome da democracia.

    Caros conterâneos, tendo em conta que difícilmente se encontra obras literárias sobre os vários momentos da nossa história e factos culturais, que tal se um dia fosse promovido um ciclo de conferência ou turtúlia sobre a história e a cultura do nosso País onde poderiamos contar com figuras como: Filinto C. Alegre, Henrique P. C., Pinto da Costa, Miguel Trovoada, Albertino Neto, Tomás Medeiros e Dr. Pôa? Será que o encontro entre a antiga e a nova geração sobre os vários momentos da nossa história não seria útil ao desenvolvimento? Acho que teriamos mais elementos que ajudaria a reflectir e falar com substância sobre os vários momentos que atravessamos que parecendo que não, faz parte ainda do quotidiano ou mesmo permitir-nos-ia perceber onde falhamos e como fazer melhor para superar todas as dificuldades da nossa vivência sociocultural.

    Que o fim de semana seja bom para todos santomenses (dentro e fora do País) e votos de boa saúde…

    • img
      Zovirax Responder

      Concordo plenamente contigo. Muito sinceramente para a valorização da história de STP, os senhores; Filinto C. Alegre, Henrique P. C., Pinto da Costa, Miguel Trovoada, Albertino Neto e muitos outros deveriam escrever livros que relatassem factos, desde a formação de CLSTP ate’ os nossos dias. Seria um contributo fundamental para o desenvolvimento de STP, pois, um povo que não conhece a sua própria história dificilmente atingirá o desenvolvimento e progresso.

  23. img
    Antonio Amado Vaz Responder

    Filinto Costa Alegre: Eu gostaria QUE ME FOSSE PERMITIDA AUTORIZACAO para investigar e fazer uma auditoria total e completa `a empreza SOCOGESTA.

    Filinto Costa Alegre e’ “…dono da empreza SOCOGESTA que gere o processo de Porto de agua profunda para o Estado de STP…”

    Antonio Amado Vaz
    Nao faco parte da Geracao Esperanca.
    Estou do lado do povo Sao-tomense, amor a patria, e sem nenhuma afilhacao partidaria.
    Nova geracao cometida na Revolucao Intelectual e honestidade para com dinheiro do povo!!!

    Filinto, concordo com os teus “PAPOS” e subcrevi-me contigo “há dois anos quando Rafael Branco foi investido como Primeiro Ministro.”

    hey, about more than a decade ago, you beat me once in a Chess game, only once, but we ended up even in the end; you gave up on one match that I was having advantage to win, and finally, we came out even on others. I still remember! Onde para o Kalo’?

    Filinto, ainda e’ muito prematuro fazermos julgamento deste novo Governo. Todavia, o pedido de declaracao de bens deve ser feito—Se Patrice Trovoada esta interessado em “abrir o jogo” e por as “cartas na mesa,” entao ele tera que demonstrar integridade e dizer ao povo Sao-tomense quntos milhoes de dolares Norte Americano, o montante que tem em moeda nacional; Dobras, em Euros, CFA, etc., igualmente, toda propriedade dele e da familia dele, fora e dentro de Sao Tome e Principe—isto e’ imperativo!
    Nao queremos guerra em STP!!!

    Nota: Nao estou interessado em trabalhar com corruptos, mais sim puni-los severamente!

    STP para o povo Sao-tomense, nao para um grupo de gatunos traidores da patria!

    Ja disse

  24. img
    CT Responder

    Que belo inicio da campanhã!! É só para começar a dar nas vistas e ser popular em 2011.
    Tu calado ficas melhor.

  25. img
    Antonio Amado Vaz Responder

    Deixem Filinto em paz! Ele e’ tb um filho da terra—
    Cada um que contribua como poder!

    Eu irei solicitar junto ao Governo Norte Americano muita verba destinada para a construcao de uma grande cadeia de prisao segura sofisticada (Maximum Security Prison) para fechar (Lock-up) todos aqueles que roubaram e roubam o povo Sao-tomense!

    Aqueles que devolverem todo o dinheiro roubado ao longo dos anos, a Direccao de Financas, e ao Tribunal de Contas, serao insentos de castigo!

    Os detidos; gatunos que roubaram o povo Sao-tomense, irao aprender a trabalhar fora de escritorios, onde fabricarao produtos manufacturados de utilidade publica, e tambem limpeza de ruas e trabalho agricula para sustentar despesas de custo de encarcerrrramento. Os ricos implicados e os corruptos nao serao excepcao!

    Verbas para Jornalismo isento, credivel, e transparente,
    Verbas para agua potavel e electricidade serao tambem “items” incluidos na agenda do dia.

    Entrara em vigor efectivamente!

  26. img
    Antonio Amado Vaz Responder

    ONDE ESTAO OS:
    Dados Economicos de Sao Tome e Principe? Dados Estatisticos e Financeiros?

    O povo Sao-tomense deve estar informado sobre o dinheiro do povo—Como esta esse dinheiro a ser gerido? Como e’ e sera investido esse dinheiro? Como e’ o dinheiro gasto, e em que^? Quanto e’ a despesa annual do Estado? Banco Central de STP (Auditoria e Fiscalizacao)? As dividas do pai’s? Taxas de Rendimento e contribuicao no Seguro Social? O montante, o valor total que STP recebe em doacoes e ofertas? Quanto e’ que STP produz anualmente? Quanto e’ que o Estado gasta na Administracao Publica?
    Facturas de viagens necessarias e viagens disnecessarias? Despesas com as embaixadas e consulados de STP?
    Esclarecimentos e detalhos sobre “Projectos” financiados pelo Estado Sao-tomense?

    Escandalos Financeiros e Abuso de Poder e Abuso de Privilegio e Abuso de Autoridade?
    Compras de casas e carros com dinheiro do povo o dinheiro roubado?
    Onde entra e onde sai o dinheiro do povo? Pagamento de contas, compras disto e daquilo para que^ e porque^?
    Estas e outras sao materias de destaques muitissimas importantes para o conhecimento do povo.
    Auditoria geral!
    Fiscalizacao geral!
    Inspeccao Geral!
    Cadeia ou Prisao Geral para evitar Guerra—Nesta material, temos obrigacao de cumprir a vontade popular!

  27. img
    BLAGA PENA Responder

    Lei da probidade publica no pais para todos os dirigentes do pais, presidente, assembleia, governo, autarcas e todos responsaveis de cargos publicos, fui

  28. img
    Queixada Responder

    Sr. Filinto, li atentamente a sua carta aberta e concordo consigo nalguns ponto alí focalizado.Mas o importante para mi, é ajudar dar indeias concisas para ajudar o elenco. Força meus senhores.

  29. img
    dinheiro é capim Responder

    Senhor Patrice, o grande lutador contra a CORRUPÇÃO faça já a declaração do seu patrimonio e as dividas que tens com o fisco americano. O povo quer saber tudo.

  30. img
    Lucio Ceita Responder

    CONCORDO PLENAMENTE COM O SENHOR STANDARD E ZE QUIM.PARA DIZER O SEGUINTE:
    SABEMOS QUE SENHOR FILINTO É UMA PESSOA SERIA MAS………………….EU PESSOALMENTE LAMENTO A SUA CARTA ABERTA, HOUVE TANTAS COISAS QUE SE PASSOU NO NOSSO PAIS QUE NÓS SANTOMENSE ESPERÁVAMOS UMA DECLARAÇÃO EXPLICAÇÃO SUA ENQUANTO QUADRO COM GRADE GRAU DE SABER NA ÁREA DE ADVOCACIA,FOI GRANDE MEMBRO DA CÍVICA E NÃO SÓ…………………………………….TEMOS QUE FALAR SEMPRE QUANTO POSSÍVEL EM PROL DO NOSSO PAÍS E NÃO FALAR SOMENTE QUANDO NOS CONVÊM , ……….E MAIS POR VEZES PARA APERCEBEMOS DE ALGUMAS COISAS OU FICARMOS MAIS ESCLARECIDO TEMOS QUE RECORRER AO COMUNICAÇÃO SOCIAL ESTRANGEIRA….. MOMENTO DA VERDADE NINGUÉM FALA TEMOS QUE DEIXAR DE SER HIPÓCRITA. VIVA JUVENTUDE, VIVA O NOVO ELENCO GOVERNATIVO, BEM HAJA A STP, VIVA ADI E CHEFE DO GOVERNO E DR VARELA EM PARTICULAR.

  31. img
    Dignode Respeito Responder

    Caro Zovirax, apenas agradeço. entretanto, esqueci-me da outra figura que talvez tenha sido em algum momento (dito hisórico) que nada de documental (parece não existir). Refiro-me ao António ONÉ e Tomás Medeiros que poderia ser um superte para a partilha de conhecimentos entre a antiga e nova gerção. Só assim entendo que os supostos erros ou falhas não se repitam. Acho que escrever é bom mas saber faze-lo e com amor e dedicação é muito importante.

  32. img
    Madalena Responder

    O Dr Filinto podia ser um candidato natural, mas tem defeitos como todos nós. Gosta muito de consultorias!!! É pouco social, nem fala com a gente, não conhece Sao Tome e Principe, nem aqueles que lhe são familiares. Está metido em estudos de toda a indole. Até chegou a responder o Fradique que, eu vende o Cacau e o Filinto vende conhecimentos, o saber.
    O senhor precisa de 10 anos para ser conhecido, lá no mato, roça. Quifindá Conhece? Cassuma? Obo Longo conhece? Conhece Paciência, ribeira Formiga?
    Connece sim as finanças,PNUD, Banco central, Tribunal e palacio do Governo.
    As pessoas que podiam votar para defender os tachos, ja votaram na cidade e pouco ligam as presidenciais, aquele zepovinho, que está sempre com falta de grana, quer falar com o presidente por tudo e por nada, vive no bairro degradante.

    • img
      Atento Responder

      Madalena, qual é então a sua sugestão para que pessoas honestas vivam neste país? Todos temos que vender cacau, cerveja e cimento? Outros não podem viver de consultoria juridica prestando serviços para o sector público e privado?
      Quem lhe dá o direito de se considerar mais conhecedor de São Tomé que os outros? Eu mesmo já participei em vários passeios organizados por Filinto Costa Alegre e António Correia para Bindá, Juliana de Sousa e várias dependências de Monte Café, Agostinho Neto e Agua Izé.

  33. img
    soba Responder

    voces todos são farinha do mesmo saco, vossas cara cheira dinheiro roubado do povo santomense. deixa de roubar terra avança, STP é uma ilha insular, não sei se é devido a sua insularidade ou vosso orgulho de viver bem que os outros irmãos vivem a vos pedir fazor na vossa porta por parte da necessidade de dia a dia.

  34. img
    Atento Responder

    Ao pessoal do Pinto e dos outros partidos interessa dizer que o Dr. Filinto também faz parte do grupo ionó. Gente que como eles também andou a roubar-nos. Vocês querem é sujar rapidamente todos os que ao longo destes anos não participaram no vosso banquete. Não vão conseguir. São Tomé e Principe ainda tem gente séria. Gente que trabalha.

    Pinto da Costa saiu do poder há vinte anos e nunca mais trabalhou. Só sabe concorrer pra ser presidente e perder nas urnas.

    Montou alguma empresa pra dar emprego? Deu aulas? Escreveu livros? Lançou ideias novas em artigos e teses? Só sabe viver à nossa custa com a pensão que o Estado dá aos antigos presidentes.

  35. img
    RECORD Responder

    As minhas felicitações, Dr. Filinto Costa Alegre.

    Acabo de ver que parte significativa dos comentários visa intimidar-lhe, quando os seus autores deveriam nesta altura pensar de forma positiva no bem-comum. Além das cores políticas, os santomenses estão separados por grupos específicos de amigos, compadres e familiares. Até quando? Sejamos realistas, sem ter que denigrir a imagem/funções deste ou daquele só porque não é dos nossos…
    A multivalência e a polivalência são atributos cada vez mais raros, tanto é que não somos bons em todas as áreas, pelo que urge potenciar as nossas forças e admitir as nossas áreas de fraqueza, onde os outros podem ser mais fortes. Aí sim a interacão é mesmo fundamental… Se assim nos comprometermos é a própria nação que sai a ganhar.
    Cada um tem uma função e uma responsabilidade para com este país, desde o simples servente, sapateiro ou taxista até ao mais alto responsável.
    Ao invés de puxarem a corda pelo lado oposto, deveriamos todos apoiar os que já puxam pelo lado do progresso.
    Força à Mudança!

  36. img
    Madalena Responder

    Há um ditado chinés que diz. Nunca se deve voltar ao local, ou posto onde se foi muito feliz”
    quem ja foi feliz enquanto director, ministro, procurador, presidente, 1º Ministro, etc, se foi realmente feliz não deve voltar a sê-lo. A não ser que foi infeliz toda a vida nestes postos.
    Chinês é povo muito antigo, por deve respeito.
    Senhor Atento, dinheiro honesto, não é pecado. O rico que tem dinheiro, só é pecado se usa aquela fortuna só para si, e não ajuda os outros. Deve partilhar, não é dar. Reconheço as valências do Dr Filinto, por isso mesmo que é melhor continuar tecnocrata(das leis e artigos), Pode correr o risco de não ir a um acto público por ter compromissos de estudos para apresentar, não visitar os jovens em seminario, devido a grana. FICA BEM.

  37. img
    Polvo Paul Responder

    O eng. Tony Aguiar e’ coordenador do GIPA (Gabinete para controlar todos projectos de Porto e Aeroporto de STP) junto ao ministro de Obras Publicas, em nome da SOCOGESTA. O eng.Tony nao e’ funcionário do estado mas sim, da SOCOGESTA, uma empresa privada que gere os projectos para o estado santomense. Outros membros dessa empresa, e’ dr. Felinto Costa Alegre, eng. Norberto Costa Alegre, etc…. O governo de STP esta’ amarado nas maos destes senhores. Eles e’ que gerem os projectos ligados ao porto e aeroporto. Convencem o governo a formar a máfia intelectual e assim ficou. O ridículo ainda e’ que o Felinto era conselheiro jurídico do ministro Delfim Neves e outros ministros do PCD e ao mesmo tempo e’ dono da SOCOGESTA que gere os projectos de porto de aguas profundas e desenvolvimento do aeroporto. Isto ainda não e’ conflito de interesses? Em vez de colocar tuno nas mãos de uma só família privada, acho que devia ser o governo de STP a gerir o projecto de águas profundas e aeroporto através do seu ministro encarregado. Simples. Em vez de criar o saco azul

    2) Os salários do membros de SOCOGESTA/ GIPA são altíssimos e em Euro. Ate há cidadãos e deputados de partidos como MLSTP que no fim de cada mes vão ao ministério receber salários (2000-3000 euros) naquele gabinete de Tony Aguiar, para fechar a boca. As pessoas não trabalham mas vão lá receber salário altíssimo em euro. Neste andar nunca haverá nenhum porto de águas profundas perante tamanha corrupção. Haverá’ talvez porto de aguas xelele’ no cofre de estado.

    3) Falando de transparência, olhem só que tipos de viaturas do eng. Tony e do dr Felinto? Não e’ por coincidência. Toda gente agora tem que ter carro melhor ou igual ao dos ministros. Acho que uma sindicância no processo de águas profundas, SOCOGESTA, GIPA deveria começar por fazer melhor sentido do que exigir apenas ao Patrice Trovoada a revelar as suas contas bancárias.

    4) Espero que o ministro actual tenha coragem de desmantelar a rede que tem no seu ministério a começar por alguns funcionários que estão lá mais perto dele. Sr. Ministro analisa os salários por favor, sua origem e suas aplicações e com uma lupa forte. Boa sorte.

    Autor: Fernando Magalhaes Santana

Deixe um comentario

*