Política

Ali Bongo consultou Patrice e Evaristo sobre a segurança na CEAC

O Presidente do Gabão Ali Bongo esteve algumas horas em São Tomé na terça – feira, para consulta com as autoridades nacionais, sobre a questão de segurança na Comunidade dos Estados da África Central (CEAC).

Enquanto Presidente em exercício da CEAC, o Chefe de Estado do Gabão, anunciou que a sua presença em São Tomé faz parte do périplo que está a realizar nos Estados da África Central.

A segurança é um dos principais problemas que enfermam os Estados da África Central. Ali Bongo, deu o exemplo da República Centro Africana que se confronta com uma guerra civil de pendor étnico e religioso, e destacou as acções terroristas do Boko Haram que já atingiu Estados da  África Central como o Tchad e os Camarões.

A pobreza extrema é outro flagelo para as populações da África Central. Ali Bongo, considerou a integração económica regional, como uma pista importante para o melhor desempenho da economia dos países membros, e assim fortalecer o combater a pobreza e a miséria.

Nas suas declarações a imprensa no átrio do Palácio Presidencial em São Tomé, Ali Bongo, anunciou que foi convidado por Evaristo Carvalho, a visitar oficialmente São Tomé e Príncipe. Ocasião em que serão tratadas todas as questões da cooperação bilateral. Ali Bongo presidente do país vizinho geograficamente mais próximo de São Tomé e Príncipe nunca antes efectuou uma visita de Estado a São Tomé, após ter substituído o seu falecido pai, Oumar Bongo na presidência do Gabão.

Amigo pessoal do Primeiro Ministro Patrice Trovoada, desde infância que Ali Bongo partilha amizade com o actual Chefe do Governo são-tomense. Ambos nasceram e conviveram no Gabão.

Note-se que nos finais de Fevereiro último, João Lourenço Presidente de Angola, enviou o seu Ministro das Relações Exteriores Manuel Domingo Augusto à São Tomé, para  consultas com o Presidente Evaristo Carvalho, a luz da próxima Cimeira de Chefes de Estados da África Central, sobre a paz e segurança na sub-região.

A cimeira que reunirá os Chefes de Estado e de Governo dos 11 países membros terá lugar este mês de Março no Gabão. São Tomé e Príncipe, República Centro Africana, Gabão, Guiné Equatorial, Tchad, República Democrática do Congo, Ruanda, República do Congo, Angola, Burundi, e os Camarões, são os Estados Membros da CEAC.

Téla Nón

    5 comentários

5 comentários

  1. Original

    7 de Março de 2018 as 15:53

    O sorriso destes homens nada tem a ver com o que lhes vai na alma.

  2. Antóno Nazaré

    8 de Março de 2018 as 7:45

    Como este senhor está isolado internacionalmente pela vergonhosa fraude eleitoral que fez nas últimas eleições presidenciais no Gabão e centenas de mortes, está a aproveitar este périplo para branquear a sua imagem. É tarde demais Aly Bongo. Este é o papel para o ministro dos negócios estrangeiros, como está a fazer Angola.
    A África e o mundo não se esquecerão de sangues derramados no Gabão.
    Os ditadores em África como Aly e P.T., têm os dias contados.
    Aly Bongo, um conselho: Procure o reconhecimento por parte dos EUA e da União Europeia!

  3. SEABRA

    15 de Março de 2018 as 16:24

    Os dois maiores Gatunos – Corruptos -Larápios -Vagabundos – Incompetentes- Oportunistas…que existem no mundo políticos e no nosso continente Africano.
    ” No balcao se compra, no Balcao se paga”.

  4. SEABRA

    15 de Março de 2018 as 16:25

    Entre os dois adivinhem quem é o PD?

  5. Seabra

    19 de Abril de 2018 as 0:05

    O MAKUMÉ do Alain aliàs Ali Bongo, que pare de servir-se de jovens até mesmo menores para “assouvir”a sua conhecida perversidade legendária nos países lusófonos. …Senhor amante dos PDG franceses.

Deixe um comentário

Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo