Política

Mulheres pressionam PR para promulgar a lei de paridade

Uma comissão nacional das mulheres, reuniu-se com o Presidente da República, Carlos Vila Nova para pedir a promulgação urgente da lei de paridade recentemente aprovada pela Assembleia Nacional.

A lei de paridade obriga que as mulheres ocupem 40% dos cargos administrativos e de decisão no país.

Segundo a Comissão Nacional das mulheres, a reunião de sensibilização com o presidente da República pretendeu despertar o Chefe de Estado, para a necessidade urgente de promulgação da lei de paridade, antes da abertura da nova legislatura, que vai resultar das eleições legislativas de 25 de Setembro.

As mulheres não querem perder a oportunidade de ascenderam a posições de mando no país. A nova lei de paridade abre-lhes a oportunidade única para ocuparem cargos de decisão política, logo após a abertura da nova legislatura.

«Estamos a falar de urgência porque vamos ter as eleições legislativas, e a formação do governo. São eventos que representam oportunidade para integração das mulheres não só na política como na direcção das coisas do Estado, os ministérios, os institutos públicos, etc», afirmou Ernestina Menezes, líder do Instituto Nacional da Igualdade de Género.

As mulheres juristas, e as que tiveram a sorte de beneficiar de uma formação superior, serão as principais beneficiárias da lei de paridade. As mulheres do sector terciário (palaiês, agricultoras etc), que constituem o grosso do braço feminino do país, e chefes de famílias normalmente numerosas, deverão continuar na mesma.

Abel Veiga

3 Comments

3 Comments

  1. Pedro Costa

    6 de Agosto de 2022 at 17:35

    Devia ser Lei da Competencia e nao da paridade…. kikikikikik…

  2. paulo canela

    7 de Agosto de 2022 at 5:02

    a Lei da Paridade sem competencia tem levado a consequencias terriveis na Europa e nos EUA, pessoas ineptas a liderar… Caos…

  3. santomé cu plinxipe

    8 de Agosto de 2022 at 13:26

    Sem elas assumirem o real papel de mulher na sociedade nada valerá, confundem muitas coisas

Leave a Reply

Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado.

To Top