Escola piloto de STP no Gabão continua a reclamar por verbas

A partir de Libreville, Gonçalo Monteiro, professor e director da escoa piloto de São Tomé e Príncipe no Gabão, faz um balanço positivo do ano lectivo findo, em termos de aproveitamento dos alunos. No entanto a escola piloto criada desde o ano 2001, não tem funcionado...
Publicado em 11 Jul 2014