Reflexões de Teotónio Torres

O economista que desempenhou funções importantes em São Tomé e Príncipe, desde coordenador do sector económico no governo de transição, até secretário de estado da indústrica comercio e pesca, passando pela pasta de ministro da economia e finanças na década de 80, decidiu aos 82 anos de idade, lançar ideias e pistas que possam contribuir para tirar o país do marasmo dos últimos 35 anos. Uma reflexão profunda para ser partilhada e debatida. Clique em Notas Completas.

Notas completas

  1. img
    Chicodesperto Responder

    Só alguém mesmo muito patriota e com muito amor por esta terra (STP) pode aos 82 anos deixar dicas e esperanças para gerações actuais e futuras. Outros preferem se acomodar nas suas nas mordomias, outros ainda no conformismo ignorando situação a difícil que vive o país. Muito Obrigado Dr. Teotónio Torres

  2. img
    Eugénio Silva Responder

    Os meus agradecimentos pelo contributo e testemunho como o “mais velho”, Sr. Teotónio Torres. Faço o mais vivo aplelo à leitura das suas “Notas” dirigida à todos os cidadãos, sobretudo à gerações mais novas. No presente contributo aplica-se o nosso ditado: “NGUÊ TAMÉN SÁ DEÇU MUNDO”.
    Bem haja. “União faz a força”. Viva São Tomé e Príncipe!

  3. img
    cesarjesus Responder

    Nao deixa de ser uma accao louvavel…mas permita que lhe diga Sr Dr Teotonio Torres, nao acha que esta atitude vem um pouco tardia ou mesmo muito tarde! Posso lhe refrescar algumas situacoes de STP actualmente: Grande parte de Territorio Nacional ja estao distribuidos, as Rocas estao entregues aos pequenos agricultores…as infra-estruturas actuais nas emprezas agriculas estao praticamente em ruinas, o comercio esta de acordo com a realidade STP, quem tente instuarar um outro tipo de negocio esta sujeito a feixar as portas num espaco de tempo muito curto…Bancos comerciais ja temos k sobra, nao sei se ja deu conta de quantos Bancos temos em STP… a pesca esta dentro das nossas realidades e vai bem gracas a Deus, talvez precizamos de um Arrastao…o Petroleo este ja esta tambem em negocios bem avancados, nao seria de bom tom alterar este processo no meu ponto de vista!
    O que STP precisa e d um PRESIDENTE, um GOVERNO com elementos que entendem porque que la estao no Governo, e exercer as suas funcoes com dignidade e amor a STP.
    SR Dr TEOTONIO TORRES, nao deixa de ser valida as suas dicas, mas a conjutura actual em STP duvido que alguem lhe de seguimentos!

    Forca Povo STP

    • img
      Tomé Nado Responder

      Diz-se que é melhor tarde que nunca, pois é melhor aos 83 anos que nunca. Confesso que gostei bastante das suas notas soltas embora não concorde com muitas coisas. Porque é que essas ideias só surgiram agora com o seu regresso definitivo a São Tomé? E pena que não tenha abordado de formar mais profunda e apresentado soluções ao problema da corrupção como o mal que estrangula o desenvolvimento de STP. Na conjuntura actual e enquanto a problemática da corrupção não for eleita como prioridade nacional o seu projecto dos “3Gs” não passará de um projecto ao serviço dum punhado de individuos, as mesmas familias, os mesmos politicos, os mesmos ditos empresarios, etc. Convém lembrar sr. Dr que STP de hoje não é aquele que o sr conheceu no tempo da velha senhora. Se durante anos as elites santomenses estavam por cima do povo, hoje é o povo que esta por cima das elites, que luta pelos seus direitos. O povo tem muito mais valor e respeito que todas as elites santomenses juntas. Dai que a solução dos problemas de STP não estão hoje nas mãos duma meia duzia de ditas “elites” e muito menos dessa elite corrupta ou daquelas oriundas do periodo colonial. Por favor deixe oportunidades a nós os jovens, filhos de familias sem nomes que acabamos de regressar ao país e dispostos a lutar por um STP de facto justo para todos. Queremos ter um país de ambição alta. Queremos uma terra onde as pessoas vivam como seres humanos e não como animais nas antigas roças ou empresas agricolas abandonadas. Queremos um país onde tantas populações como as do Monte Macaco tenham água potável, direito elementar de qualquer homem. Queremos um país onde hospitais tenham água, onde se possa ver nascer todos os dias e em todos os distritos e na Região A. do Principe, centenas de melhores bairros de tipo Campo de Milho. Queremos desenvolvimento e não retrocesso. Queremos que todos os santomenses sejam ricos e não que todos sejam pobres. Espero que as suas notas soltas não passe duma estratégia para apoiar um candidato da antiga Associação Cívica as presidenciais de 2011. Rezemos todos juntos para que o terror dos tempos da Cívica de 1974-1976 não venham nunca a acontecer. Bem haja!

  4. img
    Chicodesperto Responder

    Cesarjesus não acho que as dicas do Dr Teotónio vem tarde mas ainda assim há um ditado que diz mais vale tarde do nunca. Esta atitude de desistência infelizmente ainda persiste na mente alguns saotomenses o de de deitar a “deitar a toalha ao chao” o pessimismo o conformismo e o pior ainda o botabaixismo etc. Nada disso temos de ser optimista lutar sempre e mostrar ao mundo que somos capazes como os japoneses alemães e americanos. Lula foi operário conseguiu ser presidente Obama negro conseguiu ser presidente. Portanto podemos ser um país próspero. Só porque os políticos são ruim e a conjuntura não o permite não vamos deixar de lutar (ideias e propostas) e acreditar que podemos ultrapassar a fase difícil. Os grandes homens e mulheres fazem história nos momentos difíceis. As revoluções que aconteceram na história surgiram nos momentos e conjuturas difíceis. Concordo com Eugenio Silva a mensagem do Dr Teotónio é um desafio as saotomenses e sobretudo as novas gerações, um estímulo para não desistirmos de lutar por aquilo que nos pertence. Como gostaria que esta mensagem chegaria a todos os cantos de STP. Mas tenho fé que mais tarde ou mais cedo chegara. Pois é uma mensagem cheia de dignidade.
    O negocio do petróleo está bem avançado segundo o senhor. Mas em que sentido que o negocio está avançado? Isto é muito vago. O que eu quero saber e a maioria dos satomenses é quantos barris de petróleo vai nos pertencer ou quantos milhões de dólares (500 ou mil milhões de dólares/euros) vamos receber mensal ou anualmente. Só assim poderei dizer que o negocio do petróleo esta avançado. Se o senhor tiver esta informaçao então posso dormir descasado. Porque nós saotomeses não somos estúpidos.
    Para finalizar meu carro cesarjesus o que queres dizer com isto “ a pesca e o comercio está dentro das nossas necessidades?”

    • img
      cesarjesus Responder

      As minhas saudacoes Sr Chicodesperto.
      Comeco por dizer que o Sr Dr Teotonio Torres e um excelente economista, que desempenhou funcoes como: COORDENADOR DE SECTOR ECONOMICO NO GOVERNO DE TRANSICAO, SECRETARIO DE ESTADO E INDUSTRIA E COMERCIO E PESCA, E TAMBEM COMO MINISTRO DA ECONOMIA E FINANCAS NA DECADA DE 80.
      Com certeza apartir da decada 80 deve ter retirado do Pais.
      Nos anos 80, foram para todos Santomenses um periodo muito dificil em todo seu complo geral… se o Sr se recorda da fome, seca e de muita MORTALIDADES! No meu ver era o periodo propicio para que verdadeiros Patrioticos desmontrarem o seu interesse para desenvolvimento de STP!
      Ouve um descontrolo total em toda areas administrativas, comercio, pesca,educacao, saude, agricola,etc,etc,…Talvez as nossas Rocas estariam em melhor condicoes, as Terras nao seriam distribuidas como foram, ou se fossem deveriam ser entregues as pessoas que cuidassem bem delas!
      Se somos Santomenses, e amamos a nossa Terra sendo ela pobre, temos que nos sacrificar-nos mesmo que isto nos custa a vida, para levarmos em frente os nossos projectos ou ideias validas junto aos organismos competentes de foma a verem as viabilidades das mesmas e debrucarem sobre elas.
      Quando meu caro amigo se refere a LULA e OBAMA como exemplo, nao se esqueca que estes Personalidades lutaram dentro dos seus respectivos Paises contra todas dificitudes possiveis, e sao considerados homens de TERRENO, porque conhecem dificuldade de cada camada social!!!
      Nao se apresenta um projecto desta envergadura nos Jornais ou na Internet…isto e criar espectativas e sonhos a aqueles que nao sabem como um projecto deve ser encaminhado ate o seu exito final!
      E o mesmo que se passa com a possivel extracao de Petroleo no nosso Pais…desde da sua possivel existencia muito Filhos da Terra aparecem com Ideias e projectos…Onde andaram antes? Os que la estao e que sempre estiveram desconhecem projectos destes ou semelhantes, vindo dos Paises ja com experiencias a nivel de Petroleo, ou mesmo de Santomenses ja formados na engenharia Pretolifera, ou os k ja estao em vias de acabamento nesta area! Temos muito quadros na area de economia em STP tambem com vizao neste dominio!
      SE VIERMOS A EXPLORAR PETROLEO, O ORGANISMO COMPETENTE FARA UM COMUNICADO A PAIS SOBRE O EXITO DO MESMO, AGORA A QUANTIDADE QUE CADA SANTOMENSE USUFRUIRA ISTO SO PODE SER UMA BRINCADEIRA SUA!
      Acredito se o petroleo se concretizar, as condicoes de vida dos Santomenses melhorara substancialmente!

      Forca Povo STP…

  5. img
    HUGO LIMA Responder

    Tou lendo as suas notas de reflexão.Tudo que li até então mostra que o Senhor é um homem inteligente e de grande visão. Parabéns STP precisa de si.Obrigado pela nota ou seja contribuição para o desenvolvimento de STP, espero que todos os governantes tenham possibilidades de ler esta nota.

  6. img
    Moreno Responder

    Li as notas, um bem haja , grande senhor digno patriota.Seria bom que os que estao a frente dos destinos da nacao seguissem as suas dicas.Obrigado DR.Teotonio

  7. img
    Heraclito dos Santos, residente em Luanda Responder

    Antes de mais, gostaria de manifestar o meu grande apreço e respeito pelo estudo apresentado, muito embora não concordar com muitos pontos nele referenciados, desde logo, a ideia de exportar para S. Tomé e Príncipe projectos que, mesmo nos países dos quais são originários não são susceptíveis de concretização prática, como é o caso da chamada “angolanização” do sector petrolífero. A este propósito,dentro de dois ou três meses, será publicado em Luanda, um livro que abordará a não efectivação do projecto “angolanização” do sector dos petróleos.
    Por outro lado, fico verdadeiramente perplexo pelo facto de, recorrentemente, o Dr. Teotónio Torres fazer referência aos seus amigos, primos e compadres, o que deixa antever uma certa propensão para o nepotismo, aliás, como sempre aconteceu no nossos país. Se for chamado a ser o timoneiro da tal empresa do Golfo da Guiné chamará os mais competentes ou os seus amigos, primos e compadres? Dá para desconfiar…
    Estou há cerca de 23 anos fora do meu país mas acompanho quase “milimetricamente” o que aí se passa. E tenho por certo que o problema de S. Tomé não se reconduz à qualquer estudo ou relatório, por mais bem articulados que sejam do ponto de vista substantivo. Acho que o nosso maior cancro, são os nossos governantes, salvo raras excepções, desde a nossa independência até aos nossos dias, acrescido de corrupção que campeia incólume e a vista desarmada (O que faz o Sr. Procurador Geral da República?). Com estes dois fenómenos,o desenvolvimento do nosso país será sempre uma miragem.por mais petróleo que exploremos.Tenho mesmo por certo que é preciso cortar o mal pela raíz. Para grandes males, grandes remédios.Precisamos de novos dirigentes, imbuídos de novas ideias e com amor à Patria; precisamos de gente nova que tenha a coragem e competência de fazer mudanças radicais na “podridão sistémica” e que diga “basta”. Por esta razão é que quando alguns fazem apelo ao regresso serôdio do Dr. Pinto da Costa como uma espécie de D. Sebastião, devo dizer que,se as notícias (políticas) sobre o meu país sempre me fizeram rir às gargalhadas, esta notícia(regresso do antigo Presidente Pinto da Costa)me faz pensar e ficar preocupado…

  8. img
    Eugénio Silva Responder

    Devo dizer que certamente as “Notas” necessitarão de “alimar algumas aresta”. Por isso, cabe aos cidadão debater e fazer propostas fundamentadas no sentido do melhoramento do contributo dado pelo cidadão Teotónio Torres.

  9. img
    Pedro Sousa Responder

    Ok Senhor Drº, mais quando foi ministro porquê que não implementou esses projecto? Talvez hoje estariamos com um país diferente…

  10. img
    Chicodesperto Responder

    Caro cesarjesus como é que se pode brincar com uma coisa séria. Então não acha que os saotomenses devem usufruir da quantidade de petróleo que possa a vir a ser explorada? Então se não for os sãotomenses quem poderá usufruir?
    Foi o senhor que disse que o negócio estava avançado. Mas avançado em que sentido? Sinceramente não entendo ao menos que o senhor tenha uma informação mais credível e consistente e possa partilhar connosco. Agradecia. Porque dizer apenas que o negocio esta avançar não significa absolutamente nada. Quando se faz uma afirmação deste gabarito temos sustenta-lo com dados com números. São termos muito básicos em economia. Não temos de ser necessariamente economistas.
    Se alguém me disser que o negócio vai bem eu entendo que ele está na posse de dados como tendo vendido uma certa quantidade de bens e obtido um certo lucro.
    Mas enfim o senhor contradiz sempre e repare por um lado diz que o negócio do petróleo esta avançado e por outro afirma que se concretizar as condições de vida dos saotomeses melhorara substancialmente? Então em que ficamos?
    Ainda sobre o Dr Teotónio. Cesarjesus sabe que em 1980 o país vivia uma espécie de PREC só um homem podia ditar tudo em termos económicos e políticos e sociais. Quem tivesse ideias contrárias era ridicularizado pior ainda perseguido politicamente e acusado de ser contra-revolucionário. Mas mesmo neste tempo houve saotomenses que se bateram pelas suas ideias de um STP diferente do que se propunha em 1975. Por isso alguns deles preferiram abandonar o regime outros exilar para o estrangeiro.
    Não vejo nenhum mal que as ideias sejam propagadas no papel e na internet. Então não existe tratados sobre os direitos humanos alguém idealizou e escreveu e não tem de ser necessariamente o executante. O Dr Teotonio fez-nos o favor de lançar pista e soluções para o nosso país e cabe a nós sobretudo os mais novos seguir e materializar o seu pensamento afinal de contas o futuro pertence aos mais novos e as novas gerações. Mas não estou a espera que todos os saotomenses concorde com as ideias do Dr Teotónio a democracia que permite a diversidade de opiniões é isso mesmo.

  11. img
    Mamum Responder

    Acho k deveriamos unir agora e louvar esse tipo de iniciativas. Temos que ter o sentido patriota, procurar o melhor para o pais acima de tudo.

  12. img
    Dalton Responder

    Depois de ter lido com muita atenção “nota” de Sr Dº Torres fiquei ainda com mais dúvida sobre o seu real valor:
    1º Concordo com muitos assuntos abordado mas no meu ponto de vista falta limar ainda muitas arestas.
    2º Fiquei perplexo com dita Lei para os dois ou três maiores cargos da nação, que tinha que ser descendentes de três ou quatro gerações de São-Tomenses. Isto para me é a pura xenofobia. Já estamos no século XXI.
    3º Imagine se tiver um são-tomense filho chinesa ou raça qualquer, mas com capacidade fora do vulgar tínhamos descartar pelo facto de não ser descendente do país?
    4º Gostaria de saber sendo senhor o patriota porque razão lidava pouco com são-tomenses que reside naquele país. Será porque não intelectual como senhor?
    5º Na sua nota deu grande realce na formação em Engenharia, Medicina, Economia, Direito Contabilista. Será que não precisamos pessoal com formação nas áreas como Cozinha, Jardineiros, Desporto, Teatro ou talvez esses não dão para pertencer as elites.
    6º Das 3 personalidades que o senhor indicou para os cargos de Presidente da Republica e Assembleia e 1º Ministro só pode ser brincadeira …
    7º Senhor diz que Portugal não é um país desenvolvido? Gostaria saber com que base? E que Portugal não tem como nos ajudar? Não podemos apagar a Historia seja ela boa ou ma? Umas das coisas me ensinaram é que nunca devemos cuspir no prato que comemos…
    8º O problema de subdesenvolvido de STP não é só corrupção como muitos dizem por ai mas sim falta de qualidade da nossa classe dirigentes incluído muito dos nossa quadros superiores que se apoia no diploma universitário e não sabem fazer quase nada.
    9º As pessoas convida para fazer parte das tas 3Gs forma os mesmos destruíram esse país não vi nome de quadro que vem de estrato social mas desfavorecido. Um plano tão ambicioso qual é o papel da diáspora?
    10º Por último ter ideias brilhantes e executa-la com mesmo brilhantismo tem uma distância muito grande. Mas com tudo o Homem a Obra Nasce como se costuma se dizer por ai.

    • img
      Faustão Responder

      Entendo o porquê de estarmos sempre nas mãos do dito PORTUGAL. Está certo sim. Temos de encontrar outras alternativas. Senhor Dalton faça as contas, paises que nos ajudam de verdade, sem manhas. Sei que a corrupção está danificando o nosso país, então. Vamos mencionar os projectos, as influencias positivas e negativas. Por fim sei que os Portugueses/Santomenses não gostam de ouvir a verdade sobre os seus pais, gostam sim de falar mal da mãe preta, muitos deles, não é o seu caso, claro. Vamos sim receber as contribuições de aqueles que podem sim fazer algo.
      Só quem não exerceu cargos em STP pode falar atoa, mesmo sendo Ministro, Director ou outro tecnico qualquer, se não fores da BATIDA, as tuas ideias ñ tem valor, muitos têm de apenas de sair, ausentar. Será que estamos em STP ou fora? Quem ñ sabe disso, não sabe nada de STP. Por isso é necessário uma outra liderança pra STP. Todos os santomenses devem dar a sua contribuição fora ou dentro. Pra isso é preciso que ñ seja o Sr Primeiro Ministro fdono de saber e que os outros são apenas cães para segui-lo.
      Viva STP

  13. img
    giania santos Responder

    e muito legal saber isso

Deixe um comentario

*