Opinião

Segunda das ilações

O insuportável é claramente a destruição do Governo tendo em conta a actual conjuntura económico-financeira do mundo.

Pensando nas consequência que uma crise política desta dimensão pode acarretar para o nosso país, tento mais uma vez encorajar reflexões com os olhos postos num futuro melhor para todos nós:

Perdemos dinheiro e tempo a conceber planos e projetos para o desenvolvimento da nossa pátria, depois perdemos tais planos e projetos por estarmos obcecados com os nossos interesses pessoais.

E por passarmos a vida a comprometer o nosso futuro, esquecemos de que a responsabilidade nos cabe verdadeiramente a nós de tal modo que acabamos por não assumir nem a nossa responsabilidade nem tão pouco criamos condições necessárias para que possamos servir de exemplo às gerações futuras.

O mais lamentável é que nós vivemos como se os nossos “parceiros” nos fossem apoiar eternamente e, sofremos como se não houvesse alternativa.

Eugénio Domingos – Paris

    23 comentários

23 comentários

  1. Joao Batepa

    7 de Dezembro de 2012 as 11:17

    Ha muitos poucos homens serios na Politica de STP. Menos sao aqueles que realmente têm vontade de melhorar o pais. Basicamente pertencemos a uma republica das bananas.

    • Lucas vaz

      7 de Dezembro de 2012 as 15:05

      É lindo e muito facil fazer análise do cenário político quando não se vive neste cenário.
      Basta colocar uma gravata vermelha, fazendo uma carinha de intelectual e escrever umas besteras e pronto.
      Dificil mesmo é voltar para STP e dá a sua contribuição para desenvolvimento do País. Fui

      • joão Pedro

        9 de Dezembro de 2012 as 16:38

        Triste comentário. Você sabia que há gente que não está no cenário e conhece melhor o cenário que tu? Deixemos de ignorâncias. Oque gravata vermelha deste jovem tem haver.

  2. Ami mé

    7 de Dezembro de 2012 as 11:26

    Eugénio Domingos, quero dar-te parabéns por estas reflecções importantes. Para acrescentar, digo-te que estes políticos preferem as coisas deste modo porque só assim o enriquecimento pessoal ilícito é possível.

  3. Frustrada

    7 de Dezembro de 2012 as 11:51

    Meu caro amigo, concordo plenamente com as palavras proferidas por ti.
    Infelizmente, o país que me viu a nascer , jamais desenvolverá se os políticos continuarem a valorizar o interesse pessoal em detrimento do interesse colectivo.
    Na política, não se pode considerar o nosso adversário político como se fosse o nosso inimigo.
    Independentemente das diferenças que possam existir entre os políticos no ponto de vista ideológico, julgo que deveria haver interesse comum entre eles, isto é, defender em primeiro lugar o interesse nacional e depois o do pessoal.
    Viva Democracia e Viva STP!

  4. Nova Ordem

    7 de Dezembro de 2012 as 12:29

    Quem quer realmente trabalhar em São Tomé? Isso já vem desde antiguidade, eu sempre disse: São-Tomenses são preguiçosos, por isso, irá sofrer por resto da vida. Pena que o país não é pobre, realmente não encontrei pessoas morrendo de fome, por isso as coisas estão desta forma.
    Outrora, o São-tomense para trabalhar tinha que ser na base de chicote, por isso diz-se que colono era mau; maus são os nossos que nos ensina a ser pedintes, cima de tudo, cospem no prato que comem.
    Ora, ora, povo burro, povo pobre de mente, povo inteligente no momento de pedir.

    Não dês esmola a santinhos,
    Se queres ser bom cidadão;
    Dá antes aos pobrezinhos
    Uma fatia de pão.

  5. ANAHORY DIAS

    7 de Dezembro de 2012 as 12:31

    FORÇA.
    Nunca souberam respeitar este povo e amar esta pátria formidável que temos.Ainda nao chegamos 200.000, vivendo sempre de apoios, nao se chega a enchergar a 1.fortaleza as oportunidades(td q temos) 2. debilidade e ameaças(icapacidade,a burrice o ego dos dirigentes). Viva STP, abaixo a constituiçao(precisa de ser alterada para melhor servir os interesses desta naçao), abaixo o ego dos homens e mulheres de STP.Nao faço e serei sempre obstáculo para os que queiram fazer…
    O RESPEITO E O DIÁLOGO FRANCO, HONESTO e FIRME ENTRE OS DIRIGENTES TB É MUITO IMPORTANTE E O POVO NUNCA DEVE ESTAR DE FORA, PESE SE TENHA DITO POR ALGUÉM DA NOSSA PRAÇA QUE O POVO É APENAs PARA VOTAR.
    Segos Pelo Poder´.
    Ainda bem que Deus fez a morte.
    SAIBAM Q DEUS É GRANDE

  6. mana

    7 de Dezembro de 2012 as 13:06

    Tua Irmã Isabel Domingos está no nojo na Praça da Idependencia, a rezar!!!. Ela esqueceu que Patrice é mulçumano. FUI

    • Anguené

      10 de Dezembro de 2012 as 21:23

      Fôlô tê manha passa.
      TUDO N´GUÊ CU TÊ NOME DOMINGO AIÈ SA MANO EUGÉNIO DOMINGO? CUAI ACH`´E Ô Ô Ô!

  7. Kua- li- tassondu

    7 de Dezembro de 2012 as 13:26

    Infelizmente no nosso são Tomé não existe interesse nacional o pior é que nunca existiu, é tudo interesse pessoal é imprecionante como ninguém dito dirigente tenha pingo de bom- senso.
    Não somos , e com o andar da carruagem nem seremos exemplo para nossa próxima geração .

  8. santomense

    7 de Dezembro de 2012 as 13:45

    Amigo esquece os politicos de meia tijela de stome.

    Trata da tua vida em França, se tens filhos preocupa ganhar um pao para os dar. Aqui esmos perdidos com eles , so quando morrerem.

  9. Bodon Kulu

    7 de Dezembro de 2012 as 14:12

    Determinados previlégios foram cortados à certas pessoas que se julgavam donos de STP: carros ao fim de semana, telemovel de borla, etc, etc. O problema todo está aí. Já era previsível a queda deste governo, pois o Patrice mexeu com os “tubarões”.
    Agora já devem estar todos contentes e com os dentes afiados para um assalto ao poder.
    Não foi uma moção de censura, foi quase um golpe palaciano.
    Coitado do Zé Povinho.
    DEUS É GRANDE.

  10. Dias

    7 de Dezembro de 2012 as 14:32

    Meu caro Domingos é de salutar esta bela refleção sua é dezer irmão que nós que ainda estamos cá estamos supermente cansados, eu tenho 30 anos de idade posso dizer que nunca existiu politicas serio neste meu belo país, políticos nunca conhece-os de verdade,mas uque me deixa mais triste ainda é nosso país que eles pelo seus orgulho vão acabando com nosso belo país,como podemos respeitar orgãos de suberanea se eles proprios não a respeitem,como acham eles serem exemplo de uma sosiedade, se são eles mesmos que manchão esta mesma sociedade,como são eles mesmos que falam que lei tem de ser comprida se são eles mesmos que violam lei na propria casa de refugiando como se foce terem culpa no cartorio, e me parese que tenhem, sinto-me muito triste coro comparteota que de muito lonje esta mas esta muito perto,espero que voces que estão na diaspora nunca se descansem, é tudo Pierre

  11. helder leitão

    7 de Dezembro de 2012 as 17:20

    Muito boa refleção meu caro,a consequencia disto é o povo cada dia que passa vai deixar de acreditar nos politicos.

  12. PETER

    7 de Dezembro de 2012 as 19:06

    Mas saontomenses sao preguisosos como? se forao escravos… os escrsvos erao trabalhadores, mas esses parece escravos amarados.

  13. Rectificador monofásico em ponte com filtragem capacitiva

    7 de Dezembro de 2012 as 23:02

    Senhor Eugénio Domingos, sejá imparcial e analise as coisas ao detalhe. Vê-se que tu não entendes nada de política e de economia…

    Eu não aceito qualquer tipo de Governo que não presta conta no parlamento e da a conhecer as suas manobras, seja la de que partido político for.

    “Prestar conta e transparência” é uma condição necessária para se considerar bom Governo.

    • Ana Varela

      9 de Dezembro de 2012 as 15:22

      Senhor Rectificador monofásico em ponte com filtragem capacitiva,
      Sou leitor Assiduo do jornal tela non de São Tomé e Principe. Pois, quero pedir-lhe que releia o texto do senhor E. Domingos para reassumir uma posição ou reflexão mais conciliável com a essência do mesmo. Consigo deduzir que o senhor não leu o texto ou é meu sr que não percebe nada da POLÍTICA E DA ECONOMIA.E no minimo, nem sequer tem a capacidade para compreender o que se escreve. Voçê tem realmente a noção de uma crise política para um país como vosso? Sabe o que está por de tràs destas crises que parecem crónica no vosso país? Aprenda a pensar com este vosso compatriota. Voçês vivem de facto como se não houvesse alternativa.
      SR Domingos contribua sempre que puder, o seu pais precisa de si.

  14. Diaspora Revoltosa

    8 de Dezembro de 2012 as 0:27

    MLSTP+PCD+DELFIM DEVES+MANUEL PINTO DA COSTA; TENHAM VERGONHA E PESSAM O POVO DE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE DESCULPAS, PORQUE ELES ESCOLHERAM O PARTIDO ADI PARA GOVERNAREM O PAÍS DURANTE 5 ANOS, COM AS IDEIAS DELES, NÃO VOSSAS; DA MESMA MANEIRA QUE O POVO QUIS VOLTAR A VIVER O PASSADO ESCOLHENDO” MANUEL PINTO DA COSTA”

  15. dhaniel Pires

    8 de Dezembro de 2012 as 14:49

    Balança kuxênça sá luá, bamo subi liba dê sê cloçón queblá!
    Acho melhor não!

  16. M.dos Santos

    9 de Dezembro de 2012 as 18:31

    se dizem quém que ganha é que governa e agora.quém vai governar ele ganhou?amigos ser social de um homem, depende da sua cconciência social.Até breve.

  17. Binibone

    10 de Dezembro de 2012 as 8:22

    Bom dia amigos e compatriotas.
    A esperança é ultima coisa a morrer, por isso vamos continuar a sonhar alto, cultivemos a sabedoria, as boas maneiras, o amor a Pátria e ao Povo nas escolas, a comunicação social deve insistir e contribuir para cultivar e moralizar a sociedade melhor e óptimo. Nunca é tarde, o importante é querer e com perseverança começar, vamos nos insistir todos pensando no bom para o bem da Terra que é de todos nós. Respeitemos e semeemos a inteligência.

  18. santola

    10 de Dezembro de 2012 as 15:56

    Tenham vergonha… vão ver um pouco daquilo qui não viram
    pk o MLSTP, é um partido reconhecido por mundo, por isso foi chamado a assumir o governo no dia internaccional da currupção chau…

  19. santola

    10 de Dezembro de 2012 as 16:03

    esse governo não vai ter sucesso acreditem o dia 9 de dezembro não e um bom dia ainda mais o dia intenacional da currupção e o maior partido dos ladrões e currupto foi chamado ao poder….vão alastrar mais um pouco roubar mais um pouco enrequecer um pouco a custa do povo…

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo