Seis meses longe de São Tomé e Príncipe

SEIS MESES LONGE DE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE

Nesse começo de agosto, eu acordo com um ar doce de saudade.
Há seis meses, eu deixava para trás um país inteiro de cores, aromas e história – e muita vida!

Desde então, o cheiro da maresia é uma memória breve em minhas narinas. A energia do Mercado e de toda a gente que por lá trabalha e vive e sonha é uma brisa suave em minha pele. As ruas, as falas altas, os galos, o vento ventoso – tudo passa por minha memória com um colorido fantasioso.
Obviamente também ficaram por lá alguns percalços, porque viver é sempre um bom e um ruim, mas a parte boa supera e suplanta.

Sinto falta do riso aberto, muito branco e muito vivo daquela gente; da força das mulheres “palayês” ou trabalhadoras de toda a ordem, dos filhos às costas, dos cestos à cabeça, dos rios cheios de canto e cores e gargalhadas e vida!
Dos fins de tarde repleto de crianças e adolescentes em seus uniformes escolares; do mergulho vespertino nas águas mornas e calmas e limpas da Praia Emília/Lagarto. Dos paraísos a descobrir, da Praia Tamarindos, do Pico Cão Grande. Do papagaio do Príncipe. Do Rio Água Grande a cortar a cidade em sua sina para o mar. Da Nacional no Jasmim. Do peixe vermelho com legumes do Papa Figo.
Das sessões de trabalho e alegria e magia no Centro Cultural Brasil STP. Dos meus colegas professores: do ensino superior, básico e secundário – guerreiros à frente da educação, em busca de um país melhor. Dos meus alunos, ah, que saudade dessa gente de luz que povoou minhas salas por três anos!
Paro e penso: que dádiva essa saudade! Ter vivido isso, ter convivido nessa terra e, principalmente, ter aprendido a viver com essa gente, foi o grande presente dessa minha vida. Se houver outro melhor, será em vidas futuras.
Obrigada São Tomé e Príncipe por ter um dia me recebido e me acolhido.
Obrigada são-tomenses por tudo o que me ensinaram.
Até breve. Até sempre!

  1. img
    Emilio Freitas Responder

    Belas palavras. Forte abraço e volte logo!!

  2. img
    Maria Silva Responder

    Fiquei e fico muito emocionada ,com declarações desta natureza ( independentemente dos nossos problemas económicos ,governamental etc ..) seja sempre bem-vinda ao nosso STP !

  3. img
    zé maria cardoso Responder

    A santa terra no meio do mundo amamentou-nos de magia singular que apesar dos contratempos a chuva chove doce de embebedar a gente de sorriso. Agradecimentos.

  4. img
    Ana Paula de Oliveira Responder

    Lia, quantas palavras lindas e que expressam bem o sentimento de quem algum dia viu e viveu todas essas belezas!! Saudades constantes de São Tomé!! ❤

  5. img
    Santos e Pecador Responder

    Obrigado por sabias e emocionante palavra que descrevem o sentimento de quem passou por Sao tome …
    As vezes, penso de Deus da nozes a quem nao tem dentes …
    Mas mesmo assim deixo um conselho !
    Quando for comprar um perfome , escolha sempre a menor garrafa !
    Porque quanto menor for a garrafa melhor sera o contiudo …
    Volte sempre que poder !… porque os outros tambem fazem parte de nos .

  6. img
    Montes Responder

    Gostei muito dessa

Deixe um comentario

*