O ensurdecedor silêncio dos políticos

Pelo que se não tem ouvido nestas últimas semanas, está toda a gente calada desde o anúncio da data das eleições, porque afinal o “diabo” virou bom ou não era diabo ?

Afinal está bem no paraíso?

Afinal porque ée para quêfizeram tanto barulho, tantos gritos contra a ditadura, contra a falta de democracia, porque as eleições tinham de ser marcadas, tantas cenas de pugilato parlamentar, arruaças e negaças, insultos e agora estátudo bem?

Estátudo resolvido e na paz dos anjos no paraíso?

Os perseguidos políticos, os agitadores de fantasmas, os anti diálogo que afinal são anti tudo que não seja encher a sua própria barriga, jáestão satisfeitos?

Todos os problemas que antes eram gritados no país e no estrangeiro deixaram de existir desde o anúncio da data das eleições?

Porque não se fala mais na questão de Malta contra São Tomé, seráque Malta pediu desculpas por ter posto um pedido de arbitragem internacional contra São Tomépor causa da apropriação ilegal do conteúdo dos navios?

Ou seráque todos “viraram” avestruz e enterraram a cabeça na areia?

Afinal eram ou não os navios do Patrice?

Afinal o governo que fez negócio com o fuel dos navios jápagou ao tribunal?

O que éque o governo fez ao dinheiro que cobrou e com quem negociou?

Seráque jáse sabe a data do regresso do líder desejado ao país, ou agora virou tabu?

Afinal jáse pode dizer que o governo estáa governar bem, o povo estáde barriga cheia, os velhos e as crianças estão mais felizes, a justiça jáestáa julgar melhor?

Afinal os que sósabiam insultar e mentir jáaprenderam as regras de manifestar opiniões livres e jásabem ser bem-educados, e seráque aprenderam a discordar dentro do respeito que todos merecem?

Como se deu este milagre, ou de repente todos viraram mudos e cegos ou sem ideias?

Porque estão tão calados depois do anúncio da data das eleições?

Quais as notícias da queixa no Tribunal Penal Internacional?

O procurador adjunto do “edital de Patrice” jáestápromovido a Procurador da Republica, foi censurado, advertido, jáo mandaram estudar melhor o código de processo penal?

O procurador geral da República, ainda bem, mantém-se “firme” no cargo!

Onde estão os programas de governo e as novas caras que nos vão governar depois de 12 de outubro de 2014?

Ou ainda é cedo demais para o povo que espera o banho o possa saber, ou será que não aparecem por não interessar dizer-lhe porque com o banho venha quem vier está bem e o povo que só manda nas urnas já deixou de mandar?

Serão os mesmos de sempre, que jános mostraram que nada fizeram nem sabem fazer se não governarem-se?

Serão outros novos de nível de formação adequada e moralidade atestada, homens ou mulheres?

Afinal onde estão e porque estão tão calados?

Carlos Semedo

 

Notícias relacionadas

  1. img
    arelitex Responder

    cada um é livre de ter a sua opinião e de expressa-la ,visto estarmos num país democrático em excesso em que cada um faz praticamente o que quer sem dar justificação a ninguém (eu também sei qual é a diferença em viver em países com ditadura ) .mas dentro do seu ponto de vista com muitas realidades , senhor Carlos Semedo eu tenho que aceitar que está a mexer nas feridas . e leva-me a dizer algo na positiva . já que a marcação das eleições foram um calmante para tudo . entâo o partido que vencer as eleições que seja honesto , trabalhe ,que resolva de verdade os sérios problemas do povo . mas atenção STP nâo vai a lado nenhum com políticos directores e chefes de gabinete ( isso já está ultrapassado ,já nâo pertence ao século 21 ) . toda esta gente têm que trabalhar no terreno . nâo sâo os gabinetes que fazem o trabalho no terreno mas sim a actitude , ferramentas e força de vontade .

  2. img
    Mota Responder

    A minha questão é: Porquê só choramos quando estamos com fome? Porque razão se diz que a lei deve ser cumprida? Então quando se condena alguém, para se sentir que a justiça está sendo feita é necessário estar sempre a bater nessa pessoa ou então a repetir o que já foi feito? Se o normal é marcar eleições, só existe lugar a críticas e falas se ela não for marcada. E é altamente natural que depois de ser marcada as críticas terminem.

  3. img
    manuel soares Responder

    Meu caro Dr Carlos Semedo, boa noite, e permita-me responder algumas questões por vós levantada neste brilhante artigo de opinião. Com todo respeito digo-lhe, os políticos andam por ai a espera que chegue a data de 12 de Outubro para darem banho e comprarem consciências dos são-Tomenses, os problemas estão ali por resolver, o governo continua na sua mediocridade e o Patrice Trovoada ainda não chegou ao país, e esta questão preocupa em demasia os políticos da troica, em suma os políticos estão em silêncio e o país cada vez mais atrasado, depauperado, miserável, sujo, desgovernados, anárquico, sem eira nem beira e cheio de mordomia e de paleio do fôro.

    • img
      Martelo da Justiça Responder

      Meu caro, nada vai mudar depois das eleições seja quem ganhar, se os políticos são-tomenses não começarem a ver a politica doutra maneira. Deve-se estar na política com espírito de missão e com o objetivo apenas de resolver os problemas da população. O partido que ganha é que deve governar mas deve ter sempre em conta a oposição que com as suas criticas CONSTRUTIVAS deve também dar a sua contribuição. A oposição deve também participar nas grandes decisões a tomar em projetos estruturantes e de grande importância para o Pais. Não devemos perder de vista o fato de sermos uma Pais pequeno e pobre e que quase tudo está por fazer. Muitas vezes queremos comparar-mos com grandes Países cujas realidades não tem nada com São Tomé e Príncipe. Por isso também é que não temos tido sucessos nas nossas políticas económicas e sociais. Devemos por de lado o ódio que não ajuda nada. Sempre que podermos devemos tolerar ou mesmo perdoar. Sá assim é que podemos ter algum sucesso, porque doutra forma, passaremos a vida a despender energias com guerrilhas sem sentido.

      • img
        Mota Responder

        Inteligente Comentário. Entretanto quero deixar outra questão no ar. Em STP verifica-se partido de oposição? Os que o povo realmente elege (não obstante existir o pensamento de que os votos são comprados), o povo consegue ver a governar?
        Se fizermos uma reflexão do que tem sido o resultado das eleições nos últimos tempos, chegaremos a conclusão que o povo São-Tomense não é “Parvo” nem tão pouco está fora do contexto do que é “um bom Governante”.

  4. img
    zeme almeida Responder

    Erro:Aguardemos

  5. img
    zeme almeida Responder

    Se alguém mater-se calado,também é o motivo de preocupacao? Acho que nao!Depois de passarmos por alguns episódios que nao identifica e nunca se identificou com as culturas dos Saotomenses,nada melhor de que ficarmos{Ensurdecedores e em silénco absoluto}.Estamos em pleno jogos de {SUECAS}nao se deve falar muito para os adversários nao toparem.Todas estas guerrilhas, tinham um porque,a teimosia do nosso PR de nao marcar as eleicoes atempadamente.O maior problema estava ali.Elas já estao marcadas,aguardemos o dia da verdade chegue o mais rapido possivel para o povo decidir quem vai ser os seus proximos dirigentes.Haver vamos

  6. img
    David Responder

    porque no te callas

  7. img
    Camarada Responder

    Estao todos calados porque estao a ver o peso de responsabilidade e que nao vao conseguir enganar mais o povo.O dinheiro ja nao e capim e o banho vai ser dificil.O povo esta mas maduro. O povo tem que abrir os olhos porque o nosso companheiro de desordem que e a guine bissau ja virou a pagina agora somos o ultimo(estamos na carteira de burrrrro)

  8. img
    Barão de Água Izé Responder

    Eleições para continuar tudo na mesma, excepto se algum Partido
    colocar na agenda política, de forma clara, a mudança para o modelo Presidencialista e as alterações legislativas necessárias no regime fundiário (terras agrícolas).
    Se a ADI tem isso como projecto, deve apresentalo de forma clara.
    A mudança do regime é fundamental para a recuperação de STP.

  9. img
    Alfredo Gentil Responder

    Estão tão calados porque o incorrigível ditador apelidado pelo PT marcou as eleições. Segundo ele na entrevista dada no Canal STP TV, seu canal privativo, salientou que as eleições foram marcadas porque o povo revoltou-se por causa do barulho do ADI, enfatizando que foi um parto difícil. Questionado pelo seu entrevistador e farsante Abílio Neto, quando regressaria ao paaís para comandar as ações de perto, deu mil e uma cambalhotas, porque sabe que num Estado de Direito Democrático, ninguém está acima da lei. E tem que se dar exemplo, porque os deputados do ADI no Parlamento furtaram-se de ouvir o Deputado Arzemiro dos Prazeres (BANO) alegando que só falariam com ele depois de prestar contas à justiça. Agora, quem ausentou-se do país com as suas próprias pernas, levando até o seu cão de estimação deve voltar e prestar contas à justiça. Mas, o PT, não é burro. Sonegar documentos de Estado da prematura e orientar os seus ministros para não o fazerem, dizendo que existem nos ministérios pontos focais, é um crime de lesa presidente e que deixou o país num caos. Associando ao branqueamento de capitais (600 000 mil euros em dinheiro vivo, remetidos em papel timbrado da prematura para serem depositados no Gabão através do gerente do BGFI); Dinheiro avultado dos barcos que traficavam em nossas águas; Montante recebido do KOSOVO para o seu reconhecimento, usurpando poderes de outros órgãos e o Chefão da Interpol já deu o ar da sua graça no arquipélago); perseguição a jornalistas, extinção de programas, achincalhamento permanente ao presidente eleito, enfim um rol de coisas que em nome da estabilidade STP perdoará.
    Agora resta apenas Patrice Trovoada vir ao seu pais fazer a sua campanha, até porque já ganhou, como revela claramente a sondagem que encomendou dá-lhe maioria absoluta, e por em prática tudo aquilo que disse ao Abílio Neto na sua última entrevista para o desenvolvimento do País. Quando cá estiver, como verdadeiro democrata que é como pessoa de bem, se tiver um tempinho, aconselho a fazer uma visita de cortesia ao amigo Pinto da Costa, Óscar de Sousa e Roldão Boa Morte. Depois dê uma passadinha na Procuradoria Geral para cumprimentar O digno Procurador Adjunto Valder Ramos.

  10. img
    paparazzi Responder

    E só agitar a árvore para saberem onde dorme a galinha .foge.calado encomoda.fazer discurso kidaleeoooo. Querem mesmo que meus senhores vão trabalhar

  11. img
    RODRIGO CASSANDRA Responder

    Eu confesso as eleições legislativas a mim não me dizem absolutamente nada,, para mim as eleições legislativas só terão valor quando o MLSTP acabar ,,PCD acabar,, MDFM acabar,, ADI acabar e surgir uma plataforma sem ladrões sem corruptos sem traficantes ,, sem aqueles branqueadores de capital,, e depois de todos estes bandidos passarem pelo Ministério Publico e pelos Tribunais,
    Eu não sou igual a aqueles que escondem com nomes falsos,, eu sou RODRIGO CARDOSO CASSANDRA mas conhecido por DIGO sou do Príncipe vivo no Príncipe sou Santomense com orgulho de ter nascido no PRÍNCIPE Abraços

    • img
      anônimo Responder

      Só não deve acabar UMPP. Regionalista, tribalista, complexado. Agora es do Príncipe, e antes de ires para lá chupar eras de onde. Queres saber, devido a visão de gajos como tu vamos começar um movimento para separar as duas ilhas e mandar todos do Príncipe que estão ka lá pro Príncipe. Isto farta qualquer um. Meia dúzia de indivíduos que vivem a sombra da autonomia e que não querem perder o poder, comem dinheiro dos impostos pagos pelo investidor (HBD), e por cima, não aceitam as auditorias do tribunal de contas.
      Digo, kidaleooooooo, credo racistas tribalista que tu es, põe pé aki e és corrido.

    • img
      Mota Responder

      Caro Rodrigo;
      Se existissem apenas pessoas que pensa como o senhor, quem sabe teríamos um outro rumo. É pena que o que deseja (que coincide muito com o que eu também desejo) é apenas um sonho. Infelizmente nunca irá acabar os “MLSTP, PCD, MDFM, ADI e ect.”
      Mas numa coisa eu acredito. O povo tem poder. Cuidado com a revolução. O povo sabe e sempre saber distinguir os que prestam e os que não prestam.

  12. img
    manuel soares Responder

    Meus senhores por amor de Deus, deixemos de chauvinismo, racismo, bairrismo, apartheid, segregação, de qualquer tipo, e atitudes separatistas, divisionárias e atentadoras à união de todos SãoTomenses num país uno e indivisível, a pátria agradece, sejamos unidos e assim seremos mais fortes e desenvolveremos a nossa terra, seremos respeitados e vivamos em paz e por favor sr Abel Veiga do tela non estes comentários xenófobos não devem ser publicados

Deixe um comentario

*