Eleições presidenciais

“O meu adversário nesta eleição é Evaristo de Carvalho não é Patrice Trovoada”

Declaração de Pinto da Costa em entrevista exclusiva ao Téla Nón.

Téla Nón – Pediu nos últimos dias de campanha uma vitória clara à primeira volta mas não conseguiu. Foi uma vitória com sabor a derrota?

PC- Não. De maneira nenhuma. Não deixou de ser uma vitória clara. O povo Santomense entendeu a minha mensagem e decidiu atribuir-me um número total de votos praticamente igual aos dois candidatos mais votados em segundo e terceiro lugar.

Téla Nón – Porque pediu uma vitória à primeira volta?

PC- Atendendo à situação económica e social em que o país se encontra e considerando os custos elevados de mais uma campanha eleitoral, além de uma certa paralisia da vida nacional que sempre se verifica em época de eleições, julgo que teria sido preferível resolver tudo na primeira volta, mas naturalmente o povo é soberano e eu respeito a capacidade de decisão do nosso povo.

Téla Nón – Ao comentar os resultados eleitorais denunciou o levantamento no último dia de campanha de uma avultada quantia na banca. Com que objectivo?

Eu não denunciei. Eu apelei a que o assunto fosse investigado tendo em conta notícias previamente divulgadas na comunicação social, nomeadamente no Téla Nón. É o que acontece em qualquer regime democrático. É preciso, de uma vez por todas, combater a inércia instalada na nossa sociedade que leva a que se aceitem como normais, situações que ultrapassam claramente o domínio da normalidade.

Téla Nón – Apelou ao Procurador-Geral da República para que abrisse um inquérito mas até agora nada aconteceu.

Fi-lo como cidadão preocupado com a transparência da nossa democracia. Apenas isso. Ao Senhor Procurador-Geral da República cabe definir o âmbito da sua actuação. Dizer mais do que isto poderia ser interpretado como uma tentativa de influenciar e condicionar a sua decisão. Assegurar uma clara independência do poder judicial face ao poder político, e vice-
-versa, deve ser uma preocupação constante e de todos. Sem prejuízo do que acabo de referir, é um facto que até à presente data não houve confirmação da abertura de inquérito criminal, sendo que o povo aguarda a respectiva abertura e a investigação correspondente, o que não pode deixar de suceder perante a suspeição criada pelas notícias vindas a público. Além disso, o povo não entenderá que as conclusões fundamentadas de tal inquérito não sejam publicadas, ou seja, tais conclusões terão que ser públicas.

Téla Nón – O seu apelo ao procurador-geral da república foi criticado pelo primeiro-ministro.

Admito como natural que o primeiro-ministro, devido às funções que ocupa, tenha informações sobre o que se passou de que eu não disponho e que lhe permitiram fazer as afirmações e esclarecimentos que entendeu prestar. Na minha intervenção não fiz qualquer referência ao governo. Em qualquer regime democrático é normal que situações denunciadas na comunicação social sejam investigadas pelas autoridades. O Procurador-Geral da República como órgão superior do Ministério Público tem o dever de defender a legalidade democrática no país e de promover a acção penal. Havendo, como há suspeições graves sobre práticas de entidades não identificadas, deve ser ordenada a abertura de um inquérito. Na minha qualidade de cidadão e de candidato à Presidência da República não me posso demitir das minhas responsabilidades.

Téla Nón – Mas não foi só essa crítica que Patrice Trovoada lhe dirigiu. Já na campanha o tinha feito. Como comenta as suas intervenções na campanha e depois das eleições?

PC- Acho que são intervenções normais, próprias de um líder partidário que está a lutar para que o candidato do seu partido ganhe as eleições. Nada mais que isso.

Téla Nón – Patrice Trovoada sugeriu que pedisse conselhos a antigos presidentes e primeiros-ministros para melhor entender o sistema político actual…

PC- Eu sei o que disse e tem dito o secretário-geral do ADI. Em matéria de conselhos tenho procurado aconselhar-me, sobretudo, junto do povo onde tenho encontrado outro tipo de preocupações. Tenho de confessar que tenho aprendido grandes lições. Desde logo que uma das grandes prioridades para o país terá de ser, nos próximos anos, a de vencer a pobreza. Temos de, uma vez por todas, unir esforços para acabar com o sofrimento de todos os que vivem sem condições mínimas de sobrevivência e dignidade. Sem bens essenciais, como por exemplo, o fornecimento de energia eléctrica e água.

Téla Nón – As críticas que o primeiro-ministro lhe tem dirigido não poderão colocar em causa um futuro relacionamento e cooperação institucional com o primeiro-ministro?

PC – Da minha parte não. O que está em causa dia 7 de Agosto é a eleição de um presidente da república não é a escolha de um novo governo ou de um novo primeiro-ministro. É uma distinção que deve ficar clara para toda a gente e sobre a qual não tenho qualquer dúvida. O meu adversário nestas eleições é Evaristo Carvalho não é Patrice Trovoada. O próprio primeiro-ministro admitiu que a sua participação nesta campanha tem sido feita na qualidade de líder da ADI. Cabe aos eleitores e não a mim apreciar a campanha de cada um dos candidatos e tirar as suas conclusões.

Téla Nón – Mas acha que os eleitores conseguem distinguir se é o primeiro-ministro ou o líder da ADI que está a criticá-lo?

PC – Essa é uma pergunta que deve ser colocada ao primeiro-ministro. Note que o povo é soberano e eu não sou daqueles que pensa que o povo não sabe decidir. O povo sabe distinguir, sabe interpretar e estou certo que saberá decidir o que está em causa nestas eleições presidenciais.

Téla Nón – Existe ou não risco de os eleitores concluírem que nestas eleições estará em causa uma luta política entre o candidato Pinto da Costa e o primeiro-ministro Patrice Trovoada?

Ninguém ouviu na minha campanha qualquer crítica ao chefe do governo. Nem vão ouvir. Eu defendo que os governos devem cumprir os 4 anos da legislatura. Escrevi-o no livro “Terra Firme”, classificado como manifesto eleitoral por uma conhecida e prestigiada jornalista. Essa é pois, uma promessa que vou cumprir caso seja eleito.

Téla Nón – Disse, no entanto, que havia um dever de reserva do primeiro-ministro durante a campanha eleitoral.

PC – É a minha opinião. Repare, por exemplo, no que se passou com o actual Presidente da República. Fradique de Menezes tinha a sua preferência mas optou por não declarar simpatia ou apoio a qualquer dos candidatos que se apresentaram ao sufrágio do passado dia 17 de Julho. Julgo que o terá feito em nome do sentido de estado e da isenção que as elevadas funções do Estado que exerce, lhe exigem.

Téla Nón – Para concluir e voltando à sua intervenção da passada quarta- feira. Houve quem o criticasse por ter afirmado que não estava disponível para negociar acordos para esta segunda volta acusando-o de arrogância.

Eu julgo que foi evidente o que afirmei. Tão evidente que Delfim Neves, Maria das Neves e Elsa Pinto, o compreenderam e declararam o seu apoio à minha candidatura sem qualquer contrapartida. Recordo ainda que Aurélio Martins já o havia feito ainda antes de eu ter produzido essa afirmação. Admitindo, no entanto, que possa ter sido mal entendida queria dizer apenas o seguinte. Não vejo o que é que um candidato a presidente da república teria para oferecer em negociações desse teor. Tratando-se de um órgão unipessoal estão em causa as propostas com que me apresentei ao eleitorado resultantes das minhas convicções sobre o que julgo ser melhor para o país. Todos estarão de acordo, que convicções não são negociáveis. O que esteve em causa nessa declaração foi tornar claro que a minha candidatura não é um projecto de poder a qualquer preço e sujeito a qualquer tipo de aritmética eleitoral. Só posso lamentar se algumas pessoas não o entenderam. Pelo meu passado, pelo papel que desempenhei na história deste país, tenho uma dívida para com os santomenses que quero saldar caso seja eleito e que passa por tudo fazer para colocar finalmente o país no caminho do desenvolvimento sustentável. Vencendo a instabilidade. Vencendo a corrupção. Vencendo a pobreza. Tenho a certeza que é possível e todos serão necessários para podermos ganhar esse futuro já a partir do dia 7 de Agosto.

FIM

    65 comentários

65 comentários

  1. Maiker

    31 de Julho de 2011 as 9:07

    Muito bem.viva o Pinto
    Ja ganhou

    • luis rosa

      31 de Julho de 2011 as 9:56

      Grande Pinto. respostas claras e firmes. Fica-me uma duvida no que conserne a corrupcao. Como podera lutar contra a corrupcao tendo Delfim Neves presumivelmente um dos maiores corruptos nacional como seu grande aliado.Haver vamos. E ainda lamental a forma como foi conduzida essa entrevista. Sem qualidade e prova disso e que o entrevistador nem siquer teve a coragem de assinar por baixo. Tela non realmente perdeu qualidade. Mas no que diz respeito a Pinto nota 20 respondendo de forma inequivoca as questoes.

    • Isabel Santos

      5 de Agosto de 2011 as 10:34

      Sim, o Dr. Manuel Pinto da Costa, tem de facto uma grande divida para com o país, quando ele começou a governação logo a seguir do colonialismo, ainda havia “país” quando terminou o mesmo já caminhava a passos largos para a degradação. Espero que ele não adopte o mesmo regime.

      Diz-se que as pessoas não mudam, modificam-se quando querem.

      Uma boa oratória, firmeza nas palavras nada dizem, se o mesmo ganhar espero ver no “terreno” o que ele promete, porque passo a citar: “tenho uma dívida para com os santomenses que quero saldar caso seja eleito e que passa por tudo fazer para colocar finalmente o país no caminho do desenvolvimento sustentável. Vencendo a instabilidade. Vencendo a corrupção. Vencendo a pobreza. Tenho a certeza que é possível e todos serão necessários para podermos ganhar esse futuro já a partir do dia 7 de Agosto.”

      Tudo isto começou com ele, pode-se dizer que no início na governação a ingenuidade, a sede pela liberdade que pela qual se lutava há bastante tempo foram a causa de muitos erros, mas o mesmo governou durante 16 anos, e quais foram os resultados?

      Sinceramente espero que o mesmo se tenha modificado e agora se penitencie pelo que não fez, e pelo que não deixou muito dos seus companheiros fizessem pelo país durante esses 16 anos.
      Isabel Santos
      (Bela)

  2. Maiker

    31 de Julho de 2011 as 9:08

    Viva o Pinto Da Costa.
    O Evaristo é um pau mandado, até parece que o Patrice Trovoada é candidato ou seja adversário do Pinto da Costa”Pai Grande”.Deixa o Evaristo falar Patrice ou nem sequer falar Evaristo sabe, sera que o Evaristo é tão incompetente até esse ponto?
    Meu Povo votem em massa no Dr.Pinto da Costa, ele é um homem firme, um homem de prestigio, é o melhor que temos, votar em Evaristo é votar em Patrice Trovoada porque o Evaristo nem sequer tem um projecto de sociedade, o seu projecto de sociedade é “estabilidade”como é possível um cidadão candidatar ao cargo do presidente da republica só para garantir estabilidade quando o mesmo deverá tomar grandes decisões, o homem não traz um projecto ambicioso para s.Tomé e Príncipe o seu projecto é a estabilidade que pouca vergonha.
    Votem no Pinto da Costa, não votem nesse pau mandado de Evaristo Carvalho porque teriam Patrice presidente da republica e primeiro ministro ao mesmo tempo, o Evaristo não tem capacidade de decisão.
    Viva o Pai Grand

  3. Desesperado

    31 de Julho de 2011 as 9:17

    Quem fala assim nao e gago. Desde ja vejam as diferenca entre a cordialidade do Sr candidato Pinto da Costa e do nosso primeiro ministro. Quem precisa de conselhos politicos nao sei, mas de deplomacia e relacoes pessoais e publicas, ai nao tenho a minima duvida. Espero que Pinto da Costa seja paciente e quando for o nosso Presidente da Republica que de umas dicas ao nosso Primeiro Ministro para o bem de toda a nacao.

    Um bem haja a todos.

    PS: Forca STP, vamos vencer o Congo e passar a primeira etapa rumo ao Brasil 2014.

  4. Hiostrelino Vaz

    31 de Julho de 2011 as 9:42

    o valor e sempre dado ao merecido admito que ele o tem e vai conseguir como experiente que e

  5. amor

    31 de Julho de 2011 as 9:55

    MEU DEUS

  6. lino

    31 de Julho de 2011 as 9:59

    Adorei a parte final do discurso.
    pinto reconhece o seu passado e diz que quer saldar a dívida que tem conosco.
    É no minimo gratificante e de aplaudir.
    Vou votar nele.
    Ajude-nos por favor sr. pinto.
    A nossa terra precisa de encontrar confiança de investidores e organizar-se de uma vez por todas.
    Eu sou do tempo em que o sr foi presidente, confesso que o detestava.
    Mas, somos humanos e eramos.
    Da minha parte, dou-lhe beneficio de dúvidas.
    Tenho esperança que de facto faça todo o possivel para o nosso bem.
    Já merecemos.
    O país é pequeno…somos poucos e custa a entender como o país anda assim tão abandalhado.
    Está cada um por si e salve-se quem puder.
    Simplesmente vergonhoso.!

  7. Maiker

    31 de Julho de 2011 as 10:04

    O Evaristo é um pau mandado, até parece que o Patrice Trovoada é candidato ou seja adversário do Pinto da Costa”Pai Grande”.Deixa o Evaristo falar Patrice ou nem sequer falar Evaristo sabe, sera que o Evaristo é tão incompetente até esse ponto?
    Meu Povo votem em massa no Dr.Pinto da Costa, ele é um homem firme, um homem de prestigio, é o melhor que temos, votar em Evaristo é votar em Patrice Trovoada porque o Evaristo nem sequer tem um projecto de sociedade, o seu projecto de sociedade é “estabilidade”como é possível um cidadão candidatar ao cargo do presidente da republica só para garantir estabilidade quando o mesmo deverá tomar grandes decisões, o homem não traz um projecto ambicioso para s.Tomé e Príncipe o seu projecto é a estabilidade que pouca vergonha.
    Votem no Pinto da Costa, não votem nesse pau mandado de Evaristo Carvalho porque teriam Patrice presidente da republica e primeiro ministro ao mesmo tempo, o Evaristo não tem capacidade de decisão.
    Viva o Pai Grande

  8. Bernardo

    31 de Julho de 2011 as 10:21

    Acredito que meu são tome e príncipe não
    Tardar a desenvolver,e preciso estabilidade
    Politica deixar o governo cumprir os 4 anos
    Da legislatura, com estabilidade politica
    Os parceiros internacionais ajudara sem duvida
    O desenvolvimento do meu pais, para ter estabilidade politica e preciso um presidente um
    Primeiro ministro competente determinado, por
    Isso dou o meu voto de confiança a manuel pinto da costa e patricio emery trovoada dois senhores com rigor e atitude, para acabar com sistema politico do radicalismo financeiro

  9. Tomé de ceita

    31 de Julho de 2011 as 10:28

    Muito bém.viva pai grande.força e coragem

  10. Bernardo jovem milenium

    31 de Julho de 2011 as 11:00

    Francisco Fortunato pires, Oscarito ex ministro
    Da defesa, justino viegas elsa pinto xavier mendes Ovídio pequeno fradique de Menezes
    Posser da costa rafael branco manuel deus lima carlos graça maria das neves e o marido evaristo de carvalho delfim neves daniel daio tome vera cruz maria de cristo albertino Bragança armindo vaz todos aqueles k fizeram parte do governo
    De 1990 a 2010 são culpados da ma politica e espero nunca mais voltar ao poder, senhores bandos de anti-democraticos e anti-desenvolvimento são eles os maiores culpados sao eles os poderosos intocável são eles que estão acima da lei são injulgaveis donos dos património do estado,plutocraticos radicalista politico esse senhores teram direito ao emprego mas não no governo, obrigado senhor patricio trovoada por formar um governo sem esses senhores o senhor e a nossa esperança do desenvolvimento do millenium, temos que colocar esses senhores nos seus devidos lugares,são tome e príncipe e dos santomenses senhores bandos de corruptos radicais só foram ao governo saber dos seus interesses pessoais, viva sao tome e príncipe viva patricio trovoada viva manuel pinto da costa viva povo santomenses

  11. Carlos Batista

    31 de Julho de 2011 as 11:05

    Quero ouvir Pinto da Costa garantir que ira levar todos aqueles sobre os quais recaiem indicios de corrupcao a responder perante a justica. Alias, quero ouvi-lo dizer que ira fazer isso comecando pelos casos mais notorios que recaiem sobre figuras politicas proeminentes de quem tem recebido apoio nesta segunda volta.

    • Fijalatao

      1 de Agosto de 2011 as 13:23

      Sr. Carlos Baptista, não faça confusão porque o senhor Pinto da Costa actual e Pinto da costa após 07 de Agosto, é e será um Pinto da Costa diferente daquele que o senhor viveu nos tempos da guerra fria!
      O senhor Pinto da Costa actual vai ser de certeza o nosso Presidente e não o nosso Ministro da Justiça, estes casos de corrupção numa sociedade democrática como a nossa não cabe ao presidente da república mas sim a Judiciária e Ministério público. O presidente da república deverá sim, preocupar-se junto ao governo dar diligências para criação de uma barragem Hidroeléctrica sem a qual não há e nem haverá desenvolvimento, saneamento básico e água potável bem com como ordenamento do território, a disciplina e fim da pobreza! Estas são as funções primordiais que terá um presidente da república a partir do dia 07 de Agosto. E como bom samaritano que somos, devemos por pedras por cima de tudo e delinear novas políticas para o desenvolvimento deste país que bem governado será o segundo Koweit em Africa.
      Um bem haja.

      • Carlos Batista

        1 de Agosto de 2011 as 16:17

        Caro “Fijalatao”
        Nao e o proprio Pinto da Costa que durante a campanha tem prometido acabar com a corrupcao em S.T.P? Para se acabar com a corrupcao, todos, sem excepcao, devem dar a sua contribuicao. Alias, o Presidente, dentre outras funcoes que tem, deve promover iniciativas que visem o melhor funcionamento das instituicoes, incluindo-se, naturalmente, a area da justica tambem.

      • Andre Sousa Santos

        1 de Agosto de 2011 as 16:35

        Fijalatao, escreveste “como bom samaritano que somos, devemos por pedras por cima de tudo”, e mesmo isto que querias dizer?
        Queres amnistia para os corruptos? Se assim fosse, os paises democraticos deixavam de ter tribunais e justica. Amnistia para tudo, isso e que faltava.
        Este discurso teu e tipico de certas pessoas!

        • Fijalatao

          3 de Agosto de 2011 as 11:51

          Amigo André, gostei da sua observação! Não sou apologista pelo branqueamento de injustiças no país. Somente alertei as pessoas que este não é o papel do Presidente da República numa sociedade democrática! Existem Tribunais e o próprio governo em concerto tácito ou não com a presidência para o fazer! Se formos por aí nesta sociedade todos são de uma forma ou de outra…
          Por exemplo: Houve opiniões a favor de um debate entre os dois últimos candidatos!
          Pergunto; Quem irá defrontar quem? Os dois poderão sair dali feitos gagos! Entendeste o que eu quero dizer!? Por que neste país por enquanto os tribunais não funcionarem, escusa falar de julgar os políticos corruptos! A não ser que façamos justiça popular como em tempo do comunismo! Por isso não me interprete mal, está bem meus senhores1.

      • Santa Marta

        18 de Agosto de 2011 as 7:49

        É muito triste ouvir falar tanto de corrupção e agora dizer que Um Ministério que está repleto de corruptos iria combater a corrupção. Se for o tribunal que já deu provas criticando o tribunal de contas, acusando a este de promover um, julgamento dos corruptos dentro de ilegalidade em vez do os elogiar, nunca irão combeter a ilegalidade. Aumenos que se verifica uma reestruturação completa dos juízes nos tribunais.

  12. Carlos Batista

    31 de Julho de 2011 as 11:06

    Ojulgo que teria sido preferível resolver tudo na primeira volta, mas naturalmente o povo é soberano e eu respeito a capacidade de decisão do nosso pov

  13. Abronhosa Santos

    31 de Julho de 2011 as 11:11

    O Sr Pinto da Costa preferia que as eleicoes ficassem resolvidas logo na primeira, mas nao significa que teriam de ficar logo resolvidas na primeiro volta, a seu favor, como estava convencido.

  14. eves

    31 de Julho de 2011 as 11:28

    Sera que o senhor Pinto da Costa vai pagar a divida que ele tem com os santomense com juro? por que ja vai a muitos anos que o senhor nem siquer manisfesto a vontade de o pagar,e so pagaria sendo presidente

    • Fijalatao

      1 de Agosto de 2011 as 13:27

      O ” eves” esqueceu de fazer uma tabela das dividas! Seja inteligente e fale coisas sérias e concretas para o teu e o nosso bem e deixemos de mexeriquices!

  15. Jeka

    31 de Julho de 2011 as 11:58

    Meus caros,
    Vamos apoiando, quem quer de facto trabalhar para o desenvolvimento de São Tomé e Príncipe, subordinando os seus interesses pessoais, aos interesses colectivos. STP em primeiro lugar. Porém uma coisa é certa. STP necessita de um PR o mais carismático possível, até mesmo porque depois da última revisão constitucional, que limitou consideravelmente os poderes do PR, é aconselhável que a figura do deste tenha peso relativo próprio, quando mais não seja para garantir o relativo equilíbrio na separação no seio do poder executivo. De outro modo, na prática, não haverá tal separação e a democracia sairá a perder. No meu ponto de vista, não se pode colocar um sinal de igualdade entre o “UNANIMISMO” a ESTABILIDADE. Confio, pois no bom senso do povo de STP, que ao longo dos anos, tem dado provas de grande maturidade política. Afinal de contas é ele quem manda e quem ainda não percebeu isso, não está preparado para viver em democracia.
    Votemos, em consciência, pelo progresso de STP.
    Não aceitemos que a classe política nos compre por um dia, já que as oferendas denominadas como “BANHO” e “BOCA DE URNA” não mudam a condição de vida de ninguém. Haja dignidade no acto de votação, rejeição desse tipo de pratica e denúncia dos seus agentes. Ou, no mínimo, digam na cara desses políticos e dos seus agentes, que aceitam o dinheiro, por dele necessitarem, mas sem qualquer compromissos relativamente ao sentido do vosso voto. É essa a postura que se espera do povo de STP no próximo dia 07/08/2011.

  16. JOSE TORRES

    31 de Julho de 2011 as 12:12

    Voces adversarios estao a ver como se deve falar. Este senhor e um verdadeiro e unico politico que temos na terra. Foi pena que os Trovoadas e Fradiques ao enganarem o nosso Povo com o “BANHO” podessem ocupar o poder por vinte anos.
    Forca Pinto da Costa.

  17. h silva

    31 de Julho de 2011 as 12:40

    Ainda dizem k o homem e arrogante?lol patrice trovoada deveria ter aula da democracia e postura de um governante.Pinto no discurso sempre soube separar patrice como Líder da ADI do Chefe do governo. Não ia muito com a forma de estar do Fradique,mas nessa eleições,admito que deu uma lição politica e de ética a muitos políticos africanos e não só.Viva a democracia e bem estar do povo de STP….

  18. puto da rua

    31 de Julho de 2011 as 12:51

    Pai garande e nao pai grande

  19. puto da rua

    31 de Julho de 2011 as 12:57

    Mau uso do nome de alguem que uma autoridade de estado {Patrice Trovoada ou primeiro ministro Patrice Trovoada}Na democracia tem coisa? Viva RDSTP

  20. Helves Santola

    31 de Julho de 2011 as 13:01

    Gostei das respostas, mas gostei muito mais das perguntas. Parabéns ao jornalista.

  21. DEBATE

    31 de Julho de 2011 as 13:24

    Meus caros, o momento é serio e de uma grande importancia. Somos pessoas esclarecidas e devemos exigir que os candidatos esclareçam-nos sobre o que os distingue e desta forma provarem que o que os seus projectos são os melhores para o nosso país. Para isso, um debate entre PC e EC, seria um espaço por execelência para tais esclarecimento de tais dúvidas. Por isso, peço que se faça eco para que se REALIZE UM DEBATE ENTRE OS CANDIDATOS PC E EC.
    Obrigado e passem a palavra

    • Manga pada

      31 de Julho de 2011 as 16:42

      Quem não deve não teme. Os candidatos devem estar dispuníveis para o debate pulítico, se o obstáculo está nos meios públicos de comunicação social ( estes que já sabemos que estão restringidos de muitas coisas por parte do governo), porque razão os meios privados não o fazem?Estamos ou não estamos numa democracia?Em cualquer parte do mundo os candidatos as eleições presidências confrontam-se frente a frente em debates políticos, expondo as suas ideias,ilucidando ao povo, para que não hajam muitos indecisos e não só!

    • Leonel Pinto

      1 de Agosto de 2011 as 11:32

      Pois meu caro amigo, eu tambem defendo um debate frente a frente entre os dois candidatos para que se monstrem firmes e fazer acreditar os seus creditos junto do povo saotomense, e nao so. Julgo tambem que se fazem, pois, um entendimento junto dos partidos politicos e um corredor de forma a garantir parcerias com os jovens da nova geracao e derrubar esses antigos corruptos que fizeram parte do governo dos anos 90 a 2010 como alias frisou aqui um comentador deste jornal tela non.
      De dizer ainda que gostei muito sinceramente da entrevista feita ao candidato Pinto da Costa, e que ele soube responder de forma inequivoca todas perguntas feita pelo joranalista desconhecido.
      O Dr. Manuel Pinto da Costa tem creditos e personalidade politica para ser o presidente de STP e dos Saotmenses.
      Deixo aqui um apelo aos jornalista do Tela Non que se convidem os candidatos a um debate frente afrente ja nesta semana. Uma bem ahja a todos.Viva Pinto da Costa
      Viva saotme e Princpe

  22. Mangulú

    31 de Julho de 2011 as 13:54

    É com grande coragem que Pinto da Costa enfrente estas eleições. Ele, mais do que ninguém conhece bem os cantos da casa,sabe o que o país e o povo precisa.É preciso que todo o Povo vote em Pinto da Costa para tirar o país desta miséria que se encontra.
    Viva Pinto da Costa.
    Com Unidade,Disciplina e Trabalho vamos levar o País a um porto seguro.
    Unidos Venceremos.

  23. Buzio sem pena

    31 de Julho de 2011 as 14:20

    Viva

  24. zeme almeida

    31 de Julho de 2011 as 15:23

    os palavreados destes candidatos sao todos iguais quando nao assumiram o por poder,depois de estaram la adeus o povo.Nenhum politico nao para dar nimguem a nao para consolidar a sua vida economica e para da sua famila.E bom que tenhamos esta consciencia.Um caso recente que aconteceu em portugal{Cavaco Sliva}este prometeu mundos e fundos ate nada.Os candidatos antes de serem eleitos na democracia tem que dizer a verdade ao povo.Quem governa e o governo nao o presidente,ele nao passa de corta fitas e uma alta figura do estado.O porque nao dizem a verdade ao povo durante a campanha?Nao estou para defender o candidato B ou C use a vossa consciencia dizem ao povo que voces nao tem magia economica para arrancar o Pais neste poco que se encontra!Sejeis justo com vois proprio e nao enganeis este povo sofredor.Viva RDSTP

  25. zeme almeida

    31 de Julho de 2011 as 15:25

    Quero dizer{depois de estarem la adeus o povo}.

  26. Estudante

    31 de Julho de 2011 as 19:47

    Muito bem Pinto coloca o Pratice no seu lugar
    “Com Pinto chegaremos lá “

    • coisas da vida

      2 de Agosto de 2011 as 17:02

      que vergonha, os santomenses vivem na casca do caracol, com muita incerteza no futuro e com tanta vontade de recuar no tempo. será que o pinto só pode ser útil para nação sendo presidente. somos muitos fracos quando nos damos de incapacitados. quando morrer o pinto da costa venderemos são Tomé e príncipe porque ele é o único capaz de governar o país segundo a nossa mentalidade que é muito débil

  27. Ernestino

    31 de Julho de 2011 as 21:30

    Excelente discurso o mérito da intelectualidade ,inteligência no campo Democrático , Político e Cultural do Srº Drº Manuel Pinto Da Costa , a Vossa Exª já está eleito.Proponho V.Exª alguns Conselho como cidadão eleitor: Lnçar nova amizade de Cooperação com a República Popular da China, ´Fortalecer um vasta cooperação com a República Democrática de Angola precisamente com o seu Homólogo Drº José Eduardo Dos Santos , Repúblca da Suécia quem nos construiu o único Maternidade do Hospital Central em São Tomé, Intencificar a cooperação com o Brasil na Formação dos Quadros, desenvolvimento da Agricultura com paises Centro Africano para escoação dos produtos Agrícolas, independentemente do limite das funções que confere o Presidente da República, mas através do Seu conhecimento Internacinal é muito importante estabelecer as novas Cooperações Internacionais.Quanto a situação da Corrupção, em dialgo com o Primeiro Ministro é possível haver diálogo para Elaborar Leis que dá poder total ao Tribunal de Contas que lhes permiti punir siveramente aqueles corrúptos , confiscado os bens adquirido com o dinheiro do Povo. Qem rouba o dinheiro do povo não pode ter imunidade Parlamentar isto é uma anarquia os doadores internacionais perdem interece em ajudar o País se não acabar-nos com essas gatunagens é vergonha internacional para o país que está a ser considerado como o mais corrupto do Mundo. Viva o Srº Drº M. Pinto Da Costa a vitória é do povo e do Seu Mérito.

  28. 4ever

    1 de Agosto de 2011 as 2:13

    Eu muito sinceramente não gostei da entrevista que o Dr. Manuel Pinto da Costa prestou a RDP África, mas essa pelas respostas que li foram muito bem dadas,foi muito objectivo e directo. O Dr. Evaristo de Carvalho com todo o respeito, na minha opinião não passa de um pau mandado de PT, e sendo assim irá levar uma sova daquelas no próximo dia 7. Espero encarecidamente que o Dr. Manuel Pinto da Costa cumpra com o que disse “Deixar o Governo Cumprir os 4 anos”.

    No dia 7 votemos todos no Dr. Manuel Pinto da Costa, e por conseguinte daremos uma sova no pau mandado EC.

  29. Fepequa

    1 de Agosto de 2011 as 8:20

    Excelente entrevista, porque demonstra que o candidato está bem preparado para lidar com o actual sistema democrático. Portanto, não parece que seja necessário o recurso ao conselho dos seus sucessores porque os mesmos não são considerados bons exemplos.

  30. Lucas

    1 de Agosto de 2011 as 9:02

    “Pai Grande” No Nosso Nelson Mandela!

  31. Mendes Tavares

    1 de Agosto de 2011 as 10:32

    São Tomé e Principe entra na moda por maus motivos. Ter de novo um Presidente, duplamente Presidente(1975 a 1990), pode ser um risco muito grande. Não foi capaz, STP produzir gente, politico para ser presidente. Nos paises avançados, nunca tal coisa seria possivel. Clinton, Bush, Reagan, Gorbatchov, Senghor, Miteran, Aristides Pereira, Mandela, etc. Porquê que só em STP, se observa uma coisa dessas.
    Pode ser um perigo muito grande. Nino Vieira, teve um mau fim, mas o povo é que apelou a sua chegada. STP é o exemplo daquilo que nunca deve acontecer num estado de direito.Eu não voto em Pinto da Costa, mas se ganhar será meu presidente e de todos. Nada vai mudar, apenas ressentimentos e ódio.
    Eu não voto no passado.

    • Fijalatao

      1 de Agosto de 2011 as 13:36

      Caro Mendes, infelizmente ainda existem pessoas com o a sua maneira de pensar, perpetuando em maquiavelismo rancoroso. Que fazer, é sua opinião. A gota de água no oceano não cria sunames!

    • SOS

      2 de Agosto de 2011 as 11:38

      O Pinto da Costa já deu provas de que está mais actual do que muitos politicos nossos e de facto se volta a ser Presidente é porque se actualizou, a contrario de muitos que só passam a fazer ataques pessoias em vez de apresentar soluções para o Pais. Por acaso é essa a forma actual de fazer politica? com ataques pessoais e discutindo o passado? será que o passado é bem mais importante que o presente e perspetivar o futuro? Temos o exemplo do Mali, onde um dos piores ditadores da Africa voltou a assumir a Presidencia no regime democratico, Governou 10 anos e só não fez o terceiro mandato porque a constituição não o permitia, mas o povo queria. Vamos fazer paz com o passado e perspetivar o futuro. Em muitos outros paises Africanos, os ex-presidente voltaram a ser presidente no regime democratico e contribuiram com a sua experiencia para melhoria do Pais. A Guine Bissau sempre foi um pessimo exemplo, mesmo antes do Nino voltar a ser presidente.
      Pensemos no futuro da nação e deixemos o odio, o rancôr e o fanatismo politico de lado, que isso não nos levará a lado nenhum.
      Votemos num futuro promissor para os nossos filhos, parentes e amigos, e não neste ou aquele porque nos é mais simpatico ou porque é da nossa cor parftidaria
      Vençamos o Futuro, vençamos a pobresa e vençamos a corrupção.
      Por quê que a TVS não promove um debate entre os candidatos? Porque o Governo sabe que o seu candidato não tem ideias propias, que seria cilindrado pelo outro candidato. Por acaso, não actual os debates entre candidatos as eleições na televisão? então quem é que é o passado? Não deixemos que nos confundam com as mesmas “palhassadas” de a vinte anos atras. vamos dar um cartão vermelho a essa forma baixa e retrogata de fazer a polit6ica.
      Vote na competencia, na experiença e na convicção de que STP ganhará o Futuro
      Viva STP
      Viva a Democracia
      Viva aquele que faz a politica actual apresentando soluções…

  32. fala mansa

    1 de Agosto de 2011 as 10:38

    É isso aí.
    Da-lhe Pinto da Costa

  33. kua li tasondu

    1 de Agosto de 2011 as 10:39

    Eu adorei a entrevista gostei das respostas e tambem das perguntas! eu nao acredito k o SENHOR EVARISTO DE CARVALHO consiga falar assim ate mundo acabar, ele nao me parece um academico ou seja um intelctual com capacidade pra fazer calor au PINTO DA COSTA. pelos visto PINTO DA COSTA e um politico de carteira nao da eskina como alguns da nossa praca.viva ,viva PINTO falou bonito e sem ofender ninguem .

  34. De Longe

    1 de Agosto de 2011 as 10:39

    Esta ai repostas claras e práticas. Porquê o Tela non e demais orgaos informativo ( radio & TVS ) nao propõe um debate frente a frente com os protagonista?

    Obrigado.

  35. De Longe

    1 de Agosto de 2011 as 10:43

    Queira eu dizer protagonistas.

  36. Comentador Atento

    1 de Agosto de 2011 as 10:53

    …Adeptos Cegos do EC, deixem de cegueira, saiam da caverna para a claridade… Ainda não deu para perceber a diferença abismal entre Dr. Manuel Pinto da Costa e o candidato Evaristo de Carvalho? …Convenhamos!!!
    Viva STP, Viva Pinto da Costa !!

  37. Fuquilha

    1 de Agosto de 2011 as 11:01

    O mais importante dessa entrevista é:
    – Tenho uma dívida para com os santomenses que quero saldar caso seja eleito e que passa por tudo fazer para colocar finalmente o país no caminho do desenvolvimento sustentável.

    Haver vamos…

  38. alice ananias

    1 de Agosto de 2011 as 11:23

    ola eusou alice ananias eu sou de principe , eu voe votar no candidato pinto da costa , porque ele é um homem de confiaça, eu ñ vou vota no evaristo porque quem esta por frente de tudo é patrice trovoada , viva pinto da costa

  39. Deus é Grande e Seja Louvado

    1 de Agosto de 2011 as 11:51

    Olá Fuquilia………………..
    Estimado Compatiota……………
    Com devido respeito, permita-me responder-lhe, e aconselha-lo a ver a floresta em véz de arvore……………………..
    O trecho da entrivista que meu amigo se refere, está claro como água para quém quiser entender………………….
    Rogo-lhe paciência e amor a PÁTRIA……
    Para bém de s.tomé e Principe, VOTEMOS todos no Sr. Dr. Manuel Pinto da Costa…
    Eu acredito …………..
    Vamos todos acreditar
    UNIDADE, DISCIPLINA E TRABALHO É O QUE NÓS POVO DE S.TOMÉ E PRINCIPE QUEREMOS…
    Viva S.tomé e Principe
    Viva Téla nón
    Boa Tarde a Todos………………..

  40. Fernanda Alegre

    1 de Agosto de 2011 as 12:26

    Sinceramente, gostei da determinação a clareza e sobretudo a maneira simples e humilde que transmitiu a mensagem, sem atacar este ou aquele.

    Foi muito sábio,e espero que continue assim e que quando for eleito faça valer apena o voto e confiança do povo Santomense.

    Força…

  41. puto da rua

    1 de Agosto de 2011 as 13:14

    Os fanaticos de Pinto Costa,pondem nao contar com alguma coisa quando ele subir a poder.O que ele vai vos pedir e mais trabalho e nao vai haver pao pra maluco e nem pente pra careca.Na democracia um presidente so pra corta fitas.Nao contem com alguma recompensa ficam a saber desde ja.Viva RDSTP

  42. Palavras pra Quê?

    1 de Agosto de 2011 as 15:56

    Que discurso!!!? ….
    Palavras pra Quê?!!!Este SIM…! Pode ser presidente de STP.
    Viva Pinto da Costa!!

  43. Francisco Ambrósio Agnelo

    1 de Agosto de 2011 as 17:17

    Um cidadão que diz ser honeste, dirigiu o distino de um país durante 15 anos e, dado a sua má prestação, desgatou-se nos 5 últinos anos, predeu as eleições, 20 anos depois, este não mexeu um palha se quer, acreditam que O mesmo será o salvador da pátria? Acreditam que este tem o amor ao povo? Vota no EVARISTO! este não tem medo de trabalho.

  44. Beto

    1 de Agosto de 2011 as 17:19

    Nao acredito em figuras providenciais. Transformar a Historia em Escrituras e homens publicos em milagreiros é uma pratica comum em Africa. O pais falhou ao nao gerar uma nova e jovem lideranca para gerir os seus destinos e dai esse anunciado regresso ao passado. Uma tristeza!

  45. Maiker

    1 de Agosto de 2011 as 19:13

    viva pinto o melhor presidente de sempre

  46. dodona ilha do princepe

    1 de Agosto de 2011 as 20:38

    devemos pensar num sao tome e prencipe diferente sermos mas orgulhosos em investir, pensar em aqules que nada tem, ajudar comunidades mas desfavorecidas, so assim estaremos a construir saotome e prencipe sonhar e acreditar em ver sao tome e princepe a compitir a nivel internacional.
    vamos deixar de esperar que os outro o faça, nao comfiar em ninguem

  47. Paulo

    1 de Agosto de 2011 as 22:35

    O Pinto vai entrar e daqui a 5 anos veremoos! Pior de ter um povo burro é ter um povo ignorante e aproveitador!

  48. Paulo

    1 de Agosto de 2011 as 22:51

    Pinto ” Temos de, uma vez por todas, unir esforços para acabar com o sofrimento de todos os que vivem sem condições mínimas de sobrevivência e dignidade. Sem bens essenciais, como por exemplo, o fornecimento de energia eléctrica e água¨ essa foi a pior palhaçada que já ouvi, entao é o Pinto o salvador da patria, não me façam rir, quem viver verá!

  49. kua li tasondu

    2 de Agosto de 2011 as 10:36

    Seja com for! doa a kem doer! eu lamento muito mais nao podemos viver agarados ao passado e nem ker k eskecam o passado.nao temos escolha a nao ser votar no PINTO DA COSTA.em relacao au EVARISTO DE CARVALHO nao o vejo altura pra ser PRESIDENTE DA REPUBLICA sera mais um aventureiro isso sim.temos k parar com essas brincadeiras de eleger aventureiro apalpar no escuro.

  50. Malébobo

    2 de Agosto de 2011 as 12:33

    Alguns comentarios ali, nesete espaço é uma autentica palhaçada, são todos apoiantes do ditador, que deixou povo durante quinze anos a sofrer, mas senhores tenham vergonha, por favor, este senhor, não vai mudar este pais nunca, haver vamos

  51. f.m

    3 de Agosto de 2011 as 16:48

    Queiram vcs ou não…Pinto será nosso Presidente.
    Passôôôôô

  52. FM 99.05566MHz

    4 de Agosto de 2011 as 13:45

    6ªFeira-5/Agosto/2011-15H00
    “ PRAÇA YON GATO EM FESTA “
    Santomenses que apostam no futuro para STP!
    Todos os que votaram. Os indecisos:
    Vamos todos ao Grande Comício de Enceramento+Festa Natalícia de Pinto da Costa
    Vamos cantar “Parabéns”.Mas atenção!
    Ainda não vamos entregar o “Presente”de aniversário.
    No dia 7/Agosto vamos dar-lhe um grande presente que é: com um ” X ” no 1º Quadradinho.E no dia 8 vamos todos juntos celebrar com uma passeata.
    Vamos todos comprar este presente.
    Vamos todos no dia 7/agosto votar no Pinto da Costa
    Votar no 1º Quadradinho
    Votar no !!!PINTO DA COSTA!!!PINTO DA COSTA!!!
    !!!VOTA!!! !!!VOTA!!! !!!VOTA!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo