Tributo a Ícone Nacional

Falar de tributo, significa, grosso modo, falar de um acto de reconhecimento, um acto de homenagem, por excelência. Uma homenagem é em princípio, uma forma que uma determinada sociedade encontra para glorificar os seus «heróis», quer seja em vida quer seja postumamente1. Entenda-se aqui, «heróis», empregue no sentido lato do termo. Cada povo, cada sociedade, cada cidade, cada aldeia, cada luchán tem os seus «heróis», cuja dimensão do seu feito, é enaltecido de acordo com as suas idiossincrasias.

O ícone surge através de uma fadada imagem, que prevalece no imaginário de gerações, tendo em conta o desempenho realizado por um indivíduo, numa qualquer área social. Uma figura projectada como sendo um ícone.

LEIA MAIS —-Artigo – Tributo a ícone nacional

Notícias relacionadas

  1. img
    Barão de àgua Ize Responder

    Obrigado Prof.Lucio Amado por mais este seu trabalho.
    Os Países, sociedades e até famílias têm os seus
    ícones, palavra que genericamente significa bom exemplo de vida e boa estatura moral, e que trouxeram algo de positivo, construtivo e perene para o seu País, para o seu meio social.
    As qualidades de um ícone, devem estar demonstradas e comprovadas, senão todos poderíamos ser considerados ícones, até pela boas ações que podemos ter no dia a dia.
    Pessoas consideradas ícones são de superior qualidade humana, mas é necessário que se prove que existiram e

Deixe um comentario

*