Imbróglio dentro do MLSTP/PSD

O caldo entorna-se e começam-se as zangas de comadres, num momento decisivo para o MLSTP/PSD e para o País. A batalha presidencial já começou, agora afiam-se as garras protectoras e de ataque, reinventam um ciclo vicioso africano, encarcera-se a confiança do povo e espera-se pela vitória.

O “banho” para estas eleições começa em 2008, momento em que se dá gorjetas a alguns com promessas de dias melhores, abre-se concursos de televisão, desporto e moda, as bolsas de estudo para Portugal avançaram e os bolseiros agora soluçam eternamente pelo pagamento da mesma. O “leve-leve” reinante em São Tomé e Príncipe começa a estiolar-se num clima de crispação política e social, antevendo um ambiente propício para comunhão de bens pois, doutores são muitos para poucos “tachos”.

Depois de Alda Bandeira, é chegada a hora de uma mulher candidatar-se ao Palácio Cor de Rosa. Chovem murmúrios de que a nova liderança do País não será conivente com assuntos de interesse nacional, não medirá esforços em prol das mulheres e das crianças nem permitirá que o País mergulhe em instabilidades políticas. Será que o povo está preparado para “limpar a lama” nestas eleições ou vamos andar com as rodas desafinadas? O que tem o povo a dizer?

A consequência das eleições legislativas de 2010 está bem patente, agora há que afogar a mágoa, limpar a cara e avançar com dignidade ao poder. A batalha dentro do campo transpõe-se, ninguém quer perder os dólares de Luanda, cada um sacode a água do capote enquanto os outros respiram de alívio na medida em que, a luta dentro do MLSTP/PSD pode ser a alavanca de sustento a outras candidaturas fora do partido.

Rumores que ligam Dr. Pinto da Costa a uma (re)candidatura parecem estar certos. Muitos já estão em suspense, alegando que o Patrão está de volta e que tudo será como antigamente, para outros, nem tanto, visto que o País evoluiu democraticamente. Astutamente vai-se desenvolvendo dependências partidárias dentro de um só que, entretanto, não tem espaço para tantos.

O MLSTP/PSD a rebentar nas costuras parece a nossa capital, sem espaço para habitar devido ao aumento vertiginoso de migração roça-capital.

Depois de trocas de acusações no seio do partido, chega o momento de os pré-candidatos às eleições de Julho reafirmarem suas posições sobre o futuro de São Tomé e Príncipe e absterem-se de instabilidades antes do mandato.

Seja qual for o epílogo destas eleições, os santomenses terão uma palavra a dizer sobre o estado em que o País chegou e de forma contundente dizer basta à prepotência, ao desgoverno e à injustiça social, sob pena de continuarmos incessantemente a rastejar nesse lamaçal.

Jorge Cardoso

Estudante de Mestrado Integrado em Medicina

Coimbra, Abril de 2011

  1. img
    Buter teatro esquecido Responder

    O Pinto Da Costa não é patrão de ninguèm. Em vez de apoiar um velho de 75 anos que só pretende vingar, o melhor é apoiar novas pessoas para ser presidente da República.

    • img
      h silva Responder

      oh butter tu estas em stp mas tenho a sencacao k outro em coimbra conhece melhor esse pais!pinto da costa sera sempre pilar do MLSTP.deixa aurelio cair vas ver quem vao pedir socorroooooooooo.sempre foi assim com esses politicos k acham que podem fazer oq quiserem dentro do MLSTP.Pinto nunca seria presidente dentro do MLSTP pk os seus camaradas sempre nunca foram frontal em lhe dizer que nao e o queremos.fracos de alma e espiritos esses macacos do MLSTP.Fui from london

      • img
        Buter teatro esquecido Responder

        Caro h Silva;
        O Pinto Da Costa ficou 15 anos no poder, Usou bens do Estado em beneficio próprio, das suas mulheres e dos seus amigos. Não tinha contabilidade organizada, maltratou as pessoas em colaboração com os seus seguranças. Por isso acho ridiculo apoia-lo em detrimento daqueles que nunca foram presidentes da República.

        • img
          Voz da solução Responder

          A que roubava tanto e depois de muita pancada e prisão deeixa de roubar e torna um homem serio.
          A que depois de muita besteira, pensa bem melhor no seu futuro da vida e da uma viravolta a tudo e organiza-se e muito mais coisas ainda.

          Deixa o Pinto concorrer para ganhar e vamos apoia-lo porque ele viu que a sua conciência lhe mordeu bem para ajudar esse pouvo lutador e sofredor

    • img
      Voz da solução Responder

      Você não sabe o que diz.
      Talvez é também mais um daquele que fala depois pensa.

      Seja pessoa culta

  2. img
    artigo 5.7 Responder

    um jovem como que estuda no estrangeiro nao tem mente aberta ainda e diz que o pinto e patrao ,es da fileira da sanzala dele no passado…queremos mudanca bro…

  3. img
    mion Responder

    primeiro quero dar os meus parabens ao autor do texto por ter a curagem de dar a sua opinião mesmo estando longe. isto mostra que lutará para um futuro melhor do nosso país.
    acho uma vergonha existir coisas destas dentro de um partido que há muito só tem decepcionado o país.

  4. img
    B Responder

    Vontade de escrever. Va pegar caderno livro, bobo.

    • img
      moço lazon Responder

      Meu caro é muito bom fazer crítica, mas há que saber fazer criticas construtivas, porque não faz sentido criticar apenas por criticar, desse jeito só demonstras ser um ignorante e que não sabe o que acabou de ler, ou está a comentar porque viu os outros a comentar. Seja coerente e inteligente que assim sim ajudarás STP a desenvolver. Força STP!!!

    • img
      jorge cardoso Responder

      estou aberto a correcções e a apreciações. críticas positivas e/ou negativas so servem para melhoria.
      pode enviar para: jorgecardoso293@hotmail.com

      • img
        Helton Trindade Responder

        Cumé, brother?!

        Man, o teu texto está muito bom.
        Depois do que conversamos fiquei um pouco mais elucidado ao ler o artigo.
        Obrigado, Jorge!

        É muito importante que todos nós, sãotomenses a 100% ou a 50%, saibamos manter e assumir acções que venham desencadear outras vozes que por não terem tido a coragem que agora tiveste se sintam impulsionados para sabiamente promover uma cultura de responsabilização social em São Tomé e Principe.

        Quero deixar uma nota para alguns que não têm coragem de se identificar e fazem comentários do género: “Vai pegar o livro, bobo.”

        Ora, bem!
        Os líderes políticos em S. Tomé e Principe são pessoas estudadas, assim como koumba Yálá.
        O que quero dizer com isto é o seguinte: enquanto umas pessoas acham que fazer uma reflexão como a que o meu amigo de todas as horas – Jorge Cardoso- fez é atitude de um desocupado que não quer pegar os livros…tu, Jorge, estás a cumprir!
        Estas pessoas deviam estudar, procurar aumentar o seu nível de conhecimento nas àreas do Direito Civil, Economia e Sociologia para que no futuro existam pessoas que embora pobres tenham o discernimento e bagagem intelectual necessários para elevar STP a um patamar superior(….pa otu cinário).

        Nós estamos fora do país, nem todos estamos a par de todos os pormenores mas há muita coisa que passa nas televisões e nas rádios cá fora e são coisas “vergonhosas”. Vamos trabalhar para reverter esta situação. Para isto, é necessário nos unirmos todos a uma só voz e gritar tão alto quanto possamos que a nossa voz será ouvida e surtirá o efeito desejado. Somos uma república democrática(=poder do povo).

        É um dever cívico, cada cidadão “trabalhar” pelo melhor do seu país. Se nos países sob ditadura têm feito…porque não o faremos também?!

        Bem haja a todos,
        Que a Paz seja convosco.

  5. img
    Lima Nascimento Responder

    Parabens, Jorge pela tua reflexão, valeu.
    Como vês é assim que funciona a conduta dos nossos políticos, subrepoêm questões políticas em vez de questões nacional. digo isto porque um partico como MLSTP/PSD devia sair apenas um canidato para as Presidenciais e apoiado por todos militantes, mas sejo o k for é a vez do povo decidir. espero que o fassam da melhor forma.

  6. img
    mais Responder

    o meu caro estudante , tanto falam em tomar banho .mais quando chega a campanha muitos vao ao tomar banho depois daqui a 4 anos neste sitio criticar …tanto que na epoca de campanha a passagem de aviao fica mais cara porque pais fica carregado de dinheiro….

  7. img
    Takora Mohamed Responder

    Caro compatriota Jorge Cardoso, não li o seu artigo porque julgo que o MLSTP e os seus pre-candidatos ja fazem parte do passado, no entanto tive o cuidado de ler os comentários dos caros leitores sobre o seu artigo.

    Apraz-me felicitá-lo pela coragem de ser frontal e não se refugiar no anonimato como muitos o fazem sobretudo os que normalmente pouco contribuem com opiniões válidas e sensatas neste espaço.

    Uma vez mais seja patriota e conclua os seus estudos para vir cá ajudar o país e não se deixar levar como muitos conterrâneos nossos que sobrevivem como escravos na diaspora esperando apenas uma oportunidade para cair na terra como uma ave de rapina aprocura daquilo que condenados dos outros.

    Takora Mohamed
    06/04/2011

  8. img
    Dom Tingui Responder

    De alguma forma é mais uma valia, lobatos a evoluir, esquece as pessoas que criticam de um forma burra e não construtiva porque os grandes escritores nascem assim como tas a emergir

  9. img
    Remoaldo Cardoso Responder

    Nao importa a forma da critica, meu amigo. Ha quem critica para te dar a coragem de escrever, dando a tua opiniao, e ha quem, por alguma razao, para te fazer sentir envergonhado e calar. Calado, na politica,na democracia, e nao estar existir… Mesmo sem conhecer a realidade politica de Sao Tome, achei boa a tua opiniao. Continue escrevendo. E tua opiniao, que pode nao concordar a todos, tanto na forma como na qualidade. Nao podemos escrever palavras se nao conecermos as letras, escrevermos palavras e frases. Escreve mais. Gostei.

  10. img
    Geny Responder

    Caro Dr. Jorge

    dizem que os médicos têm um ambito de conheciementos bastante vastos e uma percepção da realidade fova de vulgar.

    Por isso, com todo o respeito que me responda o seguinte:

    1. Indique duas coisas boas (objectivas, ie, comprováveis através dos sentidos) que o Sr. Pinto da Costa fez por STP, tando na política como fora dela.

    2. Diga-se se caso o Sr. Pinto da Costa escrevesse uma biografia hoje o que é que ele escrevia? dizia que ele é um homem de respeito?

    3. Quem é dono do Jardim do Sum Secreta e que impede que as crianças tenham um verdadeiro espaço de lazer no centro da cidade? Mais ainda, quem é dono da casa de Vista Alegre?

    4. Indique três características do Presidente que STP precisa hoje, tendo em conta que, de acordo com a nossa constituiçãoa actual um presidente não governa.

    Hugs
    Geny Sousa
    São Tomé

    • img
      jorge cardoso Responder

      Geny, é normal que interprete um pouco diferente o que escrevi. volte a ler que percebe logo que não estou a apoiar ninguém, por isso, não posso respondê-la. obrigado

      • img
        Helton Trindade Responder

        Nem mais!

        Isto é o suficiente para calar gente ignorante!

        P.s: O jorge Cardoso é aluno de Mestrado Integrado em Medicina. Em parte nenhuma vem referenciado que ele é Doutor. Embora, reconheço, que este seja um mau hábito de muitos sãotomenses chamar de “Sô doutor” a quem não possui o nivel de estudos que confere tal título, i mean, Doutoramento em qualquer área de estudos.

        Portanto, só pela forma prepotente como a Sra. (não é doutora) Geny Sousa se dirige ao meu bom camarada, inviabiliza qualquer ganho de cultura que possa vir a tentar adquirir num futuro não muito distante.

        Mas deixo-lhe uma nota para reflexão, cara Geny Sousa…

        algum aluno cá da minha faculdade – que também não é doutor – escreveu na porta da casa de banho do 3º piso do departamento de matemática o seguinte:

        -” Se nós tratarmos as pessoas como elas merecem, as tornaremos piores do que são. Se nós tratarmos as pessoas como elas deveriam ser tratadas, as ajudamos a serem algo para o qual apresentam algum potencial. ”

        Eu pessoalmente digo o seguinte:
        “Se continuarmos com esse mau hábito de tratar todos os políticos,enfermeiros e médicos, advogados, economistas e algumas outras classes… de “doutores”. Eles como sabem que não o são, vão pensar assim:

        -Esta, está a me tratar por “doutor” mas nem sabe que escolaridade ou competencia tenho….

        Reflicta nisto.

        Não é nada pessoal Sra Geny Sousa, pois não pretendo que veja as coisas desta forma.
        Só que me metem nojo, as pessoas que tentam destruir publicamente a boa iniciativa das jovens que querem se pronunciar e que o fazem de uma forma estruturada e inteligível.

        Bem haja
        Que a Paz seja consigo

  11. img
    Lisa Responder

    concordo consigo Remoaldo.Neste caso a escrita é o meio que nos abri os olhos e nos dá a conhecer o que se passa no nosso país. É muito fácil criticar,críticas sim mas construtivas. É claro que o texto é subjectivo para alguns.parabens ao tela non por nos dar esta oportunidade de contribuir de alguma forma e tentar mudar mentes. gente eu só quero o melhor para o nosso País,as nossas crinças, estudantes e velhos,por isto precisamos de boa vontate de todos!

  12. img
    ana luisa Responder

    muito bem pensado. parabens

  13. img
    adelino Responder

    muito obrigado mano jorge por este artigo, porque o sofremento do povo saotomense nao é justificado novas ideias pode guiar pais pelos novos horizontes melhores esquecemos oque deveria ser feito oque nos interessa é oque ainda podemos fazer em prol do bem estar dessa jovem naçao. fomos guiados durante muitos anos por uma politica velha e ultrapassada uma politica mal sincronizada uma politica cujos os fins é interesse pessoal em vez de ser o interesse colectivo. eu sou aquele que acredita fortemente que o desenvolvimento nacional sera graça a experiencia estrangeira, milhares de estudante sao tomense no estrangeiro em diversas areas, constitui a chave ao desenvolvimento, porque eles vao trazer experiencia de diferentes paises onde estudaram, vao trazer ideias novas que sera na adequaçao com a realidade do pais, se ainda estivessimos no seculo 20 MLSTP teria o seu lugar, temos que abrir os olhos largos e a nossa consciencia pra entender que estamos no seculo 21 muitas coisas do passado mais pra esse temos que ter confiança em jovems nas suas visoes do mundo,porque so eles poderao fazer face a mudança regular da economia. POR outro lado é necessario que cada pessoa trabalham no seu dominio, nao é logico que um quimico trabalha na industria turistica, QUAL SERA O SEU PAPEL? um quimico seria muito melhor nas industrias.
    FALANDO DO TURISMO, o turismo pode ser uma lavanca para qualquer economia, um sector fragil e productivo seria a soluçao pra sao tomé,é um pais a vocaçao turistica, pode conhecer um desenvolvimento sustentavel em medio prazo, com a pessoa do dominio e um pouco de boa vontade.
    OBRIGADO MANO JORGE OQUE QUEREMOS E NOVAS IDEIAS.

    • img
      jorge cardoso Responder

      obrigado bro

  14. img
    W. Responder

    Quero parabenizar pela coragem Jorge, é assim que se vai longe, todos tem seus direitos de criticar qualquer que seja a critica negativa ou positiva, mas há alguns que, os chamado ignorantes merecem ficar calados ao invés de falar asneira; São Tomé precisa de pessoas com esta coragem, infelizmente a politica em stp esta numa situação caótica o jogo do puder fala mais alto, do que a vontade de fazer algo para o desenvolvimento do Pais, esperemos que um dia as coisas possam mudar, vocês estudantes na diáspora, com diz o Adelino o que queremos é novas ideias, novas experiencia, contamos com vosso apoio para um STP melhor!!!

  15. img
    Sandro Responder

    Muito bom trabalho, são tomé precisa de jovens assim, boas idéias, pra o desenvolvimento do país.

  16. img
    Ogimaykel da Costa Responder

    Gostei do artigo. Escreva sempre. Precisamos de jovens mais preocupados com a situação do país. Jovens em alerta.
    Jovens que tenham algo a dizer, mesmo sendo contrário ao conformismo dos outros.
    A mentalidade conformista, antidemocrática( não aceitando opinião dos outros), antiprogressista da nossa sociedade; essa aversão a crítica(mesmo sinceras)abriga um abismo de injustiças.

    Abaixo conformismo
    Viva awareness!

  17. img
    JAIME Responder

    Falar da política em STP, até da vergonha, há políticos k sabem esconder seus interesses mesmo os tendo, mas os nossos comem e nem limpam a boca pá´…..

  18. img
    pierre Responder

    A política S.Tomense ja demostrou que é uma das piores ora conhecida e isso é preecupante eu tenho vergonha de políticos de S.Tome porque são eles quem fazem política com relação a este espaça eu peço aos meus caros irmãos que se comportase como umildes S.Tomenses que somos contribuindo com comen
    tário conteutivos e válidos para um bom aproveitamento não com palavras ofensivas , orgulhosas e menos aproveitaveis juntos consiguiremos.

Deixe um comentario

*