Opinião

Jaír e William lutam pela honra do Lusitano de Évora contra o Porto

Apesar de uma derrota pesada por 0-6, o Lusitano de Évora, dos distritais do futebol português, teve dois internacionais são-tomenses que debateram destemidamente pela sua honra perante um poderoso Futebol Clube do Porto. Jaír Nunes e William Barbosa lutaram sem cessar pela camisola e pelo clube que defendem, mas não conseguiram evitar a eliminação da equipa alentejana na 3ª eliminatória da taça de Portugal 2017.

Equação simples no Restelo: Jaír Nunes e William Barbosa + 9 contra um poderoso Futebol Clube de Porto = a um resultado de 0-6 a favor dos nortenhos. Mesmo com um FC Porto com muitas mexidas, o Lusitano de Évora não foi capaz de contrariar o poderio do atual líder do campeonato português nesta eliminatória da taça de Portugal.

Com Jaír ao meio do campo e William a defesa, os pupilos de Duarte Machado mostraram ainda assim boas indicações que deixaram satisfeitos os seus adeptos que acorreram à casa emprestada em Lisboa.

De acordo com o técnico da equipa alentejana “foram iguais a eles próprios e desfrutaram do jogo proporcionando um bom espetáculo”. Já Sérgio Conceição pelo lado do Porto ” assumiu a seriedade e o respeito pelo Lusitano e a justiça do resultado”.

Ficou por aqui o mediatismo e o sonho lusitano nesta 3ª eliminatória da taça de Portugal. A derrota frente aos dragões empurrou equipa alentejana de volta para a sua realidade ou seja, aos distritais de Évora, onde entra em campo  já no próximo domingo dia 22 Outubro.

Brany Cunha Lisboa

 

    Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo